Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de descritores morfoagronômicos utilizados em ensaios de DHE de cultivares de maracujazeiro-doce, ornamental, medicinal, incluindo espécies silvestres e híbridos interespecíficos (Passiflora spp.): manual prático. Infoteca-e
JESUS, O. N. de; OLIVEIRA, E. J. de; SOARES, T.L.; FALEIRO, F. G..
2015
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Maracujá-doce; Passiflora spp; Cultivar; Melhoramento genético; Biotecnologia; Passion fruit; Varieties; Genetic improvement; Biotechnology.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1048464
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características morfofisiológicas de plantas clonais de Passiflora alata crescidas em diferentes doses de nitrogênio e níveis de sombreamento Rev. Bras. Frutic.
Freitas,Jôsie Cloviane de Oliveira; Almeida,Alex-Alan Furtado de; Lago,Maria Fragassi; Souza,Margarete Magalhães de; Souza Júnior,José Olimpio de.
Plantas clonais de Passiflora alata foram submetidas a quatro níveis de sombreamento (0; 25; 50 e 75%) aos 75 dias após o estaqueamento (DAE). Dez dias após, aplicou-se nitrogênio (N) nas dosagens de 0; 25;50; 100 e 200 mg N kg-1 de solo. Verificou-se, aos 175 DAE, interação significativa (p<0,05) entre níveis de sombreamento (NS) e doses de N, para todos os parâmetros fotossintéticos avaliados. Observou-se um aumento na taxa fotossintética líquida com a elevação de NS e de N até a dose de 146 mg N kg-1. A taxa transpiratória apresentou efeito quadrático tanto para NS quanto para N, tendendo a aumentar com o incremento de NS e N até 50% de sombreamento e 137 mg N kg-1, respectivamente. A espessura dos tecidos do mesofilo foliar foi reduzida com a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Crescimento; Fotossíntese; Maracujá-doce.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452012000300028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de reguladores vegetais no desenvolvimento de mudas de Passiflora alata Curtis Rev. Bras. Frutic.
Oliveira,Anísio de; Ferreira,Gisela; Rodrigues,João Domingos; Ferrari,Tainara Bortolucci; Kunz,Vilson Luís; Primo,Marcelo Alan; Poletti,Leolírio Dionísio.
O principal fator limitante à produção de mudas enxertadas de maracujazeiro é o elevado tempo para a sua formação. Assim, objetivou-se avaliar o efeito de reguladores vegetais no desenvolvimento de mudas de Passiflora alata Curtis, a serem empregadas como porta-enxerto, visando a reduzir o tempo para atingir o ponto de enxertia. O delineamento experimental empregado foi o inteiramente casualisado, em esquema fatorial 4x5 (4 reguladores vegetais x 5 concentrações), com 4 repetições de 25 plantas por parcela. Os tratamentos foram constituídos por 0,0 mg L-1 (testemunha); 25 mg L-1; 50 mg L-1; 75 mg L-1, e 100 mg L-1 de Benziladenina (BA), GA4+7 + Fenilmetil-aminopurina (GA4+7+CK), Ácido giberélico (GA3) e Cloreto de chlormequat (CCC). Avaliaram-se o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Maracujá-doce; Propagação; Giberelina; Citocinina; Cloreto de chlormequat.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452005000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Maracujá-doce: o autor, a obra e a data da publicação de Passiflora alata (Passifloraceae) Rev. Bras. Frutic.
Bernacci,Luís Carlos; Meletti,Laura Maria Molina; Soares-Scott,Marta Dias.
O maracujazeiro-doce (Passiflora alata Curtis) é uma espécie nativa da América do Sul, especialmente do Brasil, cujo cultivo tem se expandido em função do preço alcançado pelos frutos. Vários trabalhos de pesquisa foram realizados com esta espécie, quase todos com imprecisões na citação do nome científico. Com o objetivo de avaliar a extensão desses equívocos e identificar a forma cientificamente correta de citar a espécie, foram investigados o autor e a data de publicação do nome científico do maracujá-doce, em estudos taxonômicos. Concluiu-se que a espécie deve ser citada como Passiflora alata Curtis, conforme publicado originalmente em 1788, no periódico Botanical Magazine.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Maracujá-doce; Passiflora alata; Passifloraceae; Nomenclatura; Nome científico.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200046
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variabilidade genética em caracteres morfológicos, agronômicos e citogenéticos de populações de maracujazeiro-doce(Passiflora alata Curtis) Rev. Bras. Frutic.
Meletti,Laura Maria Molina; Bernacci,Luis Carlos; Soares-Scott,Marta Dias; Azevedo Filho,Joaquim Adelino de; Martins,Antonio Lúcio Mello.
O maracujazeiro-doce (Passiflora alata Curtis) é uma espécie polimorfa, com significativas variações quanto ao tamanho e formato dos frutos, peso, espessura da casca, coloração de polpa e número de sementes por fruto. A propagação por sementes predomina e amplia a variabilidade entre as plantas cultivadas. Foi feita a caracterização morfológica, agronômica e citogenética dos acessos Mogi-Guaçu, Grande, Jaboticabal, Ouro-Miúdo, Campinas, Gomo e CENARGEN. Os acessos 'Mogi-Guaçu' e 'Grande' foram superiores na maioria das características avaliadas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Maracujá-doce; P. alata; Variabilidade; Caracterização.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200023
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional