Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 39
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações pós-colheita da "fruta-de-lobo" (Solanum lycocarpum St. Hil.) durante o amadurecimento: análises físico-químicas, químicas e enzimáticas Rev. Bras. Frutic.
Oliveira Junior,Enio Nazaré de; Santos,Custódio Donizete dos; Abreu,Celeste Maria Patto de; Corrêa,Angelita Duarte; Santos,José Zilton Lopez.
Estudaram-se, neste trabalho, algumas modificações físico-químicas, químicas e enzimáticas, em pós-colheita, durante o amadurecimento da fruta-de-lobo, comparando-as com as de outros frutos. Os frutos colhidos de plantas nativas no início do estádio de amadurecimento foram selecionados e armazenados durante 18 dias à temperatura ambiente (17,1 a 26,9ºC). Os frutos foram lavados com água destilada, descascados, picados, congelados em nitrogênio líquido e liofilizados até massa constante. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições de 3 frutos. Os valores de pH e acidez titulável não variaram estatisticamente durante o amadurecimento. A atividade de amilase e os teores de amido diminuíram gradativamente com o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Polifenóis; Peroxidase; Polifenoloxidase; Poligalacturonase; Polimetilgalacturonase; Pectinametilesterase.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000300010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise multivariada na avaliação da resposta do cafeeiro à adubação potássica. Repositório Alice
SILVA, E. B.; NOGUEIRA, F. D.; GUIMARÃES, P. T. G..
2002
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Produção; Polifenoloxidase; Índice de coloração; Acidez titulável total; Açúcares totais.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/908646
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ativação de defesa em cacaueiro contra a murcha-de-verticílio por extratos naturais e acibenzolar-S-metil. Repositório Alice
PEREIRA, R.B.; RESENDE, M.L.V.; RIBEIRO JÚNIOR, P.M.; AMARAL, D.R.; LUCAS, G.C.; CAVALCANTI, F.R..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de extratos fúngicos e vegetais na redução da murcha-de-verticílio do cacaueiro, as atividades da peroxidase e polifenoloxidase e o conteúdo de lignina. Mudas de cacaueiro foram pulverizadas com filtrado de micélio de Rhizopus sp. (FMR), quitosana de Rhizopus sp. (QMR) e Trichoderma sp. (QMT), extratos de casca in natura e seca de maracujá, extrato metanólico de casca seca de frutos de maracujá (MMS) e acibenzolar-S-metil (ASM ? 0.2 mg mL-1) e sete dias depois, submetidas à inoculação de Verticillium dahliae. O ASM reduziu a murcha-de-verticílio em 38,0%, seguido dos extratos FMR, QMT, MMS e QMR, que apresentaram reduções em 22,8, 20,1, 19,2 e 15,7%, respectivamente, em relação à testemunha. Plantas...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Theobroma cacao; Verticillium dahliae; Lignina; Polifenoloxidase; Lignin; Peroxidase; Polyphenoloxidase.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/126296
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ativação de defesa em cacaueiro contra a murcha-de-verticílio por extratos naturais e acibenzolar-S-metil PAB
Pereira,Ricardo Borges; Resende,Mário Lúcio Vilela de; Ribeiro Júnior,Pedro Martins; Amaral,Daniel Rufino; Lucas,Gilvaine Ciavareli; Cavalcanti,Fábio Rossi.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de extratos fúngicos e vegetais na redução da murcha-de-verticílio do cacaueiro, as atividades da peroxidase e polifenoloxidase e o conteúdo de lignina. Mudas de cacaueiro foram pulverizadas com filtrado de micélio de Rhizopus sp. (FMR), quitosana de Rhizopus sp. (QMR) e Trichoderma sp. (QMT), extratos de casca in natura e seca de maracujá, extrato metanólico de casca seca de frutos de maracujá (MMS) e acibenzolar-S-metil (ASM - 0.2 mg mL-1) e sete dias depois, submetidas à inoculação de Verticillium dahliae. O ASM reduziu a murcha-de-verticílio em 38,0%, seguido dos extratos FMR, QMT, MMS e QMR, que apresentaram reduções em 22,8, 20,1, 19,2 e 15,7%, respectivamente, em relação à testemunha. Plantas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Theobroma cacao; Verticillium dahliae; Lignina; Peroxidase; Polifenoloxidase.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2008000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade de enzimas oxidativas em raízes de mandioca tolerantes e susceptíveis à deterioração fisiológica pós-colheita. Repositório Alice
MOTA, J. V. R.; PEREIRA, M. E. C.; VENTURINI, M. T.; OLIVEIRA, E. J. de; SILVA, M. L. C..
A produção de mandioca (Manihot esculenta Crantz) na forma "in natura" é destinada basicamente para a alimentação humana pelo consumo das raízes, mas a sua comercialização é limitada por causa da deterioração pós-colheita que se manifesta dentro de 24 a 48h nas raízes causando perdas de qualidade, tornando-as impalatáveis e sem valor comercial.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Polifenoloxidase; Mandioca; Peroxidase; Cassava; Manihot esculenta; Enzymes.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1011168
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividades das enzimas peroxidase (POD) e polifenoloxidase (PPO) nas uvas das cultivares benitaka e rubi e em seus sucos e geléias Ciênc. Tecnol. Aliment.
Freitas,Andreia Andrade de; Francelin,Maria Fernanda; Hirata,Gláucia Freitas; Clemente,Edmar; Schmidt,Flávio Luis.
A peroxidase e a polifenoloxidase estão relacionadas com o escurecimento de frutas, por isso o controle das atividades destas enzimas é de grande importância para a tecnologia de alimentos. Neste trabalho estudaram-se as atividades dessas enzimas nas uvas frescas das cultivares Benitaka e Rubi, bem como as suas termoestabilidades e as suas atividades enzimáticas residuais no suco e nas geléias (extra e light). Foi também avaliada a qualidade microbiológica dos produtos elaborados. As atividades da enzima POD, tanto da fração solúvel quanto da ionicamente ligada, foram semelhantes nas uvas das duas variedades, Benitaka e Rubi. A atividade da enzima polifenoloxidase foi maior na variedade Rubi. As operações de cocção e pasteurização foram mais eficientes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis vinifera L; Peroxidase; Polifenoloxidase; Termoestabilidade.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000100025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atuação das enzimas oxidativas no escurecimento causado pela injúria por frio em raízes de batata-baroa - DOI: 10.4025/actasciagron.v30i1.1129 Agronomy
Menolli, Luciana Nunes; UFV; Finger, Fernando Luiz; UFV; Puiatti, Mário; UFV; Barbosa, Janaina Miranda; UFV; Barros, Raimundo Santos; UFV.
Neste trabalho, as raízes de batata-baroa (Arracacia xanthorrhiza Bancroft) foram armazenas em câmaras frias, à temperatura de 5 e 10ºC, por 28 dias. A cada sete dias, as raízes eram retiradas da condição de frio, e realizada análise visual dos sintomas de injúria por frio. Em seguida, as raízes foram maceradas para determinação das atividades da peroxidase, polifenoloxidase e da concentração dos compostos fenólicos solúveis. As temperaturas de 5 e 10ºC estimularam o escurecimento externo e interno das raízes durante o armazenamento, com maior intensidade para a temperatura de 5oC. Em ambas as temperaturas, houve elevação da atividade da polifenoloxidase, peroxidase e da concentração de compostos fenólicos, a partir da exposição dos tecidos ao frio. A...
Palavras-chave: 5.07.02.02-5 Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal peroxidase; Polifenoloxidase; Mandioquinha-salsa; Armazenamento 5.07.02.02-5 Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1129
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de parâmetros de ultrafiltração de suco de banana Ciênc. Tecnol. Aliment.
Rodrigues,Simone Loureiro Campos; Moreira,Rebeca Leite de Souza; Cardoso,Marisa Helena; Merçon,Fábio.
A técnica de ultrafiltração foi empregada no processamento de suco de banana (Musa sapientum, shum.) visando sua clarificação e remoção da polifenoloxidase. O módulo consistiu de uma célula plana, com escoamento transversal e 14,6cm² de área de membrana. Em função do peso molecular da enzima foram utilizadas duas membranas poliméricas de poli(éter-sulfona) com pesos moleculares de corte de 10 e 30kDa. O suco clarificado apresentou coloração amarela, elevada translucidez e aspecto atrativo. A membrana com peso molecular de corte de 30kDa apresentou um fluxo permeado superior ao da membrana de 10kDa. A atividade da enzima polifenoloxidase foi reduzida em 97,5 e 96,2% para as membranas de peso molecular de corte de 10 e 30kDa, respectivamente. O emprego de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Suco de banana; Polifenoloxidase; Ultrafiltração.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000400018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do tempo de secagem e da atividade de óxido-redutases de yacon (Smallanthus sonchifolius) sob tratamento químico Ciência Rural
Padilha,Vivianne Montarroyos; Rolim,Priscilla Moura; Salgado,Silvana Magalhães; Livera,Alda Verônica Souza; Oliveira,Michelle Galindo de.
Evidências científicas reconhecem o yacon (Smallanthus sonchifolius) como fonte promissora de frutanos, tais como inulina e frutooligossacarídeos (FOS). No entanto, a presença de compostos fenólicos torna-o suscetível à reação de escurecimento enzimático. Este trabalho teve como objetivo avaliar o emprego de agentes químicos no processamento de yacon, para obtenção de farinha, a fim de inibir o escurecimento enzimático do produto e favorecer o tempo de secagem. Amostras de yacon sem inibição química, de yacon submetido à solução de cloreto de cálcio 1,0g 100g-1 por 30 minutos e de yacon submetido à solução de metabissulfito de potássio 0,5g 100g-1 por 5 minutos foram secas a 55°C, em estufa ventilada, e o teor de água e curvas de secagem foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peroxidase; Polifenoloxidase; Curva de secagem; Cloreto de cálcio; Metabissulfito de potássio.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000700034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização química e física de batatas ágata e monalisa minimamente processadas Ciênc. Tecnol. Aliment.
Pineli,Lívia L. O.; Moretti,Celso L.; Almeida,Gustavo C.; Santos,Josiana Z.; Onuki,Ana C. A.; Nascimento,Aline B. G..
O objetivo deste trabalho foi caracterizar química e fisicamente batatas minimamente processadas durante o armazenamento refrigerado. Batatas (Solanum tuberosum, L.) ágata e monalisa foram minimamente processadas como minibatatas. Após o processamento, as batatas foram acondicionadas sob vácuo parcial e, posteriormente, armazenadas em câmaras frias a 5 e 15ºC, por nove dias. A cada três dias, foram avaliadas as seguintes variáveis: firmeza, atividade da polifenoloxidase e peroxidase, açúcares solúveis totais, amido e vitamina C total. Nas batatas armazenadas a 15ºC, constatou-se que, após nove dias de armazenamento, sua firmeza era 3,3 vezes menor em batatas monalisa e 4,3 vezes menor para a cultivar ágata, quando comparadas com o produto recém-processado....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Enzimas; Processamento mínimo; Peroxidase; Polifenoloxidase; Amido; Açúcar.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cinética de inativação da polifenoloxidase e peroxidase de abacate (Persea americana Mill.) Ciência e Agrotecnologia
Luíz,Rúbia Caroline; Hirata,Talita Akemi Medeiros; Clemente,Edmar.
Extratos enzimáticos foram preparados a partir da polpa de abacate (Persea americana Mill.) dos cultivares Quintal, Fortuna e Choquete, em dois estádios de maturação (verde e maduro). A polpa de abacate (150,00g) foi homogeneizada em liquidificador, com 300 mL de solução tampão fosfato de sódio 100mM em pH 7,4 para polifenoloxidase (PPO) e pH 6,0 para peroxidase (POD). A peroxidase ionicamente ligada foi extraída usando solução de NaCl 1,0M, em tampão fosfato de sódio 100mM pH 6,0. Para o estudo da estabilidade térmica, os extratos foram submetidos a temperaturas de 60, 65, 70, 75 e 80ºC e por períodos que variaram de 1 à 10 minutos e a atividade enzimática foi determinada por espectrofotometria (lambda= 395nm para PPO e lambda= 460nm para POD). Pode-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abacate; Polifenoloxidase; Peroxidase; Persea americana.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000600025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação de água de coco verde por filtração com membrana. Repositório Alice
MAGALHÃES, M. P.; GOMES, F. dos S.; MODESTA, R. C. D.; MATTA, V. M. da; CABRAL, L. M. C..
A água de coco verde no interior do fruto é estéril, porém, durante a sua extração e envase, podem ocorrer contaminações microbiológicas e alterações bioquímicas, com perda de qualidade do produto e redução do seu valor comercial. Este trabalho teve como objetivo estudar a conservação da água de coco verde através da microfiltração e da ultrafiltração. Para a microfiltração, foram utilizadas membranas com tamanho de poro de 0,1µm e, para a ultrafiltração, membranas com peso molecular de corte de 100, 50 e 20kDa. A eficiência do processo foi avaliada através do fluxo permeado e da caracterização microbiológica, físico-química, bioquímica e sensorial dos produtos obtidos. Não foi observada variação significativa nos parâmetros físico-químicos analisados. A...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Microfiltração; Ultrafiltração; Coco verde; Análise sensorial; Green coconut; Sensory analysis; Peroxidase; Polifenoloxidase; Peroxidases; Sensory properties.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1122642
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação de água de coco verde por filtração com membrana Ciênc. Tecnol. Aliment.
Magalhães,Márcia Pimentel; Gomes,Flávia dos Santos; Modesta,Regina Célia Della; Matta,Virgínia Martins da; Cabral,Lourdes Maria Corrêa.
A água de coco verde no interior do fruto é estéril, porém, durante a sua extração e envase, podem ocorrer contaminações microbiológicas e alterações bioquímicas, com perda de qualidade do produto e redução do seu valor comercial. Este trabalho teve como objetivo estudar a conservação da água de coco verde através da microfiltração e da ultrafiltração. Para a microfiltração, foram utilizadas membranas com tamanho de poro de 0,1µm e, para a ultrafiltração, membranas com peso molecular de corte de 100, 50 e 20kDa. A eficiência do processo foi avaliada através do fluxo permeado e da caracterização microbiológica, físico-química, bioquímica e sensorial dos produtos obtidos. Não foi observada variação significativa nos parâmetros físico-químicos analisados. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Microfiltração; Ultrafiltração; Coco verde; Polifenoloxidase; Peroxidase; Análise sensorial.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612005000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação de peroxidase (POD) e polifenoloxidase (PPO) em polpa de açaí submetida à alta pressão hidrostática. Infoteca-e
ROSENTHAL, A.; MENEZES, E. M. da S.; DOMINGUES, A. M.; SRUR, A. S.; CAMARGO, L. M. A. Q.; DELIZA, R..
2006
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Peroxidase; Polifenoloxidase; Polpa de açaí; Alta pressão hidrostática.
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/417037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da densidade populacional do pulgão-verde Schizaphis graminum (Rondani, 1852) (Hemiptera: Aphididae) na atividade enzimática em plantas de trigo Ciência e Agrotecnologia
Gomes,Flávia Batista; Santos,Custódio Donizete dos; Moraes,Jair Campos de; Goussain,Marcio Marcos.
Verificou-se o efeito da densidade populacional do pulgão-verde Schizaphis graminum (RONDANI, 1852) em plantas de trigo (Triticum aestivum L.) na atividade das enzimas peroxidase e polifenoloxidase. Utilizaram-se os seguintes tratamentos: 10 pulgões/planta; 30 pulgões/planta; 50 pulgões/planta e a testemunha (sem pulgões). A peroxidase apresentou atividade mais intensa em relação à polifenoloxidase. A maior atividade da peroxidase ocorreu quando se utilizaram 30 e 50 pulgões/planta. Já para a polifenoloxidase, não houve diferença na sua atividade entre as três densidades utilizadas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Pulgão-verde; Peroxidase; Polifenoloxidase.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000600029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de diferentes temperaturas na qualidade de mandioquinha-salsa minimamente processada Horticultura Brasileira
Nunes,Elisângela Elena; Vilas Boas,Eduardo Valério de B; Piccoli,Roberta H; Xisto,Andréa Luiza RP; Vilas Boas,Brígida M.
O objetivo do presente trabalho foi avaliar a vida útil de mandioquinha-salsa 'Amarela de Senador Amaral' minimamente processada e armazenada em três temperaturas de armazenamento. As raízes foram descascadas manualmente, fatiadas (±1 cm de espessura), imersas em solução de dicloro isocianurato de sódio 100 mg L-1 por 15 minutos e acondicionadas em embalagem rígida de polipropileno (15 x 11,5 x 4,5 cm). As embalagens, contendo cerca de 150 g de raízes minimamente processadas, foram armazenadas a 0±1ºC, 5±1ºC ou 10±1ºC durante 15 dias, sendo realizadas análises a cada 3 dias. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em fatorial 3 x 6, sendo 3 temperaturas de armazenamento e 6 períodos de armazenamento, com 3 repetições. O armazenamento a 0ºC...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Arracacia xanthorrhiza; Processamento mínimo; Peroxidase; Polifenoloxidase.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362010000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFEITO DO TRATAMENTO TÉRMICO SOBRE A ATIVIDADE DE PEROXIDASE (POD) E POLIFENOLOXIDASE (PPO) EM MAÇÃ (Mallus comunis) Ciênc. Tecnol. Aliment.
VALDERRAMA,Patrícia; Fabiane,MARANGONI; CLEMENTE,Edmar.
O extrato enzimático foi preparado a partir da polpa e casca da maçã de cultivares Fuji e Gala utilizando tampão fosfato de sódio 100mM, pH 5,0 como solução extratora. Dentre as análises determinou-se a concentração de proteína nos extratos enzimáticos concentrados de polpa e casca, sendo que o cultivar Fuji apresentou teores mais elevados em comparação ao cultivar Gala. Os tratamentos térmicos foram realizados nas temperaturas de 60, 65, 70 e 75°C por períodos que variaram de 1 a 10 minutos, sendo observado diminuição da atividade de POD e PPO com o aumento da temperatura e tempo; no entanto a POD não chegou a ser inativada em nenhum dos tratamentos realizados. A PPO foi inativada totalmente após 10 minutos de tratamento a 75°C. A eletroforese mostrou uma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peroxidase; Polifenoloxidase; Termoestabilidade; Maçã; Mallus comunis.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612001000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da Poda na Deterioracao Fisiologica, Atividade Enzimatica e nos Teores de Compostos Fenolicos em Raizes de Mandioca. Repositório Alice
KATO, M. do S.A.; CARVALHO V.D. de; CORREA, H..
Foi estudada a influencia da poda na atividade enzimatica (fenilalanina amonia liase, polifenoloxidase e peroxidase) e nos teores de fenolicos e seus efeitos na reducao do grau de deterioracao fisiologica de raizes de mandioca (Manihot esculenta, Crantz). Pelos resultados obtidos concluiu-se que a poda da parte aerea aos 21 e 28 dias reduziu significativamente a deterioracao das raizes e que, independentemente da poda, a permanencia das raizes no solo tambem reduziu o grau de deterioracao. Raizes de plantas podadas apresentaram maiores atividades da fenilalanina amônia liase e menores atividades de polifenoloxidase, e menores teores de fenolicos totais e suas funcoes di, ali a polimericos.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Manihot esculenta; Cultivar; Fenilalanina amonia liase; Polifenoloxidase; Peroxidase.
Ano: 1991 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/105753
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Embalagem a vácuo: efeito no escurecimento e endurecimento do feijão durante o armazenamento Ciência Rural
Lima,Rafaella Araújo Zambaldi; Tomé,Laís Moretti; Abreu,Celeste Maria Patto de.
A influência do uso de embalagem a vácuo no controle do escurecimento e endurecimento do tegumento foi avaliada em feijões da cv. 'Pérola'. Os feijões após secos foram submetidos a diferentes embalagens: polietileno seladas a vácuo (espessura de 80µm), polietileno seladas sem vácuo (espessura de 80µm) e embalagem comercial (espessura de 20µm), armazenados por oito meses em condições ambiente. Foram realizadas análises de umidade, tempo de cozimento, cor, atividade enzimática e compostos fenólicos, logo após a secagem e em intervalos de dois meses até o oitavo mês. O tempo de cozimento foi maior para os grãos acondicionados em embalagem comercial do que nas outras embalagens, ao final do armazenamento. Os grãos embalados em sacos de polietileno selados a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Cozimento; Cor; Peroxidase; Polifenoloxidase.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782014000901664
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Embalagens e recobrimento em lichias (Litchi chinensis Sonn.) armazenadas sob condições não controladas Ciência e Agrotecnologia
Lima,Rafaella Araújo Zambaldi; Abreu,Celeste Maria Patto de; Asmar,Simone Abreu; Corrêa,Angelita Duarte; Santos,Custódio Donizete dos.
A lichia (Litchi chinensis Sonn.) é um fruto subtropical de alto potencial comercial devido ao seu sabor levemente acidificado, excelente aroma, alto valor nutritivo e atrativa cor vermelha da casca. Ainda no campo, a cor da casca altera-se facilmente, tornando-se escurecida em resposta a estresses (alterações da umidade relativa e ataque de patógenos). Após colhida, a casca da lichia perde rapidamente sua cor vermelha. O escurecimento da casca tem sido atribuído a rápida degradação da antocianina, assim como: à rápida perda de umidade pelo fruto e à atividade de enzimas oxidativas como polifenoloxidases e peroxidases. Dada essa alta perecibilidade, o controle do escurecimento é fundamental para o aumento na vida útil pós-colheita, visando ao mercado...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Atmosfera modificada; Antocianina; Polifenoloxidase; Peroxidase.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000400017
Registros recuperados: 39
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional