Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 49
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações edáficas sob plantios puros e misto de espécies florestais nativas do sudeste da Bahia, Brasil Rev. Bras. Ciênc. Solo
Gama-Rodrigues,A. C.; Barros,N. F.; Mendonça,E. S..
O objetivo deste trabalho foi relacionar o acúmulo de serapilheira com sua composição química e desta com as características físicas e químicas do solo, em plantios puros e misto de espécies florestais nativas. O trabalho foi desenvolvido em solos de tabuleiro do sudeste da Bahia, Brasil, no período de agosto de 1994 a novembro de 1996, em plantios, com 22 anos de idade, de pau-roxo (Peltogyne angustiflora), putumuju (Centrolobium robustum), arapati (Arapatiella psilophylla), arapaçu (Sclerolobium chrysophyllum), claraíba (Cordia trichotoma) e óleo-comumbá (Macrolobium latifolium ). Foram utilizadas uma floresta secundária, praticamente em estado clímax, e uma capoeira, de 40 anos de idade. O solo na camada de 0-5 cm estava mais bem estruturado no plantio...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta tropical; Plantio misto serapilheira decomposição estrutura e fertilidade do solo.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06831999000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da composição estrutural e biomassa viva acima do solo, em florestas sob efeito da fragmentação na Amazônia Ocidental. Infoteca-e
FIGUEIREDO, E. O.; PEREIRA, N. W. V.; WADT, L. H. de O..
O modelo de ocupação da Amazônia, implementado nas últimas décadas, pouco considerou as especificidades dos distintos ecossistemas florestais existentes na região. Quando se considera a dimensão territorial da Amazônia e os impactos decorrentes do desflorestamento e conseqüente processo de fragmentação de florestas, o fato ganha importância global. Este trabalho faz parte do projeto "Efeito do processo de fragmentação florestal na sustentabilidade de alguns ecossistemas periféricos aos eixos rodoviários no sudeste acreano", financiado pelo Programa Nacional de Diversidade Biológica (Pronabio), e foi desenvolvido num fragmento florestal localizado à margem direita da Rodovia Federal BR-364, km 30, sentido Rio Branco/Porto Velho, no município de Rio Branco,...
Tipo: Séries anteriores (INFOTECA-E) Palavras-chave: Fragmentação florestal; Biomassa aérea; Rio Branco (AC); Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Bosques tropicales; Biomasa aérea; Fragmentación de hábitats; Reservorios de carbono.; Floresta tropical; Ecossistema; Degradação ambiental; Impacto ambiental; Biomassa; Carbono; Estoque; Tropical forests; Habitat fragmentation; Aboveground biomass; Carbon sinks; Environmental impact..
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/495836
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de ecossistemas da mata atlântica de tabuleiros por meio das formas de húmus Rev. Bras. Ciênc. Solo
Kindel,A.; Garay,I..
O conhecimento das formas de húmus permite a caracterização de ecossistemas primários, bem como dos interferidos. Dentro desta perspectiva, pretendeu-se identificar as formas de húmus, estudando-se os horizontes holorgânicos em relação às variáveis do solo mineral, em três áreas de Mata Atlântica de Tabuleiros do norte do Espírito Santo: duas matas primárias, a Mata Alta e a Mata de Córrego, e uma mata secundária, resultante do corte e da queima da vegetação há mais de 40 anos (Capoeira Queimada). Na Mata Alta, encontrou-se um mull mesotrófico tropical, caracterizado por uma rápida decomposição dos aportes foliares dos horizontes holorgânicos e por uma percentagem de saturação por bases em torno de 50-70% no horizonte hemiorgânico. A Mata de Córrego teve a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Decomposição; Fertilidade; Mata secundária; Mata primária; Matéria orgânica; Serapilheira; Solo; Floresta tropical.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832001000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Classificação fitogeográfica das florestas do Alto Rio Xingu Acta Amazonica
Ivanauskas,Natália Macedo; Monteiro,Reinaldo; Rodrigues,Ricardo Ribeiro.
Este trabalho propõe a inclusão da categoria Floresta Estacional Perenifólia no sistema oficial de classificação da vegetação brasileira, devido às particularidades florísticas e fisionômicas da floresta da borda sul-amazônica, que atinge maior amplitude geográfica na região do Alto Rio Xingu. Para justificar essa inclusão são apresentadas as características ambientais (clima, solo, hidrologia) e diferenças fisionômicas e florísticas entre as florestas do Alto Xingu e demais florestas ombrófilas da Bacia do Amazonas e estacionais do Planalto Central.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amazônia; Floresta tropical; Fitogeografia.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672008000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES MÉTODOS PARA ESTIMATIVA VOLUMÉTRICA DE ESPÉCIES COMERCIAIS DA AMAZÔNIA BIOFIX
Lanssanova, Luciano Rodrigo; Alba da Silva, Franciele; Tagliapietra Schons, Cristine; Da Silva Pererira, Ane Caroline.
A floresta Amazônica apresenta espécies de elevado potencial para exploração sustentável de madeira, entretanto, para que sejam exploradas, há a necessidade de informações para estimativas precisas de seu volume de madeira. Assim, com a hipótese de que volumes estimados por diferentes métodos e os obtidos pela cubagem rigorosa são estatisticamente iguais entre si, este trabalho teve por objetivo comparar estimativas volumétricas obtidas através do fator de forma, modelos volumétricos e modelo de afilamento para cinco espécies comerciais da floresta amazônica. Foram cubadas 449 árvores pelo método de Smalian para desenvolvimento do fator de forma e ajuste das equações volumétricas e de afilamento. Foi utilizado o delineamento blocos ao acaso, onde cada...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fator de forma; Floresta tropical; Volumetria.
Ano: 2018 URL: http://revistas.ufpr.br/biofix/article/view/57489
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
COMPORTAMENTO FENOLÓGICO DA SUCUPIRA-PRETA (Diplotropis purpurea (Rich.) Amsh. var. coriacea Amsh.), NA RESERVA FLORESTAL DUCKE Acta Amazonica
UMAÑA,César Leandro Abozaglo; ALENCAR,Jurandyr da Cruz.
Este trabalho analisa dados de 6 anos (1980-1985) de observações da fenologia de cinco indivíduos arbóreos da espécie Diplotropis purpures (Rich.) Amsh. var. coriacea Amsh., da família Leguminosae, subfamília Papilionoideae, localizados na Reserva Florestal Ducke. Determinou-se a época, duração e freqüência das fases reprodutivas, bem como o tipo de mudança foliar. A espécie apresentou a fase de floração na estação seca. A fase de frutificação foi observada no meio da estação seca e início da estação chuvosa. A duração média da fase de floração foi de 6 meses e a fase de frutificação 7 meses. Ao nível de espécie, o padrão de ocorrência da fase de floração e frutificação foi anual à irregular. Porém, ao nível de indivíduo, o padrão de comportamento foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fenologia; Espécie arbórea; Floresta tropical.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671993000300199
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição e diversidade de anfíbios anuros em dois ambientes de Mata Atlântica no Parque Estadual Carlos Botelho, São Paulo, sudeste do Brasil Biota Neotropica
Moraes,Renato Augusto de; Sawaya,Ricardo J.; Barrella,Walter.
A Mata Atlântica é caracterizada pela elevada riqueza e endemismo de espécies, e é um dos 25 hotspots de biodiversidade mundiais. Apresentamos informações sobre a composição e diversidade de espécies de anfíbios anuros em dois ambientes com diferentes graus de perturbação no Parque Estadual Carlos Botelho, SP, uma área de Mata Atlântica no sudeste do Brasil. Amostramos um açude em área alterada e uma lagoa em área preservada, através de procura auditiva e encontros ocasionais em 36 noites de observação em cada ambiente. As duas áreas foram comparadas em relação à composição, riqueza, dominância e abundância relativa de espécies. Apesar de próximos, cerca de 400 m, apenas duas espécies foram comuns aos dois ambientes. Na área alterada registramos 10...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abundância relativa; Amphibia; Biodiversidade; Conservação; Dominância; Espécies colonizadoras; Floresta tropical; Riqueza de espécies.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032007000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da floresta estacional decídua montana de Serra das Almas, CE, Brasil Acta Botanica
Lima,Jacira Rabelo; Sampaio,Everardo Valadares de Sá Barretto; Rodal,Maria Jesus Nogueira; Araújo,Francisca Soares.
No domínio semi-árido brasileiro, a flora das bacias sedimentares ainda é pouco conhecida, mas os levantamentos já existentes indicam que há grande heterogeneidade florística e fisionômica. Mesmo áreas geográficas próximas podem apresentar dissimilaridade florística. Visando testar esta hipótese, a composição florística e o espectro biológico da floresta estacional decídua de Serra das Almas, estado do Ceará, foram analisados e comparados com os de 14 áreas sedimentares no Nordeste. Foram encontradas 104 espécies e 39 famílias em 1 ha analisado. Fabaceae, Euphorbiaceae, Erythroxylaceae e Myrtaceae foram as famílias com maior riqueza e fanerófitos a forma de vida predominante (87%). Arbóreas e arbustivas representaram 72% das espécies, trepadeiras 15%,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Flora; Floresta tropical; Formas de vida; Semi-árido.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062009000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística e potenciais madeireiro e extrativista em uma área de floresta no Estado do Acre. Infoteca-e
OLIVEIRA, M. V. N. d'..
Foi realizado um inventário florestal em 195 ha de floresta no Centro de Pesquisa Agroflorestal do Acre (CPAF-Acre), da EMBRAPA. A floresta inventariada foi dividida em três estratos: floresta densa, floresta aberta e capoeira. Foram avaliados o potencial para extração madeireira e o extrativismo. A floresta densa foi a que apresentou os melhores resultados para produção madeireira, com 29 espécies comerciais listadas e média de 35,953 m3 de volume de madeira (árvores com DAP > 50 cm) de espécies de interesse econômico por hectare. A floresta aberta, apesar de possuir um volume significativamente menor (27,04 m3/ha) ainda pode ser considerada apta para manejo com vistas à produção de madeira. A capoeira, presente em 47% da área, teve sua origem em...
Tipo: Séries anteriores (INFOTECA-E) Palavras-chave: Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Inventario forestal.; Bosques tropicales; Composición botánica; Explotación forestal; Floresta tropical; Inventário florestal; Composição botânica; População de planta; Extração da madeira; Flora.; Tropical forests; Forest inventory; Botanical composition; Logging..
Ano: 1994 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/492207
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Decomposição e liberação de nutrientes do folhedo de espécies florestais nativas em plantios puros e mistos no sudeste da Bahia Rev. Bras. Ciênc. Solo
Gama-Rodrigues,A. C.; Barros,N. F.; Santos,M. L..
As taxas de decomposição e os fluxos de nutrientes do folhedo de espécies florestais são distintos em plantios puros e mistos, porque são regulados não apenas pela qualidade do substrato, mas também pela qualidade do microambiente de acordo com o tipo de sistema de produção florestal. O objetivo deste trabalho foi estimar as taxas de decomposição e a liberação de N e P do folhedo de espécies florestais em dois sistemas de plantio. Este trabalho foi desenvolvido em solos de tabuleiro do sudeste da Bahia, em plantios puros e mistos, com 22 anos de idade, de pau-roxo, Peltogyne angustiflora; putumuju, Centrolobium robustum; arapati, Arapatiella psilophylla; arapaçu, Sclerolobium chrysophyllum; claraíba, Cordia trichotoma, e óleo-comumbá, Macrolobium...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta tropical; Carbono; Nitrogênio; Fósforo; Lignina.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832003000600006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica da comunidade arbórea de mata de galeria da Estação Ecológica do Panga, Minas Gerais, Brasil Acta Botanica
Lopes,Sérgio de Faria; Schiavini,Ivan.
O estudo foi realizado em duas áreas de uma comunidade arbórea de mata de galeria na Estação Ecológica do Panga, Uberlândia, MG, com o objetivo de analisar as mudanças ocorridas no estrato arbóreo no intervalo de 13 anos (1989-2002). Utilizou-se amostras em 30 parcelas de 10×10 m em cada área, com registro de medidas de todos os indivíduos vivos com DAP > 4,8 cm. Para área 01, o levantamento em 1989 (T1) registrou 47 espécies e 501 indivíduos. O segundo levantamento (T2), apresentou 50 espécies e 444 indivíduos. A perda em área basal (2,6 m²) não superou o crescimento dos sobreviventes (2,38 m²) e o acréscimo promovido pelo recrutamento (0,57 m²). Para a área 02, encontrou-se 54 espécies e 324 indivíduos no T1 e 52 espécies e 260 indivíduos no T2. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta tropical; Comunidade arbórea; Crescimento; Diversidade.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062007000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica da comunidade arbórea de uma mata de galeria do Brasil Central em um período de 19 anos (1985-2004) Rev. Bras. Bot.
Oliveira,Ana Paula de; Felfili,Jeanine Maria.
A dinâmica da comunidade arbórea foi analisada, tendo como base um inventário contínuo em 64 ha da mata de galeria do Gama, na Fazenda Água Limpa, DF. O inventário consistiu de 151 parcelas permanentes (10 x 20 m) contíguas locadas em dez transectos eqüidistantes 100 m uns dos outros. Todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) maior ou igual a 10 cm foram mapeados nas parcelas, marcados e medidos em 1985, 1988, 1991, 1994, 1999 e 2004. O incremento periódico anual (IPA) no período de 19 anos foi de 0,22 cm ano-1 com coeficientes de variação de 84% a 143%. O incremento em diâmetro apresentou tendência crescente com o aumento das classes de diâmetro até 52 cm de DAP, onde se concentraram aproximadamente 95% dos indivíduos em cada ocasião. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Crescimento; Floresta tropical; Mortalidade; Recrutamento; Savana.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042008000400006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica estrutural da comunidade lenhosa em Floresta Estacional Semidecidual na transição Cerrado-Floresta Amazônica, Mato Grosso, Brasil Acta Botanica
Mews,Henrique Augusto; Marimon,Beatriz Schwantes; Pinto,José Roberto Rodrigues; Silvério,Divino Vicente.
O entendimento de processos ecológicos, especialmente das modificações estruturais e florísticas em ecossistemas naturais, é fundamental para embasar ações visando à sua conservação e/ou restauração. O objetivo do estudo foi avaliar mudanças ocorridas na estrutura da comunidade lenhosa na transição Cerrado-Floresta Amazônica, no período de 2003 a 2008. Foram estabelecidas 60 parcelas permanentes de 10 x 10 m onde foram amostrados todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito > 5 cm. Em 2003 foram registrados 1.140 ind. ha-1 e área basal de 24,35 m² ha-1, enquanto em 2008 foram 1.071 ind. ha-1 e área basal de 22,04 m² ha-1. O recrutamento (2,76% ano-1) não compensou a mortalidade (3,95% ano-1) e o ganho em área basal (0,54% ano-1) não superou a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta tropical; Incremento; Lianas; Mortalidade; Recrutamento.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de diferentes tamanhos de clareiras, sobre o crescimento e a mortalidade de espécies arbóreas, em Moju-PA Acta Amazonica
Jardim,Fernando Cristóvam da Silva; Serrão,Dinilde Ribeiro; Nemer,Tangrienne Carvalho.
Crescimento e mortalidade de Sterculia pruriens, Vouacapoua americana, Jacaranda copaia, Protium paraensis, Newtonia suaveolens e Tabebuia serratifolia, considerando diferentes tamanhos de clareiras, foram avaliados em Moju PA(2º07'30" e 2º12'06" de latitude Sul e 48º46'57" e 48º48'30" de longitude a Oeste de Greenwitch). Selecionou-se nove clareiras da exploração florestal, que foram agrupadas em pequenas (200m²<Área<400m2­), médias(400m²<Área<600m²) e grandes (>600m²). Em seu torno instalou-se parcelas quadradas de cinco metros de lado, nas direções Norte, Sul, Leste e Oeste, onde foram plantados indivíduos da regeneração natural de espécies arbóreas. No centro de cada clareira foi instalada uma parcela de 5m X 5m como comparador. A média...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Crescimento e mortalidade de plântulas; Regeneração natural; Clareiras artificiais; Floresta tropical.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672007000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de Glomus etunicatum e fósforo no crescimento inicial de espécies arbóreas em semeadura direta PAB
Flores-Aylas,Waldo Wilfredo; Saggin-Júnior,Orivaldo José; Siqueira,José Oswaldo; Davide,Antônio Cláudio.
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da disponibilidade de P no solo, da micorriza formada por Glomus etunicatum e de Mycoform, um estimulante desta última, no crescimento e competição inicial de seis espécies arbóreas semeadas diretamente. O trabalho foi realizado em casa de vegetação com as espécies Senna macranthera (fedegoso), Guazuma ulmifolia (mutamba), Senna multijuga (cássia-verrugosa), Solanum granuloso-leprosum (gravitinga), Schinus terebenthifolius (aroeira) e Trema micrantha (trema), em solo com níveis de P na solução considerados muito baixo, baixo e alto, com inoculação ou não do fungo micorrízico arbuscular G. etunicatum, além do tratamento G. etunicatum + Mycoform. O crescimento das mudas respondeu à inoculação em P muito baixo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fungo micorrízico; Inoculação; Reflorestamento; Floresta tropical; Adubação.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2003000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do fogo sobre o banco de sementes em faixa de borda de Floresta Estacional Semidecidual, SP, Brasil Acta Botanica
Melo,Antônio Carlos Galvão de; Durigan,Giselda; Gorenstein,Maurício Romero.
Os incêndios estão entre as principais causas da perda de diversidade em florestas tropicais. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do fogo sobre o banco de sementes em fragmento de floresta estacional semidecidual e verificar se a intensidade desses efeitos se altera em função da distância da borda. O estudo foi realizado na Estação Ecológica dos Caetetus, Estado de São Paulo. Cinco dias após a passagem do fogo, foram coletadas amostras da camada superficial do solo (5 cm de profundidade), em duas faixas: 0 a 20 m e 20 a 50 m de distância da borda, na área atingida pelo fogo e em floresta não queimada adjacente utilizada como controle. Na floresta não atingida pelo fogo a densidade foi de 257 sementes.m-2 e na área queimada de 97...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Banco de sementes; Efeitos de borda; Incêndios florestais; Floresta tropical; Germinação.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062007000400017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da distância entre iscas nas estimativas de abundância e riqueza de formigas em uma floresta de terra-firme na Amazônia Central Acta Amazonica
Baccaro,Fabricio Beggiato; Ketelhut,Suzana Maria; Morais,José Wellington de.
Coletas com iscas são amplamente utilizadas para investigar a atividade de formigas de solo e vegetação e também podem ser empregadas para estimar o número de espécies e a abundância de formigas. Apesar de ser barata e fácil de implementar, a riqueza e abundância das formigas estimadas por iscas podem ser enviesadas por alguns fatores, como a distância entre iscas. Neste trabalho, avaliamos se a distância entre iscas altera as estimativas de abundância e riqueza de formigas e qual distância entre iscas resulta na melhor relação entre custo financeiro e número de espécies amostradas, objetivo da maioria dos relatórios de impacto ambiental. Amostramos 30 transectos de 100 m com distância entre iscas diferentes (2,5; 3,4; 5; 6,7; 10 e 20 m), distribuídos em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Conservação; Curva de acumulação de espécies; Esforço de coleta; Floresta tropical; Invertebrados de solo; Relatório de impacto ambiental.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Equations for estimating timber volume in the region of the River Basin of Ituxi, Lábrea, Amazon, Brazil PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Thaines, Fabio; Braz, Evaldo Muñoz; Mattos, Patricia Povoa de; Thaines, Andreia Aparecida Ribeiro.
To quantify the stock of commercial timber in forests demands efficient methods, making possible to estimate efficiently and accurately the present and future timber volume. The aim of this work was to  adjust the mathematical models used to estimate timber volume, allowing the determination of the timber potential of a region with greater accuracy and lower cost. The study was conducted at Lábrea, State of  Amazonas, Brazil in an area of 6,000 ha, inserted in the Project Forest Management Seringal Iracema II. The forest is predominantly dense with emergent trees, also with the occurrence of open forest with bamboo and palms. For the process of adjusting the models to estimate the volume of commercial timber, 141 trees of commercial species were cubed by...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Volume equations; Tropical forest; Forest management. Equações de volume; Manejo florestal; Floresta tropical.
Ano: 2010 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/155
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo dos anéis de crescimento de Schizolobium parahyba (Leguminosae: Caesalpinioideae) após episódio de mortalidade em Ilha Grande, Rio de Janeiro Rev. Bras. Bot.
Callado,Cátia Henriques; Guimarães,Rosana Cardoso.
Schizolobium parahyba (Vell.) S.F. Blake é uma espécie nativa da Floresta Atlântica, cujos indivíduos arbóreos desapareceram devido a um episódio de mortalidade na Ilha Grande, Rio de Janeiro. Neste trabalho, os anéis de crescimento foram investigados com o objetivo de determinar a idade das árvores mortas, a relação da largura desses anéis com os índices pluviométricos locais e a possível relação do episódio de mortalidade com a estrutura etária da população ou com processos sucessionais. Os resultados demonstraram que os indivíduos morreram com diferentes idades e que a largura dos anéis de crescimento foi significativamente correlacionada com a precipitação anual no período investigado. A possibilidade do episódio de mortalidade refletir um processo de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Brasil; Crescimento de árvores; Floresta tropical; Guapuruvu.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fenologia de Rubiaceae do sub-bosque em floresta Atlântica no sudeste do Brasil Rev. Bras. Bot.
San Martin-Gajardo,Ivonne; Morellato,L. Patrícia C..
A comparação da fenologia de diferentes espécies de uma família, ocorrendo no mesmo hábitat, pode auxiliar na compreensão dos fatores reguladores das fenofases. Os padrões fenológicos vegetativos e reprodutivos de dez espécies de Rubiaceae foram estudados durante 14 meses no sub-bosque de floresta Atlântica, Núcleo Picinguaba, Ubatuba, SP. A produção e queda de folhas ocorreram simultaneamente nas espécies estudadas e ao longo de todo o período de estudo, proporcionando ao sub-bosque uma aparência sempre verde. A floração foi pouco sazonal, com aumento no número de espécies durante o período de maior precipitação e temperatura, porém não apresentando correlações significativas com os fatores climáticos. Este resultado contrasta com o padrão de floração...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floração; Floresta tropical; Frutiticação; Padrões fenológicos; Psychotria.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042003000300003
Registros recuperados: 49
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional