Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A crosta laterítica ferro-titanífera da Vila Nova Colina e a lateritização no sul de Roraima Acta Amazonica
CASTRO,Rodrigo Tokuta; HORBE,Adriana Maria Coimbra; ALMEIDA,Carolina Michelin de.
RESUMOCrostas lateríticas desenvolvidas sobre as rochas do embasamento do Escudo das Guianas (p.e. granitos da Suíte Intrusiva Água Branca) são reconhecidas na região de Vila Nova Colina, localizada ao sul do estado de Roraima. Os objetivos deste trabalho foram estudar as características minerais e geoquímicas dessas crostas lateríticas e avaliar a relação entre elas e as rochas da região, a fim de entender a evolução da lateritização e fornecer informações sobre seu potencial econômico. Este estudo compreende dados de petrografia, mineralogia e litogeoquímica de granitos, quartzo-hornblenda gabro e crostas lateríticas formadas a partir dessas rochas. Os granitos e o quartzo-hornblenda gabro desenvolveram, respectivamente, um tipo específico de crosta...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amazônia; Ilmenita; Anatásio; Magnetita; Quartzo-hornblenda gabro.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672016000100047
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Óxidos de ferro das fracoes areia e silte de um nitossolo desenvolvido de basalto. Repositório Alice
FERREIRA, B. A.; FABRIS, J. D.; SANTANA, D. P.; CURI, N..
Foi estudada a composição mineralógica dos óxidos de ferro das frações areia, silte e argila de cinco amostras coletadas de um perfil de um Nitossolo Vermelho desenvolvido de basaIto toleítico, localizado próximo a Tupaciguara (18 o 35 ' 33 " S; 48 o 42 ' 18 " 0), na região do Triângulo Mineiro, Minas Gerais. Porções de areia e de silte foram submetidas à separação magnética e a ataques químicos seletivos com NaOH 5 moI L1 e com uma mistura ditionito-citrato-bicarbonato, com o objetivo de identificar os principais óxidos de ferro magnéticos e suas associações mineralógicas. Maghemita (fórmula ideal, rFe203) foi o único mineral magnético identificado nas frações areia e silte; não foi encontrada evidência de ocorrência de magnetita nessas frações. Os...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Magnetização; Ilmenita; Maghemita.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/487478
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Óxidos de ferro das frações areia e silte de um Nitossolo desenvolvido de basalto Rev. Bras. Ciênc. Solo
Ferreira,B. A.; Fabris,J. D.; Santana,D. P.; Curi,N..
Foi estudada a composição mineralógica dos óxidos de ferro das frações areia, silte e argila de cinco amostras coletadas de um perfil de um Nitossolo Vermelho desenvolvido de basalto toleítico, localizado próximo a Tupaciguara (18 º 35 ' 33 '' S; 48 º 42 ' 18 '' O), na região do Triângulo Mineiro, Minas Gerais. Porções de areia e de silte foram submetidas à separação magnética e a ataques químicos seletivos com NaOH 5 mol L-1 e com uma mistura ditionito-citrato-bicarbonato, com o objetivo de identificar os principais óxidos de ferro magnéticos e suas associações mineralógicas. Maghemita (fórmula ideal, gFe2O3) foi o único mineral magnético identificado nas frações areia e silte; não foi encontrada evidência de ocorrência de magnetita nessas frações. Os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mössbauer; Magnetização; Maghemita; Ilmenita.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832003000300002
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional