Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 11
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aflatoxin M1 contamination in grated parmesan cheese marketed in Rio de Janeiro - Brazil Repositório Alice
TROMBETE, F. M.; CASTRO, I. M. de; TEIXEIRA, A. da S.; SALDANHA, T.; FRAGA, M. E..
This study aimed to determine the occurrence of AFM1 contamination in the samples of grated parmesan cheese marketed in the Metropolitan Region of Rio de Janeiro - Brazil.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Produto derivado de leite; Queijo parmesão; HPLC-FLD.; Micotoxina..
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/995543
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise de contaminante em suco de maçã: quantificação de patulina por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE/UV-DAD). Infoteca-e
CASTRO, I. M. de; SOUSA, D. B. de; TEIXEIRA, A. da S.; ANJOS, M. R. dos; SOUZA, M. de L. M. de.
A patulina (PAT) é uma micotoxina produzida por algumas espécies de fungos do gênero Penicillium que podem infectar maçãs e peras, assim como seus derivados. O método de análise por CLAE/UV-DAD utilizado neste estudo demonstrou ser adequado para quantificação de patulina (faixa de trabalho, 0,1 a 2,0 µg/mL) na matriz suco de maçã, com boa resolução entre os picos de PAT e do interferente HMF. Dentre as 11 amostras analisadas, obtidas no mercado varejista do município do Rio de Janeiro, apenas duas apresentaram contaminação por PAT entre 9 e 13 µg/kg, ainda abaixo do limite máximo permitido no Brasil, de 50 µg/kg de patulina para suco e polpa de maçã.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Patulina; Cromatografia Líquida de Alta Eficiência e HPLC.; Suco de maçã.; Micotoxina..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/983152
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise e quantificação de aflatoxinas por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) em amostras de castanha-do-Brasil. Repositório Alice
TEIXEIRA, A. da S.; FREITAS-SILVA, O.; GODOY, R. L. de O.; VARGAS, E. A; MARTINS, A..
Tipo: Separatas Palavras-chave: Cromatografia líquida de alta eficiência.; Aflatoxina; Castanha do Para; Micotoxina..
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/416880
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento de amêndoas fermentadas e despeliculadas de cupuaçu. Repositório Alice
PEREIRA, J. D. da S.; ALVARES, V. de S.; SOUZA, J. M. L. de; MACIEL, V. T..
O descascamento manual das amêndoas de cupuaçu foi relatado na literatura científica, mas não é citado o seu armazenamento posterior. Este trabalho teve como objetivo recomendar um método de armazenamento de amêndoas de cupuaçu fermentadas e despeliculadas. Após a despeliculação das amêndoas fermentadas e secas, estas foram submetidas a diferentes tratamentos: T1 = sem acondicionamento e em temperatura ambiente; T2 = sem acondicionamento e em câmara fria (12 ºC); e T3 = acondicionamento a vácuo em embalagem aluminizada, em temperatura ambiente. Antes do armazenamento e após 30 dias, as amêndoas foram analisadas quanto à acidez total titulável, atividade de água, coordenadas de cor L, a* e b*, umidade, cinzas, proteína total, fibra bruta total, extrato...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Amazônia Ocidental; Almendras; Fermentación; Pelado (proceso); Condiciones de almacenamiento; Projeto RECA; Nova Califórnia (RO); Extrema (RO); Rondônia; Embrapa Acre; Rio Branco (AC); Acre; Western Amazon; Amazônia Occidental.; Cupuaçu; Descascamento; Armazenamento; Micotoxina.; Contaminação Fúngica; Theobroma Grandiflorum; Amêndoa; Fermentação; Storage conditions; Almonds; Fermentation; Peeling; Mycotoxins..
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1110978
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de genótipos de triticale quanto à resistência tipo II à giberela. Repositório Alice
MIRANDA, D. T. de; MEROTTO, J. V.; NASCIMENTO JUNIOR, A. do; LIMA, M. I. P. M..
Tipo: Separatas Palavras-chave: Triticale; Giberela; Fusariose; Inoculaçao; Micotoxina.; Doença de planta; Plant diseases and disorders; Seed inoculation; Mycotoxins..
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1083054
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contaminante em vinho: análise de ocratoxina A por cromatografia líquida de ultraeficiência e espectrometria de massas sequencial (UPLC®-MS/MS). Infoteca-e
CASTRO, I. M. de; TEIXEIRA, A. da S.; FREITAS, R. C. de; NASCIMENTO, R. de S.; SOUZA, M. de L. M. de.
A ocratoxina A (OTA) é uma micotoxina carcinogênica e mutagênica que pode ser encontrada em uvas e vinho principalmente quando contaminados com Aspergillus carbonarius. A incidência de ocratoxina A nas amostras de vinho foi verificada usando uma metodologia baseada no método AOAC Official Method 2001.01, com quantificação por Cromatografia Líquida de Ultraeficiência CLUE/EM/EM. Dentre as 25 amostras de vinho avaliadas, a concentração média de OTA foi de 0,115 µg/kg e variaram na faixa de 0,059 - 0,455 µg/kg, todas estão abaixo do limite máximo tolerado recomendado pela legislação brasileira vigente (2 µg/kg para ocratoxina A em vinho).
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ocratoxina A; Cromatografia Líquida de Ultraeficiência e Espectrometria de Massas Sequencial (CLUE/EM/EM).; Vinho; Ocratoxina; Cromatografia; Espectrometria; Micotoxina..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/982927
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Detecção de aflatoxinas em grãos de amendoim inoculados artificialmente com aspergillus parasiticus em função de diferentes períodos de incubação. Repositório Alice
ALMEIDA, P. B. A.; SANTOS, T. S.; COUTINHO, W. M..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: B1; G1; G2; Aflatoxina em grão de amendoim.; Arachis Hypogaea; Micotoxina..
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/661771
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação quantitativa de aflatoxinas em grãos de soja por meio de método fluorimétrico. Repositório Alice
OSTAPECHEN, C. F.; OLIVEIRA, M. A.; LEITE, R. S.; LORINI, I.; HENNING, A. A..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Soja; Aflatoxina; Grão; Armazenamento; Micotoxina.; Soybeans; Mycotoxins; Aflatoxins; Fluorometry; Storage quality..
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1092727
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Métodos de extração e quantificação de aflatoxinas por cromatografia em camada delgada (CCD) e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) em amostras de castanha-do-Brasil. Repositório Alice
TEIXEIRA, A. da S.; FREITAS-SILVA, O.; GOODY, R. L. de O.; VARGAS, E. A.; MARTINS, A..
Tipo: Separatas Palavras-chave: Cromatografia em camada delgada; Cromatografia líquida de alta eficiência.; Aflatoxina; Castanha do Para; Micotoxina..
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/416881
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Microbiota fúngica de amêndoas fermentadas de cupuaçu. Repositório Alice
SOUZA, J. M. L. de; CARTAXO, C. B. da C.; ALVARES, V. de S.; RIBEIRO, S. A. L.; CRUZ, S. C. da.
O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar a frequência de fungos filamentosos em amêndoas de cupuaçu, tendo em vista a importância dessa matéria-prima alimentar para as indústrias de alimentos e de cosméticos. Um total de 16 lotes de amêndoas fermentadas de cupuaçu foram examinadas. As amostras de amêndoas de cupuaçu foram coletadas na agroindústria do projeto Reca, após serem submetidas aos processos de fermentação e secagem. Os fungos mais comuns isolados foram: Absidia corymbifera, Aspergillus flavus, Aspergillus niger, Eurotium chevalieri, Penicillium roqueforti, Rhizopus sp., Mucor sp., Monascus sp. e leveduras.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Embrapa Acre; Almendras; Fermentación; Secado; Projeto RECA; Nova Califórnia (RO); Extrema (RO); Rondônia; Rio Branco (AC); Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazônia Occidental.; Cupuaçu; Secagem; Theobroma Grandiflorum; Amêndoa; Fermentação; Contaminação Fúngica; Micotoxina.; Mycotoxins.; Almonds; Fermentation; Drying.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1110989
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tempo de permanência da castanha-do-brasil na mata após a queda: contaminação por aflatoxinas. Repositório Alice
HAUTH, M. R.; CAMPOS, S. de C.; TONINI, H.; BOTELHO, F. M..
Em 2012, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publicou o documento ?Castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa H.B.K.)? da série Boas Práticas de Manejo para o Extrativismo Sustentável Orgânico (BRASIL, 2012), elaborado a partir da sistematização do conhecimento técnico-científico e das práticas tradicionais de coleta da castanha-do-brasil divulgadas e disponíveis em publicações. A contaminação por fungos do grupo Aspergillus, produtores de aflatoxinas, dependem de diversos fatores tais como: substratos, temperatura, pH e umidade relativa do ar, bem como a competição microbiana (GOURAMA, 1995). O clima quente e úmido é o cenário da época de coleta dos ouriços (ou frutos) de castanha-do-brasil, sendo que estes dois fatores estão diretamente...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Castranha do Brasil; Castranha do Pará.; Aflatoxina; Micotoxina..
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1065696
Registros recuperados: 11
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional