Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aproveitamento do café Excelsa em mistura com o café Árábica Bragantia
Carvalho,Alcides; Fazuoli,Luiz Carlos; Teixeira,Aldir Alves; Guerreiro Filho,Oliveiro.
O café Excelsa (Coffea dewevrei cv. Excelsa), embora rústico e produtivo, não é comercialmente cultivado. No presente trabalho, procurou-se avaliar a qualidade de sua bebida em mistura, em diferentes proporções, com o café Arábica (C. arabica) de bebida boa. Usou-se delineamento em blocos incompletos balanceados, com oito tratamentos e sete repetições, além de um controle adicional de Arábica de bebida mole, e adotou-se a escala de 0 a 5 pontos, normalmente usada na classificação da bebida do Arábica. Durante a torração, o Excelsa apresentou aroma desagradável; a infusão, logo que colocada na xícara, também mostrou aroma estranho, o qual desapareceu algum tempo depois. As amostras do Arábica deram bebida mole, com média de 3,76 pontos, e, as de Excelsa,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coffea dewvrei; Coffea arabica; Qualidade da bebida; Mistura de cafés.
Ano: 1990 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051990000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de cultivares de café com resistência à ferrugem-do-cafeeiro no Sul do Estado de Minas Gerais. Repositório Alice
CARVALHO, C. H. S. de; MATIELLO, J. B.; ALMEIDA, S. R.; FERREIRA, R. A.; PADILHA, L.; FERREIRA, I. B.; GALDINO, P..
Nos últimos anos foram liberadas para plantio comercial diversas cultivares de café arábica resistentes à ferrugem, porém muitas dessas cultivares ainda não foram testadas em várias regiões cafeeiras do Brasil, incluindo o sul de Minas Gerais. A região sul do estado de Minas Gerais possui um parque cafeeiro de cerca de 500.000 ha, abrangendo uma área com grande variação edafoclimática e diversidade de sistemas de cultivo. Essas características influenciam sobremaneira no comportamento agronômico das cultivares de café plantadas na região, haja vishttp://ainfo.cnptia.embrapa.br/ainfo/pages/ainfo/save/documentoSave.facesta que a produtividade do cafeeiro está diretamente relacionada com a interação genótipo ambiente. Em janeiro de 2006 foi instalado um...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Qualidade da bebida; Resistência à ferrugem-do-cafeeiro.; Coffea Arábica..
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/904284
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos bioativos e atividade antioxidante do café (Coffea arabica L.) Ciência e Agrotecnologia
Abrahão,Sheila Andrade; Pereira,Rosemary Gualberto Fonseca Alvarenga; Duarte,Stella Maris da Silveira; Lima,Adriene Ribeiro; Alvarenga,Dalila Junqueira; Ferreira,Eric Batista.
Conduziu-se este trabalho, com a proposta de avaliar o potencial antioxidante de dois padrões da bebida do café (rio e mole), verdes e torrados, utilizando modelos in vitro. Foram determinados o teor de fenólicos totais, ácido clorogênico (ácido 5-cafeoilquínico) e cafeína das bebidas. A avaliação in vitro do potencial antioxidante foi investigada pelos métodos de captação do radical DPPH e pelo poder redutor de metais. Os dois padrões de bebida do café analisados não apresentaram diferenças quanto aos parâmetros cor, ácido clorogênico e cafeína. Observou-se que houve redução nos valores de ácido clorogênico à medida que os grãos foram torrados. O café verde bebida rio apresentou maior teor de fenólicos totais que o café bebida mole. Nos grãos torrados não...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Qualidade da bebida; Compostos fenólicos; Ácido clorogênico; Cafeína; Capacidade antioxidante; Poder redutor.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Correlação entre características químicas e sensoriais do Café rábica. Repositório Alice
MOREIRA, S. de S.; SOBREIRA, F. M.; LIMA, T. L. B. de; OLIVEIRA, A. C. B. de; PEREIRA, A. A.; MALTA, M. R..
A análise sensorial atesta a qualidade do café, discriminando suas propriedades sensoriais, assim como a intensidade em que elas são percebidas por quem a realiza. Ainda existe a necessidade de provadores especializados, que dependendo do treinamento, ou da frequência que provam determinados tipos de café ou também da região geográfica em que atuam, podem desenvolver habilidades sensoriais distintas. Estas situações acarretam distorções, fazendo com que frequentemente haja discordância entre amostras analisadas por diferentes provadores. A classificação da bebida, por prova de xícara, poderia ser complementada com a adoção de métodos químicos, que facilitariam a avaliação, tornando-a menos subjetiva. Nesse contexto, o objetivo do presente trabalho foi...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Qualidade da bebida; Cup quality; Café Arábica.; Composição química; Coffea Arábica.; Sensory evaluation; Chemical composition..
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1039886
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ganhos pela seleção de progênies oriundas de combinações genéticas visando a produção de cafés especiais. Repositório Alice
OLIVEIRA, A. C. B. de; PEREIRA, A. A.; SILVA, F. L. da; REZENDE, J. C. de; BOTELHO, C. E.; CARVALHO, G. R..
O objetivo deste trabalho foi avaliar os ganhos genéticos preditos para a produção de grãos, pela seleção direta e indireta de progênies de café arábica portadoras de fatores de resistência à ferrugem, visando o desenvolvimento de cultivares para a obtenção de cafés com bebida superior e diferenciada. Foi avaliada a produção de 98 genótipos de café arábica, na Fazenda Experimental de Três Pontas - EPAMIG, nas safras de 2005 a 2008. O delineamento estatístico adotado foi o de blocos aumentados, constituído de três blocos com 96 tratamentos regulares (progênies F2) e dois comuns (testemunhas do grupo ‘Catuaí’). O plantio foi realizado em 25/02/2003, no espaçamento de 0,90 x 3,50 m, com seis plantas por parcela. Houve diferenças significativas (P<0,05)...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Melhoramento genético; Qualidade da bebida; Resistência à ferrugem.; Coffea Arábica..
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/903162
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação e caracterização de genes relacionados à biossíntese de ácidos clorogênicos em Coffea arabica L. Repositório Alice
IVAMOTO, S. T.; SAKURAY, L. M.; SANTOS, T. B. dos; PEREIRA, L. F. P..
O Brasil é o maior produtor e exportador de café no cenário mundial , a lém de ser o segundo maior mercado consumidor da bebida, atrás apenas dos Estados Unidos. Pesquisas estão em desenvolvimento para aumentar o conhecimento genético de cafeeiros relacionada com a qualidade do produto. A qualidade da bebida é diretamente influenciada pelos compostos químicos presentes no grão de café, como por exemplo, ácidos clorogênicos (CGAs) que são relacionados à adstringência da bebida. Visando uma maior compreensão dos mecanismos moleculares e genéticos associados a produção dos CGAs, os objetivos deste trabalho são: i) identifica rdosgenes da viade biossíntese dos CGAs; ii) caracterizar o perfil transcricional in silico para alguns genes candidatos. Neste estudo...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: RNA-Seq; Atividade transcricional; Ácido clrogênico; Qualidade da bebida; Coffee; Transcriptional activity; Chlorogenic acids and beverage quality.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1040019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Isolamento de fungos associados a grãos de café cv. Iapar 59 de origem de solo e árvore em diferentes tempos de colheita Ciênc. Tecnol. Aliment.
Bozza,Angela; Tralamazza,Sabina Moser; Reynaud,Dalton Tadeu; Gabardo,Juarez; Valaski,Julio César; Marangoni,Paulo Roberto; Pimentel,Ida Chapaval.
O Brasil vem perdendo espaço no mercado internacional devido à piora da qualidade do café. As substâncias tóxicas liberadas pelos fungos além de alterarem a qualidade da bebida, também podem ser prejudiciais à saúde dos consumidores. O objetivo do presente trabalho foi o isolamento de fungos a partir de grãos de café da variedade IAPAR 59, relacionando-os com a qualidade da bebida. Foram realizadas colheitas de grãos da árvore e do solo em diferentes tempos (0, 30, 60, 90 e 120 dias). O isolamento dos fungos foi feito pelo método Pour-plate e para a identificação dos fungos utilizou-se o Microcultivo e a Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Houve diferença significativa no número absoluto de fungos encontrados nos grãos da árvore (5393), em relação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Qualidade da bebida; IAPAR 59; Fungos; Coffea arabica.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612009000300012
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional