Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento in vitro de Agaricus brasiliensis em meios suplementados com diferentes farelos PAB
Donini,Lorena Pastorini; Bernardi,Eduardo; Nascimento,José Soares do.
O cogumelo Agaricus brasiliensis normalmente é cultivado em meios à base de batata ou composto orgânico. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento in vitro da linhagem ABL 97/11 de A. brasiliensis, cultivada em meio à base de composto suplementado com diferentes concentrações de farelos de milho, trigo, arroz e soja, à temperatura constante de 28ºC. Avaliou-se, diariamente, o diâmetro da colônia e obteve-se, aos seis dias de cultivo, a massa miceliana. A adição de farelos de soja ou arroz não favorece o desenvolvimento in vitro de A. brasiliensis. O meio de cultura suplementado com 20% de farelo de trigo apresenta as maiores massa miceliana e velocidade de crescimento, comparado aos meios suplementados com outros farelos, na mesma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Himematsutake; Velocidade de crescimento; Massa miceliana.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2006000600015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento in vitro de Agaricus brasiliensis em meios suplementados com diferentes farelos. Repositório Alice
DONINI, LP.; BERNARDI, E.; NASCIMENTO, J.S. do.
O cogumelo Agaricus brasiliensis normalmente é cultivado em meios à base de batata ou composto orgânico. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento in vitro da linhagem ABL 97/11 de A. brasiliensis, cultivada em meio à base de composto suplementado com diferentes concentrações de farelos de milho, trigo, arroz e soja, à temperatura constante de 28ºC. Avaliou-se, diariamente, o diâmetro da colônia e obteve-se, aos seis dias de cultivo, a massa miceliana. A adição de farelos de soja ou arroz não favorece o desenvolvimento in vitro de A. brasiliensis. O meio de cultura suplementado com 20% de farelo de trigo apresenta as maiores massa miceliana e velocidade de crescimento, comparado aos meios suplementados com outros farelos, na mesma...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Himematsutake; Velocidade de crescimento; Massa miceliana; Growth rate; Mycelial mass.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/119001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Lipid profile and glycemic response of rats fed on a semi-purified diet supplemented with Agaricus brasiliensis mushroom. Repositório Alice
HENRIQUES, G. S.; HELM, C. V.; BUSATO, A. P.; SIMEONE, M. L. F..
A busca por hábitos alimentares saudáveis tem incentivado o estudo de novas fontes alimentares. Destacam-se os cogumelos comestíveis, como os do gênero Agaricus. Este trabalho avaliou a influência da ração semi-purificada, suplementada com o cogumelo Agaricus brasiliensis no perfil de lipídios, em ratos. Foi realizado experimento com 28 ratos machos Wistar, em 32 dias. Os animais foram separados em quatro grupos de sete dos quais o primeiro recebeu dieta AIN-93 (CAS), o segundo recebeu dieta AIN-93 adicionada de 1% de colesterol (CAS + COL) e o terceiro e o quarto grupos foram alimentados com dieta AIN-93 suplementada com cogumelos sem (COG) e com (COG + COL) adição de colesterol a 1%, respectivamente. No 32.º dia, amostras foram coletadas para análises de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Agaricus brasiliensis; Lipid profile; Himematsutake; Cogumelo comestível; Nutrição humana; Alimentação; Colesterol; Agaricus; Mushrooms; Colesterol; Human nutrition.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1047204
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional