Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 60
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos biológicos de Trichogramma galloi Zucchi, 1988 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) criados em ovos de Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) Ciência e Agrotecnologia
Pereira-Barros,Josean Leite; Broglio-Micheletti,Sônia Maria Forti; Santos,Adriano Jorge Nunes dos; Carvalho,Lucyo Wagner Torres de; Carvalho,Luiz Henrique Torres de; Oliveira,Carlos José Tavares de.
Alguns aspectos biológicos de Trichogramma galloi Zucchi, 1988 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) criados em ovos de Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae), foram estudados em laboratório a 26±2ºC; UR 60±10% e fotofase de 12 horas. Os resultados obtidos mostraram um período médio de desenvolvimento pré-imaginal de 9,46±0,7 dias e uma viabilidade média de 78,05%. O número médio de T. galloi emergido por ovo do hospedeiro foi de 2,29. Nas criações em laboratório, as fêmeas de T. galloi foram predominantes. A longevidade de machos e fêmeas foi, em média 3,26±0,12 dias (sem alimento) e 6,36±0,19 dias (alimentando-se com mel). Os ovos de D. saccharalis de primeiro dia apresentaram parasitismo médio de 79,3±5,25% e os de segundo dia...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia; Controle biológico; Parasitóide.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000400002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia do ectoparasitóide Bracon hebetor Say, 1857 (Hymenoptera: Braconidae) em sete espécies de lepidópteros Scientia Agricola
Magro,Sandra Regina; Parra,José Roberto Postali.
Bracon hebetor Say, 1857 é um ectoparasitóide larval de várias espécies de piralídeos que atacam grãos armazenados, sendo considerado um agente potencial de controle biológico dessas pragas. Assim, a biologia de B. hebetor foi estudada em condições controladas de temperatura (25 ± 2°C), umidade relativa (60 ± 10%) e fotoperíodo (fotofase de 14 horas), sobre sete espécies de lepidópteros, Anagasta kuehniella (Zeller), Corcyra cephalonica Stainton e Sitotroga cerealella (Olivier) (hospedeiros naturais) e Diatraea saccharalis (Fabricius), Heliothis virescens (Fabricius), Anticarsia gemmatalis Hübner, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (insetos criados rotineiramente no laboratório de Biologia de Insetos da ESALQ/USP), para determinar o melhor hospedeiro para...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Controle biológico; Parasitóide.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162001000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia e exigências térmicas de Trichogramma pretiosum Riley e T. exiguum Pinto & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae) criados em ovos de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) Neotropical Entomology
Pereira,Fabricio F.; Barros,Reginaldo; Pratissoli,Dirceu; Parra,José R.P..
Comparou-se a biologia de Trichogramma pretiosum Riley e T. exiguum Pinto & Platner criadas em ovos de Plutella xylostella (L.) em sete temperaturas, e determinaram-se as exigências térmicas e o número de gerações dos parasitóides para algumas localidades produtoras de crucíferas dos estados do Espírito Santo e Pernambuco. Ovos de P. xylostella foram submetidos ao parasitismo por T. pretiosum e T. exiguum, durante 5h, sendo então transferidos para câmaras climatizadas reguladas a 18, 20, 22, 25, 28, 30 e 32ºC. A duração do ciclo (ovo-adulto) variou de 6,8 a 23,1 dias para T. pretiosum e 6,9 a 22,0 dias para T. exiguum a 32 e 18°C, respectivamente. A porcentagem de emergência foi mais elevada a 28ºC, sendo aproximadamente 86% para ambas as espécies....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Traça-das-crucíferas; Controle biológico; Parasitóide; Repolho.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-566X2004000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade de parasitismo de Trichogramma exiguum Pinto & Platner, 1978 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) criado em dois hospedeiros por diversas gerações Ciência e Agrotecnologia
Oliveira,Harley Nonato de; Colombi,Carlos Alexandre; Pratissoli,Dirceu; Pedruzzi,Eder Pin; Dalvi,Leandro Pin.
O Trichogramma é um inimigo natural dos mais estudados e utilizados atualmente no mundo. A qualidade e o desempenho de Trichogramma podem ser influenciados por alguns fatores, tal como o hospedeiro alternativo utilizado na criação massal. Objetivou-se com este trabalho foi obter informações básicas sobre os aspectos biológicos de Trichogramma exiguum Pinto & Platner, 1983 (Hymenoptera: Trichogrammatidae), criado nos hospedeiros alternativos Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) (Lepidoptera: Pyralidae) e Sitotroga cerealella (Oliv., 1819) (Lepidoptera: Gelechiidae) por 10, 20 e 30 gerações, e os possíveis efeitos nas características biológicas desse parasitóide. Em cada uma das gerações avaliadas, foram utilizadas 25 fêmeas de T. exiguum...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Parasitóide; Anagasta kuehniella; Sitotroga cerealella.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade de parasitismo de Trichogramma exiguum Pinto & Platner, 1978 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) em ovos de Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera: Plutellidae) em diferentes temperaturas Ciência Rural
Pereira,Fabricio Fagundes; Barros,Reginaldo; Pratissoli,Dirceu; Pereira,Cácia Leila Tigre; Vianna,Ulysses Rodrigues; Zanuncio,José Cola.
Estudou-se a capacidade de parasitismo de Trichogramma exiguum Pinto & Platner, 1978 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) em ovos de Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera: Plutellidae) nas temperaturas de 18, 20, 22, 25, 28, 30 e 32°C, avaliando-se o número de ovos parasitados diariamente, a porcentagem acumulada de parasitismo, o número total de ovos parasitados por fêmea e a longevidade de fêmeas. O ritmo de parasitismo, durante as primeiras 24 horas, oscilou de 1,5 a 11,7 ovos parasitados por fêmeas de T. exiguum, nas temperaturas entre 18 e 32°C. O parasitismo acumulado de ovos de P. xylostella, nas temperaturas de 18, 20, 22, 25, 28, 30 e 32°C, atingiu 80%, respectivamente, aos 10, 7, 8, 5, 5, 4 e 5 dias, por T. exiguum. As maiores taxas de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Parasitóide; Controle biológico; Traça-das-crucíferas; Temperatura.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782007000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade reprodutiva de Trichospilus diatraeae (Hymenoptera: Eulophidae) em pupas de diferentes hospedeiros (Lepidoptera) Scientia Agricola
Paron,Miriam Rosa; Berti-Filho,Evôneo.
Este trabalho teve como objetivo verificar a capacidade reprodutiva do parasitóide Trichospilus diatraeae Cherian & Margabandhu, 1942 (Hym.: Eulophidae) em pupas de quatro hospedeiros lepidópteros: Diatraea saccharalis F. (Pyralidae), Anticarsia gemmatalis Hübner, Spodoptera frugiperda J.E. Smith e Heliothis virescens F. (Noctuidae). Os experimentos foram realizados em câmara climatizada do tipo B.O.D. a 25 ± 1°C, com 70 ± 10% de Umidade Relativa e Fotofase de 14h. Não foi observada diferença na porcentagem de parasitismo entre as espécies, mas houve diferença no número de parasitóides emergidos, sendo menor em H. virescens (105,3 ± 2,9 parasitóides/pupa) e maior em S. frugiperda (130,6 ± 5,8 parasitóides/pupa). Todavia não houve diferença entre D....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Inseto; Parasitóide; Pupa.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162000000200025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade reprodutiva e longevidade de Glyptapanteles muesebecki (Blanchard) (Hymenoptera: Braconidae) parasitando lagartas de Pseudaletia sequax Franclemont (Lepidoptera: Noctuidae) Anais da SEB
Foerster,Luís A.; Doetzer,Augusta K.; Avanci,Marion R.F..
A capacidade reprodutiva de Glyptapanteles muesebecki (Blanchard) (Hymenoptera: Braconidae) foi estudada em laboratório (20 ± 1ºC; 12 horas de fotofase) utilizando-se como hospedeiros lagartas de segundo ínstar de Pseudaletia sequax Franclemont (Lepidoptera: Noctuidae). Fêmeas expostas a cinco lagartas por dia viveram em média 8,4 dias, enquanto que fêmeas criadas na ausência de hospedeiro viveram em média 20,6 dias. Fêmeas de G. muesebecki parasitaram em média 20,8 lagartas durante a vida, produzindo um total de 666,8 descendentes. O parasitismo diário foi de 3,6 hospedeiros por fêmea no primeiro dia após a emergência e manteve-se acima de dois hospedeiros por fêmea até o oitavo dia. Até cinco lagartas foram parasitadas por fêmea em um período de 24 horas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Controle biológico; Parasitóide; Lagarta do trigo.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0301-80591999000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Complexo de parasitóides de Phyllocnistis citrella (Lepidoptera, Gracillariidae) em dois pomares de citros em Montenegro, RS, Brasil Iheringia, Sér. Zool.
Jahnke,Simone M.; Redaelli,Luiza R.; Diefenbach,Lúcia M. G..
Diversas vespas parasitóides, especialmente Eulophidae e Chalcididae, têm sido registrados atuando sobre populações de Phyllocnistis citrella Stainton, 1856 (larva-minadora-dos-citros), uma das principais pragas da citricultura mundial. O presente trabalho objetivou identificar o complexo de parasitóides de P. citrella em dois pomares de citros situados em Montenegro, RS, um de tangerineira variedade Montenegrina e outro do híbrido tangor Murcott. Em amostragens quinzenais de julho de 2001 a junho de 2003, todos os brotos de plantas sorteadas aleatoriamente eram inspecionados. Todas as folhas com pupas de P. citrella foram coletadas e acondicionadas individualmente em placas de Petri até a emergência dos parasitóides ou dos adultos de P. citrella. No...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Minador-das-folhas-dos-citros; Parasitóide; Hymenoptera; Controle biológico; Eulophidae.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212005000400003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Danos causados à soja por adultos de Euschistus heros (Fabricius) (Hemiptera: Pentatomidae), sadios e parasitados por Hexacladia smithii ashmead (Hymenoptera: Encyrtidae) Neotropical Entomology
NUNES,MARIA C.; CORRÊA-FERREIRA,BEATRIZ S..
O dano causado à soja [Glycine max (L.) Merrill] por Euschistus heros (Fabricius) parasitado por Hexacladia smithii Ashmead, foi estudado em casa-de-vegetação. Utilizaram-se plantas de soja da cultivar BR-37, cobertas com tela de filó, infestadas com dois percevejos/planta por um período de 15 dias, do final do desenvolvimento de vagens (R4) até o estádio de enchimento de grãos (R5-R6). Plantas infestadas com percevejos parasitados por H. smithii foram comparadas a plantas infestadas com percevejos sadios e a plantas livres do ataque de insetos (testemunha), com 20 repetições por tratamento. Pelos resultados obtidos, o rendimento (g/planta), o número total de vagens e o número de vagens chochas por planta foram semelhantes entre as plantas atacadas por...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; MIP-Soja; Controle biológico; Percevejo-marrom; Parasitóide.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-566X2002000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho alimentar e sobrevivência de Euschistus heros parasitado por Hexacladia smithii em sementes de soja PAB
Nunes,Maria Clarice; Corrêa-Ferreira,Beatriz Spalding.
Avaliou-se, em laboratório, a influência do parasitóide Hexacladia smithii Ashmead (Hymenoptera: Encyrtidae) na atividade alimentar e sobrevivência de Euschistus heros (Fabricius) (Hemiptera: Pentatomidae), aos 10, 20, 30 e 40 dias após o início do parasitismo. A atividade alimentar foi avaliada pelo número de bainhas constatadas nas sementes de soja, Glycine max (L.) Merrill (Fabaceae), em 48 horas de alimentação. O teste foi mantido sob condições controladas de temperatura (25±2°C), umidade (65±10%) e fotoperíodo (14L:10E). No início do desenvolvimento de H. smithii a atividade alimentar dos percevejos não-parasitados e parasitados foi semelhante, obtendo-se, entretanto, duas vezes mais bainhas alimentares depositadas/grão pelos machos e fêmeas, após 30...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Glycine max; Controle biológico; Percevejo-marrom; Parasitóide; Bainhas alimentares.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2002000900003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de Aphidius colemani Viereck (Hymenoptera: Braconidae, Aphidiinae) e alterações causadas pelo parasitismo no hospedeiro Aphis gossypii Glover (Hemiptera: Aphididae) em diferentes temperaturas Neotropical Entomology
Sampaio,Marcus V.; Bueno,Vanda H.P.; Rodrigues,Sandra M.M.; Soglia,Maria C.M.; Conti,Bruno F. de.
Aphidius colemani Viereck está entre os principais inimigos naturais utilizados no controle biológico de Aphis gossypii Glover. Os objetivos deste trabalho foram avaliar o desenvolvimento de A. colemani e as alterações causadas pelo parasitismo no hospedeiro A. gossypii em diferentes temperaturas e estimar as exigências térmicas do parasitóide. O experimento foi conduzido em câmaras climatizadas a 16, 19, 22, 25, 28 e 31 ± 1°C, com 70 ± 10% U.R. e fotofase de 12h. Ninfas de 2º instar de A. gossypii foram parasitadas uma vez e individualizadas em tubos de vidro (2,5 cm x 8,5 cm), contendo disco foliar de pepino (2 cm) e solução agar/água a 1%. O período da oviposição à formação da múmia (11,9; 9,8; 7,7; 6,4 e 6,4 dias) e o da oviposição ao adulto de A....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Parasitóide; Pulgão; Regulação do hospedeiro; Temperatura base.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-566X2007000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento dos estágios imaturos de Palmistichus elaeisis Delvare & LaSalle (Hymenoptera, Eulophidae) em pupas de Lepidoptera Rev. Bras. entomol.
Bittencourt,Maria A. L.; Berti Filho,Evoneo.
Palmistichus elaeisis Delvare & LaSalle, 1993 é um endoparasitóide coletado de pupas de Sabulodes sp. (Lepidoptera, Geometridae). Os estágios imaturos deste parasitóide foram estudados em laboratório (25 ± 1ºC; 70 ± 10% UR; fotofase 14 h) em pupas dos seguintes lepidópteros: Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Crambidae), Anticarsia gemmatalis Hübner, 1818, Heliothis virescens (Fabricius, 1781), Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Noctuidae) e Thyrinteina arnobia (Stoll, 1782) (Geometridae). Observou-se que os ovos e as larvas de 1º ínstar são hialinas e himenopteriformes; as larvas dos 2º, 3º e 4º ínstares são esbranquiçadas e 12 segmentadas. A espécie de hospedeiro não influenciou o número de ínstares.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia; Eulophidae; Parasitóide.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0085-56262004000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Detecção de Wolbachia em uma População Telítoca de Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae) via PCR com o Primer Específico wsp Neotropical Entomology
CIOCIOLA JR.,AMÉRICO I.; ALEMIDA,RAUL P. DE; ZUCCHI,ROBERTA A.; STOUTHAMER,RICHARD.
Identificou-se pela primeira vez no Brasil a presença de Wolbachia em Trichogramma através de um PCR com o primer específico wsp. A população de Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner foi coletada na Embrapa Milho e Sorgo, em ovos de Helicoverpa zea Boddie (Lepidoptera: Noctuidae). Os resultados mostraram através da amplificação de bandas de DNA, a confirmação da presença de Wolbachia na população em estudo. A presença dessa a-proteobactéria irá contribuir para a escolha da população correta a ser utilizada em programas de controle biológico aplicado contra lepidópteros pragas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Razão sexual; Controle biológico; Bactéria; Parasitóide.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-566X2001000300027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dípteros muscóides associados com carcaça de suíno e seus parasitóides em área de pastagem e de mata em Goiás Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Marchiori,C.H.; Silva,C.G.; Caldas,E.R.; Vieira,C.I.S.; Almeida,K.G.S.; Teixeira,F.F.; Linhares,A.X..
Muscoid dipterous insects associated with pig carcass and their parasitoids collected in pasture and wood were collected from savanna (cerrado) at Goiás, Brazil. The species collected more often were: Chrysomya albiceps (89.5%), Ophyra sp. (6.9%) (flies) and Pachycrepoideus vindemiae (33.3%) and Spalangia endius (38.8%) (parasitoids). The parasitism rate was 0.4%.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Díptero muscóide; Mosca; Parasitóide; Carcaça de suíno.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352000000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dípteros muscóides associados com fezes bovinas e seus parasitóides em Goiás Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Marchiori,C.H.; Vieira,C.I.S.; Caldas,E.R.; Teixeira,F.F.; Silva,C.G.; Linhares,A.X..
A total number of 8779 pupae of Diptera were collected in stables in the municipal district of Itumbiara, GO, Brazil, from June to December 1999. The principal fly and parasitoid species found were Musca domestica L. (38.4%), Sarcophagula occidua Fabricius (51.5%) (flies), Pachycrepoideus vindemiae (Rondani) (28.0%) and Paraganaspis egeria Diaz & Gallardo (29.3%).
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Díptero muscóide; Parasitóide; Bovino; Fezes.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352000000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dípteros muscóides de importância médica e veterinária e seus parasitóides em Goiás Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Marchiori,C.H.; Castro,M.E.V.; Paiva,T.C.G.; Teixeira,F.F.; Silva,C.G..
The objective of this work was to identify flies of medical and veterinary importance and their natural enemies, located around the city of Itumbiara, GO, Brazil. Five thousand eight hundred and twenty-five muscoid dipterous insects and parasitoids were collected from a Brazilian savanna (cerrado) area of Itumbiara. Substrates for obtaining flies were liver. The most frequent fly and parasitoid species found were: Fannia pusio (29.2%) and Atherigona orientalis (26.8%) (flies), Nasonia vitripennis (56.0%) and Brachymeria sp. (26.6%) (parasitoids). Musca domestica was the dipterous species of greatest sanitary importance collected. This is the first report of the species Brachymeria sp. and Hememcyrtus sp. in the State of Goias. Data contribute to the...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Díptero muscóide; Mosca; Parasitóide.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352000000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da idade de Trichogramma exiguum e do desenvolvimento embrionário da Traça-das-Crucíferas sobre as características biológicas do parasitóide - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.522 Biological Sciences
Polanczyk, Ricardo Antonio; UFES; Pratissoli, Dirceu; UFES; Holtz, Anderson Mathias; UEFS; Pereira, Cácia Leila Tigre; UFES; Furtano, Idana Soraya de Andrade; UFES.
Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do desenvolvimento embrionário dos ovos do hospedeiro P. xylostella sobre fêmeas de Trichogramma exiguum, com diferentes idades. Para tanto, cinquenta fêmeas recém-emergidas ou com 24, 48, 72, e 96 horas após a emergência deste parasitóide foram divididas em cinco lotes. Para cada fêmea, foi oferecida uma cartela, contendo 30 ovos de P. xylostella com um, dois e três dias de idade. As maiores taxas de parasitismo foram observadas em ovos de três dias de desenvolvimento embrionário, independente da idade do parasitóide, com exceção daqueles com 72 horas de idade. A viabilidade não foi influenciada pela idade do parasitóide e nem pela fase embrionária do hospedeiro. A razão sexual foi...
Palavras-chave: 2.05.00.00-9 Ecologia Plutella xylostella; Repolho; Parasitóide.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/522
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de beauveria bassiana (bals.) Vuillemin e Metarhizium anisopliae (metsch.) sorokin nos parâmetros biológicos de trichogramma atopovirilia oatman & platner, 1983 (hymenoptera: trichogrammatidae) Ciência e Agrotecnologia
Polanczyk,Ricardo Antonio; Pratissoli,Dirceu; Dalvi,Leandro Pin; Grecco,Eduardo Domingos; Franco,Cláudio Roberto.
Dois experimentos foram realizados para avaliar o efeito de duas formulações comerciais à base de Beauveria bassiana (Bals.) Vuillemin e Metarhizium anisopliae (Metsch., Sorokin sobre os parâmetros biológicos de Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner, 1983. No primeiro experimento, cartelas com ovos de Spodoptera frugiperda, 1797 foram mergulhadas em suspensões preparadas com os produtos e, em seguida, colocadas à disposição dos parasitóides para oviposição, durante um período de 24 horas. No segundo, fêmeas do parasitóide foram alimentadas com uma solução mel e suspensão de conídios. Em ambos os experimentos as fêmeas mortas foram colocadas em uma câmara úmida para observar a esporulação dos fungos. Os tratamentos foram mantidos em câmara...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Parasitóide; Entomopatógeno; Manejo integrado de pragas.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000600008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do número de adultos de Trichogramma galloi Zucchi, 1988 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) liberados em semanas sucessivas, para o controle de Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) Ciência e Agrotecnologia
Broglio-Micheletti,Sônia Maria Forti; Pereira-Barros,Josean Leite; Santos,Adriano Jorge Nunes dos; Carvalho,Lucyo Wagner Torres de; Carvalho,Luiz Henrique Torres de; Oliveira,Carlos José Tavares de.
Neste trabalho, estudou-se o efeito do número de adultos de Trichogramma galloi Zucchi, 1988 liberados em semanas sucessivas, para o controle de Diatraea saccharalis (Fabricius, 1794). O experimento foi conduzido em março de 2003, com a cultivar SP 79-1011, de quatro meses de idade. Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado. Foram demarcadas quatro subáreas de 400 m² cada (20 m x 20 m), eqüidistantes 20 m. Cada parcela foi infestada artificialmente uma vez por semana com 20 casais de D. saccharalis (dois casais por gaiola, correspondendo a dez repetições por tratamento). Cada repetição correspondeu aos diferentes pontos de infestação. Repetiu-se esse procedimento por três semanas consecutivas, obtendo-se as posturas. Liberou-se T....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Controle biológico; Broca-da-cana-de-açúcar; Parasitóide.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do parasitismo por Glyptapanteles muesebecki (Blanchard) no consumo e utilização do alimento por Pseudaletia sequax Franclemont Anais da SEB
Doetzer,Augusta K.; Foerster,Luís A..
O consumo e a utilização do alimento em lagartas de Pseudaletia sequax Franclemont sadias e parasitadas por Glyptapanteles muesebecki (Blanchard) (Hymenoptera: Braconidae) foram avaliados em laboratório, utilizando-se folhas de capim quicuio (Pennisetumclandestinum). Lagartas parasitadas consumiram significativamente menos alimento que lagartas não parasitadas, embora o parasitismo tenha provocado um aumento na duração total do período de alimentação. Lagartas parasitadas que passaram por sete ínstares, pelo fato de terem dado origem a um número maior de parasitóides, consumiram significativamente mais alimento que lagartas com seis ínstares. Os valores encontrados para a taxa de consumo relativo (RCR), taxa metabólica relativa (RMR) e digestibilidade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Controle biológico; Parasitóide; Regulação do hospedeiro; Lagarta do trigo.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0301-80591998000200012
Registros recuperados: 60
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional