Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 41
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ação do tempo e da forma de suplementação alimentar com Artemia franciscana sobre a sobrevivência e o crescimento de larvas de jundiá Ciência Rural
Behr,Everton Rodolfo; Tronco,Ana Paula; Radünz Neto,João.
O presente trabalho foi realizado com o objetivo de verificar o efeito da suplementação alimentar com Artemia franciscana no desempenho de larvas de jundiá (Rhamdia quelen). Os tratamentos foram: T1 - Suplementação com náuplios de Artemia durante 7 dias; T2 - Suplementação com cistos de Artemia durante 7 dias; T3 - Suplementação com náuplios de Artemia durante 3 dias; T4 - Suplementação com cistos de Artemia durante 3 dias; T5 - Sem suplementação. Cada tratamento possuía 4 repetições. O experimento, realizado em sistema com recirculação de água, teve duração de 20 dias. Em todos os tratamentos, as larvas receberam ração ad libitum com 41% de PB e 4293Kcal EB/kg. Os resultados demonstraram que o fornecimento de náuplios proporcionou melhor crescimento que o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Larvicultura; Rhamdia; Pimelodidae; Alimentação; Artemia.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000300023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alimentação e comportamento de larvas de pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) Ciência e Agrotecnologia
Beerli,Eduardo Lopes; Logato,Priscila Vieira Rosa; Freitas,Rilke Tadeu Fonseca de.
Conduziu-se este trabalho com o objetivo de avaliar o efeito da utilização de dietas naturais e artificiais sobre o desempenho e comportamento de larvas de pacu (Piaractus mesopotamicus), entre o 2º e o 10º dia de vida. Foram utilizadas 30 caixas plásticas, cada uma com 30 litros de água e renovação contínua, onde as larvas foram mantidas durante o período experimental. Cada caixa recebeu 10 larvas por litro, totalizando 300 larvas/caixa. Foram testados 6 tratamentos, cada qual com 5 repetições. Os tratamentos foram: T1-ração, T2-plâncton, T3-artêmia, T4-plâncton + ração, T5-artêmia + ração e T6-artêmia + plâncton. As larvas foram alimentadas 6 vezes ao dia, nos horários de 4, 8, 12, 16, 20 e 24 horas. A temperatura da água foi mantida constante a 27ºC, o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peixes; Larvicultura; Piscicultura; Dieta.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000100020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Canibalismo entre larvas de pintado, Pseudoplatystoma corruscans, cultivadas sob diferentes densidades de estocagem - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i3.1543 Biological Sciences
Andrade, Luciana Segura de; UEM; Hayashi, Carmino; UEM; Souza, Sandra Regina de; UEM; Soares, Claudemir Martins; UEM.
Com o objetivo de verificar o desenvolvimento, sobrevivência e canibalismo entre larvas de pintado, Pseudoplatystoma corruscans (Pimelodidae) confinadas sob diferentes densidades de estocagem em condições de laboratório, foi desenvolvido um experimento no Laboratório de Aqüicultura da Universidade Estadual de Maringá, perfazendo um período de 72 horas, onde foram utilizadas 500 larvas com 96 horas de vida e peso inicial de 2,2 ± 0,3mg. Estas foram distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições, em recipientes de 700mL, cujas densidades variaram de 14, 28, 42 e 56 larvas/L. As variáveis analisadas foram mortalidade natural, mortalidade por predação intra-específica e peso final. Ao final,...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral comportamento; Larvicultura; Predação intra-específica; Sobrevivência 2.01.00.00-0 Biologia Geral.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1543
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento alimentar de paralarvas do polvo Octopus vulgaris Tipo II (Cuvier, 1797) alimentadas com artêmia enriquecida com microalgas e suplementada com DHA Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Bastos,P.; Vieira,G.C.; Reis,I.M.M. dos; Costa,R.L.; Lopes,G.R..
ABSTRACT The inexistence of nutritionally adequate diets in paralarval rearing is the main bottleneck for commercial production of the common octopus Octopus cf. vulgaris. We report the feeding behavior of O. vulgaris Type II paralarvae fed on Artemia sp (0.1 individual. mL-1) nauplii enriched with microalgae Isocrysis galbana and Pavlova lutheri microalgae from 0 to 7 Day After Hatching (DAH).; metanauplii enriched with microalgae and DHA SELCO® lipid emulsion from the 8 DAH. The paralarvae showed active swimming and predation by the 14 DAH, feeding in the most superficial portion of the water column. From the 15 DAH, the paralarvae remained near the bottom and there a decrease in the consumption of artemia was observed. The mortality observed from the...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Cefalópode; Larvicultura; Dieta; Cultivo; Aquicultura.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000200628
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Concentrações de amônia, nitrito e nitrato em larvicultura do camarão Macrobrachium rosenbergii (De Man), realizada em sistema fechado com água salobra natural e artificial Animal Sciences
Valenti, Wagner Cotroni; UNESP; Mallasen, Margarete; UNESP.
Avaliou-se o efeito da água salobra natural e artificial e da sua utilização em dois cultivos consecutivos sobre as concentrações de amônia, nitrito e nitrato, em sistema fechado de larvicultura de M. rosenbergii (Crustacea, Decapoda). A amônia oscilou entre 1,1 e 74,0 µg/l e o nitrito entre e 1,1 e 34,6 µg/l; estes não diferiram entre os tipos de água analisados. A concentração de nitrato (N) aumentou ao longo do tempo (T) de forma similar na água natural e artificial, seguindo um modelo linear (N = 0,241T – 0,734). Os resultados indicaram que a água salobra artificial não alterou o processo de nitrificação, tampouco o comportamento das principais variáveis ambientais. A reutilização da água também não produziu nenhum efeito negativo sobre essas...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia Macrobrachium; Larvicultura; Amônia; Nitrito; Nitrato e sistema fechado 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2002 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2616
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento e estruturas do sistema digestório de larvas de pacu alimentadas com dieta microencapsulada produzida experimentalmente R. Bras. Zootec.
Menossi,Olívia Cristina Camilo; Takata,Rodrigo; Sánchez-Amaya,María Isabel; Freitas,Thiago Mendes de; Yúfera,Manuel; Portella,Maria Célia.
Foram comparados os efeitos de diferentes dietas e da transição alimentar sobre o desempenho zootécnico e a morfologia do trato digestório de larvas de pacu alimentadas com duas dietas comerciais e uma dieta experimental microencapsulada produzida por gelificação interna. Larvas com quatro dias de vida receberam os seguintes protocolos alimentares: somente náuplios de artêmia em quantidades crescentes (controle positivo); larvas mantidas em jejum (controle negativo); três tipos de alimento formulado durante todo o experimento (dieta experimental microencapsulada, dieta comercial NRD1.2/2.0, Inve, USA, e dieta Poli-Peixe 450F, PoliNutri, Brasil); e três protocolos de transição alimentar com náuplios de artêmia durante os seis primeiros dias, seis dias de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Histologia; Larvicultura; Microencapsulação; Organogênese; Piaractus mesopotamicus; Transição alimentar.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982012000100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cultivo de larvas de Ucides cordatus (LINNAEU, 1763) sob diferentes intensidades luminosas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Cottens,K.F.; Silva,U.A.T.; Ventura,R.; Ramos,F.M.; Ostrensky,A..
O caranguejo-uçá, Ucides cordatus,é uma espécie típica dos manguezais brasileiros e tem grande importância econômica para as populações litorâneas tradicionais. O presente trabalho investigou a influência da intensidade luminosa sobre a sobrevivência e a taxa de desenvolvimento larval de U. cordatus. Três intensidades luminosas foram avaliadas: claro - 710 lux, penumbra - 210 lux e escuro - 1 lux, em duas condições de cultivo, individual e coletivo. Houve diferenças significativas entre as taxas de sobrevivência das larvas zoea e as três intensidades luminosas avaliadas (p<0,05). As maiores taxas de ecdise para o estágio de megalopa foram obtidas no tratamento claro (42% nos cultivos coletivos e 30% nos cultivos individuais). No tratamento escuro, a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Desenvolvimento larval; Intensidade luminosa; Larvicultura; Sobrevivência; Ucides cordatus.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352014000501464
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desarrollo Ontogénico de la Columna Vertebral y del Esqueleto Caudal en Larvas de Rhamdia quelen en Condiciones de Larvicultura Intensiva International Journal of Morphology
Hernández,David Roque; Casciotta,Jorge Rafael; Santinón,Juan José; Sánchez,Sebastián; Domitrovic,Hugo Alberto.
Se analiza por primera vez el desarrollo osteológico de la columna vertebral y del esqueleto caudal en larvas de Rhamdia quelen mantenidas bajo condiciones controladas y con alimentación artificial. Entre los días 1 a 20 posteriores a la eclosión (dpe) se muestrearon a intervalos regulares 400 larvas, que se colorearon y transparentaron siguiendo la técnica de Taylor &amp; Van Dike. En los primeros días de vida, las larvas presentan una notocorda recta en toda su longitud. El inicio de la formación de la columna vertebral fue observado a los 7 dpe con la aparición de las espinas neurales y hemales, y entre los 9 y 10 dpe para las tres primeras vértebras. La osificación de la columna vertebral ocurrió en sentido cráneo-caudal y fue completa a los 20...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Rhamdia quelen; Larvicultura; Desarrollo osteológico.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95022012000400041
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho larval do camarão-d'água-doce (Macrobrachium rosenbergii De Man, 1879) submetido a diferentes regimes alimentares R. Bras. Zootec.
Thomaz,Luciana Almada; Oshiro,Lídia Miyako Yoshii; Bambozzi,Andrea Cecchetto; Seixas Filho,José Teixeira de.
O desempenho das larvas de Macrobrachium rosenbergii submetidas a quatro diferentes regimes alimentares foi verificado utilizando a observação diária dos subestádios larvais e as primeiras metamorfoses. As larvas foram estocadas em densidade de aproximadamente 100 larvas.l-1, em 16 tanques retangulares, com capacidade de 33 litros. O experimento foi dividido em quatro unidades experimentais (blocos), nos quais foram testados quatro regimes alimentares na larvicultura em circuito aberto, com quatro repetições por tratamento. Os regimes alimentares substituindo progressivamente náuplio de Artemia sp. (nas) pelo rotífero Brachionus plicatilis (rots) foram os seguintes tratamentos: 100% Brachionus plicatilis (30 rots/mL) (T1); 100% Artemia (5 nas/ mL) (T2),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aqüicultura; Alimentação; Brachionus plicatilis; Camarão-d'água-doce; Larvicultura; Macrobrachium rosenbergii.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982004000800003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de larvas de Steindachneridion sp. em diferentes condições de refúgio e luminosidade. Repositório Alice
FEIDEN, A.; HAYASHI, C.; BOSCOLO, W.R.; REIDEL, A..
Avaliou-se a influência da luminosidade e do uso de refúgios no desenvolvimento inicial de larvas de surubim do Iguaçu (Steindachneridion sp. Garavello) (Siluriforme: Pimelodidae). Utilizaram-se 1.000 larvas com peso e comprimento inicial de 62,2 mg e 18,02 mm, respectivamente, distribuídas em 20 aquários de 35 L, durante 22 dias. Os tratamentos consistiram dos ambientes: escuro sem refúgio, claro com refúgio artificial, escuro com refúgio artificial, claro com refúgio natural e claro sem refúgio, com quatro repetições cada, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. As larvas receberam a mesma alimentação em todos os tratamentos. As melhores taxas de sobrevivência foram verificadas nos ambientes: escuro sem refúgio, claro com refúgio natural e...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Comportamento larval; Larvicultura; Larval behaviour; Larviculture.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/118431
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de larvas de Steindachneridion sp. em diferentes condições de refúgio e luminosidade PAB
Feiden,Aldi; Hayashi,Carmino; Boscolo,Wilson Rogério; Reidel,Adilson.
Avaliou-se a influência da luminosidade e do uso de refúgios no desenvolvimento inicial de larvas de surubim do Iguaçu (Steindachneridion sp. Garavello) (Siluriforme: Pimelodidae). Utilizaram-se 1.000 larvas com peso e comprimento inicial de 62,2 mg e 18,02 mm, respectivamente, distribuídas em 20 aquários de 35 L, durante 22 dias. Os tratamentos consistiram dos ambientes: escuro sem refúgio, claro com refúgio artificial, escuro com refúgio artificial, claro com refúgio natural e claro sem refúgio, com quatro repetições cada, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. As larvas receberam a mesma alimentação em todos os tratamentos. As melhores taxas de sobrevivência foram verificadas nos ambientes: escuro sem refúgio, claro com refúgio natural e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Comportamento larval; Larvicultura.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2006000100018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de larvas de surubim-do-iguaçu (Steindachneridion melanodermatum) submetidas a diferentes dietas R. Bras. Zootec.
Feiden,Aldi; Hayashi,Carmino; Boscolo,Wilson Rogério.
Para verificar o desenvolvimento de larvas de surubim-do-iguaçu (Steindachneridion melanodermatum) alimentadas com diferentes dietas, realizou-se um experimento em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições, em aquários de 35 L, cada um com 15 larvas (8,35±0,85 mm e 6,75±0,64 mg). Os tratamentos consistiram de cinco programas de alimentação: A - Artemia; R - ração; Z - zooplâncton; A+R - Artemia + ração; Z+R - zooplâncton+ração. Avaliou-se o desenvolvimento das larvas em ambiente iluminado durante 29 dias. Para avaliação da dieta e análise do conteúdo estomacal, a cada três dias foram coletadas larvas em cinco aquários adicionais. Nos tratamentos A+R e Z+R, os pesos médios finais das larvas foram significativamente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alimentação; Alimentos inertes; Larvicultura; Seletividade alimentar; Zooplâncton.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000800002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Duração da larvicultura sobre o desempenho posterior de juvenis de jundiá, Rhamdia quelen, recriados em tanques-rede Ciência Rural
Santinón,Juan José; Hernández,David Roque; Sánchez,Sebastián; Domitrovic,Hugo Alberto.
Realizou-se um experimento fatorial 3x2, com três repetições (n=18), a fim de avaliar o crescimento e a sobrevivência de juvenis de jundiá (Rhamdia quelen) recriados em tanques-rede e dispostos em tanques externos até os 65 dias de vida. Os peixes utilizados provêm de um sistema de larvicultura intensiva, em que foram alimentados em laboratório com três rações diferentes até os 10 e 15 dias de vida, antes de serem transferidos para os tanques-rede. Uma vez nos tanques-rede, os peixes foram alimentados até a saciedade com ração balanceada comercial contendo 28% de proteína bruta. Ao final do ensaio, não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos para nenhum dos parâmetros estimados (P>0,05). Da mesma maneira, os valores de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Juvenis; Crescimento; Larvicultura; Densidade; Tanques-rede; Rhamdia quelen.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000500028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da densidade de estocagem no desenvolvimento inicial do acará-bandeira (Pterophyllum scalare) Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Gonçalves Júnior,L.P.; Pereira,S.L.; Matielo,M.D.; Mendonça,P.P..
Avaliou-se a influência da densidade de estocagem no desenvolvimento inicial do acará-bandeira (Pterophyllum scalare). O desempenho produtivo foi avaliado pelo ganho de peso (GP), ganho de comprimento total (GCT), ganho de comprimento padrão (GCP), ganho de altura (GA), taxa de crescimento específico (TCE), taxa de desenvolvimento específico (TDE) e sobrevivência (S). Para realização do experimento, foram utilizadas 300 pós-larvas de peso médio inicial de 0,0012g, comprimento total médio de 4,11±0,93mm, altura média inicial de 4,84±0,87mm e comprimento padrão médio de 1,54±0,25mm. Essas foram distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, em cinco tratamentos com quatro repetições. Os tratamentos (T) foram constituídos por cinco diferentes densidades...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peixe ornamental; Larvicultura; Intensificação do cultivo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000400033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Energia digestível para larvas de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) na fase de reversão sexual R. Bras. Zootec.
Boscolo,Wilson Rogério; Signor,Altevir; Feiden,Aldi; Bombardelli,Robie Allan; Signor,Arcangelo Augusto; Reidel,Adilson.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de se avaliar o efeito de diferentes níveis de energia digestível na ração sobre o desempenho de larvas de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus), durante a fase de reversão sexual. Foram utilizadas 375 larvas com peso e comprimento inicial de 21,0 ± 4,0 mg e 11,9 ± 7,2 mm, respectivamente, distribuídos em 25 aquários com capacidade de 30 L, em um delineamento experimental inteiramente casualizado, composto por cinco tratamentos e cinco repetições, em que a unidade experimental foi considerada como um aquário contendo 15 larvas. As rações foram formuladas de modo a conterem 3.300; 3.525; 3.750; 3.975 e 4.200 kcal/kg de energia digestível e serem isoprotéicas (38,6% de proteína digestível). Os animais foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Desempenho; Energia digestível; Exigência nutricional; Larvicultura; Peixes; Tilápia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982005000600003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Farelo de soja na alimentação de tilápias-do-nilo durante o período de reversão sexual R. Bras. Zootec.
Meurer,Fábio; Hayashi,Carmino; Barbero,Leandro Martins; Santos,Lilian Dena dos; Bombardelli,Robie Allan; Colpini,Leda Maria Saragiotto.
Foram utilizadas 800 larvas com 2 dias de idade com o objetivo de testar o uso de farelo de soja em rações para tilápias-do-nilo durante o período de reversão sexual (30 dias). O experimento foi conduzido segundo delineamento em blocos casualizados com quatro tratamentos e quatro repetições, no qual um tanque-rede com 50 larvas correspondeu a uma unidade experimental. Os tratamentos consistiram de rações isoprotéicas e isoenergéticas (38,6% de proteína digestível e 3.800 kcal/kg de energia digestível) com 0, 16, 34 ou 42% de farelo de soja. O aumento no nível de farelo de soja teve efeito linear positivo sobre os valores de peso e comprimento finais médios, mas não afetou a condição corporal e os índices de sobrevivência. Recomenda-se incluir o farelo de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alevinos; Alimento protéico; Larvicultura; Nutrição; Oreochromis niloticus peixes.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008000500002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fauna parasitária dos híbridos siluriformes cachapinta e jundiara nos primeiros estágios de desenvolvimento. Repositório Alice
VENTURA, A. S.; JERÔNIMO, G. T.; GONÇALVES, E. L. T.; TAMPOROSKI, B. R. F.; MARTINS, M. L.; ISHIKAWA, M. M..
2013
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Bagre; Larvicultura; Parasitos; Catfish; Hatchery; Parasite.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/971234
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fauna parasitária dos híbridos siluriformes cachapinta e jundiara nos primeiros estágios de desenvolvimento PAB
Ventura,Arlene Sobrinho; Jerônimo,Gabriela Tomas; Gonçalves,Eduardo Luiz Tavares; Tamporoski,Bianca Rafaela Fiori; Martins,Maurício Laterça; Ishikawa,Márcia Mayumi.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a fauna parasitária dos peixes híbridos cachapinta (Pseudoplatystoma corruscans macho x P. reticulatum fêmea) e jundiara (Leiarius marmoratus macho x P. reticulatum fêmea) no período de larvicultura. Um total de 315 animais, 126 híbridos jundiara e 189 híbridos cachapinta, foram examinados de acordo com o estágio de desenvolvimento: larvas, pós-larvas e alevinos. Larvas e pós-larvas foram prensadas entre lâmina e lamínula e observadas sob microscopia óptica. Os alevinos foram observados externamente em estereomicroscópio e necropsiados para avaliação interna dos órgãos. Foram aferidos os parâmetros de qualidade de água em todas as fases de cultivo. O exame parasitológico revelou a presença dos protozoários Epistylis...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Epistylis; Ichthyophthirius multifiliis; Trichodina; Bagre; Larvicultura; Parasitos.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2013000800022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fontes protéicas suplementadas com aminoácidos e minerais para a tilápia do Nilo durante a reversão sexual R. Bras. Zootec.
Meurer,Fábio; Hayashi,Carmino; Boscolo,Wilson Rogério; Schamber,Christiano Rodrigues; Bombardelli,Robie Allan.
Objetivou-se, no presente experimento, comparar o efeito da origem da fonte protéica e da suplementação com lisina e metionina ou cálcio e fósforo para a tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), durante a reversão sexual. Foram utilizadas 200 larvas, distribuídas em 20 aquários de 12 litros, em um delineamento inteiramente casualizado em quatro tratamentos e cinco repetições. A temperatura pela manhã e à tarde, o oxigênio dissolvido, pH e condutividade elétrica da água foram, respectivamente, de 22,6 ± 0,1ºC, 24,1±0,4ºC; 6,77 ± 0,38 mg/L, 7,75 ± 0,16; e 173,4 ± 2 mS/m. Os tratamentos foram compostos por quatro rações isoprotéicas e isoenergéticas: uma somente com ingredientes de origem animal (FA); outra com ingredientes de origem vegetal (FV) e duas com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fonte protéica; Larvicultura; Reversão sexual; Suplementação; Tilápia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982005000100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Freqüência alimentar na larvicultura do trairão (Hoplias lacerdae) R. Bras. Zootec.
Luz,Ronald Kennedy; Portella,Maria Célia.
O experimento foi realizado com o objetivo de se desenvolver estratégias de manejo alimentar durante a larvicultura de trairão. Larvas com oito dias de vida foram contadas individualmente e alojadas na densidade de 30 larvas/L em 20 unidades experimentais com volume útil de 5 L cada. As larvas foram submetidas a quatro tratamentos de freqüência alimentar: F1 - uma vez ao dia; F2 - duas vezes ao dia; F3 - três vezes ao dia; F4 - quatro vezes ao dia, cada um com cinco repetições. A alimentação foi fornecida na mesma quantidade em todos os tratamentos. Para avaliação do crescimento dos animais, foram realizadas biometrias a cada cinco dias. Após 15 dias sob os tratamentos, quando os animais estavam com 23 dias de vida, o experimento foi encerrado,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Freqüência de alimentação; Hoplias lacerdae; Larvicultura; Trairão.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982005000500003
Registros recuperados: 41
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional