Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 75
Primeira ... 1234 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ABSORÇÃO DE CÁDMIO E CRESCIMENTO DE FEIJOEIRO (Phaseolus vulgaris, L. cv carioca) Scientia Agricola
Rossi,C.; Padilha,P.M.; Padilha,C.C.F..
A absorção de cádmio e seus efeitos no crescimento de feijoeiro (Phaseolus vulgaris, L. cv carioca) foi estudada em solução nutritiva completa de Hoagland & Arnon acrescida de doses de cádmio com concentrações entre 10 e 200 mmol L-1. Os teores de cádmio em folhas e raízes aumentaram à medida que aumentou a concentração de cádmio na solução nutritiva. Os teores de cádmio nas raízes foram maiores que nas folhas. Os resultados mostraram que a inibição do crescimento de folhas e raízes provocadas pela presença de cádmio são reversíveis.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Feijoeiro; Cádmio.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161998000200025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ação de fungicidas sobre dois cultivares de feijoeiro em Capão Bonito, SP Bragantia
Castro,Jairo Lopes de; Ito,Margarida Fumiko; Dudienas,Christina; Bulisani,Eduardo Antonio; Almeida,Luiz D'artagnan de.
Avaliou-se, no controle de doenças do feijoeiro, cvs. Carioca e Carioca 80, a eficiência de onze fungicidas, aplicados na parte aérea, isoladamente, em condições naturais de infecção. Os ensaios foram efetuados em condições de campo nas safras da seca e das águas de 1985 e 1986, na Estação Experimental de Capão Bonito, pertencentes ao IAC. Foram utilizados os seguintes tratamentos fungicidas: benomil, tiofanato metílico, captafol, clorotalonil, acetato de trifenil estanho, carbendazim, tiabendazol, oxicloreto de cobre, sulfato de cobre e hidróxido de trifenil estanho. Na safra da seca/85, pulverizações com captafol, clorotalonil, acetato de trifenil estanho e carbendazim proporcionaram as melhores produções do 'Carioca', e os fungicidas mancozebe,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Phaseolus vulgaris L; Doenças; Controle químico; Rendimento.
Ano: 1991 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051991000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ação de reguladores vegetais no desenvolvimento, aspectos nutricionais, anatômicos e na produtividade do feijoeiro (Phaseolus vulgaris cv. Carioca) Anais da ESALQ
Castro,P.R.C.; Appezzato,B.; Lara C.,W.A.R.; Pelissari,A.; Pereira,M.; Medina M.,J.A.; Bolonhezi,A.C.; Silveira,J.A.G..
Neste estudo foram determinados os efeitos de reguladores vegetais na altura, na formação foliar, nos teores de nutrientes acumulados (N total, protéico e amínico; P, K e Ca, na anatomia e na produtividade do feijoeiro 'Carioca', sob condições de casa de vegetação. A semeadura foi realizada em 22/07/88, sendo que em 22/08/88 foi efetuada a pulverização das plantas com giberelina 50ppm, ácido naftalenacético 50ppm, chlormequat 1000ppm, daminozide 3000ppm, chlorflurenol 100ppm e Figaron 50ppm, tendo-se mantido um controle. Foram portanto realizados 7 tratamentos, tendo-se estabelecido 7 repetições, num delineamento inteiramente casualizado. A altura das plantas e a formação foliar foram determinadas 7, 14, e 21 dias após a aplicação, sendo que na colheita...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Reguladores de crescimento; Feijoeiro; Desenvolvimento; Teores de nutrientes.
Ano: 1990 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761990000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise polifásica aplicada à taxonomia e filogenia de rizóbios microssimbiontes do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.). Repositório Alice
MARTINS, T. B.; RIBEIRO, R. A.; DELAMUTA, J. R. M.; HUNGRIA, M..
Algumas leguminosas de importância econômica e social como o feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) estabelecem simbiose com bactérias chamadas coletivamente de rizóbios. O processo de fixação biológica de nitrogênio (FBN) é responsável por beneficiar a agricultura com elevada produtividade, além de reduzir o custo econômico para o produtor, pela substituição de fertilizantes nitrogenados. O objetivo do trabalho foi caracterizar seis estirpes (CNPSo 670, CNPSo 671, CNPSo 672, CNPSo 676, CNPSo 683 e CNPSo 659), as quais foram denominadas grupo PEL 4, provenientes de estudos de seleção de rizóbio simbiontes do feijoeiro com posição taxonômica pouco clara pela análise do gene ribossomal 16S (16S RNAr), com possibilidade de representar uma nova espécie. Para isso,...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Feijoeiro; Feijão; Beans.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1010720
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Antagonistas no controle de Fusarium solani f. sp. phaseoli e promoção de crescimento em feijoeiro. Repositório Alice
IOST, R.; SANTOS, M. S.; PINTO, Z. V.; BETTIOL, W..
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Fusarium solani f. sp. phaseoli; Feijoeiro.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/956220
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ATIVIDADE DE PEROXIDASES (EC 1.11.1.7) E TEOR DE PROLINA EM FEIJOEIRO Phaseolus vulgaris L. CULTIVADO EM CONDIÇÕES DE SALINIDADE Scientia Agricola
ROSSI,C.; LIMA,G.P.P.; HAKVOORT,D.M.R..
Alterações nos níveis de prolina e na atividade da peroxidase foram estudadas em folhas e raízes de feijoeiro em função da resposta à salinidade do meio. A atividade da peroxidase (E.C. 1.11.1.7) e o teor de prolina das folhas foi maior do que nas raízes. Os resultados mostraram que a atividade da peroxidase diminuiu, enquanto os teores de prolina aumentaram gradualmente nas plantas cultivadas em meio salino. Ocorreu diminuição do teor de potássio e aumento de sódio nos órgãos analisados, com o aumento da concentração salina.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Peroxidases; Prolina; Salinidade.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ATIVIDADE DE PEROXIDASES (EC 1.11.1.7) E TEOR DE PROLINA NO EMBRIÃO E COTILÉDONES DE FEIJOEIRO Phaseolus vulgaris L. EM CONDIÇÕES DE SALINIDADE Scientia Agricola
LIMA,G.P.P.; ROSSI,C.; HAKVOORT,D.M.R..
Os efeitos da salinidade sobre a atividade de peroxidases foram acompanhadas no embrião e em cotilédones de feijoeiro Phaseolus vulgaris L. cv. Carioca, observando-se em ambos, aumento na atividade das enzimas. Com relação ao teor de prolina, ocorreu decréscimo constante no embrião de feijoeiro cultivado em condições salinas, entretanto, nos cotilédones, verificou-se aumento progressivo em condições de presença ou ausência de salinidade.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Peroxidases; Salinidade; Prolina.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividades de transaminase glutamico-oxaloacético e transcarbamilase de ornitina em folhas de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) afetadas pela deficiência de potássio Anais da ESALQ
Gutierrez,L.E.; Crocomo,O.J..
Folhas de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) normais e deficientes em potássio dos cultivares Rosinha Precoce e Goiano Precoce foram analisadas para determinação das atividades de transaminase glutâmico-oxaloacético (E.C. 2.6.1.1) e transcarbamilase de ornitina (E.C. 2.1.3.3). Em plantas deficientes em potássio houve aumento na atividade das duas enximas estudadas e nos dois cultivares. Esses resultados explicariam o acúmulo de citrulina e arginina em plantas deficientes em potássio devido a maior atividade da transcarbamilase de ornitina, que possivelmente seria um mecanismo de reduzir a toxidez por amônia.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Transaminase glutâmico-oxaloacético; Transcarbamilase de ornitina; Feijoeiro; Phaseolus vulgaris.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761988000100040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de meios de cultura no crescimento micelial e esporulação de Alternaria brasiliensis Trop. Plant Pathol.
Queiroz,Fátima M.; Batista,Ulisses G.; Brommnschenkel,Sérgio H..
O crescimento micelial e a esporulação de Alternaria brasiliensis foram avaliados em 20 meios de cultura. Para tanto, discos de 5 mm de diâmetro retirados da borda de colônia desenvolvida em V-8A3, após seis dias de incubação, a 25 ºC, no escuro, foram repicados para placas de Petri contendo 15 ml de cada meio. Sete dias após, mediu-se o crescimento micelial e quantificou-se a esporulação. Verificou-se crescimento micelial de A. brasiliensis em todos os meios testados, embora esporulação só tenha ocorrido nos meios V-8A3, STA5 e SVA6. A maior quantidade de conídios foi produzida no meio V-8A3.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Feijoeiro; Mancha-de-Alternaria; Fungo; Esporulação.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582004000500012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do estado nutricional do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) cultivado em solução nutritiva, com variação no fornecimento de N, P e K Scientia Agricola
Camacho,R; Calvache,A.M.; Falcão,N.; Fernandez,F.; Demattê,J.A.M.; Malavolta,E..
O feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. cv. Carioca) foi cultivado em solução nutritiva na presença das seguintes concentrações de N, P e K, respectivamente em milimoles por litro: 16-2-6; 4-2-6; 1,6-2-6; 16-0,5-6; 16-0-6; 16-2-3; 16-2-0,6. Os outros macronutrientes e os micronutrientes foram fornecidos em doses iguais a todas as plantas. O estado nutricional foi avaliado através das seguintes técnicas: diagnose foliar (determinação dos teores totais de N, P e K e da concentração de nitrato e fosfato solúvel), atividade da redutase do nitrato (RNO3). Todos os métodos utilizados refletiram bem o estado nutricional do feijoeiro, exceto para P, .sendo que para a atividade da RNO3, os teores totais de N e K e de N-nitrato foram os que apresentaram a melhor...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Concentração de nutrientes; Avaliação do estado nutricional; Redutase do nitrato.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161995000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomassa microbiana do solo e produtividade do feijão submetido a diferentes tipos de adubação. Repositório Alice
FERREIRA, E. G.; MELÉM JÚNIOR, N. J.; BRITO, O. R..
O experimento foi conduzido na fazenda escola da Universidade Estadual de Londrina em área de área de Nitossolo Vermelho eutroférrico latossólico argiloso, com o objetivo de avaliar os efeitos da adubação orgânica e organomineral na biomassa microbiana do solo, nos componentes de produção e na produtividade da cultura do feijoeiro (IPR Colibri) em sucessão à de milho. O delineamento experimental adotado foi de blocos inteiramente casualizados em arranjo fatorial 4 x 2, em que os fatores foram quatro doses de resíduos orgânicos (O, 15, 30 e 45 Mg ha-\ e dois tipos de adubação (adubação orgânica (AO) e adubação organomineral (OM)). A adubação organomineral correspondeu à associação da adubação orgânica (resíduos de poda de árvores) com a adubação mineral de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: IPR Colibri; Poda; Feijoeiro; Peso; Nitossolo vermelho; Adubo orgânico.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/574502
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização morfológica de isolados de rizóbio em feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), no Estado de Santa Catarina. Repositório Alice
STOCCO, P.; SANTOS, J. C. P.; VARGAS, V. P.; PASQUALINI, D.; HUNGRIA, M..
2006
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Feijoeiro.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/469067
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Classificação taxonômica das estirpes de rizóbio recomendadas para as culturas da soja e do feijoeiro baseada no seqüenciamento do gene 16S rRNA Rev. Bras. Ciênc. Solo
Chueire,L. M. O.; Bangel,E. V.; Mostasso,F. L.; Campo,R. J.; Pedrosa,F. O.; Hungria,M..
As culturas da soja [Glycine max (L.) Merrill] e do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) são de grande importância econômica e social para o Brasil e ambas podem ter seu requerimento de nitrogênio suprido pela simbiose com bactérias da ordem Rhizobiales. Para garantir a maximização do processo biológico, deve-se proceder à inoculação de estirpes de rizóbio eficientes e competitivas, recomendadas pela pesquisa. No Brasil, foram comercializados, na safra 2001/2002, 14 milhões de doses de inoculantes, dos quais 99 % para as culturas da soja e do feijoeiro. Neste trabalho, determinou-se a posição taxonômica das estirpes utilizadas em inoculantes comerciais para as duas culturas, pelo seqüenciamento da região do DNA que codifica o gene 16S rRNA, que é...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bradyrhizobium elkanii; Bradyrhizobium japonicum; Soja; Feijoeiro; Rhizobium tropici; Inoculantes.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832003000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Concentração e acumulação de nitrogénio, fósforo e potássio pelo feijoeiro cultivado sob diferentes níveis de irrigação Ciência Rural
Pessoa,Antonio Carlos dos Santos; Kelling,Claudio Renato Schlessner; Pozzebon,Eder João; König,Osvaldo.
O experimento foi conduzido com o objetivo de determinar a concentração e acumulação de N, P e K no feijoeiro (cv. BR Ipagro 1 "macanudo") cultivado sob diferentes níveis de irrigação: Sem irrigação (SI); irrigação ao ser atingida a tensão matricial de 80kPa (I-80kPa) e; a 40 kPa (I-40kPa). Os resultados obtidos no florescimento indicam que a concentração de N (3,72%) não variou em relação aos níveis de irrigação utilizados. Para o P, diferiu entre o SI (0,23%) e os irrigados (0,30%). Para o K, diferiu entre o SI (0,73%) e o l-40kPa (1,16%). Na maturação fisiológica, a concentração de N nos grãos variou e apresentou média de 3,47%. Entretanto, para P (0,54%) e K (0,89%) não variou. As quantidades totais de N, P e K acumuladas diferiram entre o tratamento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Concentração de nutrientes; Acumulação de nutrientes; Irrigação.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781996000100013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo da água nos diferentes estágios de crescimento da cultura do feijoeiro. Repositório Alice
SANTOS, R. Z. dos; ANDRÉ, R. G. do B..
Avalia-se o consumo de água na cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris, L.), cultivar Aroana - 80, em todo o seu ciclo de desenvolvimento. Os resultados mostraram que o balanço hídrico associado à análise de crescimento, serviram para quantificar o uso da água nos diferentes estádios de desenvolvimento da cultura. O coeficiente de cultura (Kc) mostrou ser diretamente proporcional ao índice de área foliar durante todo o ciclo de desenvolvimento da cultura.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Balanço hídrico; Fisiologia; Coeficiente de cultura; Feijão; Feijoeiro; Phaseolus vulgaris.
Ano: 1992 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/17359
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle alternativo de pragas para o cultivo e armazenamento de feijões. Infoteca-e
FAZOLIN, M.; ALÉCIO, M. R.; ESTRELA, J. L. V.; ALVES, S. B..
2013
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Feijoeiro; Praga; Controle; Inseticida natural; Praga de planta.
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/979672
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle biológico de Sclerotinia sclerotiorum em feijoeiro com Coniothyrium minitans in vitro, em casa de vegetação e campo. Repositório Alice
SILVA, C. E. O. da; MORANDI, M. A. B..
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sclerotinia sclerotiorum; Feijoeiro; Coniothyrium minitans in vitro.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/956414
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de Sclerotinia sclerotiorum em feijoeiro pelo uso de matéria orgânica. Repositório Alice
VIANA, F. M. P.; ATHAYDE SOBRINHO, C.; KOBORY, R.F.; BETTIOL, W..
A utilizacao de matéria orgânica no solo tem sido empregada como alternativa viável no controle de doenças fúgicas, sobretudo aquelas cujo agente causal produz escleródios. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes fontes de matéria orgânica no controle de Sclerotinia sclerotiorum, em contraste com tratamentos químico e biológico. O experimento foi conduzido em solo natural artificialmente infestado, no Laboratório de Fitopatologia no Departamento de Defesa Fitossanitária da UNESP, Campus de Botucatu, Botucatu, SP. Os tratamentos foram: T1 = solo esterilizado (testemunha); T2 = chorume de porco a 20%; T3 = esterco de curral curtido (2% v/v de solo); T4 = bagacilho de cana (2% v/v de solo) t5 = 200 ml de aminofertil a 0,5%; T6 = 200 ml...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Controle; Sclerotinia sclerotiorum; Feijoeiro.
Ano: 1997 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/12813
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle químico da mancha angular do feijoeiro comum. Repositório Alice
SARTORATO, A.; RAVA, C. A..
O objetivo do presente estudo foi o de avaliar a eficiência de fungicidas em diferentes misturas e doses no controle da mancha angular do feijoeiro comum, utilizando o método convencional de aplicação.Foram realizadas três aplicações de fungicidas durante o desenvolvimento da cultura. Os tratamentos com fungicidas reduziram significativamente a severidade da doença quando comparadas com a testemunha. Todos os fungicidas foram mais eficientes no controle da doença que a mistura tebuconazale + methyl thiopanate. A eficiência de controle variou de 57,6 a 84,2%. Para o rendimento de grãos não foram constatadas diferenças significativas entre os tratamentos. Exceto para o componente do rendimento, massa de 100 grãos, não foram observadas diferenças...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Feijoeiro; Phaseolus vulgaris; Fungicidas; Fungicides.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/213365
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento e absorção de nutrientes pelo feijoeiro adubado com cama de aves e fertilizantes minerais. Repositório Alice
LOURENÇO, K. S.; CORREA, J. C.; ERNANI, P. R.; LOPES, L. dos S.; NICOLOSO, R. da S..
2013
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Dejeto animal; Feijoeiro; Fertilizante; Nutriente mineral; Nitrogênio; Fósforo; Potássio; Nitrogen; Phosphorus; Potassium; Animal wastes; Nutrient availability.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/966736
Registros recuperados: 75
Primeira ... 1234 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional