Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biometria de frutos e sementes e emergência de plântulas de duas espécies frutíferas do gênero Campomanesia Rev. Bras. Frutic.
Oliveira,Michele Camargo de; Santana,Denise Garcia de; Santos,Carlos Machado dos.
As espécies Campomanesia adamantium e Campomanesia pubescens são morfologicamente semelhantes, ocorrem em ambientes comuns do Bioma Cerrado, por isso são difíceis de serem separadas e identificadas. Os objetivos foram analisar dados biométricos de frutos e sementes de C. adamantium e de C. pubescens, além do processo de emergência das plântulas, para fins de comparações entre as espécies. Em novembro de 2007, de 50 frutos de cada espécie, foram realizadas medidas do comprimento transversal (mm) e longitudinal (mm) dos frutos e das sementes, massa da matéria fresca dos frutos (g), número de lóculos por fruto e número de lóculos com sementes. Para o teste de emergência, dois experimentos independentes, um para cada espécie, foram instalados em delineamento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fermentação; Gabiroba; Mucilagem; Myrtaceae.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coléteres foliares e calicinais de Temnadenia violacea (Apocynaceae, Apocynoideae): estrutura e distribuição Rev. Bras. Bot.
Martins,Fabiano Machado; Kinoshita,Luiza Sumiko; Castro,Marilia de Moraes.
(Coléteres foliares e calicinais de Temnadenia violacea (Apocynaceae, Apocynoideae): estrutura e distribuição). Este trabalho descreve a origem, estrutura e posição dos coléteres dos ápices vegetativos e florais de Temnadenia violacea (Vell.) Miers e comprova a presença de mucilagem na secreção produzida por estas estruturas. O número de coléteres foliares varia de 9 a 11 por primórdio e de 18 a 22 por nó; apenas um tem origem axilar, sendo os demais de origem marginal. Quanto à posição, cinco coléteres são peciolares e os demais interpeciolares. Os coléteres foliares são dos tipos standard e séssil, sendo constituídos por uma porção alongada, formada por um núcleo central de células parenquimáticas, revestido por epiderme secretora em paliçada...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Gema floral; Gema vegetativa; Mucilagem; Ontogênese.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Condutividade elétrica como indicador do café despolpado durante a desgomagem Ciência Rural
Lima,Matheus Vicente; Vieira,Henrique Duarte; Martins,Meire Lélis Leal.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a utilização da variável condutividade elétrica do meio desgomante como um indicador dos procedimentos de manejo do café despolpado durante a desgomagem do grão. Os experimentos foram conduzidos em três propriedades cafeeiras da região sudoeste da Bahia, utilizando Coffea arabica L., variedade Catuai Amarelo, para estudar o efeito de dois manejos de água do meio desgomante, dois manejos de revolvimento da solução desgomante e seis períodos de tempo em esquema fatorial. Um aumento da condutividade elétrica foi observado durante a desgomagem do grão, principalmente, no tratamento com revolvimento do meio. A troca de água do meio desgomante mostrou ser necessária, pois, ao longo da desgomagem, ocorreu um...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coffea arabica L.; Mucilagem; Fermentação.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000600044
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação de sementes de espécies da subtribo Hyptidinae (Lamiaceae) nativas do semiárido baiano. Repositório Alice
FERRAZ, M..
A caatinga é um bioma com uma grande diversidade biológica, endemismos egrande potencial para produção de compostos bioativos de interesse econômico, porém com uma grande carência de informações sobre as espécies vegetais e suas formas de conservação.Neste trabalho, com o objetivo de diminuir essa carência e garantir sua conservação genética, oito espécies da subtribo Hyptidinae (Lamiaceae):Eplingiella fruticosa (Salzm. ex Benth.) Harley & J.F.B.Pastore, Gymneia platanifolia (Salzm. ex Benth.) Harley & J.F.B.Pastore, Hyptis lanceolata Poir., Hyptis ramosa Pohl ex Benth.,Hyptis velutina Pohl ex Benth.,Martianthus leucocephalus (Salzm. ex Benth.) J.F.B.Pastore, Mesosphaerum pectinatum (L.) Kuntze, Mesosphaerum suaveolens (L.) Kuntze., tiveram as...
Tipo: Tese/dissertação (ALICE) Palavras-chave: Crioconservação; Mucilagem; Germinação; Raio X.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1087736
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estruturas secretoras de mucilagem em Hibiscus pernambucensis Arruda (Malvaceae): distribuição, caracterização morfoanatômica e histoquímica Acta Botanica
Rocha,Joecildo Francisco; Pimentel,Rafael Ribeiro; Machado,Silvia Rodrigues.
No presente trabalho foram estudadas as estruturas secretoras de mucilagem de Hibiscus pernambucensis aos microscópios de luz e de varredura. Conhecida como guaxima-do-mangue e algodão-do-brejo, é espécie nativa encontrada no litoral brasileiro, vegetando áreas de manguezal e restinga, tendo grande importância ecológica nestes ecossistemas. É importante produtora de fibras têxteis e celulose, fornece abundante mucilagem suscetível das mesmas aplicações medicinais de outras malváceas, além da presença de tanino. Coléteres, glândulas peroladas, tricomas secretores longo-pedunculados, canais, cavidades e idioblastos foram observados. Os coléteres ocorrem no ápice caulinar, estípulas, primórdios foliares, folhas, sépalas e pétalas jovens. As glândulas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Hibiscus pernambucensis; Histoquímica; Mucilagem; Restinga.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Métodos de remoção da mucilagem e qualidade fisiológica de sementes de tomate (Lycopersicon esculentum, Mill.) Scientia Agricola
Cavariani,C.; Piana,Z.; Tillmann,M.A.A.; Minami,K..
Objetivando estudar diferentes métodos de remoção da mucilagem e a qualidade de sementes de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.), conduziu-se um experimento, em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. Após extração manual, sementes e mucilagens foram submetidas aos seguintes tratamentos de remoção: lavagem imediata, fermentação por três dias, ácido clorídrico a 2,5% (25 ml/kg, durante 2 horas), ácido acético a 10% (25 ml/kg de material) e hidróxido de amônia a 2,5% (25 ml/kg, durante 2 horas). Seguiu-se a avaliação da qualidade fisiológica das sementes através das determinações de porcentagem de germinação e vigor, pela porcentagem de emergência em areia, condutividade elétrica e pesos das matérias verde e seca de plântulas. Os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tomate; Lycopersicon esculentum Mill.; Sementes; Mucilagem; Qualidade fisiológica.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161994000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Torta de mamona (Ricinus Communis L.): fertilizante e alimento. Infoteca-e
BELTRÃO, N. E. de M..
Mamoneira; Oleaginosa; Fertilidade; Mucilagem.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Mamoneira; Oleaginosa; Fertilidade; Mucilagem.
Ano: 2002 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/275867
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional