Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contenido y caracterización reológica de los polisacáridos estructurales de nopalitos (Opuntia spp.) en un gradiente de domesticación. Colegio de Postgraduados
López Palacios, Cristian.
Evidencias diversas indican que la domesticación del género Opuntia comenzó con la selección de variantes de O. streptacantha, seguida de O. hyptiacantha y O. megacantha y se centró en O. albicarpa y O. ficus indica. Las causas por las cuales se domesticó Opuntia fueron por sus frutos y nopalitos. Los polisacáridos más abundantes en los nopalitos son del tipo estructural. La hipótesis que se plantea es que los polisacáridos muestran un gradiente de concentración y sus propiedades reológicas han sido modificadas en función del grado de domesticación de Opuntia. Los polisacáridos estructurales fueron extraídos de cladodios jóvenes de 14 variantes pertenecientes a especies representantes del gradiente de domesticación (O. streptacantha, O. hyptiacantha, O....
Palavras-chave: Opuntia; Gradiente de domesticación; Reología; Fibra alimentaria; Mucílagos; Pectinas; Hemicelulosas; Celulosa; Domestication gradient; Rheology; Dietary fiber; Mucilages; Pectins; Hemicelluloses; Cellulose; Maestría; Botánica.
Ano: 2011 URL: http://hdl.handle.net/10521/354
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modificações texturais de tomates heterozigotos no loco alcobaça PAB
VILAS BOAS,EDUARDO VALÉRIO DE BARROS; CHITARRA,ADIMILSON BOSCO; MALUF,WILSON ROBERTO; CHITARRA,MARIA ISABEL FERNANDES.
Foram avaliadas as modificações ocorridas durante o amadurecimento de três pares de híbridos de tomates do grupo multilocular, quase isogênicos, à exceção do loco alcobaça. O experimento foi conduzido na Universidade Federal de Lavras, em delineamento em blocos casualizados. Os pares de híbridos (Stevens x Flora Dade e Stevens x TOM-559; Piedmont x Flora Dade e Piedmont x TOM-559; NC-8276 x Flora Dade e NC-8276 x TOM-559) foram avaliados em quatro estádios de amadurecimento (breaker, rosa, vermelho-claro e vermelho), em quatro repetições. Os híbridos cujo genitor comum foi Flora Dade corresponderam ao genótipo normal (+/+), enquanto os híbridos heterozigotos alcobaça (+/alc) foram provenientes do genitor comum TOM-559. A textura não foi afetada pelo alelo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lycopersicon esculentum; Métodos de melhoramento; Atividade enzimática; Pectinas; Solubilização; Amadurecimento; Manutenção de qualidade.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2000000700020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
TEXTURA DE FEIJÃO-VAGEM (Phaseolus vulgaris L) PROCESSADO OU NÃO: EFEITO DA APLICAÇÃO DE CONCENTRAÇÕES CRESCENTES DE CÁLCIO VIA ABSORÇÃO RADICULAR Ciênc. Tecnol. Aliment.
FÁVARO,Simone Palma; IDA,Elza Louko.
Esta investigação teve como objetivo estudar o efeito do cultivo de feijão-vagem com doses crescentes de cálcio na textura das vagens antes e após processo de enlatamento. O experimento foi desenvolvido com a cultivar UEL 1, utilizando-se areia grossa como substrato. Os tratamentos constaram das seguintes concentrações de cálcio em solução nutritiva: 0, 75, 150 e 300 ppm. Foram determinados os teores de cálcio das vagens in natura, substâncias pécticas e textura das vagens in natura e processada. As concentrações de cálcio nas vagens aumentaram em paralelo à elevação dos níveis de cálcio adicionados à solução nutritiva. Os teores de pectina solúvel nas vagens in natura não diferiram entre os tratamentos. Houve um acréscimo da quantidade de pectina...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijão-vagem; Cálcio; Textura; Pectinas.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611998000200009
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional