Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubação orgânica, mineral e organomineral e sua influencia no crescimento da helicônia em Garanhuns-PE Horticultura Brasileira
Carvalho,Josabete SB; Martins,Jéssyca DL; Ulisses,Cláudia; Silva,Wilkilane L.
As helicônias se destacam pela beleza e variedade de formas e cores e estão entre as flores tropicais mais comercializadas no mundo. Foi avaliado o crescimento e o desenvolvimento de Heliconia psittacorum x H. spathocircinata, cv. Golden Torch, quanto à adubação orgânica e mineral. O experimento foi conduzido em campo, em delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos foram constituídos por quatro dosagens de adubo (testemunha (T1) solo local; esterco de boi (T2); adubo mineral NPK (T3) e esterco de boi + NPK (T4)), em dez repetições. Foram avaliados a altura da planta, número de brotações, época do florescimento, número, tamanho e peso das inflorescências. A combinação da adubação mineral (NPK) e orgânica (esterco) (organomineral) afetou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Heliconia psittacorum; Flores tropicais; NPK; Esterco.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362012000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cultivo de bastão-do-imperador sob diferentes espaçamentos em clima subtropical Ciência Rural
Unemoto,Lilian Keiko; Faria,Ricardo Tadeu de; Assis,Adriane Marinho de; Lone,Alessandro Borini; Yamamoto,Lilian Yukari.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o cultivo de bastão-do-imperador sob diferentes espaçamentos de plantio em clima subtropical. Os espaçamentos utilizados entre plantas na linha e entre linhas foram: 2,0x2,0m; 2,5x2,0m e 3,0x2,0m. Após 16 meses do plantio, iniciaram-se as avaliações do comprimento e diâmetro da haste da inflorescência, diâmetro basal da inflorescência (com brácteas abertas), diâmetro do botão da inflorescência, comprimento da inflorescência, número de hastes vegetativas por touceira, área de ocupação da touceira, altura da maior haste vegetativa e produção média de inflorescências por touceira. Os diferentes espaçamentos influenciaram no diâmetro da haste da inflorescência e na área de ocupação da touceira. Durante o período da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Zingiberaceae; Flores tropicais; Densidade de plantio; Etlingera elatior.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012001200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fungos micorrízicos arbusculares e vermicomposto na aclimatação de Alpinia purpurata (Viell.) Schum e Zingiber spectabile Griff. (Zingiberaceae) Acta Botanica
Silva,Maryluce Albuquerque da; Silva,Fábio Sérgio Barbosa da; Yano-Melo,Adriana Mayumi; Melo,Natoniel Franklin de; Maia,Leonor Costa.
Visando selecionar fungos micorrízicos arbusculares (FMA) e substratos para produção de mudas micropropagadas de alpinia (Alpinia purpurata) e sorvetão (Zingiber spectabile), conhecidas espécies ornamentais tropicais, foram inoculadas mudas com 1.500 propágulos infectivos de Gigaspora albida, Glomus etunicatum e Acaulospora longula, em recipientes contendo: (a) solo; (b) solo e vermicomposto (3:1) e (c) solo, areia e vermicomposto (2:2:1). O delineamento foi inteiramente casualizado em fatorial de: quatro tratamentos de inoculação (três com FMA e controle não inoculado), três substratos, oito repetições, para cada vegetal. Após 70 (Z. spectabile) e 100 (A. purpurata) dias da inoculação, parâmetros de crescimento da planta foram avaliados tais como altura,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Micropropagação; Glomeromycota; Flores tropicais.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062006000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Hastes florais de helicônia sob deficiência de macronutrientes PAB
Castro,Ana Cecília Ribeiro de; Loges,Vivian; Costa,Andreza Santos da; Castro,Mario Felipe Arruda de; Aragão,Fernando Antônio Souza de; Willadino,Lilia Gomes.
O objetivo deste trabalho foi avaliar características pós-colheita da primeira haste floral de plantas de Heliconia psittacorum x H. spathocircinata Aristeguieta, cultivar Golden Torch, sob deficiência de macronutrientes. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, mediante técnica do elemento faltante. As inflorescências produzidas do tratamento sob omissão de N apresentaram coloração laranja-pálido e deformação nas hastes florais. O comprimento e o diâmetro da haste floral e o comprimento da inflorescência foram reduzidos nos tratamentos com omissão de N, P ou K em até 31,23%, em relação ao tratamento completo. A massa de matéria seca e a durabilidade pós-colheita das hastes florais foram reduzidas em 67 e 38,46%, respectivamente, em ambos os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Qualidade da inflorescência; Flor de corte; Flores tropicais; Duração de vida pós-colheita.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2007000900012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Helicônia "Golden Torch": produtividade e qualidade pós-colheita sob diferentes fontes e doses de silício AGRIAMBI
Paulino,Ademar da S.; Albuquerque,Abel W.; Moura Filho,Gilson; Pereira,Francisco R. da S..
Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a produtividade de hastes florais e a qualidade pós-colheita no cultivo de helicônia "Golden Torch" em diferentes fontes e doses de silício. O experimento foi montado em blocos casualizados e disposto em fatorial 3 x 3 com quatro repetições utilizando-se as fontes cinza de bagaço da cana-de-açúcar, MB-4 e Rocksil® nas doses 0, 400 e 800 kg ha-1 de SiO2 equivalentes a cada fonte. Os resultados obtidos demonstraram que o número de inflorescências cresceu com a fonte Rocksil®, o comprimento de brácteas foi maior com a interação entre cinza e a dose 400 kg ha-1, as perdas de massa ao oitavo dia pós-colheita foram menores com a interação entre Rocksil® e a dose 400 kg ha-1, a queima de brácteas ao oitavo dia pós-colheita...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Adubação silicatada; Flores tropicais; Produção.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013000600007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Micropropagação de antúrio 'Rubi' estiolamento e regeneração de brotações. Infoteca-e
CAMPOS, A. S.; MELO, P. B. dos S.; BERTINI, C. H. C. de M.; CARVALHO, A. C. P. P. de.
Dentre as principais cultivares de antúrios de interesse econômico no Brasil, destaca-se a ?Rubi? (Anthurium andraeanum Linden). Esta cultivar caracteriza-se por ser uma planta de porte alto (aproximadamente um metro) que visa à produção de flor de corte, em função da qualidade da flor (formato da espata, brilho, enervação, tonalidade da coloração vermelha, posição e comprimento da haste). Possui ainda longa durabilidade pós‑colheita (aproximadamente 30 dias), espata grande e vermelha e coloração da espádice branca e amarela, quando no ponto recomendado para corte
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cultura de tecidos; Flores tropicais; Anthurium Andraeanum.
Ano: 2019 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1109196
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocorrência de doenças em plantas ornamentais tropicais no Estado de Pernambuco Trop. Plant Pathol.
Lins,Severina R. O.; Coelho,Rildo S. B..
As condições de cultivo das plantas ornamentais tropicais, relacionadas aos fatores precipitação, umidade, temperatura e densidade de plantio, favorecem a ocorrência de doenças que limitam a produção e reduzem a qualidade das flores. Destacaram-se as doenças causadas por fungos e nematóides, sendo assinaladas a antracnose (Colletotrichum gloeosporioides) em Heliconia spp., Etlingera elatior, Tapeinochilos ananassae, causando lesões em folhas e inflorescências; manchas foliares (Bipolaris spp., Cercospora sp., Curvularia lunata, Glomerella cingulata, Guignardia sp. e Deigthoniella torulosa) em Heliconia spp., Calathea burle marx e Musa coccinea; podridão de rizomas e raízes (Rhizoctonia solani e Fusarium oxysporum f. sp. cubense) em E. elatior e Heliconia...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Flores tropicais; Fungos; Nematóides.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582004000300019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perda de área foliar por Cornops frenatum frenatum (Orthoptera: Acrididae) em helicônias sob manejo orgânico, em condições de sombreamento e a pleno sol, em Santo Antônio De Pádua, RJ. Infoteca-e
BITTAR, A. C.; AGUIAR-MENEZES, E. de . L.; GUERRA, J. G. M.; ROUWS, J. R. C.; AGUIAR, L. A. de; LEITE, P. S. da S..
O trabalho objetivou avaliar a inuência de três níveis de sombreamento com telado sobre a perda de área foliar causada por C. f. enatum em quatro espécies de helicônias comparado ao plantio a pleno sol após um ano de cultivo nessa propriedade agrícola, sendo as plantas nutridas com composto orgânico. experimento foi em delineamento em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas (níveis de sombreamento: 0%, 30%, 50% e 80% na parcela e espécies de Heliconia: H. psittacorum, H. psittacorum x H. spathocircinata ?Golden Torch?, H. stricta e H. wagneriana na subparcela), com quatro repetições. A porcentagem de perda de área foliar foi determinada com base em uma escala visual de nota, que variou de 0 (sem perda) a 11 (100% de...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Flores tropicais; Cultivo sombreado; Gafanhoto; Doença de Planta.
Ano: 2022 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1148255
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade da Heliconia psittacorum x Heliconia pathocircinada cv. Golden Torch sob diferentes fontes de adubação orgânica AGRIAMBI
Farias,Alonso P. de; Albuquerque,Abel W. de; Moura Filho,Gilson; Reis,Ligia S..
Este estudo foi realizado com o objetivo de se avaliar a produtividade da Heliconia psittacorum x Heliconia spathocircinada cv. Golden Torch, quando submetida a diferentes fontes de adubação orgânica. O experimento foi conduzido na Escola Agrotécnica Federal, no município de Satuba, AL. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, com 5 repetições e 10 tratamentos ficando os tratamentos assim definidos: T1) Testemunha, sem adubação; T2) Adubo mineral; T3) Esterco de gado; T4) Cama de frango; T5) Torta de filtro; T6) Composto de lixo urbano; T7) Esterco de gado + adubo mineral; T8) Cama de frango + adubo mineral; T9) Torta de filtro + adubo mineral e T10) Composto de lixo urbano + adubo mineral. Avaliaram-se as seguintes variáveis: número de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Flores tropicais; Fertilidade; Perfilhamento; Haste floral.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013000700004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade e qualidade pós-colheita de Helicônia Golden Torch submetida a fontes e doses de silício AGRIAMBI
Albuquerque,Abel W. de; Santos,José M. dos; Farias,Alonso P. de.
A adubação com silício pode aumentar a produtividade pelo aumento da resistência ao acamamento, ao estresse hídrico e a desidratação após a colheita. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e a qualidade pós-colheita de Helicônia Golden Torch sob fontes e doses de silício. O delineamento experimental foi em blocos inteiramente casualizados em um esquema fatorial 3 x 4 utilizando-se três fontes de silício e quatro doses de Si. Avaliaram-se as seguintes variáveis: número de perfilhos, início de floração, comprimento da haste floral, diâmetro da haste floral, comprimento da bráctea, número de hastes florais, teor de silício nas folhas e queima da bráctea aos 5, 10 e 15 dias após a colheita. Os resultados obtidos demonstraram que a aplicação da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Adubação silicatada; Flores tropicais; Componentes de produção.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662014000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Recomendações técnicas para a propagação de flores tropicais em Rondônia. Infoteca-e
RODRIGUES, V. G. S..
O trabalho aborda as noções básicas para o cultivo de flores tropicais.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cultivo; Flores tropicais; Rondônia.
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/702830
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Soluções conservantes em sorvetão pós-colheita Ciência Rural
Santos,Maria Herbênia Lima Cruz; Santoz,Emanuel Ernesto Fernandes; Lima,Giuseppina Pace Pereira.
O objetivo deste trabalho foi estudar alguns aspectos da fisiologia pós-colheita de inflorescências de sorvetão cultivadas no Submédio São Francisco. Hastes florais recém-colhidas foram submetidas a diferentes tratamentos (água destilada; 75mg L-1 de nitrato de prata - AgNO3; 1000mg L-1 de cloreto de cobalto - CoCl2; 5mg L-1 de ácido giberélico - GA3 - Progibb® e 10mg L-1 de 6-Benzilaminopurina - BAP), em ambiente com temperatura e umidade controlada por 15 dias. A vida pós-colheita foi acompanhada a partir da escala de notas, da massa da matéria fresca e do consumo da solução conservante. O tratamento com AgNO3 em hastes de sorvetão, foi o mais eficiente na manutenção da vida de vaso de sorvetão, porém, devido a sua toxidez, recomenda-se o uso de GA3.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Flores tropicais; Reguladores vegetais; Conservação; Vida de vaso; Zingiber spectabile Griff.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000800041
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional