Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Associação entre midazolam e detomidina na medicação pré-anestésica para indução da anestesia geral com cetamina em potros Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Marques,J.A.; Pereira,D.A.; Marques,I.C.S..
Empregou-se a associação midazolam e detomidina para indução de anestesia com cetamina em 16 potros, machos e fêmeas, entre três e seis meses de idade, distribuídos aleatória e equitativamente em dois grupos (GI e GII). A todos os animais foram administrados midazolam, via intramuscular, na dose de 0,2mg/kg, e após 15 minutos, detomidina, via intravenosa, na dose de 0,02mg/kg. Os animais do GII receberam cetamina pela via intravenosa, dose 2,0mg/kg, três minutos após a administração de detomidina. Quinze minutos após o midazolam, ocorreram sedação e ligeira ataxia, e dois minutos após a administração da detomidina, decúbito lateral em todos os potros, com miorrelaxamento e presença dos reflexos de deglutição e miorrelaxamento, anal e oculo-palpebral. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potro; Cetamina; Detomidina; Midazolam; Anestesia.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000600006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação comparativa entre acepromazina, detomidina e romifidina em eqüinos Ciência Rural
Fantoni,Denise Tabacchi; Futema,Fábio; Cortopassi,Sílvia Renata Gaido; Silva,Luís Cláudio Lopes Correia da; Verenguer,Manoel; Mirandola,Regina; Ferreira,Márcio Augusto.
Os efeitos da acepromazina, detomidina e romifidina em eqüinos foram comparados, objetivando-se determinar qual o agente mais seguro e efetivo para a referida espécie animal. Foram utilizados 15 eqüinos hígidos, de ambos os sexos, idades e raças variadas e encaminhados ao setor de Cirurgia do Hospital Veterinário da FMVZ - USP. Os animais foram distribuídos em três grupos: grupo I, recebeu 0,1mg/kg de acepromazina; grupo II recebeu 20mcg/kg de detomidina e grupo III, o qual recebeu 80mcg/kg de romifidina, sendo todos os agentes administrados através da via intravenosa. Previamente à administração dos fármacos e aos 15, 30, 60 e 90 minutos, após sua aplicação, foram avaliadas a freqüência e ritmo cardíacos, freqüência respiratória, pressão arterial...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Acepromazina; Romifidina; Detomidina; Eqüinos.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781999000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de detomidina e xilazina intravenosa sobre as variáveis basais e respostas comportamentais em bovinos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ribeiro,G.; Dória,R.G.S.; Nunes,T.C.; Gomes,A.L.; Pereira,W.A.B.; Queiroz,F.F.; Vasconcelos,A.B..
Avaliaram-se, durante 60 minutos, 10 bovinos após administração intravenosa de 0,1mg.kg-1 de xilazina ou 10μg.kg-1 de detomidina, quanto às frequências cardíaca e respiratória, movimentos ruminais, pressão arterial média, temperatura retal e respostas comportamentais como ataxia ou decúbito, ptose palpebral, estado de alerta ou sedação e redução da altura da cabeça em relação ao solo, além da presença de salivação, micção e concentração sanguínea de glicose. Observou-se que a xilazina, via intravenosa, em bovinos, ao mesmo tempo que promove sedação mais intensa e prolongada que a detomidina, induz a uma maior quantidade de efeitos indesejáveis, como salivação e decúbito, e redução das frequências cardíaca e respiratória, da pressão arterial média, da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bovino; Detomidina; Xilazina.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352012000600002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Eletrocardiografia em onças-pardas (Puma concolor) anestesiadas com sevoflurano ou isoflurano Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Oliveira,A.R.; Silva,K.F.; Palumbo,M.I.P.; Souza,A.I.; Souza,T.D.; Albuquerque,V.B.; Araújo,M.A.; Frazílio,F.O..
RESUMO O objetivo deste trabalho foi descrever os achados eletrocardiográficos de 11 onças- pardas (Puma concolor). Os animais foram sedados com 0,15mg/kg de detomidina associado a 5mg/kg de cetamina e mantidos anestesiados com sevoflurano (GSEVO, n=6) ou isoflurano (GISO, n=5). A frequência cardíaca foi de 95 ± 13bpm. As alterações observadas nos animais no GSEVO foram: atrial standtill com condução ventricular, episódios isolados de contração ventricular prematura, bloqueio atrioventricular de primeiro grau, diminuição da amplitude do complexo QRS, onda S profunda e aumento da amplitude da onda T. No grupo GISO, observou-se bloqueio de ramo direito do feixe de His, bloqueio atrioventricular de primeiro grau e aumento da amplitude da onda T. Arritmias não...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alfa-2 agonistas; Anestesia geral; Anestesia inalatória; Cardiologia; Detomidina.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352016000601613
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EMPREGO DA DETOMIDINA COMO MEDICAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA EM EQÜINOS ANESTESIADOS COM HALOTANO Ciência Rural
Natalini,Cláudio Corrêa; Campello,Rui Afonso Vieira; Sampaio,Augusto José Savioli de Almeida; Breitsameter,Irene.
Foram investigados os efeitos do cloridrato de detomidina como medicação pré-anestésica em eqüinos anestesiados com halotano e submetidos à laparotomia mediana pré-retroumbilical. Os parâmetros de freqüência cardíaca e respiratória, tempo de reperfusão capilar, equilíbrio ácido-base, equilíbrio hidroeletrolítico e o perfil hematológico foram analisados. Os eqüinos foram tratados com detomidina e anestesiados com tiopental sódico e halotano em oxigênio a 100%. A avaliação da técnica demonstrou facilidade de manejo no período pré-operatório e indução sem excitação. As freqüências cardíaca e respiratória diminuíram significativamente. A hematologia e o equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-base sofreram alteração significativa nos tempos estudados. O protocolo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anestesia; Detomidina; Eqüinos.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000100008
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional