Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 46
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da Brachiaria brizantha cv. marandu em sistemas silvipastoris Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Moreira,G.R.; Saliba,E.O.S.; Maurício,R.M.; Sousa,L.F.; Figueiredo,M.P.; Gonçalves,L.C.; Rodriguez,N.M..
Avaliou-se a degradabilidade in situ da matéria seca (MS) da Brachiaria brizantha cv. marandu colhida em dois sistemas silvipastoris compostos pelas arbóreas, ipê felpudo (Zeyheria tuberculosa) e aroeira (Myracrodruon urundeuva), localizados no bioma Cerrado, município de Lagoa Santa, MG. O período de coleta da forragem foi de dezembro de 2004 a abril de 2005. O delineamento utilizado foi em blocos ao acaso, segundo esquema de parcelas subdivididas, sendo as parcelas os tratamentos e as sub-parcelas os tempos de degradação. O sombreamento com as arbóreas não influenciou a degradabilidade in situ da matéria seca da forrageira.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sombreamento; Árvores; Degradabilidade; Nutrição animal.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000300026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da monensina administrada pela forma convencional ou por dispositivo de liberação lenta (bólus) em bovinos alimentados com forragens de baixo valor nutritivo e suplementados ou não com uréia R. Bras. Zootec.
Rodrigues,Paulo Henrique Mazza; Peixoto Júnior,Kleber da Cunha; Morgullis,Sérgio Carlo Franco; Silva,Estela Jorge Alves da; Meyer,Paula Marques; Pires,Alexandre Vaz.
Foi objetivo desta pesquisa avaliar os efeitos da monensina sódica administrada pela forma convencional ou por dispositivo de liberação lenta sobre o perfil fermentativo ruminal de bovinos alimentados com volumosos de baixo valor nutritivo e suplementados ou não com nitrogênio não-protéico. Doze fêmeas bovinas (736 kg de PV) fistuladas no rúmen foram distribuídas em blocos em função do peso vivo, utilizando-se dois períodos sucessivos de 28 dias cada (24 unidades experimentais). O arranjo de tratamentos - combinados com a presença ou ausência de suplementação diária de 20 g uréia/100 kg PV - correspondeu ao fatorial 3 x 2, no qual duas formas de administração de monensina (convencional ou dispositivo de liberação lenta), na dose de 300 mg/anim.dia, foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Degradabilidade; Ionóforos; Ruminantes.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982007000800030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de Dois Métodos in vitro para Determinar a Cinética Ruminal e a Digestibilidade Intestinal da Proteína de Vários Alimentos R. Bras. Zootec.
Londoño Hernández,Fernando Iván; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Lana,Rogério de Paula; Mancio,Antonio Bento; Paulino,Mario Fonseca; Cecon,Paulo Roberto; Valadares,Rilene Ferreira Diniz; Magalhães,Karla Alves; Sandro Luiz Rosa,Reis.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a degradabilidade ruminal e a digestibilidade intestinal dos compostos nitrogenados de 18 alimentos concentrados e quatro alimentos volumosos, utilizando o método de inibidores com digestão intestinal em HCL-pepsina-pancreatina e o método de três estádios. No método dos inibidores, cada alimento foi incubado, nos tempos 0 e 2 horas, na quantidade de 1,875 mg de N, utilizando-se três tubos de incubação, sendo um deles deixado para avaliação da digestão intestinal. No segundo método, aproximadamente 5 g da amostra de cada alimento foram incubados durante 16 horas no rúmen de bovino recebendo dieta com 60% de volumoso e 40% de concentrado. Uma quantidade de 15 mg de N residual do rúmen de cada alimento foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade; Digestibilidade intestinal; Proteína não-degradada no rúmen.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000100028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de híbridos de milho obtidos do cruzamento entre linhagens com diferentes níveis de degradabilidade da matéria seca Bragantia
Mendes,Marcelo Cruz; Von Pinho,Renzo Garcia; Pereira,Marcos Neves; Faria Filho,Edmir Marques; Souza Filho,Alano Xavier de.
Na recomendação de um híbrido para produção de silagem, não basta apenas considerar a produção de matéria seca; é necessário também que a silagem tenha alta degradabilidade efetiva (DEF) da matéria seca da planta inteira. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características agronômicas, bromatológicas e de degradabilidade ruminal da matéria seca de híbridos comerciais de milho recomendados para a produção de silagem e de híbridos experimentais provenientes do cruzamento entre linhagens de alta e baixa degradabilidade. Foi avaliado o desempenho de 23 híbridos de milho, sendo dezoito híbridos experimentais e cinco comerciais, indicados para silagem. O experimento foi instalado no ano agrícola 2003/2004, com delineamento experimental de blocos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Zea mays; Degradabilidade; Rúmen.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052008000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do feno de Egeria densa na alimentação de carneiros R. Bras. Zootec.
Batista,Ângela Maria Vieira; Carvalho,Francisco Fernando Ramos de; Marques,Carlo Aldrovandi Torreão; Medeiros,Sílvio José Souza de; Almeida,Omer Cavalcante de.
Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de Egeria densa na ração sobre o consumo voluntário, o ganho de peso e a conversão alimentar de ovinos Santa Inês. Dezesseis ovinos foram distribuídos ao acaso em quatro tratamentos: T0 = 81% de feno de tifton (FT) e 19% de concentrado (farelo de soja e milho); T27 = 27% de feno de Egeria (FE), 54% de FT e 19% de concentrado; T54 54% de FE, 27% de FT e 19% de concentrado e T81 = 81% de FE e 19% de concentrado. Verificou-se que o consumo voluntário foi reduzido, e o ganho de peso, quando analisado todo o período experimental, não foi afetado pela adição de feno de Egeria. Durante o período experimental, verificou-se que o ganho de peso foi uniforme nos animais que receberam as...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Consumo; Degradabilidade; Ganho de peso; Minerais; Santa Inês; Toxidez.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982004000500024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação nutricional de fenos produzidos com Andropogon gayanus cv. Planaltina Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Moreira,G.R.; Saliba,E.O.S.; Gonçalves,L.C.; Maurício,R.M.; Sousa,L.F.; Rodriguez,N.M.; Lana,A.M.Q..
Neste estudo, foram utilizados fenos de Andropogon gayanus cv. Planaltina produzidos em diferentes idades de crescimento (56, 84, 112 e 140 dias) para ensaio de degradabilidade in vitro da matéria seca (DEIVMS), por meio da técnica in vitro semi-automática de produção de gases. Os dados de DEIVMS foram utilizados para confecção de equações que foram comparadas pelos testes de paralelismo e identidade de curvas. O teste de paralelismo não demonstrou diferença entre as equações e curvas, ou seja, as diferentes idades apresentaram o mesmo comportamento cinético de degradação. Contudo, pelo teste de identidade de curvas, observou-se que as equações e curvas dos fenos de A. gayanus colhidos com as plantas cortadas aos 56 e 84 dias são idênticas entre si, mas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cinética ruminal; Degradabilidade; Forragem conservada.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000300036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Balanço de nitrogênio, degradabilidade de aminoácidos e concentração de ácidos graxos voláteis no rúmen de ovinos alimentados com feno de Stylosanthes guianensis R. Bras. Zootec.
Ladeira,Márcio Machado; Rodriguez,Norberto Mario; Borges,Iran; Gonçalves,Lúcio Carlos; Saliba,Eloísa de Oliveira Simões; Miranda,Lídia Ferreira.
Foram utilizados sete ovinos alimentados com feno de S. guianensis para avaliar a degradabilidade ruminal dos aminoácidos, o balanço nitrogenado e as concentrações de ácidos graxos voláteis (AGVs) no rúmen. A técnica de sacos de náilon foi empregada para determinação da degradabilidade in situ dos aminoácidos do feno de Stylosanthes guianensis. A retirada dos sacos do rúmen foi feita às 6, 24 e 48 horas após sua introdução. Amostras de duodeno e fezes foram utilizadas para determinar a quantidade de N total, amônia e nitrogênio não amoniacal. Amostras de urina foram coletadas para determinação do N total. Para determinação da concentração de AGVs no líquido ruminal, amostras de 80 mL foram coletadas manualmente, imediatamente antes da alimentação e 2, 4, 6...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aminoácidos; Degradabilidade; Feno; Leguminosas; Ovinos.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000900026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caprinos e ovinos de raças naturalizadas brasileiras possuem enzimas capazes de degradar o bagaço de cana-de-açúcar in natura. Infoteca-e
SALLES, H. O..
bitstream/item/55431/1/MIDIA-Caprinos-e-ovinos.pdf
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Hidrólise enzimática; Enzima lignocelulolítica; Enzima fibrolítica; Cana-de-açúcar; Degradabilidade; Caprino; Ovino; Bagaço; Celulase; Alimentação; Aspergillus Niger.
Ano: 2010 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/873278
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética da degradação ruminal do capim Tanzânia irrigado sob três níveis de resíduo pós-pastejo R. Bras. Zootec.
Balsalobre,Marco Antonio Alvares; Corsi,Moacyr; Santos,Patrícia Menezes; Penati,Marco Antonio; Demetrio,Clarice Garcia Borges.
O uso do programa de Cornell indica a necessidade de estudos sobre a degradação dos diferentes componentes da matéria seca (MS). O objetivo deste trabalho foi avaliar a cinética ruminal da MS e das frações fibra em detergente neutro (FDN), proteína bruta (PB) e proteína insolúvel em detergente neutro (PIDN) de amostras de capim-Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) obtidas por simulação de pastejo, coletadas em três épocas do ano (verão, outono e primavera), em pastagens irrigadas submetidas a três níveis de resíduo pós-pastejo (baixo, médio e alto). Para cada período de incubação, foram usados três animais fistulados no rúmen. Os tempos de incubação foram: 0, 3, 6, 9, 12, 24, 30, 48, 60, 72, 96 horas. No resíduo do material incubado, foram determinados os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: CNCPS; Degradabilidade; FDN; Irrigação; NIRS; PDR.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982003000700026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética de fermentação ruminal das silagens de três híbridos de milho comerciais em diferentes estádios de maturação Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Pôssas,F.P.; Gonçalves,L.C.; Pereira,L.G.R.; Machado,F.S.; Jayme,D.G.; Rodrigues,J.A.S.; Rodriguez,N.M.; Tomich,T.R..
Foi avaliada a cinética de fermentação ruminal in vitrode três híbridos comerciais de milho (BRS 1035, BRS 1031 e BRS 1001) colhidos em três estádios de maturidade (pastoso, farináceo e farináceo-duro). Após 96 horas de fermentação, não houve diferença na PCG entre as silagens dos híbridos colhidos nos diferentes estádios de maturidade (P>0,05). O potencial máximo de produção de gases das silagens de todos os híbridos reduziu com o avançar da maturidade da planta, sendo a variação encontrada de 259,3 a 280,0mL/g de matéria seca (MS). Os valores de tempo de colonização variaram de 0h06min a 1h54min. Para as silagens dos híbridos BRS 1035 e BRS 1001, houve aumento no tempo de colonização com o avançar da maturidade da planta. Para as silagens do híbrido...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Produção de gases; Degradabilidade; Estádio de maturidade; Silagem de milho.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000100159
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética e parâmetros de fermentação ruminal in vitro de silagens de parte aérea e raízes de mandioca Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,C.F.P.G.; Figueiredo,M.P.; Pedreira,M.S.; Bernardino,F.S.; Farias,D.H.; Azêvedo,J.A.G..
Foram avaliados os efeitos do emurchecimento e da inclusão de raízes 0, 15, 30 e 45% da matéria natural sobre a cinética e os parâmetros da fermentação ruminal de silagens da parte aérea da mandioca. A produção acumulada de gases (PAG) às 96 horas de incubação foi influenciada significativamente (P<0,05) pela interação emurchecimento versus inclusão de raízes. Para a PAG, houve elevação linear de 1,88mL a cada unidade percentual de raiz adicionada às silagens não emurchecidas e efeito quadrático nas silagens emurchecidas, com produção máxima de 226mL de gases, com a inclusão de 30,5% de raízes. A degradabilidade verdadeira in vitro da MS (DVIMS) das silagens apresentou significância (P<0,05) para o emurchecimento e para a interação inclusão de raízes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade; Produção de gases; Ruminantes; Volumosos.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352012000600033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética ruminal da degradação de nutrientes da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos R. Bras. Zootec.
Katsuki,Pedro Andrade; Mizubuti,Ivone Yurika; Pereira,Elzânia Sales; Ramos,Bruno Mazzer de Oliveira; Ribeiro,Edson Luis de Azambuja; Moreira,Fernanda Barros; Rocha,Marco Antonio da; Pinto,Andréa Pereira; Alves,Teresa Cristina.
Objetivou-se avaliar a cinética ruminal da degradação de MS, PB e FDN da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos. Utilizou-se um delineamento em quadrado latino 4 x 4, com quatro bovinos holandeses e quatro períodos de incubação, em ambiente ruminal adaptado ou não com diferentes aditivos alimentares. Foram testados os seguintes tratamentos: SCL - silagem de milho em ambiente ruminal sem inoculação de aditivo; SBL - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 5 g de produto comercial contendo bactérias ruminais e intestinais liofilizadas (Ruminobacter amylophilum: 3,0 x 10(11) ufc/kg; Fibrobacter succinogenes: 3,0 x 10(11) ufc/kg; Succinovibrio dextrinsolvens: 4,4 x 10(11) ufc/kg; Bacillus cereus: 3,5 x 10(11) ufc/kg;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bactérias liofilizadas; Degradabilidade; Enzimas celulolíticas; Monensina sódica.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000800031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética ruminal do feno de Stylosanthes guianensis Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ladeira,M.M.; Rodriguez,N.M.; Gonçalves,L.C.; Borges,I.; Benedetti,E.; Brito,S.C.; Sá,L.A.P..
Sete carneiros fistulados no rúmen e no duodeno foram alojados em gaiolas metabólicas e alimentados com feno de Stylosanthes guianensis à vontade. Foi empregada a técnica de sacos de náilon para determinação da degradabilidade in situ do feno, utilizando-se os tempos de 3, 6, 12, 24, 48 e 72 horas para as retiradas dos sacos do rúmen. A taxa de passagem dos sólidos foi determinada utilizando-se cromo mordante como indicador. Os valores de pH no líquido ruminal foram medidos nos tempos de 0, 2, 4, 6 e 8 horas após a alimentação e a concentração de amônia nos tempos de 0, 1, 3, 5, 7, 9 e 11 horas após a alimentação. A taxa de degradação da matéria seca (MS) foi de 8,5%/h, a degradabilidade potencial 38,1% e a degradabilidade efetiva 30,3%. A taxa de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ovino; Stylosanthes guianensis; Feno; Rúmen; Degradabilidade; Taxa de passagem.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e degradabilidade in situ da ração em ovinos em área de caatinga no sertão de Pernambuco R. Bras. Zootec.
Santos,Gladston Rafael de Arruda; Batista,Ângela Maria Vieira; Guim,Adriana; Santos,Mércia Virginia Ferreira dos; Matos,Daniele Silva de; Santoro,Kleber Régis.
Objetivou-se avaliar o efeito do tipo de fístula e da hora de coleta sobre a composição química e a degradabilidade in situ da ração em ovinos criados na caatinga. Foram utilizados dez ovinos mestiços de Santa Inês (cinco com cânula no rúmen e cinco com cânula no esôfago) recebendo água e mistura mineral ad libitum. Os percentuais de matéria seca (MS) variaram de 11,99 a 25,28%, matéria mineral (MM), 10,92 a 14,44%, proteína bruta (PB), 10,64 a 17,19%, extrato etéreo (EE), 2,95 a 4,77%, fibra em detergente neutro (FDN), 54,83 a 63,14%, fibra em detergente ácido (FDA), 39,40 a 46,62%, proteína insolúvel em detergente neutro (PIDN), 49,74 a 57,95%, proteína insolúvel em detergente ácido (PIDA), 28,52 a 39,15%, carboidratos totais (CT), 65,40 a 72,73%,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade; FDN; Forrageiras nativas; Matéria seca; PB.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009000200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição químico-bromatológica e degradabilidade In Situ da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro da casca do fruto de três variedades de maracujá (Passiflora spp) R. Bras. Zootec.
Vieira,Cláudio Villela; Vasquez,Hernan Maldonado; Silva,José Fernando Coelho da.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição químico-bromatológica e as degradabilidades potenciais e efetivas da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) do resíduo (casca) das variedades de maracujá amarela (Passiflora edulis f. Flavicarpa Degener), roxa (Passiflora edulis Sims) e doce (Passiflora alata) e da mistura das variedades amarela e roxa. Calcularam-se, também, o consumo de MS e as concentrações de amônia, ácidos graxos voláteis e pH no líquido ruminal e a taxa de passagem das fases líquida e sólida da digesta no rúmen de bovinos. Os resíduos (casca) in natura apresentaram grande quantidade de água, enquanto a variedade roxa apresentou o maior teor de matéria seca (17,01%) e o amarelo, o menor (10,78%). O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição química; Degradabilidade; Maracujá; Parâmetro ruminal.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35981999000500034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conseqüências do atraso na época de semeadura e de ensilagem do milho no valor nutritivo da silagem Ciência e Agrotecnologia
Villela,Tárique Eduardo Areco; Pinho,Renzo Garcia Von; Gomes,Maximilian de Souza; Gross,Martin Reinaldo; Evangelista,Antônio Ricardo.
Objetivou-se com este trabalho verificar o efeito da época de semeadura e de corte das plantas para ensilagem, sobre características químicas e na degradabilidade ruminal da silagem de cultivares de milho. Foram avaliadas 9 cultivares de milho em duas épocas distintas no ano agrícola 1999/2000, em área experimental da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Em cada época foram testadas duas épocas de corte, e em uma delas a linha de leite apresentava-se na metade do grão, e na outra, a colheita foi realizada quando os grãos atingiram a maturidade fisiológica. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com 4 repetições, sendo a parcela constituída de 4 linhas de 5 metros. À medida que as plantas das parcelas atingiam os estádios...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Milho; Época de semeadura; Época de corte; Silagem; Degradabilidade; Zea mays.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade dos agentes quelantes EDTA e EDDS após aplicação no solo Bragantia
Fiori,Antonieta Aparecida; Abreu,Mônica Ferreira de; Coscione,Aline Renée; Andrade,Cristiano Alberto de; Abreu,Cleide Aparecida de.
Este trabalho objetivou avaliar a degradabilidade dos quelantes EDTA e EDDS por meio do monitoramento da respiração do solo. Os quelantes foram aplicados em dois solos, um Cambissolo Háplico contaminado por metais pesados e um Latossolo Vermelho-Amarelo não contaminado. Três doses de cada quelante (250, 500 e 750 mg kg-1) e uma dose de glicose foram aplicadas em ambos os solos testados, com três repetições cada uma. A degradação dos quelantes foi determinada por meio da quantificação do CO2 emanado do início até o término do ensaio. As equações de cinética química não se ajustaram satisfatoriamente para ambos os quelantes no Latossolo, enquanto para o Cambissolo Háplico resultaram em valores de meia-vida entre 12-16 dias para o EDDS e de 6 dias para o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade; Cinética química; Carbono degradado; EDTA.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052011000200025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro de algumas gramíneas sob pastejo contínuo R. Bras. Zootec.
Prado,Ivanor Nunes do; Moreira,Fernanda Barros; Zeoula,Lúcia Maria; Wada,Fábio Yoshimi; Mizubuti,Ivone Yurika; Neves,Carolina Antunes.
Foram avaliadas a cinética de degradação e a degradabilidade efetiva (DE) da matéria seca (MS), fibra em detergente neutro (FDN) e proteína bruta (PB) com ou sem correção para contaminação por proteína de origem microbiana da aveia preta, capim-Mombaça, grama estrela roxa e milheto, provenientes de pastagens sob pastejo contínuo. A forragem foi colhida em diferentes pontos do piquete a cada 14 dias para aveia preta e, a cada 28 dias, para as outras forrageiras. Os alimentos foram incubados no rúmen em sacos de náilon nos tempos 0, 6, 12, 24, 48, 72 e 96 h. Foram utilizados três bovinos machos, inteiros, com 350 kg PV. Para correção da contaminação por proteína microbiana nos resíduos de incubação, foi determinado o teor de proteína insolúvel em detergente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aveia preta; Degradabilidade; Estrela roxa; Milheto; Mombaça.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982004000500027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro do capim-furachão (Panicum repens, L.) submetido à adubação e em diferentes idades de corte R. Bras. Zootec.
Aguiar,Rogério da Silva; Vásquez,Hernán Maldonado; Silva,José Fernando Coelho da.
O objetivo deste estudo foi avaliar as degradabilidades potencial e efetiva da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) do capim-furachão (Panicum repens, L.) em diferentes idades de corte (15, 30, 45, 60 e 75 dias) sob presença ou ausência de adubação. As taxas de passagem das fases líquida e sólida da digesta foram também avaliadas. Cinco bovinos machos, 7/8 Holandês/Zebu, entre 30 e 36 meses de idade, com média de 545 kg PV foram distribuídos em delineamento em quadrado latino em esquema de subparcelas. As parcelas foram as cinco idades de corte; as subparcelas, os dois níveis de adubação; e as subsubparcelas, os seis tempos de incubação. Idade de corte, adubação, tempo de incubação e interações entre idade e adubação e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Adubação; Capim-furachão; Degradabilidade; Idade de corte.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35981999000400021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Degradabilidade in situ do farelo de canola tratado com calor e/ou tanino R. Bras. Zootec.
Loyola,Vânia Regina; Santos,Geraldo Tadeu dos; Zeoula,Lúcia Maria; Bett,Vanderlei; Pereira,André Luiz Taborianski.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a degradabilidade in situ do farelo de canola comercial tratado com água (controle), em autoclave a 127ºC por 30 min (CC), com 15% de tanino de acácia negra (Acacia mearnsii) (CT) e tanino seguido de autoclavagem (CTC). O efeito destes tratamentos sobre a degradação in situ da matéria seca (MS) e proteína bruta (PB) foi avaliado pela técnica de saco de náilon, usando duas vacas da raça Holandesa fistuladas no rúmen. As estimativas de degradação efetiva, considerando a taxa de passagem de 5%/h, para a MS, foram 74,5; 64,2; 75,1; e 70,5% nos tratamentos, controle, CC, CT e CTC e as de degradação efetiva da PB, 86,5; 64,0; 82,6; e 69,9%, respectivamente. Não foi observado efeito do tratamento com tanino sobre a degradação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradabilidade; Farelo de canola; Proteína protegida; Tanino.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35981999000300023
Registros recuperados: 46
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional