Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ADMINISTRAÇÃO EPIDURAL DE OPIÓIDES EM CÃES Ciência Rural
Valadão,Carlos Augusto Araújo; Duque,Juan Carlos; Farias,Anderson.
Os opióides têm sido utilizados em Medicina Veterinária há vários anos como alternativa para o alívio da dor pós-operatória ou traumática. Atualmente, tem-se dado maior valor ao controle da dor nos animais, visando a oferecer melhores condições de recuperação ao paciente traumatizado ou recém-operado. A morfina foi o primeiro opióide usado em animais. Mais recentemente, a administração dessa substância, por via epidural, vem sendo empregada no controle da dor com resultados promissores. Assim, nesta revisão, abordam-se vários aspectos referentes aos efeitos e às indicações da administração epidural de opióides em cães.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Morfina; Epidural; Analgesia; Cães.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782002000200028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analgesia epidural com clonidina ou romifidina em cães submetidos à cirurgia coxofemoral Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Brondani,J.T.; Natalini,C.C.; Raiser,A.G.; Mazzanti,A.; Prati,L..
Avaliaram-se as alterações cardiorrespiratórias e a analgesia da administração epidural de clonidina ou romifidina em cães submetidos à cirurgia coxofemural. Foram utilizados 14 cães distribuídos em dois grupos: o grupo Cloni recebeu 150µg de clonidina e o grupo Romi, 20µg/kg de romifidina. A indução anestésica foi realizada com propofol e a anestesia cirúrgica mantida com halotano e O2 em respiração espontânea. A punção do espaço epidural foi feita logo após a indução. Antes da indução e a cada 10 minutos foram avaliadas as freqüências cardíaca e respiratória, a pressão arterial sistólica, a saturação de oxigênio da hemoglobina e a concentração de halotano. Após indução e ao término do procedimento cirúrgico coletou-se sangue arterial para avaliação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Cão; Epidural; Clonidina; Romifidina.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anestesia epidural com lidocaína isolada e associada ao fentanil para realização de ováriossalpingo-histerectomia em cadelas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Cassu,R.N.; Stevanin,H.; Kanashiro,C.; Menezes,L.M.B.; Laposy,C.B..
Investigou-se o efeito da lidocaína isolada ou associada ao fentanil na anestesia epidural, para realização de ováriossalpingo-histerectomia. Dezoito cadelas foram tranqüilizadas com acepromazina, seguindo-se indução anestésica com propofol, para a realização da punção lombossacra. Os animais foram distribuídos em dois grupos: o grupo GL recebeu lidocaína (8,5mg/kg) e o GLF fentanil (5µg/kg) associado à lidocaína (6,5mg/kg). Mensuraram-se as freqüências cardíaca (FC) e respiratória (FR), pressão arterial sistólica (PAS), variáveis hemogasométricas, concentração sérica de cortisol, necessidade de complementação anestésica com propofol durante a cirurgia, temperatura retal (T), período de latência e duração do bloqueio anestésico. Foi observada redução na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cadela; Lidocaína; Fentanil; Cortisol; Epidural.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000400008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anestesia epidural com ropivacaína, lidocaína ou associação de lidocaína e xilazina em cães: efeitos cardiorrespiratório e analgésico Ciência Rural
Gasparini,Simone Salata; Luna,Stelio Pacca Loureiro; Cassu,Renata Navarro; Uiechi,Edilson; Crocci,Adalberto José.
Este estudo investigou o efeito da ropivacaína, da lidocaína e da associação de lidocaína e xilazina na anestesia epidural de cães. Trinta cães foram tranqüilizados com acepromazina intravenosa, distribuídos em três grupos e submetidos à anestesia epidural no espaço lombo-sacro, com lidocaína 2% com vasoconstrictor (GL), ropivacaína 1% (GR) ou com xilazina associada à lidocaína (GXL). Mensuraram-se as freqüências cardíaca (FC) e respiratória (f), a pressão arterial sistólica (PAS), a concentração final expirada de CO2 (EtCO2), o volume minuto (VM) e a temperatura retal (T). Para avaliação da analgesia somática, utilizou-se o teste do panículo e o teste térmico a 55°C. Os protocolos produziram anestesia da região retro-umbilical, sendo que a associação XL...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lidocaína; Xilazina; Ropivacaína; Epidural; Cão.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782007000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anestesia epidural cranial com lidocaína e morfina para campanhas de castração em cães Ciência Rural
Tamanho,Renato Batista; Oleskovicz,Nilson; Moraes,Aury Nunes de; Flôres,Fabíola Niederauer; Dallabrida,Ademar Luiz; Regalin,Doughlas; Carneiro,Ruiney; Pacheco,Acácio Duarte; Rosa,Ademir Cassiano da.
A castração de machos e fêmeas tem sido preconizada como a principal técnica para redução do grande número de cães errantes. No entanto, vários são os entraves com relação à escolha do melhor protocolo anestésico, em relação à eficácia, segurança e redução de custos. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar os efeitos cardiorrespiratórios, hemogasométricos e analgésicos da utilização de lidocaína em um volume maior, associada à morfina, pela via epidural em cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia (OSH), com ou sem suplementação de oxigênio. Utilizaram-se 12 cadelas, com peso médio de 11,5±3,7kg e idade de um a quatro anos. Os animais receberam como medicação pré-anestésica (MPA) acepromazina (0,1mg kg-1) e meperidina (5mg kg-1), pela via...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cães; Morfina; Epidural; Campanhas de castração.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000100019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cortisol sérico e glicemia em cadelas tratadas com tramadol e submetidas à ovário-histerectomia Ciência Rural
Caldeira,Fátima Maria Caetano; Oliveira,Humberto Pereira; Melo,Eliane Gonçalves; Martins,Claudia; Vieira,Marilisa Souza; Silva,Cristiano Nicomedes da.
O tramadol é um analgésico opióide usado em medicina veterinária, embora existam poucos estudos sobre este fármaco. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito analgésico promovido pela administração do tramadol, mensurando o cortisol sérico e a glicemia de cadelas. Para isso, foram utilizadas 15 fêmeas, submetidas a ovário-histerectomia sob anestesia geral com isofluorano. Os animais foram divididos em três grupos. Grupo 1 (Tep) receberam tramadol pela via epidural (1,0mg kg-1 diluído em água bidestilada ao volume final de 3,0mL) e, após 15 minutos, 3,0mL de água bidestilada pela via intravenosa. No grupo 2 (Tiv), foi administrado 3,0mL de água bidestilada pela via epidural e, após 15 minutos, tramadol pela via intravenosa (1,0mg kg-1 diluído em água...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cortisol sérico; Glicemia; Tramadol; Epidural; Intravenoso; Cão; Analgesia; Anestesia; Ovário-histerectomia.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782006000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dexmedetomidina epidural em gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia sob anestesia total intravenosa com propofol e pré-medicadas com cetamina S(+) e midazolam Ciência Rural
Dorigon,Otávia; Oleskovicz,Nilson; Moraes,Aury Nunes de; Dallabrida,Ademar Luiz; Flôres,Fabíola Niederauer; Soares,André Vasconcelos; Mores,Thiago José.
O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da administração epidural de dexmedetomidina em gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia (OSH), sob infusão contínua de propofol. Para tanto, foram utilizadas 12 gatas adultas, hígidas, com peso médio de 3,3±0,4kg, e entre um e quatro anos de idade. Como medicação pré-anestésica, os animais receberam cetamina S(+) (5mg kg-1) e midazolam(0,5mg kg-1), pela via intramuscular, e propofol como agente indutor (4mg kg-1), pela via intravenosa. Em seguida, os animais foram intubados para receber oxigênio a 100% , por meio de sistema sem reinalação de gases, e a infusão contínua de propofol (0,3mg kg-1 min-1) foi iniciada. Os animais foram alocados em dois grupos, nos quais foram administrados dexmedetomidina...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gatos; Epidural; Dexmedetomidina; Propofol.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000300024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos comportamental, clínico e analgésico promovidos pela injeção epidural preventiva de morfina, xilazina ou clonidina, em equinos Ciência Rural
Guirro,Erica Cristina Bueno do Prado; Sobrinho,Guilherme Roberto; Ferreira,Isabella Maria Marchesini; Valadão,Carlos Augusto Araújo.
Os agonistas dos receptores adrenérgicos 2 e os opioides tem ação analgésica e a aplicação preventiva pela via epidural pode minimizar os efeitos clínicos e comportamentais indesejáveis. Assim, avaliaram-se os efeitos comportamental, clínico e analgésico promovidos pela injeção epidural preventiva de morfina (0,1mg kg-1), xilazina (0,17mg kg-1) ou clonidina (3µg kg-1) durante 24 horas, em 18 equinos submetidos a um modelo incisional de dor inflamatória e avaliados pelos filamentos de von Frey. As alterações comportamentais, de frequência cardíaca, frequência respiratória, temperatura retal e altura de cabeça em relação ao solo foram mínimas e transitórias. A sensibilidade cutânea em pele incisada foi semelhante à sensibilidade da pele íntegra por 24, 8 e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Analgesia; Clonidina; Epidural; Equinos; Morfina; Xilazina.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011001000019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da administração epidural de amitraz, xilazina ou dimetil sulfóxido em vacas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Almeida,R.M.; Valadão,C.A.A.; Moreno,J.C.D.; Farias,A.; Souza,A.H..
Avaliaram-se os efeitos da injeção epidural de amitraz (0,4mg/kg), xilazina (0,05mg/kg) ou dimetil sulfóxido 10% (5,0ml) sobre a freqüência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS), freqüência respiratória (FR), motilidade ruminal (MR), temperatura retal (TR), altura de cabeça (AC) e latência das respostas a estímulos nociceptivos nas regiões da coxa (LECC) e coroa do casco (LRRM) de vacas. Houve diminuição da FC e da MR nos grupos xilazina e amitraz. O tratamento com xilazina resultou em alterações na FR, PAS e AC. LECC e LRRM foram maiores nos tratamentos com agonistas alfa-2. Nas doses utilizadas, o amitraz aumentou a latência de resposta a estímulo nociceptivo em menor grau que a xilazina, sem induzir efeitos colaterais sistêmicos severos, em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Agonista alfa-2; Amitraz; Analgesia; Bovinos; Epidural.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000600005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Injeção epidural de morfina ou cetamina em cães: avaliação do efeito analgésico pelo emprego de filamentos de von Frey Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Valadão,C.A.A.; Mazzei,S.; Oleskovicz,N..
Utilizaram-se 14 cães mestiços, com idade inferior a cinco anos e peso médio de 12,5kg, com o objetivo de se avaliar os efeitos da injeção epidural de morfina ou cetamina sobre a dor pós-operatória. Os cães foram anestesiados com sevoflurano por meio de máscara facial, e em ato contínuo, receberam injeção epidural de morfina (0,1mg/kg; G1) ou cetamina (0,2mg/kg; G2) diluídas em 0,3ml/kg de solução salina. A incisão experimental de 1,5cm foi realizada no coxim plantar e suturada com fio de náilon. Interrompida a anestesia inalatória e decorridos 30 minutos iniciou-se a avaliação da dor peri-incisional, aplicando-se os filamentos de von Frey a 0,3cm equidistantes da incisão. O procedimento foi repetido a intervalos de 30 minutos até 120 minutos, e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Morfina; Cetamina; Epidural; Filamentos de von Frey.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000400009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Injeção epidural preventiva de xilazina ou amitraz, em eqüinos: efeito antinociceptivo Ciência Rural
Guirro,Erica Cristina Bueno do Prado; Sobrinho,Guilherme Roberto; Ferreira,Isabella Maria Marchesini; Valadão,Carlos Augusto Araújo.
Os agonistas de receptores adrenérgicos α2 geram efeito antinociceptivo após administração epidural e o amitraz possui atividade intrínseca sobre tais receptores. Assim, avaliou-se o efeito antinociceptivo promovido pela injeção epidural preventiva de 0,17mg kg-1 de xilazina (GX) ou 0,1mg kg-1 de amitraz diluído em emulsão lipídica (GA) durante 24 horas, em doze eqüinos submetidos a modelo incisional de dor inflamatória e avaliados com filamentos de von Frey quanto ao limiar nociceptivo à estimulação mecânica (LNEM). A xilazina produziu manutenção do LNEM por até 4 horas, enquanto que o amitraz diluído em emulsão lipídica foi capaz de manter o LNEM inalterado por até 24 horas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amitraz; Analgesia; Epidural; Eqüinos; Nocicepção; Xilazina.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000100016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Injeção epidural preventiva de xilazina ou amitraz em eqüinos: efeitos clínicos e comportamentais Ciência Rural
Guirro,Erica Cristina Bueno do Prado; Ferreira,Isabella Maria Marchesini; Roberto Sobrinho,Guilherme; Valadão,Carlos Augusto Araújo.
A xilazina é o fármaco agonista adrenérgico α2 mais utilizado pela via epidural de eqüinos e sabe-se que o amitraz tem ação sobre esses receptores. Assim, foram avaliados os efeitos clínicos e comportamentais causados pela injeção epidural de 0,17mg kg-1 de xilazina (GX) ou de 0,1mg kg-1 de amitraz diluído em emulsão lipídica (GA) durante 24 horas, em doze eqüinos. A freqüência cardíaca e a altura de cabeça mantiveram-se inalteradas; a freqüência respiratória aumentou de T105 a T360 no GX; a temperatura retal elevou-se de T120 a T720 em GA e de T360 a T720 em GX. Não houve diferença no tempo de latência para urinar ou defecar em ambos os grupos. Em relação às alterações comportamentais, o amitraz provocou sedação (50%), ptose labial (33,4%) e palpebral...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amitraz; Analgesia; Epidural; Eqüinos; Xilazina.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plasma and cerebrospinal fluid alfentanil, butorphanol, and morphine concentrations following caudal epidural administration in horses Ciência Rural
Natalini,Cláudio Corrêa.
This study was conducted with the objective of determining the plasma and cerebrospinal fluid (CSF) concentrations after epidurally administered alfentanil, butorphanol, and morphine in horses. Five clinically healthy adult horses were studied. Morphine 0.1mg kg-1, alfentanil 0.02mg kg-1, and butorphanol 0.08mg kg-1 in equal volumes (20ml) were epidurally injected. A 10-ml sample of CSF and blood were drawn at sampling times before the epidural administration and at 5, 10, 20, 30, 40, 50, 60 and 120 minutes, and hourly for 24 hours Enzyme-linked immonosorbent assay (ELISA) was used as the screening test to detect the injected opioids. ANOVA and Bonferroni’s test were used with a P values <0.05 considered significant. The ELISA method was used and seemed...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Analgesia; Opioids; Pharmacokinetics; Equine; Epidural.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782006000500014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ropivacaína isolada e associada ao fentanil ou ao tramadol administrados pela via peridural em cães Ciência Rural
Silva,Bruno Monteiro da; Matsubara,Lídia Mitsuko; Albuquerque,Verônica Batista; Maia,Camila Aparecida de Almeida; Oliva,Valéria Nobre Leal de Souza.
A anestesia peridural é amplamente difundida no meio veterinário, utilizando-se o anestésico local isolado ou associado aos opióides, capazes de promover aumento do efeito analgésico. O objetivo deste estudo foi avaliar a função cardiorrespiratória e analgésica da ropivacaína isolada ou associada ao fentanil ou tramadol. Para tanto, oito cães foram tranqüilizados com acepromazina, submetidos à anestesia peridural com um dos seguintes protocolos: GR (ropivacaína), GRF (ropivacaína + fentanil), GRT (ropivacaína + tramadol), em volume total de 0,25ml kg-1, e foram avaliados os parâmetros: freqüência cardíaca e respiratória, temperatura retal, pressão arterial sistólica, e gasometria do sangue arterial, os bloqueios sensitivo e motor, o grau de sedação e a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Analgesia; Epidural; Extradural; Opióides; Sedação; Bloqueio sensitivo e motor.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000800017
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional