Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 24
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A generic function evaluator implemented in Mata AgEcon
Stovring, Henrik.
Background: When implementing new statistical procedures, there is often a need for simple—and yet computationally efficient—ways of numerically evaluating composite distribution functions. If the statistical procedure must support calculations for censored and noncensored cases, those calculations should be carried out using efficient computational implementations of both definite and indefinite integrals (e.g., calculation of tail areas of distribution functions). Method: We developed a generic function evaluator such that users may specify a function using reverse Polish notation. As its argument the function evaluator takes a matrix of pointers and then applies the rows of this matrix to its internally defined stack of pointers. Accordingly, each row...
Tipo: Article Palavras-chave: Rpnfcn(); RPN; Mata; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2007 URL: http://purl.umn.edu/119293
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BR 4: Cultivar de arroz para area de mata e cerrado de Roraima. Infoteca-e
RIBEIRO, P. H. E.; CORDEIRO, A. C. C.; RANGEL, P. H. N.; RIBEIRO, P. R. E..
bitstream/item/216169/1/set-23-Doc-1.pdf
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: BR 4; Cultivar; Savana; Forest; Roraima; Arroz; Cerrado; Mata; Rice.
Ano: 1985 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/687509
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composições florística e fitossociológica de uma mata secundária de um trecho da Mata Atlântica Ciência Rural
Drumond,Marcos Antônio; Meira Neto,João Augusto Alves.
Este trabalho objetivou conhecer a composição florística e a estrutura fitossociológica de uma mata de regeneração natural da tipologia de Mata Atlântica. O presente estudo foi desenvolvido numa mata secundária, de regeneração natural, 25 anos após um corte raso, na região do Médio Rio Doce, Estado de Minas Gerais, entre as coordenadas de 19°58' S e 42°62' W. A mata original consistia de vegetação do tipo mata média alta com bambuzóides e graminóides, predominante na região. O trabalho foi desenvolvido de julho a agosto de 1994 e foram coletadas e identificadas 43 espécies arbóreas com diâmetro à altura do peito superior a 5cm, pertencentes a 23 famílias, com densidade de 1247 indivíduos por hectare. As famílias com maior número de espécies foram Fabaceae,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mata; Regeneração natural; Espécies nativas; Floresta.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781999000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo de frutos e abundância de Tucano Toco (Ramphastos toco) em dois hábitats do Pantanal Sul Biota Neotropica
França,Leonardo Fernandes; Ragusa-Netto,Jose; Paiva,Luciana Vieira de.
Tucano Toco (Ramphastos toco) é um dos grandes frugívoros de dossel, tanto de florestas contínuas quanto ambientes semi-abertos. No Pantanal Sul o Tucano Toco é comum em paisagens que intercalam ambientes fechados e abertos. Neste estudo avaliamos a abundância de Tucano Toco em capões de mata e mata ciliar, bem como a produção e consumo de frutos carnosos durante a estação seca. Apenas seis espécies frutificaram em capões de mata, e cinco em mata ciliar. Nos capões de mata a maior abundância do gênero Ficus, cuja frutificação foi assincrônica, proporcionou disponibilidade constante de frutos. Na mata ciliar a oferta de frutos carnosos foi variável e as figueiras foram raras e não foram detectadas pelo método de quadrante centrado. Nos dois hábitats os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fenologia; Frugivoria; Frugívoro; Fruto carnoso; Mata.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diferenças estacionais entre variáveis microclimáticas para ambientes de interior de mata, vinhedo e posto meteorológico em Jundiaí (SP) Bragantia
Hernandes,José Luiz; Pedro-Júnior,Mário José; Bardin,Ludmila.
Os estudos de caracterização da variabilidade microclimática são essenciais para avaliação de alternativas silviculturais e manejo de vinhedos. Por essa razão, compararam-se variação estacional da temperatura, umidade relativa do ar e velocidade do vento entre os ambientes: interior de uma mata semidecídua, um vinhedo da variedade Niagara Rosada e um posto meteorológico, em Jundiaí (SP), utilizando-se dados diários obtidos por estações meteorológicas automáticas em agosto de 2000 (inverno), outubro de 2000 (primavera) e janeiro de 2001 (verão). A mata alterou significativamente o microclima em seu interior, diminuindo a temperatura máxima em 1,0 °C no inverno, 1,9 °C na primavera e 3,4 °C no verão, aumentando a umidade relativa do ar em 4% a 7% e reduzindo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Microclima; Mata; Vinhedo; Temperatura do ar; Umidade relativa; Velocidade do vento.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052002000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Embrapa & escola: ciência alimentando o Brasil. Infoteca-e
AGUSTINI, B. C.; MARCONATTO, A. D.; SGANZERLA, V. M. A.; ANTONIOLLI, L. R.; CORREA, O. L. dos S..
2016
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Tempo nos alimentos; Desequilibro ambiental; Recursos naturais; Fungos filamentosos; Análise sensorial; Sentidos humanos; Variedade Gala (maçã); Variedade Fuji (maçã); Variedade Pink Lady (maçã); Variedade Granny (maçã); Vaariedade Smith (maçã); Clima; Climatologia; Alimento; Temperatura; Frio; Mata; Recursos natural; Recurso hídrico; Microorganismo; Fungos; Aspergillus; Penicillium; Micotoxina; Maca.
Ano: 2016 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1054575
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Famílias de parasitóides coletadas em área de mata e pastagens no município de Itumbiara, Estado de Goiás Animal Sciences
Marchiori, Carlos Henrique; Centro Federal de Educação Tecnológica de Urutaí; Penteado-Dias, Angélica Maria; UFSCAR.
O objetivo deste estudo foi verificar as famílias de parasitóides coletadas em área de mata nativa e pastagens em Itumbiara, Estado de Goiás. O material foi coletado usando-se bacias amarelas contendo água, no período de janeiro a dezembro de 1998. Foram realizadas coletas semanais com 10 bacias, colocadas ao nível do solo; cinco bacias foram colocadas na pastagem e cinco na mata. Essas armadilhas constavam de bacias plásticas amarelas de aproximadamente 30 cm de diâmetro e 12 cm de altura, nas quais depositou-se uma mistura de 2 litros de água, 2 ml de detergente e 2 ml de formol. As famílias mais abundantes foram: Ichneumonidae, com 16,4%, e Diapriidae, com 14,6% dos indivíduos coletados. A maioria das famílias de parasitóides foi coletada nas pastagens.
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia insetos; Himenópteros; Mata; Pastagens; Parasitóide 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2002 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2340
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fungos micorrízicos arbusculares em cultivos de citros sob manejo convencional e orgânico. Repositório Alice
FOCCHI, S.S.; SOGLIO, F.K.D.; CARRENHO, R.; SOUZA, P.V.D. de; LOVATO, P.E..
Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) apresentam um grande potencial biotecnológico, mas, para que seu emprego seja bem-sucedido, é necessário conhecer como esses organismos respondem às práticas agrícolas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de duas formas de manejo, convencional e orgânica, em pomares e viveiros de citros, nas comunidades de FMA, comparadas com solo de mata nativa. Um total de 36 amostras de solo foram coletadas, e suas características químicas e a ocorrência de espécies de FMA foram avaliadas. Os sistemas de manejo não alteraram as comunidades de FMA, apesar das modificações químicas no solo causadas pelas aplicações de fertilizantes orgânicos, que elevaram os valores de pH, matéria orgânica, Ca e magnésio. No entanto, as...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Citricultura; Comunidades; Mata; Pomar; Viveiro; Citriculture; Communities; Forest; Nursery; Orchard.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/111181
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fungos micorrízicos arbusculares em cultivos de citros sob manejo convencional e orgânico PAB
Focchi,Sandro Souza; Dal Soglio,Fábio Kessler; Carrenho,Rosilaine; Souza,Paulo Vitor Dutra de; Lovato,Paulo Emílio.
Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) apresentam um grande potencial biotecnológico, mas, para que seu emprego seja bem-sucedido, é necessário conhecer como esses organismos respondem às práticas agrícolas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de duas formas de manejo, convencional e orgânica, em pomares e viveiros de citros, nas comunidades de FMA, comparadas com solo de mata nativa. Um total de 36 amostras de solo foram coletadas, e suas características químicas e a ocorrência de espécies de FMA foram avaliadas. Os sistemas de manejo não alteraram as comunidades de FMA, apesar das modificações químicas no solo causadas pelas aplicações de fertilizantes orgânicos, que elevaram os valores de pH, matéria orgânica, Ca e magnésio. No entanto, as...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Citricultura; Comunidades; Mata; Pomar; Viveiro.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2004000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento das propriedades químicas do solo em áreas com diferentes usos no município de Igarapé-Açu/PA. Repositório Alice
ALVES, M. H. D.; COSTA, A. R. de S.; CORREA, J. S.; SILVA, K. W. S.; TEIXEIRA, O. M. M.; SOUSA JUNIOR, P. M. de.
Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de realizar levantamento das propriedades químicas do solo nas áreas de mata natural, Pimenta-do-Reino (Piper nigrum L.) e pastagem, localizadas na comunidade de Nova Olinda, Igarapé-Açu ? PA. Os ensaios analíticos foram realizados no laboratório da Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus Capanema partindo de uma amostragem de oito amostras compostas referentes a uma área de dez (10) hectares. Os resultados evidenciaram similaridades entre a área de pastagem e pimenta-do-reino no que se refere as propriedades químicas das áreas, diferenciando da área de mata nos quesitos de CTC total, Alumínio (Al3+) e Saturação por bases (V%).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Química do Solo; Fertilidade do Solo; Pimenta do Reino; Pastagem; Mata.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1106376
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Creating new variables—sounds boring, isn't AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata Matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. In this quarter’s column, we continue to explore the handling of Stata datasets in Mata and focus on creating new variables.
Tipo: Journal Article Palavras-chave: Mata; Views; Stata datasets; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2006 URL: http://purl.umn.edu/117561
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Interactive use AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata Matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. In this quarter’s column, we look at interactive use of Mata.
Tipo: Journal Article Palavras-chave: Mata; Interactive use; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2006 URL: http://purl.umn.edu/117589
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Macros AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata Matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. Macros are the subject of this column.
Tipo: Article Palavras-chave: Mata; Macros; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/122602
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Precision AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. The Mata Matters column shows how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. In this quarter’s column, we look at the programming implications of the floating-point, base-2 encoding that modern computers use.
Tipo: Article Palavras-chave: Mata; Floating point; Binary; Hexadecimal; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2006 URL: http://purl.umn.edu/119244
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Structures AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata Matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. Structures are the subject of this column. Structures are an advanced programming technique that can greatly simplify complicated code.
Tipo: Article Palavras-chave: Mata; Structures; Struct; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2007 URL: http://purl.umn.edu/119294
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Subscripting AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata Matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. Subscripting is the subject of this column. Stata has three subscripting modes, and two of them are about more than accessing an element of a vector or matrix. The advanced forms of subscripting can, by themselves, be the solution to some problems.
Tipo: Article Palavras-chave: Mata; Subscripts; List subscripts; Range subscripts; Sampling with replacement; Permutation matrices and vectors; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2007 URL: http://purl.umn.edu/119258
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata matters: Translating Fortran AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. In this column, we demonstrate how Fortran programs can be translated and incorporated into Stata.
Tipo: Journal Article Palavras-chave: Mata; Fortran; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2005 URL: http://purl.umn.edu/117531
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mata Matters: Using views onto the data AgEcon
Gould, William.
Mata is Stata’s matrix language. In the Mata Matters column, we show how Mata can be used interactively to solve problems and as a programming language to add new features to Stata. In this issue’s column, we explore view matrices, matrices that are views of the underlying Stata dataset rather than copies of it.
Tipo: Journal Article Palavras-chave: Mata; Views; Memory; Research Methods/ Statistical Methods.
Ano: 2005 URL: http://purl.umn.edu/117547
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Matas e campos naturais da região de Humaitá (AM): atributos diferenciais dos solos e implicações do uso e manejo. Repositório Alice
MARTINS, G. C..
Historico agricola da area. Estratificadores de ambientes. Campos de cerrados sob influencia do uso e manejo. Atributos fisicos. Atributos quimicos. Atributos mineralogicos. Analises estatisticas. Caracterizacao ambiental e classificacao dos solos. Atributos diferenciais dos solos: mata x CCC. Implicacoes do uso e manejo: CCN x CCC.
Tipo: Tese/dissertação (ALICE) Palavras-chave: Brasil; Amazonas; Humaita; Indigenous organisms; Campo; Campo Cerrado; Manejo do Solo; Mata; Solo; Uso da Terra; Vegetação; Vegetação Nativa; Fields; Forests; Land use; Soil; Soil management; Vegetation; Virgin forests.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/670883
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Matas e campos naturais da região de Humaitá (AM): solos e implicações do uso e manejo. Repositório Alice
MARTINS, G. C..
Com base em atributos físicos e químicos dos solos, objetivou-se estabelecer algumas razões que determinam a ocorrência de matas adjacentes aos campos, bem como, verificar as mudanças ocorridas nestes sob a influência do uso e manejo.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Solo; Manejo do solo; Mata; Vegetação; Silvicultura; Manejo; Brasil; Amazonas; Humaitá; Soil; Soil management; Forests; Vegetation; Silviculture; Crop management.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/670973
Registros recuperados: 24
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional