Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 177
Primeira ... 123456789 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A Simple Mathematical Model to Study the Mixture Processes in a northeast River Basin Ciências Agrárias
Alcântara, E.H..
O presente trabalho tem como objetivo analisar os processos de mistura no sistema estuarino do Rio Periá (Maranhão State, Brazil) e zonear o sistema através da classificação de Kjerfve (1987). Foi utilizado o modelo matemático de Dyer e Taylor (1973), para analisar os processos de mistura. Para obtenção dos objetivos, a batimetria do sistema estuarino foi levantada, e com a mesma foram delimitados os limites atingidos pelas marés alta e baixa. Foram analisados, num padrão unidimensional: as salinidades e as concentrações e/ou frações de água doce nas marés alta e baixa; as taxas e os tempos de descarga; e os volumes de água doce retidos no estuário nas estofas de enchente e vazante. Foram obtidos os seguintes resultados: o volume de água no sistema possuí...
Tipo: Article Palavras-chave: Salinidade; Rio Periá (MG); Estuários; Análise unidimensional; Processos de mistura; Tempo de descarga.
Ano: 2007 URL: http://hdl.handle.net/2315/118
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aclimatação ao estresse salino em plantas de arroz induzida pelo pré-tratamento com H2O2 AGRIAMBI
Carvalho,Fabricio E. L.; Lobo,Ana K. M.; Bonifacio,Aurenivia; Martins,Marcio O.; Lima Neto,Milton C.; Silveira,Joaquim A. G..
Estudou-se o efeito da aplicação exógena de peróxido de hidrogênio (H2O2) na aclimatação ao estresse salino com base nas alterações fotossintéticas, indicadores de estresse oxidativo e atividade de enzimas antioxidativas em folhas de plantas de arroz. Utilizaram-se duas diferentes concentrações de H2O2 (1 e 10 μM) para o pré-tratamento, concentrações essas aplicadas na solução nutritiva dois dias antes da indução do estresse salino (100 μM de NaCl). A limitação fotossintética e estomática resultante da exposição ao NaCl foi amenizada quando as plantas foram pré-tratadas com 1 μM de H2O2. Plantas expostas ao pré-tratamento com H2O2 e expostas ao NaCl apresentaram dano de membrana menor quando comparadas com as plantas submetidas ao NaCl isoladamente. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peróxido de hidrogênio; Estresse oxidativo; Salinidade.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662011000400014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acumulação de biomassa e extração de nutrientes por plantas de feijão-de-corda irrigadas com água salina em diferentes estádios de desenvolvimento Ciência Rural
Neves,Antonia Leila Rocha; Lacerda,Claudivan Feitosa de; Guimarães,Francisco Valderez Augusto; Hernandez,Fernando Felipe Ferreyra; Silva,Flávio Batista da; Prisco,José Tarquinio; Gheyi,Hans Raj.
A utilização de águas de moderada e alta salinidade na agricultura é uma realidade cada vez mais próxima, tendo em vista a limitada disponibilidade de águas de baixa salinidade para expansão da agricultura irrigada. O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da aplicação de água salina sobre o crescimento e a extração de nutrientes pela cultura nos diferentes estádios de desenvolvimento de plantas de feijão-de-corda. O experimento foi conduzido em condições de campo, no delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos empregados foram: T1 - água do poço (CEa de 0,8dS m-1) durante todo o ciclo; T2 - água salina (CEa de 5,0dS m-1) durante todo o ciclo; T3, T4 e T5 - água salina de zero a 22 dias após a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vigna unguiculata; Crescimento; Absorção de minerais; Salinidade.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000300019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Água salina e esterco bovino líquido na formação de mudas de goiabeira cultivar Paluma Rev. Bras. Frutic.
Cavalcante,Lourival Ferreira; Vieira,Montesquieu da Silva; Santos,Ailton Francisco dos; Oliveira,Wagner Maximo de; Nascimento,José Adeilson Medeiros do.
A salinidade dos solos e das águas, em muitas regiões de áreas áridas e semi-áridas do Nordeste brasileiro constitui sério obstáculo ao sistema de produção agrícola. No período de novembro de 2007 a fevereiro de 2008, foi desenvolvido um experimento para avaliar os efeitos da salinidade da água de irrigação e do esterco líquido bovino durante o período de formação de mudas de goiabeira Paluma. Os tratamentos foram distribuídos em blocos ao acaso, em esquema fatorial 5 × 2, referente aos níveis de salinidade da água: 0,5; 1,0; 2,0; 3,0 e 4,0 dS m-1 no solo sem e com esterco líquido bovino, em seis repetições e seis plantas por parcela. A salinidade do solo foi marcadamente elevada com o aumento da salinidade da água de irrigação, refletindo em declínio no...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Psidium guajava L.; Salinidade; Insumo orgânico.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000100030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agua salina: e possivel irrigar com ela. Infoteca-e
SOARES, J. M.; CORDEIRO, G. G..
Verificou-se nos tres sistemas de manejo (drenagem natural com lamina de irrigacao Li) (aproximadamente igual ao uso consuntivo das culturas); drenagem com manilhas, com a mesma lamina de irrigacao; e drenagem com manilhas, com lamina de irrigacoa igual a 1, 2, Li>), uma elevada influencia das chuvas no processo de lixiviacao dos sais, o que abre boas perspectivas para o aproveitamento de agua salina para irrigacao, nas condicoes em que os experimentos estao sendo realizados. Nos testes, tem sido utilizados os capins elefante e Panicum colaratum.
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Irrigação; Água; Drenagem; Salinidade; Irrigation; Salinity; Water.
Ano: 1983 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/133420
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Água salina nos atributos químicos do solo e no estado nutricional da mandioqueira AGRIAMBI
Holanda Filho,Roberto S. F. de; Santos,Delfran B. dos; Azevedo,Carlos A. V. de; Coelho,Eugênio F.; Lima,Vera L. A. de.
O objetivo do presente trabalho foi verificar a influência do uso de água salina nos atributos químicos do solo e no estado nutricional da mandioqueira. O trabalho foi conduzido na área experimental de Irrigação e Drenagem do IF Baiano, Campus de Senhor do Bonfim, BA (10o 28’S, 40o 11’W e 550 m). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado constando de sete tratamentos e três repetições. Os tratamentos consistiram de uma testemunha (sequeiro), um tratamento irrigado com água potável (100% da ETc) e cinco tratamentos irrigados com água salina com CE de 3 dS m-1 variando as lâminas aplicadas: 110, 120, 130, 140 e 150% da ETc. O uso de água salina aumentou a percentagem de sódio trocável, a razão de adsorção de sódio e a condutividade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Manihot esculenta; Lisímetro; Salinidade.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662011000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações nas propriedades químicas de um solo aluvial salino-sódico decorrentes da subsolagem e do uso de condicionadores Rev. Bras. Ciênc. Solo
Holanda,J. S.; Vitti,G. C.; Salviano,A. A. C.; Medeiros,J. D. F.; Amorim,J. R. A..
Solos afetados por sais são característicos de zonas áridas/semi-áridas. Este trabalho foi desenvolvido no vale do Açu (RN), no período abril/90 a janeiro/91, objetivando avaliar o efeito do preparo do solo (convencional e convencional + subsolagem) e da aplicação de condicionadores ( gesso, esterco de curral e palha de carnaúba) nas propriedades químicas de um solo aluvial salino sódico. A subsolagem proporcionou efeito eficaz na redução da porcentagem de sódio trocável (PST) e no abaixamento do pH do solo. Nos tratamentos com gesso, foram detectados os maiores valores de cálcio trocável, redução na PST para menos de 15% na camada de 0-0,15 m e aumento na salinidade do solo. O esterco de curral foi benéfico na redução da PST, principalmente quando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Salinidade; Sodicidade; Gesso; Esterco de curral; Palha de carnaúba; Relação catiônica.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06831998000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações nos atributos de um Latossolo Vermelho-amarelo irrigado com água de reúso AGRIAMBI
Varallo,Antonio C. T.; Carvalho,Letícia; Santoro,Bruno L.; Souza,Claudinei F..
A reutilização do efluente de esgoto tratado para suprir a falta de fontes d'água para irrigação tem sido de grande interesse para a agricultura e o uso desta prática, se não regulamentado, pode acarretar em mudanças no comportamento físico e químico do solo. Objetivou-se, neste trabalho, a avaliação das alterações dos atributos físico-químicos de um Latossolo Vermelho amarelo, após a aplicação da água de reúso proveniente de uma estação de tratamento de efluentes por leitos cultivados. Um experimento em coluna de solo foi realizado em laboratório; 15 L de água destilada lhe foram aplicados e, logo após, mais 15 L de água de reúso e, a cada 5 L, foi coletada amostra da água lixiviada para análises. Os resultados mostraram, após a aplicação no solo, da água...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Irrigação; Salinidade; Sódio.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662010000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações químicas de um Neossolo Flúvico irrigado com águas salinas Rev. Ciênc. Agron.
Gonçalves,Israel Venismare Cordeiro; Freire,Maria Betânia Galvão dos Santos; Santos,Monaliza Alves dos; Santos,Edivan Rodrigues dos; Freire,Fernando José.
Com o objetivo de avaliar as alterações químicas de um Neossolo Flúvico do semiárido de Pernambuco cultivado com três cultivares de tomateiro e irrigado com água de dois valores de relação de adsorção de sódio (RAS) e seis de condutividade elétrica (CE) foi realizado um experimento em vasos de polietileno em delineamento em blocos ao acaso com arranjo fatorial 3 x 6 x 2 (três cultivares de tomateiro, seis valores de CE e dois de RAS) e quatro repetições. Os atributos estudados foram: CE, pH e RAS do extrato de saturação do solo, Ca2+, Mg2+, K+ e Na+ solúveis em função dos cultivares e da CE e RAS da água de irrigação. Os cultivares de tomateiro estudados não alteraram os atributos CE, pH, RAS, Ca2+, Mg2+ e Na+ do extrato de saturação do solo. O aumento da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Solos; Salinidade; Irrigação.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902011000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise econômica do processo de recuperação de um solo sódico no Perímetro Irrigado Curu-Pentecoste, CE AGRIAMBI
Araújo,Ana P. B. de; Costa,Raimundo N. T.; Lacerda,Claudivan F. de; Gheyi,Hans R..
A pesquisa teve como objetivo analisar, com base nos indicadores de rentabilidade da análise de investimento, a viabilidade econômica do processo de recuperação de um solo sódico no Perímetro Irrigado Curu-Pentecoste-CE. O delineamento experimental foi em blocos inteiramente casualizados com cinco tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos de recuperação foram: T0: testemunha; T1: 40 t ha-1 de matéria orgânica (M.O); T2: 20 t ha-1 de gesso; T3: 20 t ha-1 gesso + 40 t ha-1 M.O.; T4: 10 t ha-1 gesso + 20 t ha-1 M.O. A análise dos indicadores de rentabilidade foi realizada de forma "ex-ante" e "ex-post", considerando-se os custos e/ou investimentos na recuperação do solo sódico e instalação futura de um sistema de drenagem subterrânea. O cultivo do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Salinidade; Feijão-de-corda; Relação custo benefício.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662011000400008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise multivariada da divergência genética de genótipos de arroz sob estresse salino durante a fase vegetativa Rev. Ciênc. Agron.
Benitez,Letícia Carvalho; Rodrigues,Isabel Corrêa da Silva; Arge,Luis Willian Pacheco; Ribeiro,Márcia Vaz; Braga,Eugenia Jacira Bolacel.
A salinidade, dos solos e da água de irrigação, constitui fator limitante para o cultivo do arroz, principalmente nos estágios iniciais do desenvolvimento e no período de floração. A utilização de fontes de água de má qualidade para irrigação resulta no acúmulo de sais no solo, causando toxicidade importante na cultura. Uma solução para o problema seria a introdução de variedades com tolerância à salinidade elevada. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar a divergência genética entre genótipos de arroz visando à seleção de genótipos tolerantes à salinidade durante a fase vegetativa. Sementes de 10 genótipos de arroz foram cultivadas in vitro, em meio MS acrescido de 0 e 136 mM de NaCl. Após 21 dias, foram avaliados seis caracteres morfológicos e os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Variáveis canônicas; Métodos de agrupamento; Oryza sativa L; Salinidade.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902011000200021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise sensorial, teores de nitrato e de nutrientes de alface cultivada em hidroponia sob águas salinas Horticultura Brasileira
Paulus,Dalva; Dourado Neto,Durval; Paulus,Eloi.
O presente trabalho teve como objetivos determinar os teores de nutrientes e de nitrato e realizar análise sensorial de alface cultivada em sistema hidropônico sob água salina. O experimento foi conduzido em ambiente protegido no período de dezembro de 2007 a janeiro de 2008, em Piracicaba (SP). O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo estudados cinco níveis de salinidade da água de irrigação, utilizando-se NaCl (Condutividade elétrica da água (CEa): 0,42, 1,53, 3,52, 5,55 e 7,43 dS m-1) em duas cultivares de alface (Verônica e Pira Roxa), em esquema fatorial. Foram avaliados a análise sensorial aplicando escala hedônica e através dessa, o que os provadores mais apreciaram e o que menos gostaram de cada amostra, intenção de compra e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lactuca sativa; Salinidade; Nutrição; Preferência.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362012000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia e ultra-estrutura foliar de Cyperus maritimus Poir. (Cyperaceae): estratégias adaptativas ao ambiente de dunas litorâneas Acta Botanica
Martins,Shirley; Machado,Silvia Rodrigues; Alves,Marccus.
Foram analisados aspectos anatômicos e ultra-estruturais foliares de Cyperus maritimus Poir. visando identificar caracteres adaptativos ao ambiente de dunas litorâneas. Para isto, indivíduos ocorrentes nas dunas da Praia de Pipa, Rio Grande do Norte, Brasil, tiveram as folhas submetidas a diferentes análises: microscopia de luz, eletrônica de varredura e de transmissão. Em vista frontal, a epiderme possui tricomas unicelulares, corpos de sílica, cutícula estriada e depósitos de cera. Em secção transversal, a epiderme é unisseriada com parede periclinal externa espessa. Os estômatos são paracíticos, podendo o ostíolo estar obstruído por cera. Abaixo da face adaxial observa-se o parênquima aqüífero. Os feixes vasculares ocorrem em múltiplas fileiras, sendo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cyperus; Kranz; Anatomia; Ultra-estrutura; Salinidade.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de água salina no desenvolvimento e comportamento fisiológico do coqueiro AGRIAMBI
Silva Júnior,Carlos D. da; Passos,Edson E. M.; Gheyi,Hans R..
Avaliou-se o efeito do déficit hídrico e da irrigação com água de diferentes níveis de salinidade, no desenvolvimento do coqueiro (Cocos nucifera L.) "Gigante do Brasil", com cinco anos de idade e cultivado em condições de campo. O experimento foi conduzido no Campo Experimental da Embrapa Tabuleiros Costeiros, localizado no município de Itaporanga D'Ajuda, SE. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro tratamentos e quatro repetições. Cada parcela foi constituída de 12 plantas úteis. Os tratamentos foram: plantas sem irrigação (T0), aplicação de 40 L de água doce por planta em intervalos de 3 dias (T1), aplicação de água contendo 7,5 e 15,0 g L-1 de sais totais (T2 e T3). Analisaram-se as seguintes variáveis: número de folhas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cocos nucifera L.; Salinidade; Condutância estomática; Déficit hídrico; Relações hídricas.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662002000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de silício em milho e feijão-de-corda sob estresse salino Rev. Ciênc. Agron.
Lima,Michella de Albuquerque; Castro,Victor Freitas de; Vidal,Jones Batista; Enéas-Filho,Joaquim.
Apesar de não ser um nutriente essencial, o silício pode aumentar o potencial produtivo de algumas culturas e tem sido utilizado para atenuar os efeitos tóxicos do estresse salino. Nesse sentido, objetivou-se avaliar o efeito do silicato de sódio aplicado sob dois modos diferentes em plântulas de milho e feijão-de-corda submetidas à salinidade. Em casa de vegetação, as plântulas receberam uma dose de Na2SiO3 a 1 mM, via aplicação foliar ou diretamente na solução nutritiva, e foram cultivadas na presença ou ausência de NaCl a 100 mM, durante 15 dias. Foram avaliados a matéria seca de folhas, caules e raízes, a área foliar e o vazamento de eletrólitos em folhas e raízes. De modo geral, a salinidade reduziu a matéria seca das folhas, caules e raízes e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Silicatos; Salinidade; Zea mays; Vigna unguiculata.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902011000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Arroz e trigo: tolerância à salinidade em solução nutritiva Bragantia
Freitas,José Guilherme de; Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira.
O estresse hídrico é uma das principais causas da baixa produtividade de grãos nas culturas de arroz e trigo-de-sequeiro no Brasil. Um programa de melhoramento genético usando um método para selecionar plantas tolerantes ao estresse hídrico diminuiria bastante esses efeitos negativos: por isso, tentou-se verificar os comportamentos de cultivares de arroz (sequeiro e irrigado) e trigo sob estresse salino considerando que estes se correlacionassem. Realizaram-se dois experimentos no laboratório da Seção de Arroz e Cereais de Inverno do Instituto Agronômico de Campinas, empregando soluções nutritivas. Os cultivares estudados foram os seguintes: arroz-de-sequeiro: IAC-25, IAC-47, IAC-164, IAC-165, IAC-1246, Batatais, Pérola, Pratão Precoce e Dourado Precoce;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Salinidade; Água; Potencial osmótico; Comprimento radicular e aéreo.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051988000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos de crescimento e produção da mamoneira irrigada com águas salinas e adubação nitrogenada AGRIAMBI
Lima,Geovani S. de; Nobre,Reginaldo G.; Gheyi,Hans R.; Soares,Lauriane A. dos A.; Lourenço,Givanildo da S.; Silva,Saulo S. da.
O trabalho foi desenvolvido objetivando avaliar o crescimento e a produção da mamoneira cv. BRS Energia cultivada em irrigação com água de diferentes níveis salinos e adubada com distintas doses de nitrogênio, em ensaio conduzido em lisímetros de drenagem sob condições de campo no CCTA/UFCG. O delineamento estatístico utilizado foi o de blocos ao acaso, em arranjo fatorial 5 x 4, com três repetições cujos tratamentos constaram de cinco níveis de condutividade elétrica da água - CEa (0,3; 1,2; 2,1; 3,0 e 3,9 dS m-1) e quatro doses de N (70; 100; 130 e 160 mg N kg-1). A irrigação com águas salinas reduziu o crescimento e a produção da mamoneira, observado pela diminuição na altura de planta, diâmetro caulinar, área foliar, fitomassa seca de folhas e de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ricinus communis L.; Salinidade; Nitrogênio.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662014000600008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos gerais sobre salinidade em áreas irrigadas: origem, diagnóstico e recuperação. Infoteca-e
CORDEIRO, G. G..
Origem, diagnóstico, caracterização e classificação dos solos afetados por sais solúveis e sódio trocável e sua recuperação.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Área irrigada; Região arida; Região semi-árida; Saline soil; Arid region; Semi-arid region; Natural resource.; Recurso natural; Solo; Drenagem; Irrigação; Salinidade; Solo Salino.; Soil; Drainage; Irrigation; Salinity..
Ano: 1988 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/131814
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ATIVIDADE DE PEROXIDASES (EC 1.11.1.7) E TEOR DE PROLINA EM FEIJOEIRO Phaseolus vulgaris L. CULTIVADO EM CONDIÇÕES DE SALINIDADE Scientia Agricola
ROSSI,C.; LIMA,G.P.P.; HAKVOORT,D.M.R..
Alterações nos níveis de prolina e na atividade da peroxidase foram estudadas em folhas e raízes de feijoeiro em função da resposta à salinidade do meio. A atividade da peroxidase (E.C. 1.11.1.7) e o teor de prolina das folhas foi maior do que nas raízes. Os resultados mostraram que a atividade da peroxidase diminuiu, enquanto os teores de prolina aumentaram gradualmente nas plantas cultivadas em meio salino. Ocorreu diminuição do teor de potássio e aumento de sódio nos órgãos analisados, com o aumento da concentração salina.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Peroxidases; Prolina; Salinidade.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ATIVIDADE DE PEROXIDASES (EC 1.11.1.7) E TEOR DE PROLINA NO EMBRIÃO E COTILÉDONES DE FEIJOEIRO Phaseolus vulgaris L. EM CONDIÇÕES DE SALINIDADE Scientia Agricola
LIMA,G.P.P.; ROSSI,C.; HAKVOORT,D.M.R..
Os efeitos da salinidade sobre a atividade de peroxidases foram acompanhadas no embrião e em cotilédones de feijoeiro Phaseolus vulgaris L. cv. Carioca, observando-se em ambos, aumento na atividade das enzimas. Com relação ao teor de prolina, ocorreu decréscimo constante no embrião de feijoeiro cultivado em condições salinas, entretanto, nos cotilédones, verificou-se aumento progressivo em condições de presença ou ausência de salinidade.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Peroxidases; Salinidade; Prolina.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000200017
Registros recuperados: 177
Primeira ... 123456789 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional