Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A produção de anonáceas no Brasil Rev. Bras. Frutic.
Lemos,Eurico Eduardo Pinto de.
As anonáceas compõem um grupo de plantas que se têm destacado em várias partes do mundo, principalmente por produzirem frutos de grande interesse comercial. Entre os mais destacados membros desta família, estão a cherimólia (Annona cherimola), a pinha (A. squamosa), a atemoia (híbrido A. squamosa x A. cherimola), e a graviola (A. muricata). No Brasil, pelas suas características de clima tropical e com baixas altitudes na maior parte de seu território, a cherimólia tem sido pouco cultivada devido a sua exigência em temperaturas baixas. As demais apresentam áreas cultivadas em diversas regiões do País para fazer frente à demanda dos mercados de frutas frescas (pinha e atemoia) e processadas (graviola). Todavia, o interesse neste grupo de plantas é mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anona; Pinha; Graviola; Atemoia; Annona; Sugar apple; Soursop; Atemoya.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubação orgânica da pinha (Annona squamosa L.) nas condições edafoclimáticas da baixada fluminense. Infoteca-e
JUNQUEIRA, R. M.; GUERRA, J. G. M.; RIBAS, R. G. T.; ROUWS, J. R. C.; ALMEIDA, D. L. de.
2005
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pinha; Fruta de conde; Adubação orgânica; Annona squamosa; Fazendinha Agroecológica do KM 47.
Ano: 2005 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/625348
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliacao do potencial produtivo de algumas especies frutiferas sob regime de irrigacao na regiao do Sub-medio Sao Francisco. Infoteca-e
NUNES, R. F. de M.; ARAGAO, O. P. de; MARTINS, C. E.; SILVA, W. S.; CUNHA, A. P. da; PASSOS, O. S.; ALVES, E. J.; COELHO, Y. da S..
Com o objetivo de se avaliar a viabilidade de cultivo de especies frutiferas na regiao do Sub-Medio Sao Francisco, efetuaram-se estudos preliminares nos campos experimentais de Bebedouro e Mandacaru, nos municipios de petrolina e Juazeiro, respectivamente. O tipo de solo destes campos sao oxisol e vertisol, respectivamente. As especies frutiferas observadas foram as seguintes: abacate (Persea americana Mill), banana (Musa cavendishii Lambert), cacau (Theobroma cacao L.), caqui (Diospyros kaki L.), coco (Cocos nucifera L.), Figo (Ficus carica L.), goiaba (Psidium guajava L.), garviola (Anona muricata L.), Laranja (Citrus sinensis (L.) Osbeck), mamao (Carica papaya L.), maracuja (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg), nespera (Eriobotrya japonica Lindley),...
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Fruta; Irrigacao; Abacate; Banana; Cacau; Caqui; Coco; Figo; Goiaba; Graviola; Laranja; Mamao; Maracuja; Nespera; Pinha; Sapoti; Uva; Avocado; Cocoa; Coconut; Figs; Guava; Cherimoyas; Orange; Papayas; Passion fruits; Sweetsop; Grapes; Kaki; Fruta; Fruits.
Ano: 1978 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/133951
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia floral e sistema de reprodução de Annona squamosa L. (Annonaceae) na região de Petrolina-PE Ciência Rural
Kiill,Lúcia Helena Piedade; Costa,João Gomes da.
Aspectos da biologia da polinização e do sistema de reprodução de Annona squamosa L. foram estudados em Petrolina-PE, nordeste do Brasil, no período de junho de 1999 a fevereiro de 2000, entre 6:00 e 18:00h. As flores de A. squamosa são hermafroditas, axilares, com cálice e corola carnosos, formando uma câmara floral, que funciona como abrigo, fonte alimentar e/ou local de acasalamento para os visitantes florais. As flores apresentam características da síndrome de cantarofilia, tais como pétalas carnosas, de coloração clara e emissão de odores fortes e desagradáveis. A antese é crepuscular, iniciando por volta das 17 horas e a duração das flores é de aproximadamente dois dias. As flores se apresentam em fase feminina nas primeiras 20 horas e em fase...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Annona squamosa; Carpophilus hemipterus; Carpophilus sp; Haptoncus ochraceus Annonaceae; Pinha; Polinização; Cantarofilia; Besouros nitidulideos.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho vegetativo e reprodutivo da pinheira (Annona squamosa L.) em função de diferentes comprimentos de ramos podados Rev. Bras. Frutic.
Dias,Nilma Oliveira; Souza,Ivan Vilas Bôas; Silva,José Carlson Gusmão da; Silva,Katiane Santiago; Bomfim,Marinês Pereira; Alves,Jean Farley Teixeira; Rebouças,Tiyoko Nair Hojo; Viana,Anselmo Eloy Silveira; São José,Abel Rebouças.
O objetivo do presente estudo foi avaliar a influência exercida por diferentes comprimentos de ramos podados no crescimento vegetativo e reprodutivo da pinheira. O experimento foi conduzido no período de 21-02 a 1º-07-2003, no município de Anagé, região de clima semi-árido do Estado da Bahia. O delineamento experimental foi em blocos casualisados, com seis tratamentos, quatro repetições e três plantas úteis por parcela. Os tratamentos utilizados foram: T1- ramos podados com 5 cm de comprimento; T2- ramos podados com 10 cm de comprimento; T3- ramos podados com 15 cm de comprimento; T4- ramos podados com 20 cm de comprimento; T5- ramos podados com 25 cm de comprimento; T6- ramos podados com 30 cm de comprimento. Constatou-se, nas condições estudadas, que...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pinha; Produção; Indução floral.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação da qualidade e do teor de sólidos solúveis nas diferentes partes do fruto da pinheira (Annona squamosa L.) Rev. Bras. Frutic.
SILVA,JAEVESON DA; SILVA,ELIVÂNIA SOARES DA; SILVA,PAULO SÉRGIO LIMA E.
O objetivo foi avaliar algumas características qualitativas e estimar o teor de sólidos solúveis (TSS) nas porções basal (ligada ao pedúnculo), mediana e apical do fruto da pinheira. Para a estimação desse teor, três pinhas de cada uma de dez árvores, de pomares localizados em Mossoró-RN e Aracati-CE, com idade entre seis e oito anos, foram utilizadas. As árvores foram consideradas repetições (blocos), os frutos foram considerados parcelas e as porções dos frutos, subparcelas. Três frutos de cada árvore foram descascados e divididos em três porções aproximadamente iguais, da base para o ápice. O material foi triturado e filtrado. No suco obtido, foram feitas três leituras em um refratômetro. A média destas três leituras representou o valor de cada...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pinha; Ata; Brix; Frutos tropicais; Fruta-do-conde.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452002000200057
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doenças emergentes da ata ou pinha (Annona squamosa L.) no estado do Ceará. Infoteca-e
FREIRE, F. das C. O.; MARTINS, M. V. V.; CARDOSO, J. E..
2011
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pinha; Ata; Doenças.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/907483
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de horários de polinização artificial no pegamento e qualidade de frutos de pinha (Annona squamosa L.) Rev. Bras. Frutic.
Pereira,Marlon Cristian Toledo; Nietsche,Silvia; Santos,Fabrício Silveira; Xavier,Adelica Aparecida; Cunha,Lize de Moraes Vieira da; Nunes,Claudinéia Ferreira; Santos,Fernando Almeida.
O Brasil tem se destacado como grande produtor de frutas, especialmente a pinha. A cultura é encontrada desde o norte do país até o estado de São Paulo. Atualmente, o cultivo desta fruteira se espalhou, com a ocorrência de grandes áreas em vários estados brasileiros. A polinização inadequada é um dos fatores limitantes na produção comercial destes frutos. Com o objetivo de estudar os efeitos da polinização artificial foram utilizadas 20 plantas provenientes de um pomar comercial de pinha localizado no município de Nova Porteirinha, Minas Gerais. As flores foram polinizadas no estádio de fêmea por meio do uso de um pincel número dois. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado. Os tratamentos foram compostos de seis horários de polinização (5,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pinha; Floração; Correlações.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de coberturas vivas permanentes do solo e da polinização artificial no desempenho produtivo da pinha (Annona squamosa L.) sob manejo orgânico. Infoteca-e
JUNQUEIRA, R. M.; GUERRA, J. G. M.; ALMEIDA, D. L. de; RIBEIRO, R. de L. D.; MARTELLETO, L. A. P.; RIBAS, R. G. T.; OLIVEIRA, F. L. de..
2004
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pinha; Fruta de conde; Cobertura viva; Solo; Polinização artificial; Annona squamosa; Fazendinha agrocológica; SIPA.
Ano: 2004 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/627826
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fungos endofíticos em Annona spp.: isolamento, caracterização enzimática e promoção do crescimento em mudas de pinha (Annona squamosa L.) Acta Botanica
Silva,Roberta Lane de Oliveira; Luz,Jaqueline Silva; Silveira,Elineide Barbosa da; Cavalcante,Uided Maaze Tiburcio.
A partir de folhas, caules e raízes de plantas de pinha e graviola coletadas em Pernambuco foram obtidos 110 e 90 isolados fúngicos endofíticos, respectivamente. Vinte e nove isolados foram selecionados e avaliados quanto à produção de enzimas extracelulares, através do método qualitativo em placas com meios sólidos específicos, e à capacidade de estimular o crescimento de mudas de pinha. Esses isolados foram identificados como pertencentes aos gêneros Acremonium (10,34%), Aspergillus (3,45%), Chaetomium (3,45%), Colletotrichum (10,34%), Cylindrocladium (13,8%), Fusarium (31,03%), Glomerella (3,45%), Nigrospora (6,9%), Penicillium (6,9%) e Phomopsis (10,34%). Dezenove isolados apresentaram atividade lipolítica, cinco atividade proteolítica e nenhum deles...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fungos endofíticos; Enzimas; Graviola; Pinha; Crescimento vegetal; Mudas.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062006000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação e caracterização de espécies de Colletotrichum associadas à antracnose de anonáceas no estado de Alagoas Rev. Bras. Frutic.
Kamei,Sandra Hiromi; Costa,Jaqueline Figueredo de Oliveira; Brito Netto,Mariote dos Santos; Assunção,Iraíldes Pereira; Lima,Gaus Silvestre de Andrade.
No Brasil, Colletotrichum gloeosporioides é a única espécie associada à antracnose de anonáceas. Contudo, apenas características morfológicas têm sido utilizadas na identificação. Assim, o objetivo do trabalho foi identificar e caracterizar espécies de Colletotrichum que causam a antracnose nas culturas da pinha e da graviola no Estado de Alagoas. Cinquenta e um isolados, obtidos de folhas de pinheira e gravioleira com sintomas típicos da doença, foram coletados em Maceió, Palmeira dos Índios e União dos Palmares. Os isolados foram inoculados em folhas destacadas de ambas as culturas e caracterizados morfologicamente através da morfometria de conídios e apressórios, e molecularmente por meio do sequenciamento da região ITS. Verificou-se que todos os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pinha; Graviola; Região ITS.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000500025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação e recomendação para manejo de insetos polinizadores da pinheira no estado de Alagoas. Infoteca-e
GUEDES, E. L. F.; COSTA, J. G. da..
2015
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Annona squamosa L; Ata; Pinha; Fruta de conde.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1042251
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Interação entre Colletotrichum gloeosporioides e ecótipos de pinha Bragantia
López,Ana Maria Queijeiro; Pereira,Danielle dos Santos Tavares.
A produção brasileira de pinha (Annona squamosa L.) predomina no Nordeste, sendo afetada pela antracnose causada por Colletotrichum gloeosporioides. Este estudo avaliou: 1) as taxas de crescimento micelial e conidiação, dimensões de conídios e produção de amilase, xilanase, pectinases e protease por isolado desse fungo de lesões de abacate (Persea americana Mill), em diferentes meios; 2) as porcentagens de germinação e formação de apressórios do mesmo sobre folhas jovens de pinha; 3) as alterações in vivo nos teores de proteínas, fenóis e carboidratos solúveis totais, antes e após a inoculação. Folhas jovens de plântulas de dois ecótipos de pinha (PI e CT) foram destacadas, submetidas à inoculação e incubadas ou para sua extração (0 e 36 horas após), ou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Annona; Colletotrichum; Pinha; Antracnose; Resistência bioquímica.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052010000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Marcha de absorção de nutrientes em anonáceas Rev. Bras. Frutic.
São José,Abel Rebouças; Prado,Nadjama Barreto do; Bomfim,Marinês Pereira; Rebouças,Tiyoko Nair Hojo; Mendes,Hellenn Thallyta Alves e.
A nutrição mineral está relacionada com a fisiologia do crescimento e da reprodução das anonáceas, pois cada espécie do gênero Annona possui sua carga genética que apresenta requerimentos nutricionais específicos para suas funções metabólicas. A marcha de absorção de nutrientes é muito importante para definir os estádios de desenvolvimentos e as doses adequadas de aplicação de fertilizantes nas anonáceas e obter delas seu máximo potencial produtivo. Há poucos estudos científicos a respeito de nutrição e da adubação de plantas dessa família botânica, mas é sabido que são muito exigentes em nutrientes. No presente trabalho, são abordadas as principais exigências minerais dentro do gênero Annona, com ênfase para pinha (A. squamosa) e graviola (A. muricata),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Annonaceae; Annona; Adubação; Pinha; Graviola.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000500021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O Sabor das frutas tropicais no Brasil. Infoteca-e
LAGO, R. C. A.; MAIA, M. L. L.; MATTA, V. M. da.
2016
Tipo: Livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Fruta tropical; Palatabilidade; Aroma; Açaí; Acerola; Cacau; Cajá; Caju; Caqui; Cupuaçú; Goiaba; Graviola; Jabuticaba; Jaca; Maracujá; Pinha; Sapoti; Siriguela; Umbu.
Ano: 2016 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1046107
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
OBTENÇÃO E UTILIZAÇÃO DA ENZIMA POLIFENOLOXIDASE EXTRAÍDA DE POLPA DE PINHA (Annona squamosa L.) MADURA NO MELHORAMENTO DO SABOR DO CACAU (Theobroma cacao L.) Rev. Bras. Frutic.
LIMA,ELIZA DOROTEA POZZOBON DE ALBUQUERQUE; PASTORE,GLÁUCIA MARIA; BARBERY,SANDRA DRINA FERNANDEZ; GARCIA,NELSON HORÁCIO PEZOA; BRITO,EDY SOUSA DE; LIMA,CARLOS ALBERTO DE ALBUQUERQUE.
O presente trabalho teve como objetivo estudar a obtenção e a utilização da enzima polifenoloxidase (PPO) extraída de polpa de pinha madura na redução do teor de compostos polifenólicos com a finalidade de diminuir a adstringência e o amargor das amêndoas de cacau processadas na forma de "nibs". A PPO foi extraída com tampão fosfato de potássio 0,025M (pH 7,5), adicionando sulfato de amônio para a precipitação da enzima. O material em pó obtido foi denominado de enzima parcialmente purificada, sendo que a análise de atividade enzimática foi realizada, utilizando-se de catecol como substrato. As características bioquímicas apresentadas foram pH de estabilidade de 6,0 a 6,5 e temperatura de estabilidade de 10 a 30°C. Os "nibs" foram autoclavados (121°C por...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pinha; Polifenoloxidase; Polifenóis; Cacau.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452001000300053
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil de comercialização das Anonáceas nas Ceasas brasileiras Rev. Bras. Frutic.
Watanabe,Hélio Satoshi; Oliveira,Sabrina Leite de; Camara,Fabiane Mendes da; Almeida,Gabriel Vicente Bitencourt de; Alves,André Afonso.
A quantidade de anonáceas comercializadas nas principais centrais de abastecimento está crescendo e concentrada na CEAGESP - 61%. As informações coletadas pelo SIEM da CEAGESP mostram, entre 2011 e 2012, o grande crescimento da oferta de atemoia e de graviola, respectivamente, 35% e 32%, entre 2011 e 2012, e a queda do volume de pinha - 20%, entre 2011 e 2012. A atemoia (54%), a pinha (41%) e a graviola (5%) são as anonáceas mais importantes comercializadas na CEAGESP. A origem é concentrada nos Estados da Bahia - pinha e graviola, e em Minas Gerais e São Paulo - atemoia. O estudo das causas da diferenciação de valor, entre lotes de atemoia de valores máximo e mínimo, de mesma classificação de tamanho, no mesmo dia, mostrou que a homogeneidade visual de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Valor; CEAGESP; Graviola; Pinha; Atemoia.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Polinização natural, manual e autopolinização no pegamento de frutos de pinheira (Annona squamosa L.) em Alagoas Rev. Bras. Frutic.
Campos,Rousseau da Silva; Lemos,Eurico Eduardo Pinto de; Oliveira,Jaqueline Figueredo de; Fonseca,Fernanda Karina Pereira da; Santiago,Antônio Dias; Barros,Pericles Gabriel.
A pinheira (Annona squamosa L) é cultivada no Estado do Alagoas há mais de um século, sendo a principal cultura de valor econômico para centenas de pequenos agricultores. Um dos principais entraves para melhorar a produtividade da cultura é o baixo índice de polinização das flores e a conseqüente produção de frutos. Embora sejam morfologicamente perfeitas, as flores da pinheira apresentam dicogamia protogínica, fenômeno no qual a maturação dos carpelos acontece antes da maturação dos estames, inviabilizando a autofecundação. O presente trabalho objetivou estudar o efeito da polinização natural, manual e da autopolinização no número de frutos fixados em pinheiras. Foram utilizadas plantas de 4 anos de idade oriundas de pés-francos da variedade local...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Polinização artificial; Pinha; Fruta-de-conde.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Principais doenças de Anonáceas no Brasil: descrição e controle Rev. Bras. Frutic.
Junqueira,Nilton Tadeu Vilela; Junqueira,Keize Pereira.
Várias doenças podem afetar folhas, caules, flores e frutos de gravioleira, pinheira e atemoia em diferentes estádios de seus desenvolvimentos. Geralmente, as doenças mais importantes são causadas por fungos durante o florescimento e a frutificação. Também podem ocorrer murchas ou podridões de raízes, causadas por nematoides e patógenos do solo. A antracnose (Colletotrichum gloeosporioides), murcha ou podridões de raízes (Rhizoctonia solani, Cylindrocladium clavatum, Phytophthora sp., Pythium sp., Phytophthora nicotianae var. parasitica, cancros (Albonectria rigidiuscula) e podridão de frutos (Botryodiplodia theobromae, sin. Lasiodiplodia theobromae) são as mais importantes. Por outro lado, a podridão-parda-do-fruto (Rhizopus stolonifer) provoca perdas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitossanidade; Graviola; Pinha; Atemoia; Cherimoia.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000500006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produção de porta-enxertos em tubetes e enxertia precoce da pinheira (Annona squamosa L.) Rev. Bras. Frutic.
Lemos,Eurico Eduardo Pinto de; Salvador,Taciana de Lima; Santos,Maria Quiteria Cardoso dos; Rezende,Leila de Paula; Salvador,Tatiana de Lima; Lima,Hully Monaísy Alencar.
O objetivo deste trabalho foi estabelecer um protocolo para a enxertia precoce de pinheira em porta-enxertos produzidos em tubetes como substituto do tradicional sistema de enxertia que utiliza porta-enxertos de 12 meses produzidos em sacolas plásticas. O trabalho foi conduzido com três métodos de enxertia (borbulhia em escudo, garfagem de topo em fenda cheia e garfagem lateral em fenda cheia) e quatro idades dos porta-enxertos (3; 5; 7 e 9 meses). Os porta-enxertos foram avaliados durante nove meses com relação às variáveis: comprimento da planta, diâmetro do caule, número de folhas e área foliar. Cada procedimento de enxertia foi avaliado por 30 dias através da percentagem de pegamento. Os porta-enxertos produzidos nos tubetes maiores apresentaram-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ata; Pinha; Fruta-do-conde; Propagação.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000300028
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional