Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características físicas e vigor de sementes em progênies de camucamuzeiro estabelecidas no BAG da Embrapa Amazônia Oriental. Repositório Alice
NASCIMENTO, W. M. O. do; RIBEIRO, O. D.; RODRIGUES JUNIOR, O. M..
O camucamuzeiro é espécie frutífera nativa da Amazônia e sua importância econômica é comprovada pelo fato do fruto conter elevado teor de ácido ascórbico. O trabalho teve como objetivo realizar a caracterização física e verificar a eficiência de testes de vigor na avaliação da qualidade fisiológica em sementes de camu-camu. A morfometria foi efetuada com base na amostra de dez sementes, as quais foram individualmente caracterizadas quanto às seguintes características: massa, comprimento, largura, e espessura, além avaliação do potencial de germinação. Os dados da caracterização morfométrica foram analisados por meio de estatística simples, envolvendo média, máximo, mínimo e desvio padrão. Para avaliação dos testes de vigor foi usado o delineamento...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Myrciaria dubia; Espessura; Diâmetro do coleto.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/951087
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características morfológicas do pelame de vacas holandesas puras por cruza na região semiárida de Minas Gerais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Mata e Silva,B.C.; Almeida,A.C.; Marques,L.C.G.; Porto,B.R.; Durães,C.R.S.; Carvalho Júnior,I.S.; Colen,F..
O objetivo do trabalho foi avaliar as características morfológicas como densidade numérica e espessura do pelame e comprimento dos pelos de vacas Holandesas predominantemente negras, puras por cruza em lactação na região de Montes Claros no norte de Minas Gerais. O estudo foi conduzido em duas fases, A: julho/agosto e B: outubro/novembro de 2010, utilizando 12 fêmeas Holandesas em lactação, puras por cruza de pelame predominante negro. Foram medidas as características de densidade numérica (nº pelos/cm²), espessura (mm), comprimento (mm) e a temperatura da superfície do pelame (TPE). Os resultados mostraram que o pelame foi menos denso, com pelos mais curtos na fase B, no entanto a espessura não variou entre as duas fases. No período em que ocorreu maior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bovino; Comprimento; Densidade; Espessura; Pelo; Estação do ano.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000600026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de clones de seringueira da série IAC 300 na região do planalto de São Paulo. Repositório Alice
GONÇALVES, P. de S.; MARTINS, A.L.M.; FURTADO, E.L.; SAMBUGARO, R.; OTTATI, E.L.; ORTOLANI, A.A.; GODOY JÚNIOR, G..
O objetivo deste trabalho foi selecionar clones de seringueira (Hevea spp.) promissores para a região do planalto do Estado de São Paulo. De uma população de 70 clones, de polinização controlada, integrantes do experimento de avaliação em pequena escala, foram avaliados 16 da série IAC 300. O experimento foi instalado na Estação Experimental de Pindorama, no espaçamento de 7 x 3 m, em delineamento de blocos casualizados, com três repetições, tendo os clones RRIM 600 e GT 1 como testemunhas. Quanto à produção de borracha seca, destacaram-se oito e dez clones superiores ao RRIM 600 e GT 1, respectivamente. Todos os clones avaliados apresentaram-se vigorosos em relação ao perímetro do caule na abertura do painel. Sete deles mostraram alta resistência; sete,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Hevea brasiliensis; Casca; Espessura; Antracnose; Rendimento; Bark; Thickness; Anthracnosis; Yields.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/106758
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de clones de seringueira da série IAC 300 na região do planalto de São Paulo PAB
Gonçalves,Paulo de Souza; Martins,Antonio Lúcio Mello; Furtado,Edson Luiz; Sambugaro,Rosana; Ottati,Emma Luize; Ortolani,Altino Aldo; Godoy Júnior,Gentil.
O objetivo deste trabalho foi selecionar clones de seringueira (Hevea spp.) promissores para a região do planalto do Estado de São Paulo. De uma população de 70 clones, de polinização controlada, integrantes do experimento de avaliação em pequena escala, foram avaliados 16 da série IAC 300. O experimento foi instalado na Estação Experimental de Pindorama, no espaçamento de 7 x 3 m, em delineamento de blocos casualizados, com três repetições, tendo os clones RRIM 600 e GT 1 como testemunhas. Quanto à produção de borracha seca, destacaram-se oito e dez clones superiores ao RRIM 600 e GT 1, respectivamente. Todos os clones avaliados apresentaram-se vigorosos em relação ao perímetro do caule na abertura do painel. Sete deles mostraram alta resistência; sete,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hevea brasiliensis; Casca; Espessura; Antracnose; Rendimento.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2002000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de clones de seringueira de origem amazônica no planalto do Estado de São Paulo. Repositório Alice
GONÇALVES, P. de S.; BORTOLETTO, N.; SAMBUGARO, R.; FURTADO, E.L.; BATAGLIA, O.C.; ORTOLANI, A.A.; GODOY JÚNIOR, G..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a adaptabilidade e expressão fenotípica de caracteres superiores de dez clones amazônicos de seringueira (Hevea spp.) no planalto do Estado de São Paulo em um período de 10 anos, obedecendo ao delineamento de blocos ao acaso com três repetições e parcelas lineares de seis plantas. O clone IAN 3156 foi o mais produtivo, com média de 65,57 g de borracha seca/árvore/sangria, no período de quatro anos, seguido pelo clone RO 45 com 52,29 g de borracha seca/árvore/sangria, enquanto o clone-testemunha, RRIM 600, produziu 41,04 g/árvore/sangria. Todos os clones apresentaram crescimento vigoroso. O perímetro do caule na abertura do painel variou de 37,01 cm (IAN 3193) a 49,41 cm (IAN 4493). A porcentagem de plantas aptas à...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Casca; Espessura; Secamento; Sangria; Antracnose; Rendimento; Bark; Thickness; Drying; Tapping; Anthracnosis; Yields.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/105903
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho de clones de seringueira de origem amazônica no planalto do Estado de São Paulo PAB
Gonçalves,Paulo de Souza; Bortoletto,Nelson; Sambugaro,Rosana; Furtado,Edson Luiz; Bataglia,Ondino Cleante; Ortolani,Altino Aldo; Godoy Júnior,Gentil.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a adaptabilidade e expressão fenotípica de caracteres superiores de dez clones amazônicos de seringueira (Hevea spp.) no planalto do Estado de São Paulo em um período de 10 anos, obedecendo ao delineamento de blocos ao acaso com três repetições e parcelas lineares de seis plantas. O clone IAN 3156 foi o mais produtivo, com média de 65,57 g de borracha seca/árvore/sangria, no período de quatro anos, seguido pelo clone RO 45 com 52,29 g de borracha seca/árvore/sangria, enquanto o clone-testemunha, RRIM 600, produziu 41,04 g/árvore/sangria. Todos os clones apresentaram crescimento vigoroso. O perímetro do caule na abertura do painel variou de 37,01 cm (IAN 3193) a 49,41 cm (IAN 4493). A porcentagem de plantas aptas à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Casca; Espessura; Secamento; Sangria; Antracnose; Rendimento.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2001001200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dimensionamento de espessura de pericarpo de milho utilizando a técnica de microscopia eletrônica de varreduras. Repositório Alice
PAES, M. C. D.; GAMA, E. E. G..
2006
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho verde; Qualidade; Pericarpo; Espessura; Microscopia eletrônica de varredura.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/490058
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da densidade de criação e do grupo genético sobre o desempenho e o desenvolvimento ósseo de frangos de corte Sci. Agrar.Paran. / SAP
A. F. G. Oliveira; Universidade Estadual de Maringá; Luís Daniel Giusti Bruno; Universidade Estadual do Oeste do Paraná; E. R. M. Garcia; Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; M. C. P. Leite; Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; A. P. S. Ton; Universidade Estadual de Maringá; Letícia Lorençon; Universidade Estadual de Maringá.
Este trabalho foi realizado objetivando-se avaliar o efeito da densidade de criação (10 e 16 aves/m2) e do grupo genético (Hybro PG, Isa Label JA57 e Ross 308) sobre as características de desempenho, rendimento de carcaça e desenvolvimento ósseo de frangos de corte. Foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado em um esquema fatorial 3x2 (3 grupos genéticos x 2 densidades de criação). A tíbia, fêmur e úmero foram coletados quando as aves estavam com 1, 7, 14, 21, 28, 35 e 42 dias de idade, sendo mensurados o comprimento e a espessura (mm, expressos em valores absolutos), o peso do osso seco (gramas) e o...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Comprimento; Espessura; Índice Seedor; Ossos longos; Peso do osso seco.
Ano: 2012 URL: http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/6353
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fatores de ajuste da espessura de toucinho para 90 kg e de peso para 154 kg em suínos submetidos a teste de performance. Infoteca-e
FÁVERO, J. A.; IRGANG, R.; COSTA, C. N.; DALLA COSTA, O. A.; MONTICELLI, C. J..
1989
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Espessura; Toucinho; Suínos.
Ano: 1989 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/960856
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Recomendação sobre o uso do ultra-som na medida da espessura de toucinho em suínos vivos. Infoteca-e
BISCEGLI, C.I.; FAVERO, J.A..
1997
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Instrumentacao agropecuaria; Ultra-som; Gordura animal; Suino; Toicinho; Espessura.
Ano: 1997 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/26445
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ultra-sonografia de características lineares e estimativas do volume de rins de cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Sampaio,K.M.O.R.; Araújo,R.B..
Obtiveram-se as medidas lineares de rins de cães adultos, clinicamente normais, por meio da ultra-sonografia, e estimou-se o volume dos rins de 35 cães (18 fêmeas e 17 machos) sem raça definida e com idade entre dois e seis anos. Os animais foram divididos em três grupos de acordo com o peso corporal (3,1 a 10,0 kg; 10,1 a 20,0 kg e 20,1 a 45,0 kg). Os planos de secção sagital, dorsal e transversal foram utilizados para obtenção das medidas lineares de comprimento (C), largura (L) e espessura (E). O volume renal foi calculado a partir das medidas lineares utilizando-se a fórmula para o volume de um elipsóide. Os valores médios encontrados para os três grupos foram, respectivamente: comprimento (4,73; 6,09 e 7,13cm), largura (2,81; 3,44 e 3,95cm), espessura...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ultra-sonografia; Rins; Comprimento; Largura; Espessura; Volume.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Um SNP do gene PSMC1 não afeta a variação da espessura de gordura subcutânea, área de olho de lombo e peso aos 18 meses em bovinos da raça Canchim Repositório Alice
VERERONI, G. B.; MEIRELLES, S. L.; IBELLI, A. M. M.; TIZIOTO, P. C.; OLIVEIRA, H. N.; ALENCAR, M. M. de; REGITANO, L. C. de A..
A raça Canchim é uma raça composta que vem crescendo no mercado de gado de corte. Apesar da elevada capacidade de produção de carne, a raça possui pouca gordura de cobertura, justificando pesquisas com o objetivo de aumentar a sua deposição. Essas pesquisas incluem a procura por marcadores moleculares que podem auxiliar a identificação de animais com maior potencial genético para a característica. Um polimorfismo de um único nucleotídeo (SNP) do gene PSMC1 foi associado com consumo diário médio, ganho médio diário, ganho médio diário em terminação, tamanho do corpo, eficiência alimentar, espessura de gordura subcutânea e área de olho de lombo em uma população de bovinos. O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito de um polimorfismo no gene PSMC1 sobre...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Gado Canchim; Espessura; Gordura; SNP.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/574364
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso da poda e de diferentes diâmetros de alporques sobre o desenvolvimento e o acúmulo de nutrientes de mudas de lichieira Rev. Bras. Frutic.
Franco,Claudemir Facincani; Prado,Renato de Mello; Braghirolli,Luiz Fernando; Leal,Renata Moreira; Perez,Elizeu Garcia; Romualdo,Liliane Maia.
O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do diâmetro do caule e da poda de alporques sobre o desenvolvimento e o acúmulo de nutrientes em mudas de lichieira cultivadas em substrato. Para isso utilizou-se de alporques da variedade Bengal. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 2, com oito repetições, sendo três diâmetros do alporque: fino (1,0 ±0,5 cm); médio (2,0 ±0,5 cm) e grosso (3,0 ±0,5 cm), e alporques com e sem poda. As mudas de lichieira foram cultivadas durante 140 dias após o plantio dos alporques. Avaliaram-se a matéria seca das brotações da parte aérea e das raízes, e os teores de macro e micronutrientes. A melhor muda de lichieira foi obtida de alporque com diâmetro grosso, e podado. O alporque...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Litchi chinensis Sonn; Alporquia; Espessura; Macronutrientes; Micronutrientes.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452005000300036
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional