Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do desenvolvimento de maracujá-doce (Passiflora alata Dryander) propagado por estaquia e por semente em condições de pomar comercial. Repositório Alice
RONCATTO, G.; NOGUEIRA FILHO, G. C.; RUGGIERO, C.; OLIVEIRA, J. C. de; MARTINS, A. B. G..
O trabalho foi realizado na Área de Propagação de Fruteiras do Departamento de Produção Vegetal da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista (FCAV/UNESP), Jaboticabal-SP, e em área de produtor, no município de Araguari-MG, com o objetivo de verificar o potencial de crescimento vegetativo (diâmetro do caule, altura de plantas e número de folhas) de plantas de maracujá-doce (Passiflora alata Dryander), obtidas por estaquia e por semente, comparando o desenvolvimento inicial de plantas no campo. O experimento foi conduzido no período de janeiro de 2002 a fevereiro de 2003. A formação de mudas por semente foi realizada em casa de vegetação e, por estaca, em câmara de nebulização intermitente, sob condições de telado. As...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Maracujá doce; Passiflora alata Dryander; Semillas.; Estaquillas; Huertos frutales; Propagación vegetativa; Propagação vegetativa; Estaca; Semente; Planta; Crescimento; Pomar; Vegetative propagation; Plant cuttings; Seeds; Orchards..
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/510921
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da porção do ramo e comprimento de estacas na propagação vegetativa de plantas de cupuaçu. Repositório Alice
GONDIM, T. M. de S.; LEDO, F. J. da S.; CAVALCANTE, M. de J. B.; SOUZA, A. das G. C. de.
Estudou-se a propagação vegetativa do cupuaçuzeiro (Theobroma grandiflorum (Willdenow ex Sprengel) Shumann) por estaqui avaliando estacas de ramos caulinares, seccionados em três porções (apical, mediana e basal) e três comprimentos (30: 25 20 cm) num delineamento de blocos casualizados, em fatorial 3x3. As estacas foram plantadas sob câmarade crescimento, em canteiro com areia lavada, carvão vegetal e esterco bovino na proporção de 4: 1: 1 do volume e irrigadas diariamente até a avaliação, aos 120 dias após o plantio. As estacas da proporção mediana e basal do ramo apresentaram maior número de brotos (6,4 e 6,1, respectivamente) quando comparadas às apicais (3,3), não havendo efeito significativo de comprimento. A utilização da câmara de crescimento...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Estaquia; Cupuassu; Estaquillas; Propagación vegetativa; Cupuaçu; Theobroma grandiflorum; Propagação vegetativa; Tutoramento; Enraizamento; Vegetative propagation; Plant cuttings; Rooting.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/502893
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas de espécies de maracujazeiro (Passiflora spp.) no inverno e no verão. Repositório Alice
RONCATTO, G.; NOGUEIRA FILHO, G. C.; RUGGIERO, C.; OLIVEIRA, J. C. de; MARTINS, A. B. G..
O maracujazeiro está entre as principais frutíferas cultivadas no País, mas apresenta limitações no cultivo, ocasionando baixa produtividade, que pode ser superada através do uso da estaquia, clonando as melhores matrizes de alta produtividade. Com isso, o objetivo desta pesquisa foi avaliar o potencial de enraizamento de estacas no inverno e no verão, utilizando as espécies comerciais (P. edulis Sims f. flavicarpa Degener e P. alata Dryander) e os porta-enxertos (P. giberti N.E.Brown, P. nitida H.B.K. e P. setacea D.C.). Este experimento foi realizado no período de julho de 2001 a março de 2002, em câmara de nebulização intermitente, sob condições de telado (50% de sombreamento). As estacas foram coletadas de plantas adultas oriundas do Banco de...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Ácido indol butírico; Passiflora spp; Produtividade da planta; Desempeño del crecimiento; Estaquillas; Invierno; Maracuyá; Passion fruit; Producción de plántulas; Propagación vegetativa; Verano.; Maracujá; Propagação vegetativa; Muda; Enraizamento de estaca; Ácido indolbutírico; Inverno; Verão.; Vegetative propagation; Seedling production; Plant cuttings; Indole butyric acid; Growth performance; Winter; Summer..
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/511199
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas herbáceas de diferentes espécies de maracujazeiro. Repositório Alice
RONCATTO, G.; NOGUEIRA FILHO, G. C.; RUGGIERO, C.; OLIVEIRA, J. C. de; MARTINS, A. B. G..
O trabalho foi realizado na Área de Propagação de Fruteiras do Departamento de Produção Vegetal da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista (FCAV/UNESP), em Jaboticabal-SP, com o objetivo de verificar a possibilidade de obtenção de mudas por estaquia de maracujá (Passiflora spp.), nas espécies comerciais P. edulis Sims f. flavicarpa Degener e P. alata Dryander, e nos porta-enxertos P. giberti N.E.Brown, P. nitida H.B.K. e P. setacea D.C. O experimento foi realizado no período de junho de 2000 a junho de 2001, em câmara de nebulização intermitente, em condições de telado (50% de sombreamento). As estacas foram coletadas de plantas adultas, oriundas do Banco de Germoplasma Ativo (BAG) do Departamento de Produção Vegetal...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Maracuyá; Passiflora spp; Ácido indol butírico; Desempeño del crecimiento; Estaquillas; Passion fruit; Producción de plántulas; Propagación vegetativa.; Maracujá; Propagação vegetativa; Muda; Enraizamento de estaca; Ácido indolbutírico.; Vegetative propagation; Seedling production; Plant cuttings; Indole butyric acid; Growth performance..
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/511197
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamiento de estacas juveniles de Bertholletia excelsa con diferentes concentraciones de ácido indol-butírico. Repositório Alice
CORDEIRO, I. M. C. C.; LAMEIRA, O. A.; OLIVEIRA, F. de A.; WENDLING, I..
El comportamiento recalcitrante y la germinación lenta e irregular son factores limitantes en la producción de plántulas de Bertholletia excelsa mediante el proceso convencional. El objetivo de este estudio fue evaluar el enraizamiento de estacas juveniles de B. excelsa asociadas a la aplicación de ácido indolbutírico (AIB) en propagador de subirrigación. El diseño experimental fue completamente al azar con un arreglo factorial 3?3?2 de tratamientos: tres dosis (0, 1000 y 3000 mg L?1) de AIB como regulador de crecimiento; tres tipos de estacas (apical, media y basal); y dos tiempos de inmersión (1 s y 60 s). Los datos se analizaron con un ANDEVA y las medias de los tratamientos se compararon con la prueba de SNK (p?0.05). A los 180 d se evaluó el número y...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Castanha do Brasil; Estaquillas; Reguladores del crecimiento; Bertholletia excelsa; Castanha do Pará; Espécie nativa; Propagação vegetativa; Estaca; Reprodução vegetal; Ácido Indolbutírico; Vegetative propagation; Growth regulators; Plant cuttings.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1042821
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamiento de estacas juveniles de Bertholletia excelsa con diferentes concentraciones de ácido indol-butírico. Repositório Alice
CORDEIRO, I. M. C. C.; LAMEIRA, O. A.; OLIVEIRA, F. de A.; WENDLING, I..
El comportamiento recalcitrante y la germinación lenta e irregular son factores limitantes en la producción de plántulas de Bertholletia excelsa mediante el proceso convencional. El objetivo de este estudio fue evaluar el enraizamiento de estacas juveniles de B. excelsa asociadas a la aplicación de ácido indolbutírico (AIB) en propagador de subirrigación. El diseño experimental fue completamente al azar con un arreglo factorial 3?3?2 de tratamientos: tres dosis (0, 1000 y 3000 mg L?1) de AIB como regulador de crecimiento; tres tipos de estacas (apical, media y basal); y dos tiempos de inmersión (1 s y 60 s). Los datos se analizaron con un ANDEVA y las medias de los tratamientos se compararon con la prueba de SNK (p?0.05). A los 180 d se evaluó el número y...
Tipo: Separatas Palavras-chave: Castanha do Brasil; Estaquillas; Reguladores del crecimiento.; Ácido Indolbutírico; Bertholletia Excelsa; Espécie Nativa.; Growth regulators; Plant cuttings; Vegetative propagation..
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1043029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Obtenção de clones de cafeeiros (Coffea arabica L.), "in vivo", através do enraizamento de estacas. Repositório Alice
BERGO, C. L.; MENDES, A. N. G.; PASQUAL, M.; DIAS, J. R. G..
Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de desenvolver uma metodologia que permita a regeneração de plantas de C. arabica "In vivo", a partir de enraizamento de estacas foi conduzido um experimento no Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Lavras-MG, em casa de vegetação com controle de umidade e temperatura e com sistema automático de irrigação por microaspersão.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Acaiá; Catuaí; Propagación vegetativa; Enraizamiento; Estaquillas; Regeneración natural; Café; Coffea Arábica; Propagação Vegetativa; Enraizamento de Estaca; Regeneração Natural; Vegetative propagation; Plant cuttings; Rooting; Natural regeneration.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/492191
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produção de mudas de cafeeiros por sementes e estacas. Infoteca-e
BERGO, C. L.; SÁ, C. P. de; SALES, F. de.
A propagação do cafeeiro é feita de duas formas: sexuada, que se baseia no uso de sementes, e assexuada, baseada no uso de estruturas vegetativas das plantas, a exemplo do uso das estacas, ou pedaços de seus ramos. No Acre, o processo usual de propagação do cafeeiro, tanto da espécie arabica como canephora, é por semente. Embora a Embrapa já tenha difundido a produção vegetativa por meio de estaca para o café Conilon, da espécie canephora, ainda são poucos os produtores que utilizam esta técnica. Este trabalho trata destas duas formas de produção de mudas de café.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Semillas.; Cafeeiro; Estaquillas; Producción de plántulas; Propagación vegetativa; Produção; Semente; Estaca.; Propagação vegetativa; Muda; Seedling production; Plant cuttings.; Vegetative propagation; Coffea; Seeds.
Ano: 2002 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/495911
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produção de mudas de pimenta-longa por meio de estaquia com diferentes concentrações de hormônio e desinfestantes. Infoteca-e
NEGREIROS, J. R. da S.; AZEVEDO, J. M. A. de; RONCATTO, G.; BASTOS, R. M..
A espécie Piper hispidinervum C. DC., popularmente conhecida como pimenta-longa, é uma planta arbustiva aromática que, nos últimos anos, tem despertado o interesse das indústrias de cosméticos e bioinseticidas. Isso porque o óleo essencial, extraído de suas folhas e talos, é rico em safrol, importante metabólito secundário, cuja demanda tem sido crescente por parte da indústria química devido à obtenção de heliotropina e butóxido de piperonila (PBO), ingredientes essenciais à produção de fragrâncias e inseticidas biodegradáveis e, mais recentemente, de drogas antitrombóticas e auxinas endólicas, possuindo uma forte demanda no mercado mundial. Contudo, por se tratar de uma espécie ainda em processo de domesticação, é importante que sejam realizadas...
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Embrapa Acre; Rio Branco (AC); Acre; Western Amazon; Amazônia Ocidental; Amazonia Occidental; Ácido indol butírico; Desinfestación; Estaquillas; Hormonas; Producción de plántulas; Propagación vegetativa.; Hormônio vegetal.; Piper hispidinervum; Pimenta longa; Propagação vegetativa; Muda; Produção; Estaca; Desinfestação; Ácido indolbutírico; Hormones.; Vegetative propagation; Plant cuttings; Disinfestation; Indole butyric acid; Seedling production; Piper longum.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/951814
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação vegetativa do mogno (Swietenia macrophylla King) por enraizamento de estacas semilenhosas em câmara úmida. Infoteca-e
MIRANDA, E. M. de; MIRANDA, K. R. de.
A exploração predatória do mogno representa uma ameaça à sobrevivência da espécie, provocando a destruição da maior parte do germoplasma, especialmente daquelas árvores com as características mais desejáveis para a produção de madeira, às quais representam alto potencial de conservação "in situ" como plantas matrizes. Diante desta realidade e dada a importância da espécie para a produção de madeira de alto valor, são necessários estudos com o objetivo de desenvolver um método prático de reprodução vegetativa para estabelecer uma estratégia de conservação e reprodução do germoplasma de melhor qualidade. Entre os métodos de propagação vegetativa recomendados a espécies tropicais para produção de madeira, destaca-se o enraizamento de estacas semilenhosas em...
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Embrapa Acre; Rio Branco (AC); Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Ácido indol butírico; Sustancias de crecimiento vegetal.; Riego subterráneo; Propagación vegetativa; Madera tropical; Estaquillas; Enraizamiento; Auxinas; Essência florestal; Propagação vegetativa; Mogno; Swietenia macrophylla; Enraizamento de Estaca; Estimulante de crescimento vegetal; Auxina; Ácido indolbutírico; Irrigação subterrânea; Campo Experimental.; Tropical wood; Vegetative propagation; Plant cuttings; Rooting; Plant growth substances; Auxins; Indole butyric acid; Subsurface irrigation..
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/495388
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional