Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia alimentar de quatro espécies simpátricas de Cheirodontinae (Characiformes, Characidae) do rio Ceará Mirim, Rio Grande do Norte Iheringia, Sér. Zool.
Dias,Tatiana S.; Fialho,Clarice B..
Este estudo foi realizado no rio Ceará Mirim, Estado do Rio Grande do Norte. No local de coleta, este rio apresenta águas transparentes e predominância de macrófitas aquáticas nas margens. Este estudo teve como objetivos descrever os hábitos alimentares e verificar a existência de sobreposição alimentar na dieta de quatro espécies simpátricas de Cheirodontinae: Compsura heterura Eigenmann, 1915 (n= 452), Serrapinnus heterodon (Eigenmann, 1915) (n= 473), S. piaba (Lütken, 1875) (n= 509) e Serrapinnus sp. A (n= 313). Os espécimes foram coletados mensalmente, entre abril de 2001 e abril de 2002, com redes de arrasto. Os conteúdos estomacais foram analisados através dos métodos de frequência de ocorrência, composição percentual e índice de importância...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Nordeste brasileiro; Onivoria; Sobreposição alimentar; Peixes.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212009000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dieta de Micoureus demerarae (Thomas) (Mammalia, Didelphidae) associada às florestas contíguas de mangue e terra firme em Bragança, Pará, Brasil Zoologia
Fernandes,Marcus E. B.; Andrade,Fernanda A. G.; Silva Júnior,José de S. e.
A dieta de Micoureus demerarae (Thomas, 1905) foi estudada em bosques de mangue e terra firme através de amostras estomacais e fecais. O número de indivíduos capturados foi inversamente proporcional à disponibilidade de frutos e insetos, sendo Coleoptera e Hemiptera as ordens de artrópodes mais consumidos e Passifloraceae e Arecaceae os frutos mais ingeridos. Desse modo, tanto a maior variabilidade de frutos como a alta produção destes durante a estação seca, parecem explicar o aumento da captura desses animais nos bosques de terra firme, dos quais são originalmente provenientes. Os itens alimentares sugerem que esta espécie possui uma dieta do tipo onívora, independentemente da sazonalidade ou distribuição dos recursos disponíveis.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cuíca-branca; Itens alimentares; Litoral amazônico; Onivoria.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752006000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do consumo de pólen sobre a oviposição de Doru luteipes (Scudder) (Dermaptera: Forficulidae). Repositório Alice
SILVA, L. O.; MARUCCI, R. C.; MENDES, S. M.; CARVALHO, E. A. R. de; BATISTA, C. de S.; SANTOS, C. A. dos.
2014
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tesourinha; Controle biológico; Onivoria.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/992956
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do nível hidrológico sobre a dieta de Leporinus reinhardtii (Characiformes, Anostomidae) em um reservatório do semiárido brasileiro Iheringia, Sér. Zool.
Medeiros,Tatiane N.; Rocha,Aline A. F.; Santos,Natália C. L.; Severi,William.
A Região Neotropical possui um elevado número de espécies de peixes de água doce, cujas adaptações para explorar diferentes tipos de alimento é particularmente evidente em reservatórios, refletindo numa considerável plasticidade alimentar. Characiformes é a mais diversificada ordem de peixes da região, tendo Anostomidae como uma das famílias mais especiosas, com destaque para Leporinus, com cerca de 80 espécies válidas. Embora suas espécies sejam consideradas primordialmente onívoras, algumas apresentam dieta herbívora, e a plasticidade alimentar do gênero é uma característica comum em ambientes sujeitos a variação sazonal de nível da água. No presente trabalho, são analisadas a composição da dieta de Leporinus reinhardtii Lütken, 1875 no reservatório de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rio São Francisco; Onivoria; Piau.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212014000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nutrição e alimentação do tambaqui (Colossoma macropomum). Repositório Alice
RODRIGUES, A. P. O..
O tambaqui, principal espécie nativa cultivada no país, possui uma série de características zootécnicas favoráveis que justificam seu cultivo crescente e importância econômica para a piscicultura nacional. Esta revisão sumariza o conhecimento atual em nutrição e alimentação do tambaqui, a fim de orientar futuros estudos na área. Em ambiente natural, o tambaqui varia sua dieta de acordo com o regime de chuvas, apresentando adaptações morfofisiológicas que o permitem explorar uma ampla gama de itens alimentares. Existem diversos estudos avaliando as exigências em proteína e energia para a espécie, no entanto, observam-se grandes divergências entre os resultados obtidos. De forma geral, há uma carência de estudos de exigências nutricionais e manejo alimentar...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Onivoria; Frugivoria; Characiforme; Characidae; Tambaqui; Peixe de água doce; Nutrição animal.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/986962
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Oportunismo alimentar de Knodus moenkhausii (Teleostei, Characidae): uma espécie abundante em riachos do noroeste do Estado de São Paulo, Brasil Iheringia, Sér. Zool.
Ceneviva-Bastos,Mônica; Casatti,Lilian.
O objetivo deste estudo foi investigar a biologia alimentar de Knodus moenkhausii (Eigenmann & Kennedy, 1903) em riachos do Alto rio Paraná no Estado de São Paulo. Em oito riachos (R1-R8), K. moenkhausii se alimentou de 18 itens, dos quais algas, ninfas de efemerópteros e larvas de dípteros foram os itens autóctones mais freqüentes e dominantes; fragmentos de insetos terrestres, himenópteros e aranhas foram os itens alóctones mais freqüentes e dominantes. No riacho R2, K. moenkhausii apresentou dieta distinta dos demais riachos, principalmente em função da profundidade, tipo de substrato e da presença de vegetação ripária. No riacho R9, amostrado mensalmente durante um ano, foram identificados 15 itens, dos quais insetos terrestres predominaram ao...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Nectônicos; Onivoria; Táticas alimentares; Sazonalidade.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212007000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Peixes onivoros da planicie inundavel do rio Miranda, Pantanal, Mato Grosso do Sul, Brasil. Infoteca-e
RESENDE, E.K. de; PEREIRA, R.A.C.; ALMEIDA, V.L.L. de; SILVA, A.G. da..
Identificaram-se 24 especies de peixes onivoros na planicie de inundacao do rio Miranda (dois meandros abandonados, uma vazante e uma baia). Destas, 11 sao Characiformes, 9 Siluriformes e 4 Perciformes. Entre os Characiformes, 9 sao da familia Characidae, uma Parodontidae, e uma Anostomidae. Dentre os Siluriformes, uma pertence a familia Sternopygidae, 4 a Pimelodidae, 3 a Doradidae e uma a Callichthyidae. Dos Perciformes, todas pertencem a familia Cichlidae. Os alimentos consumidos por estas especies consitiram basicamente em insetos (terrestres e aquaticos), vegetais (terrestres e aquaticos), e microcrustaceos (cladoceros, ostracodos, conchostracos e copepodos). Outros alimentos ingeridos em quantidades expressivas, com menor frequencia, foram algas,...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Peixe onivoro; Comunidade; Alimentacao; Cadeia alimentar; Onivoria; Inseto; Rio Miranda; Pantanal; Mato Grosso do Sul; Brasil; Omnivorous fishes; Comunity; Feeding; Food chain; Omnivory; Insect; Brazil.
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/804413
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional