Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A salinomicina para o controle da eimeriose de caprinos leiteiros nas fases de cria e recria. Repositório Alice
VIEIRA, L. da S.; BARROS, N. N.; CAVALCANTE, A. C. R.; XIMENES, L. J. F.; CARVALHO, R. B. de..
Resumo: A salinomicina foi avaliada no controle da eimeriose caprina em 27 cabritos mestiços distribuídos aleatoriamente em três tratamentos num delineamento inteiramente casualizado: T0, nao medicados (grupo controle); Tl e 72, medicados com doses de l e 2mg de salinomicina/kg de peso vivo/dia, respectivamente. Na fase de cria, não houve diferença estatística (P>0,005) no ganho médio de peso (GP) entre os três tratamentos. Na fase de recria, o grupo T0 apresentou GP significativalnente inferior (P<0,01) aos grupos T1 e T2 entre estes nao houve diferença significativa (P>0.05). 0 número médio de oocistos por grama de fezes (OOPG) do grupo T0 nas duas fases estudadas, foi significativamente maior (P<0,01) ao dos grupos Tl e T2; sendo que os...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Caprino; Eimeria; Controle; Salinomicina; Antibiótico ionóforo; Quimioterapia; Doença animal; Goats; Eimeria; Quimioterapy; Salinomicin.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/530531
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A salinomicina para o controle da eimeriose de caprinos leiteiros nas fases de cria e recria Ciência Rural
Vieira,Luiz da Silva; Barros,Nelson Nogueira; Cavalcante,Antônio César Rocha; Ximenes,Luciano Jany Feijão; Carvalho,Rubênio Borges de.
A salinomicina foi avaliada no controle da eimeriose caprina em 27 cabritos mestiços distribuídos aleatoriamente em três tratamentos num delineamento inteiramente casualizado: T0, não medicados (grupo controle); T1 e T2, medicados com doses de 1 e 2mg de salinomicina/kg de peso vivo/dia, respectivamente. Na fase de cria, não houve diferença estatística (P>0,005) no ganho médio de peso (GP) entre os três tratamentos. Na fase de recria, o grupo T0 apresentou GP significativamente inferior (P<0,01) aos grupos T1 e T2; entre estes não houve diferença significativa (P>0,005). O número médio de oocistos por grama de fezes (OOPG) do grupo T0, nas duas fases estudadas, foi significativamente maior (P<0,01) ao dos grupos T1 e T2; sendo que os grupos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Caprinos; Eimeria; Controle; Quimioterapia; Antibiótico ionóforo; Salinomicina.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782004000300033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos clínico e cirúrgicos do tumor mamário canino: clinical and surgical evolution Ciência Rural
Daleck,Carlos Roberto; Franceschini,Paulo Henrique; Alessi,Antonio Carlos; Santana,Áureo Evangelista; Martins,Maria Izabel Mello.
As neoplasias mamárias em cadelas representam importante parcela das neoplasias em cães, merecendo atenção dos pesquisadores quanto ao diagnóstico, tratamento e prognóstico. No presente trabalho, 23 cadelas de várias raças ou cruzamentos, com idades entre 8 e 11 anos portadoras de neoplasia mamária foram estudadas. Doze eram multíparas, 6 primíparas e 5 nulíparas. Todas eram da região de Jaboticabal, SP, atendidas no Hospital Veterinário da FCAVJ-UNESP. Os animais foram avaliados clínica e radiolagicamente e submetidos à punção aspirativa da massa anormal de tecido, com agulha fina. Dessa mesma massa foi também retirado, cirurgicamente, um fragmento para exame histopatológico. A maior incidência foi de carcinoma (52,17%), seguidos por tumores mistos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Tumor; Mama; Quimioterapia; Cirurgia.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781998000100016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Associação do methimazole e do ondansetron à quimioterapia com cisplatina em cães submetidos a quatro diferentes protocolos de fluidoterapia Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Repetti,C.S.F.; Daleck,C.R..
Utilizaram-se 12 cães, machos, distribuídos em quatro grupos (G) experimentais, selecionados de acordo com o tempo de fluidoterapia com solução fisiológica 0,9%: G1 (sem fluidoterapia), G2 (uma hora de fluidoterapia antes da cisplatina), G3 (uma hora de fluidoterapia antes da cisplatina e uma hora após) e G4 (duas horas de fluidoterapia antes da cisplatina e uma após). Todos os animais receberam a cisplatina (70mg/m²), pela via intravenosa, sendo os ciclos de quimioterapia realizados em intervalos de três semanas, num total de três ciclos. O ondansetron (0,4mg/kg) foi administrado pela via intravenosa, a cada oito horas, no dia da quimioterapia e, a seguir, a cada 12 horas, por dois dias. O methimazole (40mg/kg) foi pela via oral, 30 minutos antes da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Cisplatina; Quimioterapia.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de longo prazo do efeito de eliminação de Apple stem grooving virus por quimioterapia em macieira cv. Royal Gala. Repositório Alice
DE VILLA, F. Z.; ECKERT, C.; NICKEL, O.; FAJARDO, T. V. M..
Neste estudo, plantas da cv. Royal Gala foram submetidas a PEV (procedimento de eliminação de vírus) por quimioterapia in vitro com ribavirina por 60 dias (tratamento 0 (controle negativo), sem ribavirina; 1, 1 pg/ml; 2, 5 pg/ml; 3, 10 pg/ml de ribavirina), com 4 repetições independentes, aclimatadas e avaliadas quanto à eficácia do PEV por RT-PCR convencional, imediatamente após o tratamento (maio-julho/2010) e após mais 1 ano (julho/2011). As plantas sobreviventes dos experimentos acima, quatro anos após o tratamento inicial, foram reavaliadas quanto à presença de ASGV (Apple stem grooving virus) por RT-PCR convencional e RT-PCR em tempo real com Sybr Green l.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Apple stem grooving virus; Quimioterapia; Royal Gala; Maçã; Doença de planta; Virus; Controle integrado.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/994030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Canine osteosarcoma - review MV&Z
Daleck, Carlos Roberto; Fonseca, Claudia Sampaio; Canola, Júlio Carlos.
Osteosarcoma or osteogenic sarcoma is the most common primary bone tumor in dogs. Several therapeutic approaches have been developed in order to improve the animals' quality of life. This review article presents to the small animal practitioner, concepts on biologic behavior, diagnosis, treatment options and prognostic considerations involved with the tumor.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Osteosarcoma; Dogs; Chemotherapy Surgery Osteosarcoma; Perros; Quimioterapia; Cirurgía osteossarcoma; Cães; Quimioterapia; Cirurgia.
Ano: 2002 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/3247
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enfermedad de Chagas: Contribuciones del Centro de Investigaciones Toxicológicas ABCL
Castro,José Alberto; Montalto de Mecca,María; Díaz Gómez,María Isabel; Castro,Gerardo Daniel.
La quimioterapia de la enfermedad de Chagas cuenta en la actualidad con el empleo de dos fármacos solamente: Nifurtimox y Benznidazol. Nifurtimox es un nitrofurano y Benznidazol es un compuesto nitroimidazólico. El uso de estas drogas para tratar la fase aguda de la enfermedad se acepta ampliamente. Sin embargo, su utilización en el tratamiento de la fase crónica no está exenta de cuestionamientos serios. Los efectos colaterales de ambas son un inconveniente mayor en su uso, y frecuentemente fuerza a los médicos a detener el tratamiento. Los estudios de toxicidad experimentales con Nifurtimox evidenciaron neurotoxicidad, daño testicular, toxicidad ovárica y efectos deletéreos en corazón, tejido mamario, adrenales, colon y esófago. Para el Benznidazol, se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Benznidazol; Nifurtimox; Enfermedad de Chagas; Quimioterapia; Quimioprofilaxis; Violeta de Genciana; Tripanosomiasis americana.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0325-29572015000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Linfoma canino: clínica, hematologia e tratamento com o protocolo de Madison-Wisconsin Ciência Rural
Cápua,Maria Luisa Buffo de; Coleta,Flávia Eiras Dela; Canesin,Ana Paula Massae Nakage; Godoy,Aline Vieira; Calazans,Sabryna Gouveia; Miotto,Mariana Rodrigues; Daleck,Carlos Roberto; Santana,Aureo Evangelista.
O linfoma é uma neoplasia de elevada incidência na população canina mundial, e que apresenta sinais clínicos diversos, dependentes da classificação anatômica e da extensão da doença. Este estudo objetivou avaliar as características clínicas e hematológicas de cães com linfoma no momento do diagnóstico, além da evolução clínica dos mesmos ao longo do tratamento com o protocolo de Madison-Wisconsin. Dos 18 cães inseridos no estudo, 50% apresentaram a forma multicêntrica da doença e 33% a forma cutânea. A manifestação clínica mais comum foi a linfadenomegalia superficial, acompanhada dos sinais sistêmicos de hiporexia, apatia e perda de peso. As principais alterações hematólogicas foram anemia normocítica normocrômica, trombocitopenia e leucocitose,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Hemograma; Quimioterapia; Linfoma.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000700022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Monensina sódica no controle da eimeriose em caprinos leiteiros. Repositório Alice
VIEIRA, L. da S.; LOBO, R. N. B.; BARROS, N. N.; PORTELA, C. H. da P.; SIMPLÍCIO, A. A..
A eficácia de drogas para o controle da eimeriose caprina é limitada quando já há sintomas clínicos, sendo o tratamento preventivo mais eficaz que o curativo. Desta forma, foi avaliado o uso da monensina no controle da eimeriose em caprinos leiteiros. Foram utilizadas 48 fêmeas, 32 da raça Anglo-nubiana e 16 da raça Saanen, com idade entre três e quatro meses, distribuídas aleatoriamente por sorteio em dois tratamentos. O tratamento I, constituído por 24 animais, sendo 16 Anglo-nubiana e oito Saanen, não foram medicadas (controle) e o tratamento II, formado por 24 animais, 16 Anglo-nubiana e oito Saanen, foram medicadas diariamente com 0,5mg/kg de monensina durante 234 dias. O número médio de oocistos por grama de fezes (OOPG) durante todo o experimento do...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Quimioterapia; Antibiótico ionóforo; Monensina sódica; Caprino; Eimeria; Controle; Eimeriose; Doença animal.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/918097
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Niveles séricos de magnesio en perros sanos sometidos a la administración de cisplatino con terapia de líquidos Veterinaria México
Calpa Oliva,Carlos Alfredo; Daleck,Carlos Roberto; Castro,João Humberto Teotônio de; Nardi,Andrigo Barboza de.
El cisplatino es un agente antineoplásico útil para el tratamiento de carcinomas y osteosarcomas en perros; sin embargo, puede causar daño renal que resulta con pérdida de electrólitos. Se evaluó la concentración de magnesio en suero sanguíneo de ocho caninos sometidos a terapia con cisplatino, distribuidos en dos grupos. A los perros del Grupo 1 se les administró cisplatino (70 mg/m², iv), para prevenir la nefrotoxicidad recibieron solución salina al 0.9% (25 ml/kg/h, iv durante tres horas). Los animales del Grupo 2 no recibieron cisplatino. No hubo diferencia significativa (P < 0.05) entre grupos, los resultados obtenidos indican que el protocolo utilizado para el Grupo 1 no ocasionó cambios en la concentración sérica de magnesio. Por tanto, se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cisplatino; Terapia de líquidos; Quimioterapia; Magnesio; Electrólitos.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0301-50922011000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quimiorresistencia del melanoma ABCL
Barrio,María Marcela.
Varias estrategias terapéuticas como la cirugía, radioterapia y quimioterapia están siendo utilizadas para tratar el cáncer. Sin embargo, en el caso del melanoma solamente la cirugía en las etapas tempranas de la enfermedad (estadíos I-II) puede ser curativa en una alta proporción de pacientes. El tratamiento quimioterápico con dacarbacina (DTIC) así como combinaciones con cisplatino, vinblastina y carmustina resulta ineficaz para eliminar las células de melanoma, ya que sólo se alcanza una respuesta en alrededor del 10% de los pacientes sin prolongar la sobrevida. La quimiorresistencia puede deberse tanto a una falta de respuesta primaria del melanoma como al desarrollo de mecanismos de resistencia adquiridos por el tumor, comúnmente definidos como...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Melanoma; Quimioresistencia; Quimioterapia; Inmunoterapia.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0325-29572009000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Remoção de Apple stem pitting virus, Apple stem grooving virus e Apple chlorotic leaf spot virus de macieiras por quimioterapia in vitro. Repositório Alice
NICKEL, O.; QUECINI, V.; FAJARDO, T. V. M.; SOUZA, F. de.
OS efeitos detrimentais dos vìrus à produção e à qualidade de maçãs tornam necessária a produção de material propagativo livre de vírus.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Quimioterapia; Material propagativo livre de vírus; Remoção; Fruticultura; Maçã; Doença de planta; Vírus.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/865573
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Remoção de infeccções virais das cultivares Royal Gala e Cripps Pink por quimioterapia. Infoteca-e
NICKEL, O.; QUECINI, V.; FAJARDO, T. V. M..
Os variados efeitos detrimentais dos vírus à Osmar NickelI, Vera QuecinF & Thor V.M. Fajardo' produção e à qualidade das maçãs sublinham a necessidade de produção de material propagativo livre de vírus para produtores e viveiristas. Junta-se a isto a necessidade de conformidade com diretrizes do MAPA para a produção de mudas de fruteiras em geral, assim como para a elevação do patamar tecnológico da produção de mudas e frutas em gera!. Macieiras são infectadas com um grande número de vírus, entre os quais destacam-se os vírus latentes em cultivares comerciais "vírus da mancha clorótica da macieira", (Apple chloroticJeaf spot vírus, ACLSV), "vírus das caneluras do tronco da macieira" (Apple stem pitting vírus, ASPV) , "vírus do acanalamento do tronco da...
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Quimioterapia; Limpeza clonal; Termoterapia; Remoção; Fruticultura; Maçã; Doença de planta; Vírus; Infecção.
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/575194
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ressonância magnética nuclear e quimioterapia na caracterização de biocombustíveis. Repositório Alice
TOLEDO, I. B. de; NOVOTNY, E. H.; ROMEIRO, G. A.; AZEREDO, R. B. de V..
2008
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Biocombustível; Ressonância magnética; Quimioterapia.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/327229
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Stephanofilariasis and nodular ulcerative dermatitis in dog: case report MV&Z
Novaes, Antonio Pereira de.
Objective: To report on the occurrence of stephanofilariasis in a dog, causing nodular ulcerative dermatitis in the abdominal area. Description: Dog patient, mixed breed, approximately 10 years old, presenting with nodular ulcerative dermatitis in the abdominal area. Suspected etiology was Stephanofilaria spp. AfieI' surgical excision of the lesion, anim print was performed, followed by fixation with ethanol and staining with 1:20 Giensa and saturated Congo resolution. The parasites (larval and adult forms) were identified under optical microscope (200 x). Results: The method employed allowed for visualization of the parasite, thus confirming the occurrence of stephanofilariasis in dogs. Conclusions: [t was demonstrated that Stephanofilaria spp can also...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Filariasis; Diagnosis; Dermatitis; Skin ulcer; Drug therapy; Lvermectin; Dogs Filariosis; Diagnóstico; Dermatitis; Úlcera cutánea; Quimioterapia; Lvermectina; Perros filariose; Diagnóstico; Dermatite; Úlcera cutânea; Quimioterapia; Ivermectina; Cães.
Ano: 2005 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/3129
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uveodermatological syndrome: Iiterature review MV&Z
Oliveira Cavalcanti, Guilherme Albuquerque de; Sampaio, Gabriela Rodrigues; Mian, Gláucia Frasnelli.
Objective: To review the main etiologic, epidemiologic, diagnostic and therapeutic aspects of the uveodermatologic syndrome. Data Sources: CAB and PUBMED databases were searched at the libraries of the Faculdade de Medicina and Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais and of the Universidade Federal de Lavras (School of Medicine and School of Veterinary Medicine of the Federal University of Minas Gerais and of the Federal University ofLavras), covering a retrospective period of35 years. Data Synthesis: The uveodermatologic syndrome is a systemic autoimmune disease affecting the melanocytes and similar to Vogt-Koyanagi-Harada Syndromein humans. The most prominent clinical signs are bilateral uveitis and glaucoma and skin and...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Uveomeningoencephalitic sindrome; Etiology; Uveomeningoencephalitic sindrome; Chemotherapy; Uveitis; Glaucoma; Pigmentation disorders Síndrome uveomeningoencefálico; Etiología; Síndrome uveomeningoencefálico; Quimioterapia; Uveítis; Glaucoma; Trastornos de la pigmentación síndrome uveomeningoencefálica; Etiologia; Síndrome uveomeningoencefálica; Quimioterapia; Uveíte; Glaucoma; Transtornos da pigmentação.
Ano: 2005 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/3130
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional