Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anoftalmia clínica bilateral associada à hidrocefalia congênita em cão Ciência Rural
Palumbo,Mariana Isa Poci; Conti,Jorge Piovesan; Doiche,Danuta Pulz; Mamprim,Maria Jaqueline; Lourenço,Maria Lúcia Gomes; Machado,Luiz Henrique de Araújo.
A ausência completa do bulbo ocular é muito rara em cães e gatos, enquanto a hidrocefalia é comumente observada como distúrbio congênito em cães de raças miniatura ou braquicefálicas, com menos de um ano de idade. O presente trabalho relata a ocorrência de anoftalmia clínica bilateral associada à hidrocefalia congênita em um cão da raça poodle, sendo este o primeiro relato de caso da associação dessas alterações no Brasil.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Neurologia; Cão; Oftalmologia; Alterações congênitas.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000700023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Clomipramina no tratamento da perseguição compulsiva da cauda em Bull Terrier - relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Caramalac,S.M.; Caramalac,S.M.; Chimenes,N.D.; Palumbo,M.I.P..
RESUMO A perseguição compulsiva da cauda consiste em um distúrbio caracterizado por movimentos giratórios em círculos, lentos a rápidos com ou sem foco na cauda. É uma desordem comportamental comumente observada em cães da raça Bull Terrier, sendo mais frequente em machos, com início entre três e seis meses de idade. O diagnóstico é realizado com base no histórico do paciente junto com exames físico, neurológico e laboratoriais. O tratamento pode ser feito por meio do manejo ambiental e da retirada de fatores estressantes aliados a medicamentos antidepressivos. O objetivo deste artigo é relatar o caso de um Bull Terrier que apresentava perseguição compulsiva da cauda e teve evidente melhora clínica 75 dias após início do tratamento com clomipramina. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Antidepressivos; Distúrbio comportamental; Neurologia.
Ano: 2020 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352020000100125
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fraturas vertebrais em grandes animais: estudo retrospectivo de 39 casos (1987-2002) Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Borges,A.S.; Silva,D.P.G.; Gonçalves,R.C.; Chiacchio,S.B.; Amorim,R.M.; Kuchembuck,M.R.G.; Vulcano,L.C.; Bandarra,E.P.; Lopes,R.S..
Realizou-se estudo retrospectivo (1987-2002) dos aspectos clínicos das fraturas vertebrais em eqüinos, bovinos, ovinos, caprinos e suínos atendidos no hospital veterinário da FMVZ-Unesp de Botucatu. Todos os casos tiveram confirmação radiográfica ou post-mortem. Segundo a espécie, a ordem de acometimento foi: bovina, eqüina, ovina, caprina e suína. As lesões ocorreram desde os 12 dias de idade até os 10 anos, com maior freqüência até os 12 meses. O segmento torácico foi o mais comprometido seguido dos segmentos lombar, cervical e sacral. As fraturas vertebrais devem fazer parte da lista de diagnósticos diferenciais de animais em decúbito, independente da espécie, sexo ou idade.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fratura vertebral; Neurologia; Mielopatia; Decúbito.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Hidrocefalia congênita bilateral total em felino: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Marinho,C.P.; Bacha,F.B.; Santos,G.A.; Braz,P.H..
RESUMO O objetivo deste trabalho foi relatar um caso raro de hidrocefalia em um felino doméstico, da raça Persa, de 30 dias de idade. O animal foi atendido com histórico de impossibilidade de manter-se em estação, incoordenação motora, inabilidade para se alimentar sozinho e sustentar o peso da cabeça. No exame clínico, foi observada presença de fontanela aberta, aumento de calota craniana, ataxia, estrabismo unilateral e secreção ocular. A realização de ultrassonografia do crânio levou à confirmação do diagnóstico de hidrocefalia. O paciente permaneceu internado, sendo o protocolo de tratamento empregado constituído de corticosteroide, diurético e protetor gástrico em alta dose, além de alimentação por via oral e fluidoterapia. O animal veio a óbito após...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fontanela; Ultrassonografia; Líquor; Neurologia.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000601911
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Índice de normalidade da distância atlantoaxial dorsal em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Tudury,E.A.; Silva,A.C.; Lacerda,M.A.S.; Araújo,B.M.; Amorim,M.M.A.; Leite,J.E.B..
RESUMO Foram utilizados 30 cães neurologicamente saudáveis e realizadas radiografias da coluna cervical, sendo mensurada a menor distância atlantoaxial dorsal e outros parâmetros anatômicos vertebrais. Esses dados foram avaliados por meio do coeficiente de correlação de Pearson. Após detecção do melhor parâmetro de correlação, utilizou-se a fórmula de coeficiente de correlação dimensional (CCD). Na segunda etapa desta pesquisa, foram utilizadas imagens radiográficas de 33 cães com subluxação atlantoaxial (SAA) e aplicou-se a fórmula CCD. Todas as imagens atlantoaxiais normais e subluxadas foram distribuídas aleatoriamente e submetidas à análise subjetiva. Observou-se que o parâmetro anatômico de maior correlação foi o comprimento do processo espinhoso do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atlas; Áxis; Instabilidade; Neurologia; Subluxação.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000200429
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modalidades fisioterapêuticas na reabilitação de cães com doença do disco intervertebral toracolombar submetidos à cirurgia descompressiva: 30 casos (2008-2016) Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Andrades,A.O.; Aiello,G.; Colvero,A.C.T.; Ferrarin,D.A.; Schneider,L.; Ripplinger,A.; Schwab,M.L.; Mazzanti,A..
RESUMO Este estudo retrospectivo teve como objetivo demonstrar as modalidades fisioterapêuticas empregadas no tratamento de cães com doença do disco intervertebral (DDIV) toracolombar após descompressão cirúrgica da medula espinhal, bem como relatar os fatores que determinaram as alterações das modalidades. Foram incluídos 30 cães que apresentavam sinais neurológicos desde paraparesia ambulatória a paraplegia com dor profunda na primeira sessão de fisioterapia. As modalidades utilizadas nos protocolos de todos os pacientes foram a crioterapia, massagem, alongamento passivo, movimentação passiva articular, estímulo do reflexo flexor e estimulação elétrica neuromuscular. A inclusão ou exclusão de exercícios terapêuticos, como a tipoia corporal, a plataforma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fisioterapia veterinária; Protocolo fisioterapêutico; Neurologia.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000401089
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modificação da técnica de abordagem ventral à articulação atlantoxial sem a secção do músculo esternotireóideo Ciência Rural
Festugatto,Rafael; Mazzanti,Alexandre; Raiser,Alceu Gaspar; Pelizzari,Charles; Beckmann,Diego Vilibaldo; Silva,Fernanda Souza Barbosa da; Santos,Rogério Rodrigues; Polidoro,Dakir.
O objetivo deste trabalho foi apresentar uma variação na técnica de acesso ventral à articulação atlantoaxial para tratamento da instabilidade atlantoaxial sem a secção do músculo esternotireóideo. Foram utilizados 15 cães, pesando entre oito e 12kg, sem raça definida, independente do sexo, distribuídos aleatoriamente em três grupos iguais de acordo com o período pós-operatório (PO) denominados de I (30dias), II (60 dias) e III (90 dias) para avaliações clínicas diárias. A articulação atlantoaxial foi submetida à artrodese por meio do acesso ventral utilizando pinos de Steinmann associados à resina acrílica autopolimerizável. O acesso e a exposição da articulação atlantoaxial sem a secção do músculo esternotireóideo foram realizados sem complicações ou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artrodese atlantoaxial; Neurologia; Cão.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000400043
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Remoção da cartilagem articular associada ou não a implante homógeno ou enxerto autógeno de osso esponjoso em cães submetidos à artrodese atlantoaxial Ciência Rural
Festugatto,Rafael; Mazzanti,Alexandre; Raiser,Alceu Gaspar; Silva,Fernanda Souza Barbosa da; Treichel,Tiago Luis Eilers; Cunha,João Paulo Mori da; Muler,Fernanda Cátia; Vasconcellos,Jaine Soares de Paula; Veiga,Denise de Castro; Anjos,Bruno Leite dos.
O objetivo deste estudo foi avaliar o grau de fusão articular e formação óssea na articulação atlantoaxial de cães submetidos à artrodese após a remoção da cartilagem articular associada ou não ao implante homógeno ou enxerto autógeno de osso esponjoso. Foram utilizados 12 cães, adultos, distribuídos aleatoriamente em três grupos iguais. Grupo I (GI): realizada apenas a remoção da cartilagem articular e imobilização articular com pinos e resina acrílica. Grupo II (GII): feita a remoção da cartilagem articular e imobilização da articulação, seguida da colocação e modelagem do implante ósseo esponjoso homógeno entre as superfícies articulares. Grupo III (GIII): foi realizado o mesmo procedimento do GII, mais o enxerto ósseo esponjoso autógeno no local...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Artrodese atlantoaxial; Osso homógeno; Neurologia; Cão.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sonda uretral flexível como método alternativo para aferição invasiva da pressão intracraniana em trauma cranioencefálico induzido em coelhos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Aiello,G.; Andrades,A.O.; Ripplinger,A.; Soares,A.V.; Polidoro,D.; Vaz,M.A.B.; Colvero,A.C.; Santos,R.P.; Conceição,R.; Chaves,R.O.; Mazzanti,A..
RESUMO O objetivo deste estudo foi utilizar a sonda uretral flexível como método alternativo para aferição da pressão intracraniana em coelhos com trauma cranioencefálico induzido pelo cateter de Fogarty 4 Fr (balão epidural) e comparar os dados obtidos com o método convencional de cateter de ventriculostomia. Foram utilizados 12 coelhos, machos, adultos, distribuídos aleatoriamente em dois grupos, denominados de G1: mensuração da PIC com cateter de ventriculostomia (n=6) e G2: mensuração com sonda uretral (n=6). Foram realizadas duas craniotomias na região parietal direita e esquerda para a implantação do cateter de ventriculostomia ou sonda uretral flexível e o balão epidural, respectivamente. A PAM, a PPC, a FC, a FR e a TR foram mensurados antes e após...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cateter de ventriculostomia; Autorregulação; Neurologia; Cirurgia.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352017000601551
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Temperatura de polimerização da resina acrílica odontológica na medula espinhal de ratos Wistar Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Santos,R.P.; Mazzanti,A.; Beckmann,D.V.; Aiello,G.; Brum,J.S.; Leme Junior,P.T.; Rippingler,A.; Neto,D.P.; Miranda,T.F..
Objetivou-se investigar se a temperatura de polimerização da resina acrílica odontológica ocasiona sinais neurológicos e alteração histológica na medula espinhal de ratos. Foram utilizados 48 ratos, Wistar, distribuídos em dois grupos denominados GI ou cimento ósseo (controle positivo) e GII ou resina acrílica odontológica. Cada grupo foi redistribuído em seis subgrupos, de acordo com a quantidade do composto, o tempo de pós-operatório e o local de aferição da temperatura. O cimento ósseo ou a resina acrílica odontológica foram moldados e colocados sobre as lâminas ósseas dorsais e os processos espinhosos das vértebras L1 e L2. A temperatura de polimerização do composto foi aferida a cada 10 segundos. A temperatura máxima de polimerização e a diferença...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rato; Neurologia; Cirurgia; Reação inflamatória.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352012000400012
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional