Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A regeneração de uma floresta tropical montana após corte e queima (São Paulo - Brasil) BJB
TABARELLI,M.; MANTOVANI,W..
O corte e queima são um dos tipos de perturbação predominante na floresta Atlântica montana no Sudeste do Brasil. A análise de uma cronosseqüência de regeneração (10, 18, 40 anos e floresta madura) corrobora a hipótese de que as características da floresta se transformam em diferentes velocidades em direção aos valores observados na floresta madura. Em ordem decrescente de velocidade, a floresta, após corte e queima, restaura a riqueza e a diversidade de espécies arbóreo-arbustivas, a composição de guildas, a composição florística (importância relativa das famílias) e, por último, os atributos da estrutura física, com exceção da densidade de indivíduos. A floresta com 40 anos apresentou entre 38,8% e 117,1% dos valores observados na floresta madura,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Corte e queima; Floresta Atlântica montana; Regeneração; Resiliência.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71081999000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da produção de biomassa de quatro espécies vegetais para enriquecimento de capoeira na Amazônia Central. Repositório Alice
SOUSA, M. E. N. de; LOURENCO, J. N. de P.; SOUZA, S. G. A. de; GUIMARÃES, T. dos R.; LOURENÇO, F. de S..
Para avaliar o crescimento e a produção de biomassa das espécies Tephrosia candida (T), Inga edulis (I), Flemingia macrophyla (F), Bixa orellana (U), as quais foram dispostas em sete diferentes combinações visando ao enriquecimento de capoeira, realizaram-se os seguintes tratamentos: 1) testemunha (capoeira sem enriquecimento por espécies); 2) I+U; 3) T+U; 4) F+U; 5) T+F+U; 6) I+T+U; 7) I+F+U, em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Resiliência; Biomassa verde; Leguminosas; Capoeira.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1022958
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Banco de sementes do solo de três áreas de pastagens abandonadas na região litorânea do Paraná. Repositório Alice
FRAGOSO, R. de O.; CARPANEZZI, A. A.; KOEHLER, H. S.; ZUFFELLATO-RIBAS, K. C.; TOSCAN, M. A. G..
2015
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Floresta Ombrófila Densa atlântica; Gramíneas inibidoras; Pastagem; Regeneração natural; Resiliência.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1035756
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição botânica e frequência de dicotiledôneas herbáceas em sistema agrossilvipastoril para a caatinga. Repositório Alice
ALVES, M. M. de A.; MOURÃO, A. E. B.; MORA, C. M.; OLIVEIRA, L. B. de; CAVALCANTE, A. C. R..
Resumo: O raleamento da Caatinga tem sido uma técnica utilizada para aumentar a biodiversidade e a oferta de forragem do estrato herbáceo. Esta técnica é a base de modelos de produção agrossilvipastoris. Objetivou-se identificar a composição botânica e quantificar a frequência de espécies do estrato herbáceo de uma área de Caatinga em sistema Agrossilvipastoril. O experimento foi conduzido em Sobral, Ceará em um sistema agrossilvipastoril composto por três setores: agrícola, pecuária e floresta. A identificação botânica das espécies foi feita em herbário e a frequência foi obtida a partir do registro das espécies em pelo menos cem pontos por área. Foram identificadas doze famílias. Na área agrícola as três famílias mais frequentes foram: Euphorbiaceae...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sistema agrossilvipastoril; Raleamento; Resiliência; Resilience; Euphorbiaceae; Caatinga; Ecologia vegetal; Raleio; Biodiversidade; Composição botânica; Botanical composition; Thinning; Agropastoral systems.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/975283
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica populacional de espécimes da família Urticaceae após a colheita na Flona do Tapajós. Repositório Alice
RUSCHEL, A. R.; PEREIRA, P. C. G.; BATISTA, A. C. G..
Nesse estudo buscou-se mostrar a dinâmica de espécies arbóreas da Família Urticaceae do gênero Pouroma e Cecropia em uma cronossequência de nove avaliações em 33 anos pós-colheita florestal, realizada no sítio experimental km-67 da FLONA do Tapajós. Como resultado detectou-se que as espécies de Urticaceae são espécimes tipicamente pioneiros e confirmam esse comportamento pela rápida ocupação do ?vazio florestal?, das clareira causadas pela exploração florestal. Essa ocupação ocorreu nos primeiros quatro anos e essa população manteve-se até os oito anos pós-colheita declinando sucessivamente de forma que após 27 anos a população encontra-se similar a área controle, na qual não houve exploração. Importante observar que na dinâmica da biomassa obteve-se a...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Amazônia; Cecropia; Espécies pioneiras; Flona Tapajós; Resiliência.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1009613
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica vegetacional em pastagem natural submetida a tratamentos de queima e pastejo Ciência Rural
Quadros,Fernando Luiz Ferreira de; Pillar,Valério De Patta.
Foram avaliados durante três anos os efeitos de tratamentos de fogo e pastejo sobre a dinâmica da vegetação de uma pastagem natural localizada em Santa Maria, na região da Depressão Central, Rio Grande do Sul. Foi considerada a hipótese de resiliência, resultado das espécies componentes da pastagem terem evoluído sob influência de tais distúrbios. O experimento foi composto por oito parcelas experimentais submetidas a combinações de níveis de pastejo (pastejado, excluído) e de fogo (queimado, não-queimado), em duas posições de relevo (encosta, baixada). A análise multivariada dos dados de composição de espécies foi baseada em ordenação e testes de aleatorização. A vegetação sob efeito de pastejo, independente da queima, apresentou trajetórias direcionais,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Trajetórias de vegetação; Composição florística; Resiliência; Ecologia.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000500020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Escapando do culto ao pessimismo. Infoteca-e
LOPES, M. A..
bitstream/item/172328/1/Escapando-do-culto.pdf
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pessimismo; Resiliência; Oportunidade; Crise econômica; Segurança alimentar; Produção agrícola.
Ano: 2017 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1087339
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento inicial de Hymenaea courbaril L. e Parkia multijuga Benth em um trecho de mata ciliar no município de Terra Alta, PA. Repositório Alice
SOUSA, J. B. S. de; SOARES, M. H. M.; PEREIRA, L. G.; PEREIRA, N. C.; RUSCHEL, A. R..
A degradação de matas ciliares e escassez de recursos hídricos estão diretamente ligadas à necessidade de restauração florestal deste ecossistema, principalmente no que se refere à escolha de espécies florestais à propagação. Este trabalho objetivou avaliar a sobrevivência de Hymenaea courbaril L. (jatobá) e Parkia multijuga Benth (fava-arara-tucupi) sobre três formas de propagação vegetativa em um trecho de mata ciliar no município de Terra Alta, PA. A área de estudo localiza-se no campo experimental da Embrapa Amazônia Oriental, no município de Terra Alta, no nordeste paraense na Bacia Hidrográfica do Marapanim. Para o presente estudo foram considerados 370 e 231 propágulos de H. courbaril e P. multijuga 77 dias pós plantio, respectivamente, em três...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Manejo de ecossistemas; Restauração florestal; Resiliência; Hymenaea Courbaril; Parkia Multijuga; Mata Ciliar.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113438
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estoque comercial para o segundo ciclo de corte na Floresta Nacional do Tapajós - área experimental KM 67 - Embrapa. Repositório Alice
MAZZEI, L.; RUSCHEL, A..
O estudo apresenta o estoque comercial para o segundo ciclo de corte do experimento km 67 da Embrapa Amazônia Oriental. Este volume é de 69,7 m³/ha para o grupo de espécies comerciais colhidas em 1979, considerando diâmetro mínimo de corte de 50 cm. A média de produtividade em volume comercial para este grupo de espécies comerciais foi de 1,47 m³/ha/ano no período de 31 anos de monitoramento. Logo após a exploração de 1979, as espécies comerciais iniciaram a recuperação de sua estrutura, na comparação entre o volume após a exploração (1981) e o volume disponível 31 anos depois, houve um acréscimo de 45,5 m³/ha em árvores dessas espécies com diâmetro acima do DMC.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ciclo de corte; Produtividade; Espécies comerciais; Resiliência.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1009629
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Existe na agricultura brasileira um setor que corresponde ao "family farming" americano? Rev. Econ. Sociol. Rural
Guanziroli,Carlos Enrique; Di Sabbato,Alberto.
Neste artigo procura-se mostrar a heterogeneidade da agricultura brasileira, que está composta por um segmento altamente produtivo e eficiente, de tipo patronal empresarial; um segmento também eficiente e rentável, de tipo familiar empresarial; e um segmento de agricultores familiares pobres ou camponeses que produz para autoconsumo, mora no estabelecimento, gera emprego para os filhos, e que não migra porque seu custo de oportunidade para migrar é baixo. A inexistência de economias de escala na agricultura, a baixa lucratividade da atividade em função da baixa rotatividade do capital fixo, o ambiente concorrencial do mercado agrícola e os riscos que atingem a atividade (clima, pragas e preços) fazem com que não haja interesse em monopolizá-lo por um setor...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Agricultura familiar; Heterogeneidade; Resiliência.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000600005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação preliminar de grupos funcionais em pastagens nativas no Pantanal. Repositório Alice
SANTOS, S. A.; POTT, A.; VALLS, J. F. M.; CRISPIM, S. M. A.; BERSELLI, C.; GARCIA, J. B..
As pastagens nativas do Pantanal são dinâmicas, principalmente devido às inundações periódicas. O conhecimento sobre os grupos funcionais dos estados de transição dessas comunidades é de extrema importância no manejo para resiliência do ecossistema. Este artigo objetivou identificar grupos funcionais de plantas em uma borda de baía, influenciada por inundação e superpastejo, de bovinos ao longo do tempo. O trabalho foi desenvolvido na borda de uma lagoa superpastejada na fazenda Nhumirim, sub-região da Nhecolândia, Pantanal, no período de setembro 2007 a março 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Distúrbio; Forma biológica; Manejo adaptativo; Resiliência; Adaptive management; Disturbance; Life form; Resilience; Wetland.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/978376
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Impacto do fogo e dinâmica da regeneração da comunidade vegetal em borda de Floresta Estacional Semidecidual (Gália, SP, Brasil) Rev. Bras. Bot.
Melo,Antônio Carlos Galvão de; Durigan,Giselda.
Bordas de fragmentos florestais são áreas sujeitas a uma série de fatores naturais e distúrbios, entre os quais o fogo, que acarretam modificações na comunidade vegetal. Estudou-se a natureza e dimensão dos danos causados pelo fogo e resiliência da comunidade vegetal após incêndio em borda de Floresta Estacional Semidecidual, na Estação Ecológica dos Caetetus, Gália, SP. Efetuou-se a amostragem da vegetação em duas áreas contíguas (queimada e não queimada), em cinco transectos, cada um formado por cinco parcelas de 10 × 10 m. Foram identificados e medidos todos os indivíduos do estrato arbóreo (altura > 1,7 m) e quantificou-se a cobertura de árvores, lianas e gramíneas invasoras. Foram realizadas medições aos seis, 15 e 24 meses após o incêndio e os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Efeitos de borda; Mata Atlântica; Resiliência; Sucessão secundária.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Métodos para medir a sustentabilidade na aquicultura. Infoteca-e
KIMPARA, J. M.; ZADJBAND, A. D.; VALENTI, W. C..
2012
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ciclo de vida; Análise emergética; Pegada ecológica; Resiliência.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1005723
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O papel dos sistemas biodiversos e do acesso a terra na promoção da segurança alimentar: um estudo de caso no estado de São Paulo, Brasil. Repositório Alice
PERUCHI, F.; RAMOS FILHO, L. O.; GARCÍA-BARRIOS, L..
Resumo: Dentro do enfoque agroecológico, os sistemas biodiversos visam incrementar a biodiversidade, diversificar a produção, aumentar a resiliência dos sistemas e a segurança alimentar. Por meio de pesquisa qualitativa em um assentamento de reforma agrária na região de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, objetivou-se verificar a percepção dos agricultores sobre o papel dos sistemas agroflorestais (SAF) na segurança alimentar das famílias. Realizaram-se entrevistas semi estruturadas com oito famílias que adotam SAF há mais de cinco anos. As famílias relacionam a produção do SAF com qualidade, quantidade e regularidade, com importante papel na promoção da segurança alimentar. Preferem diversificar a produção ao invés de especializá-la, garantindo produtos...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Agroecologia; Sistemas agroflorestais; Resiliência; Resilience; Agricultura sustentável; Agrossilvicultura; Biodiversidade; Assentamento; Segurança alimentar; Agroforestry; Food safety; Land reform; Biodiversity; Agroecology.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1035939
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Padrões da regeneração natural na região de mar de morros, Pinheiral-RJ. Repositório Alice
SANTOS, G. L. dos; PEREIRA, M. G.; DELGADO, R. C.; MORAES, L. F. D. de.
A Floresta Atlântica é o ecossistema brasileiro submetido a processos de degradação ambiental mais acentuado, mesmo assim, em alguns ambientes o processo de regeneração natural pode ser observado. O objetivo deste estudo foi avaliar o padrão da regeneração natural dos fragmentos florestais do Médio Vale Paraíba do Sul quanto aos fatores topográficos e identificar áreas potenciais ao processo de regeneração. O mapeamento dos fragmentos florestais foi obtido a partir de imagens do sensor Thematic Mapper (1994 e 2011). Para os fatores topográficos foram utilizadas as cartas topográficas do IBGE. O processo de regeneração natural na área de estudo é influenciado pelos fatores topográficos e acontece principalmente nos ambientes com superfície plana,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Floresta Estacional Semidecidual; Resiliência; Paisagem.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1078428
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Regeneration through resprouting after clear-cutting and topsoil stripping in a tropical dry forest in Central Brazil. Repositório Alice
FERREIRA, M. C.; RODRIGUES, S. B.; VIEIRA, D. L. M..
bitstream/item/173798/1/Ferreira-et-al.-2017-RevArv.pdf
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Resilience; Seasonally deciduous forest; Resiliência; Floresta estacional decidual; Regeneração natural; Natural regeneration.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088951
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
RELAÇÃO ENTRE DENSIDADE DO SOLO E CONTEÚDO DE ÁGUA EM REPETIDOS CICLOS DE CONTRAÇÃO E EXPANSÃO EM UM LATOSSOLO Rev. Bras. Ciênc. Solo
Gubiani,Paulo Ivonir; Lier,Quirijn de Jong Van; Drescher,Marta Sandra; Mezzomo,Henrique Caletti; Veiga,Camila Machado Costa.
A compactação do solo é uma consequência indesejável do uso agrícola do solo, sobretudo em sistemas de cultivo com mínimo revolvimento do solo, como é o caso do plantio direto (PD). Contudo, a compactação que o tráfego de máquinas causa no solo sob PD não inviabiliza a produção das culturas, indicando que mecanismos intrínsecos a ele promovem reversão da compactação. Neste estudo, avaliou-se a influência de ciclos de contração e expansão sobre a densidade do solo (ρ) de um Latossolo Vermelho argiloso (0,57 kg kg-1 de argila e 0,12 kg kg-1 de areia) e a mudança temporal da ρ no campo. Amostras de solo foram compactadas no laboratório até atingirem ρ de 1464 kg m-3 e submetidas a cinco ciclos de contração (secagem ao ar) e expansão (saturação). Durante a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Compactação do solo; Resiliência; Plantio direto.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832015000100100
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resiliência e adaptação da agropecuária às mudanças climáticas. Repositório Alice
CUADRA, S. V.; HEINEMANN, A. B.; SANTOS, P. M.; OLIVEIRA, P. P. A.; KEMENES, A.; GUIMARAES, L. J. M.; MAGALHÃES, C. A. de S.; CAMARGO, L. S. de A.; ANGELOTTI, F.; GIONGO, V.; ANDRADE, C. de L. T. de; PEREIRA, L. G. R.; STEINMETZ, S.; PACKER, A. P. C.; RAMOS, N. P.; HIGA, R. C. V.; MONTEIRO, J. E. B. de A.; SAMPAIO, F. G.; NECHET, K. de L.; ANDRADE, C. A. de; BATISTA, E. R.; PELLEGRINO, G. Q..
Do ponto de vista estratégico, será de extrema importância antever de que maneira os agroecossistemas atenderão ao aumento da demanda mundial por alimentos, fibras e energia de modo sustentável e em um contexto no qual a produtividade agrícola pode apresentar estagnação ou reduções associadas às mudanças climáticas (Challinor et al., 2014; Zhao et al., 2016). A variabilidade climática é responsável por aproximadamente um terço das oscilações da produtividade agrícola em todo o mundo (Ray et al., 2015). As mudanças climáticas devem, portanto, aumentar a variabilidade da produtividade agrícola, a qual poderá ser reduzida drasticamente ao longo da segunda metade deste século na ausência de medidas de adaptação e de mitigação das emissões de gases de efeito...
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Resiliência; Mudança Climática.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104141
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seed bank of forest restoration areas in Aimorés, Minas Gerais State, Brazil PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Guimarães, Suzanne; Martins, Sebastião Venâncio; Neri, Andreza Viana; Gleriani, José Marinaldo; Silva, Kelly de Almeida.
With the objective to evaluate the soil seed bank of four distinct areas undergoing restoration activities of different intensities 30 samples of topsoil from 30 x 25 x 7.0 cm in deep were collected in each area and transported to greenhouse at 25 °C and relative humidity around 70%. The emerging seedlings were counted every two weeks for one year. Shannon diversity and Pielou evenness were calculate. The species were classified according to dispersal syndrome, life form and successional class. Considering the four areas, 323 individuals m-², emerged on average, belonging to 26 families and 69 species. Approximately 31% of the sampled individuals were Setaria vulpiseta, and it was present in all four areas. Areas 1 and 2 have low diversity and low...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ecological restoration; Semideciduous Forest; Resilience Ecologia Florestal; Restauração Florestal; Botânica Restauração ecológica; Floresta Estacional Semidecidual; Resiliência.
Ano: 2014 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/437
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Vilas flutuantes na Amazônia: o caso da Vila Gutierres no Careiro da Várzea/AM. Repositório Alice
ARAÚJO, M. I. de; CANDOTTI, F. M.; SOUSA, S. G. A. de.
Objetiva o presente identificar os processos que sustentam a relação de resiliência dos moradores da cidade flutuante Vila Gutierrez nas atividades da agricultura familiar perante os efeitos pluviométricos do Rio Amazonas, constituindo um cenário de vários desafios em sua vida em nível intra e extrafamiliar.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Agricultura familiar; Desenvolvimento Sustentável; Resiliência.
Ano: 2016
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional