Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações histológicas dos rins e expressão das metalotioneínas e das proteínas de choque térmico em ratos Wistar após exposição ao fungicida tirame Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Paiva,F.; Fialho,L.; Rafael,A.; Cabrita,A. Silvério; Pereira,A.M.F.; Capela e Silva,F..
Avaliaram-se as alterações histológicas e a expressão das metalotioneínas (MTs) e das proteínas de choque térmico (Hsp70) nos rins de ratos Wistar após a exposição ao fungicida tirame. Os animais foram distribuídos em três grupos: grupo dieta-padrão; grupo dieta-padrão+óleo de milho; e grupo tirame. Foram encontradas diferenças significativas (P<0,05) na evolução do peso corporal entre os ratos do grupo tirame e os dos grupos controle e óleo de milho, e não foram verificadas lesões histológicas evidentes nos rins dos animais. Foram encontradas diferenças entre os animais do grupo exposto ao tirame e os dos grupos controle e óleo quanto às características histomorfométricas relativas ao corpúsculo renal - exceto para a proporção área da cápsula de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rato; Rins; Tirame; Histologia; Metalotioneínas; Proteínas de choque térmico (Hsp70).
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Amiloidose renal em cão Shar-Pei: Relato de Caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Reis Jr.,J.L.; Silva,F.L.; Rachid,M.A.; Nogueira,R.H.G..
O presente relato descreve os achados clínicos e anatomopatológicos de um caso de amiloidose renal em um cão macho de nove anos da raça Shar-Pei. O animal apresentava quadro clínico de esporotricose e de insuficiência renal e exames positivos para erlichiose e leishmaniose. No dia anterior ao óbito, o cão apresentou apatia, desidratação e anúria. À necropsia foram observados inúmeros pontos milimétricos esbranquiçados localizados no córtex renal e hepatização do lobo diafragmático esquerdo. O achado histológico mais importante foi deposição de material eosinofílico, amorfo e acelular localizado nos tufos glomerulares que se corou positivamente pelo vermelho congo (amilóide). Observaram-se nefrite supurada multifocal, espessamento da cápsula de Bowman e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Amiloidose; Rins; Shar-Pei.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Descrição anatômica do sistema urinário da jaguatirica (leopardus pardalis) MV&Z
de Oliveira, Lucas Dorneles; Arantes, Rozana Cristina; Honorato, Angelita das Graças de Oliveira; Soares, Maria de Jesus Veloso; Lima, Ana Kelen Felipe; Pereira, Cheston César Honorato.
Foi descrito o sistema urinário de uma jaguatirica (Leopardus pardalis). Foi dissecada uma fêmea de jaguatirica, com aproximadamente dez meses de idade, doada após morte por briga, pelo Projeto Aratama, localizado em Presidente Kennedy – TO, ao Laboratório de Anatomia Veterinária da Universidade Federal do Tocantins – Campus de Araguaína – TO. Fixou-se o animal com solução aquosa de formol a 10%, sendo submerso na mesma solução por um período de sete dias. Realizou-se uma incisão na linha mediana ventral, com exposição da tela subcutânea e musculatura das regiões cervical, torácica, abdominal e pélvica. O sistema urinário é constituído pelos rins, ureteres, bexiga urinária e uretra. Os rins estão localizados na região sublombar da cavidade abdominal, sendo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rins; Ureteres; Silvestres.
Ano: 2014 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/23715
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Leiomiossarcoma pulmonar e renal em cão: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Serakides,R.; Sant’Ana,F.J.F.; Carneiro,R.A.; Lavalle,G.E..
Este relato descreve um caso de leiomiossarcoma pulmonar e renal em cão da raça Husky Siberiano, macho, de nove anos de idade e com histórico de emagrecimento progressivo há mais de três meses. Ao exame clínico, o animal apresentava palidez discreta das mucosas e dor intensa à palpação abdominal, além de aumento de volume acentuado dos rins. No hemograma, foi evidenciada anemia discreta e na urinálise foram observados isostenúria e grumos de células do epitélio renal. Os níveis plasmáticos de uréia e creatinina estavam dentro dos limites considerados normais. O animal foi sacrificado após a confirmação de neoplasia renal bilateral por laparotomia exploratória. À necropsia, os rins apresentavam vários nódulos de 0,5 a 4cm de diâmetro, esbranquiçados e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Rins; Pulmões; Leiomiossarcoma; Imuno-histoquímica.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352000000600008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Topografia das artérias e veias hilares em rins de cão (Canis familiaris, L. 1758) da raça Pequinês Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
ABDO,Maria das Graças Gomes Sandin; PEDUTI NETO,José; SOUZA,Wilson Machado de; MIGLINO,Maria Angélica.
Em 30 pares de rins estudaram-se as artérias e veias, no hilo de cão da raça Pequinês. Os ramos arteriais são contados à direita e à esquerda, entre 6 e 16, e 5 e 13, e as raízes venosas, 1 e 7, e 1 e 10; os vasos arteriais são exclusivamente periféricos 100% e 93,3%, e as raízes venosas centrais; os vasos arteriais são iguais em número, 13,3%, e as raízes venosas, 46,6%; os quadrantes craniais são mais densamente povoados. O teste t de Student não é significante, ao nível de 5%, quanto ao sexo e aos rins (direito e esquerdo). O coeficiente de correlação linear de Pearson é positivo entre o número de artérias e veias, nas fêmeas, para ambos os rins, mas inexistente nas mesmas condições entre os machos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Rins; Vasos sangüíneos.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ultra-sonografia de características lineares e estimativas do volume de rins de cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Sampaio,K.M.O.R.; Araújo,R.B..
Obtiveram-se as medidas lineares de rins de cães adultos, clinicamente normais, por meio da ultra-sonografia, e estimou-se o volume dos rins de 35 cães (18 fêmeas e 17 machos) sem raça definida e com idade entre dois e seis anos. Os animais foram divididos em três grupos de acordo com o peso corporal (3,1 a 10,0 kg; 10,1 a 20,0 kg e 20,1 a 45,0 kg). Os planos de secção sagital, dorsal e transversal foram utilizados para obtenção das medidas lineares de comprimento (C), largura (L) e espessura (E). O volume renal foi calculado a partir das medidas lineares utilizando-se a fórmula para o volume de um elipsóide. Os valores médios encontrados para os três grupos foram, respectivamente: comprimento (4,73; 6,09 e 7,13cm), largura (2,81; 3,44 e 3,95cm), espessura...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Ultra-sonografia; Rins; Comprimento; Largura; Espessura; Volume.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000300005
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional