Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A vegetação nos aldeamentos indígenas Tekoha Añetete e Tekoha Itamarã, Diamante d'Oeste, Paraná. Infoteca-e
BONNET, A.; CURCIO, G. R.; CAVIGLIONE, J. H.; KACHAROUSKI, M.; PETRY, A. L.; DEBRINO, M. A.; BRUSTOLON, R.; KODAMA, A..
A cobertura florestal original que abrangia, em grande parte, o oeste do Paraná pertence à unidade fitogeográfica Floresta Estacional Semidecidual e apresenta como característica singular a semidecidualidade de 20% a 80% das árvores do dossel. Com o decorrer do desenvolvimento e expansão agrícolas, as florestas foram severamente reduzidas e empobrecidas floristicamente nos remanescentes. Restaram florestas como áreas mais extensas apenas em unidades de conservação, além de terras indígenas, importantes espaços para a conservação de flora e fauna. As terras indígenas no município de Diamante D?Oeste, PR, proporcionam atualmente a manutenção de aproximadamente 1.500 ha de florestas, inclusive nas margens de importantes rios. Grande parte dessas terras foram...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cobertura florestal; Floresta Estacional Semidecidual; Terra indígena; Floresta fluvial; Comunidade indígena; Política pública; Manejo; Preservação da Natureza; Vegetação Nativa.
Ano: 2020 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1124777
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Considerações sobre preservação, conservação e reconstituição de florestas fluviais para o Sul do Brasil. Infoteca-e
CURCIO, G. R..
O homem, em seus conceitos de "modelos de desenvolvimentos", provocou e tem provocado profundas alterações na natureza. Ainda não conseguiu atingir um grau de consciência que lhe permita viver de acordo com as características do ambiente sem ter que sempre estar descaracterizando-o, muitas vezes provocando mudanças irreversíveis e desastrosas. Ainda se encontra em uma fase em que consegue sentir bem estar em meios que perderam a funcionalidade ecológica, comumente, uniformes, simétricos, repletos de vegetação composta por indivíduos exóticos, que, não raramente, trazem prejuízos para as espécies nativas.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Preservação; Conservação; Restituição; Floresta fluvial; Sul; Brasil.
Ano: 2003 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/308603
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Geopedologia e a sua influência sobre espécies arbóreas em florestas fluviais. Infoteca-e
CURCIO, G. R.; UHLMANN, A.; SEVEGNANI, L..
A recuperação de florestas fluviais compreende uma série de ações, sendo a primeira identificar a unidade fitogeográfica em que se está trabalhando. Na seqüência, a bacia hidrográfica deve ser compartimentada geopedologicamente, buscando identificar suas características hidrodinâmicas e, sobretudo, relacionar essas com os diversos padrões de leitos de rio, os quais possuem feições geomórficas distintas, ocupadas por diferentes tipos de solos. Em seguida, há a necessidade de se reconhecer como as espécies vegetais estão inseridas nesse contexto ambiental. Isso pode ser feito valendo-se de estudos que relacionem a fitossociologia às classes de solos, identificando a distribuição das espécies vegetais aos tipos de solos. Após a obtenção dessas informações e,...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Floresta fluvial; Bioma; Conservação da natureza.; Geologia; Geomorfologia; Semente; Solo..
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/297446
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Geopedologia e a sua influência sobre espécies arbóreas em florestas fluviais. Infoteca-e
CURCIO, G. R.; UHLMANN, A.; SEVEGNANI, L..
A recuperação de florestas fluviais compreende uma série de ações, sendo a primeira identificar a unidade fitogeográfica em que se está trabalhando. Na seqüência, a bacia hidrográfica deve ser compartimentada geopedologicamente, buscando identificar suas características hidrodinâmicas e, sobretudo, relacionar essas com os diversos padrões de leitos de rio, os quais possuem feições geomórficas distintas, ocupadas por diferentes tipos de solos. Em seguida, há a necessidade de se reconhecer como as espécies vegetais estão inseridas nesse contexto ambiental. Isso pode ser feito valendo-se de estudos que relacionem a fitossociologia às classes de solos, identificando a distribuição das espécies vegetais aos tipos de solos. Após a obtenção dessas informações e,...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Floresta fluvial; Bioma; Conservação da natureza.; Geomorfologia; Geologia; Semente; Solo..
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/314514
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional