Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 17
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos relacionados à presença de fungos toxigênicos em uvas e ocratoxina A em vinhos Ciência Rural
Welke,Juliane Elisa; Hoeltz,Michele; Noll,Isa Beatriz.
A colonização dos Aspergillus da secção Nigri nas uvas durante o cultivo é a principal fonte de ocratoxina A (OTA) nos vinhos. A. carbonarius e A. niger são os principais produtores desta micotoxina em uvas e são fungos oportunistas que, se desenvolvem, principalmente, nas bagas danificadas durante seu amadurecimento. A produção de OTA em uvas é influenciada pelas condições climáticas e áreas geográficas, bem como pela variedade de uva, pelo sistema de cultivo e pelos danos causados nas uvas por insetos, infecção fúngica ou excesso de irrigação e chuva. As medidas para o controle de fungos toxigênicos devem considerar esses pontos críticos de controle. A OTA presente nas uvas é transferida para o vinho durante o processo de vinificação, sendo que um...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ocratoxina A; Uva; Vinho; Aspergillus.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000800049
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da eficiência do método AOAC na recuperação de ocratoxina A em vinho. Repositório Alice
BORGUINI, R. G.; TEIXEIRA, A. S.; CASTRO, I. M.; ANJOS, M. R.; SOUZA, M. L. M..
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ocratoxina A; Vinho; Ensaio de recuperação.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/878375
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da presença de ocratoxina A em vinho tinto por UPLC/MSMS. Repositório Alice
CASTRO, I. M.; FREITAS, R. C.; TEIXEIRA, A. S.; SOUZA, M. L. M.; ANJOS, M. R..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ocratoxina A; UPLC/MSMS; Vinho.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/917523
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de ocratoxina em café canéfora produzido em Rondônia e Espírito Santo. Repositório Alice
CASTRO, I. M. de; FREITAS-SILVA, O.; TEIXEIRA, A. da S.; SOUZA, M. de L. M. de; PINHEIRO, E. F.; ROCHA, J. F. da; ALVES, E. A..
2015
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ocratoxina A; Coffea canephora; CLAE/DFL.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1034143
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contaminante em vinho: análise de ocratoxina A por cromatografia líquida de ultraeficiência e espectrometria de massas sequencial (UPLC®-MS/MS). Infoteca-e
CASTRO, I. M. de; TEIXEIRA, A. da S.; FREITAS, R. C. de; NASCIMENTO, R. de S.; SOUZA, M. de L. M. de..
A ocratoxina A (OTA) é uma micotoxina carcinogênica e mutagênica que pode ser encontrada em uvas e vinho principalmente quando contaminados com Aspergillus carbonarius. A incidência de ocratoxina A nas amostras de vinho foi verificada usando uma metodologia baseada no método AOAC Official Method 2001.01, com quantificação por Cromatografia Líquida de Ultraeficiência CLUE/EM/EM. Dentre as 25 amostras de vinho avaliadas, a concentração média de OTA foi de 0,115 µg/kg e variaram na faixa de 0,059 - 0,455 µg/kg, todas estão abaixo do limite máximo tolerado recomendado pela legislação brasileira vigente (2 µg/kg para ocratoxina A em vinho).
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Micotoxina; Ocratoxina A; Cromatografia Líquida de Ultraeficiência e Espectrometria de Massas Sequencial (CLUE/EM/EM); Vinho; Ocratoxina; Cromatografia; Espectrometria.
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/982927
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Development and validation of a method for the analysis of Ochratoxin A in roasted coffee by liquid chromatography/electrospray-mass spectrometry in Tandem (LC/ESI-MS/MS). Repositório Alice
BANDEIRA, R. D. C. C.; UEKANE, T. M.; CUNHA, C. P. da; GEAQUINTO, L. R. O.; CUNHA, V. S.; CAIXEIRO, J. M. R.; GODOY, R. L. O.; CRUZ, M. H. C. de la..
A method using LC/ESI-MS/MS for the quantitative analysis of Ochratoxin A in roasted coffee was described. Linearity was demonstrated (r = 0.9175). The limits of detection and quantification were 1.0 and 3.0 ng g-1, respectively. Trueness, repeatability and intermediate precision values were 89.0-108.8%; 2.4-13.7%; 12.5-17.8%, respectively. To the best of our knowledge, this is the first report in which Ochratoxin A in roasted coffee is analysed by LC/ESI-MS/MS, contributing to the field of mycotoxin analysis, and it will be used for future production of Certified Reference Material.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Café; Ocratoxina A; Cromatografia líquida; Espectrometria de massa.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/931443
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fungos ocratoxigênicos em solo de cultivo de uvas viníferas no Nordeste brasileiro. Repositório Alice
TERRA, M. F.; OTERO, T. H.; BATISTA, L. R.; PRADO, G.; PEREIRA, G. E..
bitstream/item/27767/1/1078.pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ocratoxina A; Região Nordeste; Brasil; Viticultura; Uva; Vinho; Fungo; Solo; Micotoxina; Aspergillus.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/877938
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Gênero Aspergillus seção Nigri em uvas e sementes da variedade tempranillo cultivada no Vale do São Francisco, região vitivinícola tropical do Brasil. Repositório Alice
PASSAMANI, F. R. F.; LOPES, N. A.; BATISTA, L. R.; PEREIRA, G. E.; PRADO, G..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Aspergillus; Ocratoxina A; Condições climáticas; Uva sem semente; Variedade; Tempranillo; Fungo; Vale do São Francisco; Uva.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/914383
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Implicações do fungo Aspergillus niger var. niger sobre o crescimento de isolados de Aspergillus da seção Circumdati e produção de Ocratoxina a Ciência e Agrotecnologia
Nasser,Patrícia Prado; Souza,Sara Maria Chalfoun de; Batista,Luís Roberto; Mercer,Juliane Rezende.
Buscando esclarecimento a respeito da inibição ou estímulo na produção de ocratoxina A (OTA) e no crescimento dos fungos ocratoxigênicos por fungos que também ocorrem naturalmente associados aos grãos de café, com o presente estudo avaliou-se o efeito inibitório do fungo Aspergillus niger var. niger EcoCentro 1181-01(“inibidor”) e seu filtrado, sobre o crescimento de isolados de Aspergillus da seção Circumdati e produção de ocratoxina A. O isolado atoxigênico do fungo “inibidor”, selecionado como possível antagonista para espécies toxigênicas do gênero Aspergillus da seção Circumdati, apresentou um efeito positivo inibidor sobre os índices de velocidade de crescimento micelial em relação aos demais isolados testados. A ação antagonista do fungo “inibidor”...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ocratoxina A; Café; Aspergillus ochraceus; Qualidade.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000500028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de fumonisina B1, aflatoxinas B1, B2, G1 e G2, ocratoxina A e zearalenona em produtos de milho Ciênc. Tecnol. Aliment.
Kawashima,Luciane Mie; Valente Soares,Lucia Maria.
Levantamentos de ocorrência de micotoxinas em alimentos foram realizados nas últimas duas décadas nas regiões Sudeste e Sul do Brasil. Levantamentos em alimentos comercializados em outras regiões têm-se limitado a aflatoxinas em amendoim e castanhas do Brasil. O presente trabalho pesquisou a presença de fumonisina B1, aflatoxinas B1, B2, G1 e G2, ocratoxina A e zearalenona em 74 amostras de produtos a base de milho adquiridas no comércio da cidade de Recife, PE, durante o período de 1999 a 2001. Fumonisina B1 foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência com detecção por fluorescência e as demais toxinas foram determinadas por cromatografia em camada delgada. Fumonisina B1 foi encontrada em 94,6% das amostras em concentrações variando de 20...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Micotoxinas; Fumonisina; Aflatoxinas; Ocratoxina A; Zearalenona; Produtos de milho.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de ocratoxina A em café torrado e moído e em café solúvel consumido na cidade de Belo Horizonte, MG Ciênc. Tecnol. Aliment.
PRADO,Guilherme; OLIVEIRA,Marize Silva de; ABRANTES,Fabiana Moreira; SANTOS,Luciana Gonçalves dos; VELOSO,Thaís; BARROSO,Rita Elaine de Souza.
A ocorrência de ocratoxina A foi verificada em amostras de café solúvel e café torrado e moído, comercializados em Belo Horizonte/MG, no período de outubro/1998 a maio/1999. O método usado para a determinação de ocratoxina A foi a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) em combinação com cromatografia de imunoafinidade. Os valores de recuperação e coeficiente de variação de ocratoxina A foram superiores a 73% e inferiores 15%, respectivamente. As amostras de café solúvel e café torrado e moído, continham níveis de ocratoxina A entre 0,31 e 1,78ng/g e 0,99 e 5,87ng/g, respectivamente. Os resultados revelaram que o café não apresenta níveis de contaminação significativos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ocratoxina A; Café; Cromatografia líquida de alta eficiência.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612000000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de ocratoxina A em diferentes frações do café (Coffea arabica L.): bóia, mistura e varrição após secagem em terreiros de terra, asfalto e cimento Ciência e Agrotecnologia
Batista,Luís Roberto; Chalfoun,Sara Maria.
A incidência de ocratoxina A foi estudada em café mistura, bóia e varrição secas em três tipos de terreiro: terra, cimento e asfalto. Foram analisadas 238 amostras coletadas em 11 municípios da região sul do Estado de Minas Gerais, sendo 35 bóia, 97 - mistura e 106 varrição. Das amostras analisadas, em 40% não foi detectada a presença de ocratoxina A, em 31%, foram detectadas a presença de ocratoxina A em níveis que variaram de 0,1 a 5,0 µg/Kg de café. Estes resultados demonstram que 169 amostras (71%) analisadas estariam dentro dos limites em estudo da Legislação Européia que regulamenta a concentração máxima de ocratoxina A em grãos de café torrado. As espécies de Aspergillus identificadas como produtoras de ocratoxina A foram Aspergillus ochraceus, A....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Café; Ocratoxina A; Aspergillus.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000300030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do processamento e defeitos do café na incidência e ocorrência de Ocratoxina A. Repositório Alice
VARGAS, E. A.; SILVA, F. B.; SANTOS, E. A.; SOUZA, S. M. C.; SOUZA, S. E.; CORRÊA, T. B. S.; FRANÇA, R. C. A.; AMORIM, S. S.; PFENNING, L. H.; BATISTA, L. R.; PEREIRA, R. T. G.; NOGUEIRA, M. D.; NACIF, A. P.; CESAR JUNIOR, P..
762 amostras de café (1kg) ? em sua maioria café arábica processado (beneficiado) oriundos de diferentes estágios da pré e pós colheita ? foram coletados em diferentes regiões do Brasil de acordo com um questionário sobre o histórico da amostra. 60 amostras, entre as 762, foram classificadas e separadas por defeitos, de acordo com a Classificação Brasileira, em 1317 tipos de defeitos: preto, ardido, brocado, brocado azulado, malformado, concha e miolo de concha, verde, melado, dentre outros. Todas as 762 amostras e as frações de defeitos (446 subamostras) foram analisadas para ocratoxina A e a influência e o impacto do processamento do café e a presença de defeitos na contaminação de ocratoxina A foram determinados.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Café; Defeito; Colheita; Ocratoxina A.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/909607
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Isolamento de fungos filamentosos seção Nigri produtores de ocratoxina A em uvas tintas. Repositório Alice
SILVA, D. M. da; BATISTA, L. R.; PEREIRA, G. E..
bitstream/item/27761/1/845-resumo-1.pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ocratoxina A; Seção Nigri; Viticultura; Uva; Fungo; Contaminação; Micotoxina; Aspergillus.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/877920
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Micotoxinas: contributos da micoteca da Universidade do Minho (mum) para a segurança alimentar IPB - Escola Superior Agrária
Rodrigues, Paula; Soares, Célia; Freitas-Silva, Otniel; Santos, Cledir; Paterson, Russell; Kozakiewicz, Zofia; Venâncio, Armando; Lima, Nelson.
A Micoteca da Universidade do Minho (MUM), fundada em 1996, tem como missão ser uma colecção de fungos filamentosos com o objectivo principal de manter e fornecer estirpes com qualidade e autenticidade para a investigação em biotecnologia e ciências da vida, e laboratórios de ensaio, actuando também como um centro de conhecimento, informação e formação na área da micologia. Dentro desta missão, a MUM tem estado envolvida em projectos que procuram dar resposta aos riscos alimentares derivados da contaminação fúngica.
Tipo: ConferenceObject Palavras-chave: Aflatoxinas; Ocratoxina A; Patulina; Fungos filamentosos.
Ano: 2009 URL: http://hdl.handle.net/10198/3219
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocratoxina A em vinhos e sucos de uva elaborados no Vale do São Francisco. Repositório Alice
PRADO, G.; TERRA, M.; BATISTA, L. R.; LIMA, L. C. de O.; PEREIRA, G. E..
bitstream/item/196445/1/OCRATOXINA.pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Fungo filamentoso; Ocratoxina A; Região do São Francisco; Brasil; Enologia; Vinho; Uva; Suco; Análise química; Fungo; Contaminação; Micotoxina.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/876007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quality of shaded and unshaded organic coffee: presence of fungi, ochratoxin A and caffeine content. Repositório Alice
FREITAS-SILVA, O.; OLIVEIRA, T. Q.; CUNHA, F. Q.; SOUZA, M. L. M.; GODOY, R. L. O.; RICCI, M. S. F..
2008
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Café orgânico; Ocratoxina A; Cafeína; Fungo.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/416866
Registros recuperados: 17
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional