Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aproveitamento do soro de queijo na obtenção do extrato hidrossolúvel de soja Ciênc. Tecnol. Aliment.
PRUDENCIO,Elane Schwenden; BENEDET,Honório Domingos.
Foi utilizado o soro de queijo na obtenção do extrato hidrossolúvel de soja. Na etapa em que a relação sólido: líquido era de 1:8, foram substituídos 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90 e 100% da porção líquida (água) por soro de queijo. Foi feita a análise sensorial através do teste de comparação múltipla e determinada a composição centesimal dos produtos finais e matérias-primas. Também foram feitas as análises do custo de produção e do preço do produto final com 100% de soro de queijo. Os resultados obtidos demonstraram a viabilidade de se produzir extrato de soja com 100% de soro de queijo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soro de queijo; Soja; Extrato hidrossolúvel.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611999000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
APROVEITAMENTO DO SORO DE QUEIJO PARA PRODUÇÃO DE METANO Ciência Rural
Manfron,Melânia Palermo; Oliveira,Antonio Joaquim de.
RESUMO O objetivo deste trabalho foi estudar a viabilidade da produção de metano através da utilização do soro oriundo da fabricação de queijos, bem como avaliar o comportamento de bactérias metanogênicas. Os biodigestores foram alimentados com soro de queijo, sem correção de pH, nas proporções de 1%, 5% e 10% do seu volume nominal e mantidos a 35° C. Foram utilizados cinco tempos de retenção (TR) e quatro sistemas de alimentação para tempos diferentes de adição de substrato. No 1° TR e 2° TR, o soro foi adicionado aos biodigestores em intervalos de 24 horas. No 3° TR a carga foi dividida em três alimentações e adicionada aos biodigestores em intervalos de 8 horas. No 4° TR foram realizadas oito alimentações diárias dos biodigestores, em intervalos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biodigestores; Digestão anaeróbica; Tempo de retenção; Produção de meta no; Soro de queijo.
Ano: 1991 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781991000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da qualidade microbiológica do soro de queijos Minas padrão e mozarela produzidos em quatro regiões do estado de Minas Gerais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Teixeira,L.V.; Fonseca,L.M.; Menezes,L.D.M..
The microbiological profile of whey from the queijo-de-minas (Minas padrão) and mozzarella type cheeses produced in four of five most important regions of Minas Gerais state was studied. The contamination percentage found is serious, mainly in terms of the result found in coliforms count at 45ºC e coagulase-positive Staphylococci. The contamination of the whey would be too high, indicating the material as unsuitable for human consumption as well as for industrial means. Due to the lack of a specific identity and a quality pattern for cheese whey, the results can be taken as a base for standard developments, which are seen as necessary concerning the microbiological quality of such products.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soro de queijo; Mussarela; Queijo-de-minas; Perfil microbiológico.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000100044
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bebidas lácteas com soro de queijo e frutas Ciência Rural
Siqueira,Amanda de Morais Oliveira; Machado,Erilane de Castro Lima; Stamford,Tânia Lúcia Montenegro.
O soro do leite é um subproduto de relevância da indústria de queijos por ser produzido em grande volume e conter aproximadamente 55% dos nutrientes do leite. O seu aproveitamento industrial em produtos da alimentação humana ainda é considerado baixo, visto que a alta concentração de minerais proporciona uma baixa aceitação sensorial dos alimentos que o contém. Dessa forma, têm-se desenvolvido bebidas, principalmente as fermentadas, que apresentam novos sabores e aromas, com o objetivo de recuperar essa importante fonte de nutrientes para a cadeia alimentar humana. Observa-se, portanto, que a utilização do soro de queijo enriquece os produtos que os contém e evita o descarte diretamente no solo, na rede pública de esgoto, rios e lagos, minimizando o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aproveitamento de resíduos; Bebidas; Impacto ambiental; Soro de queijo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013000900025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomass growth of the white-rot fungi Auricularia auricula-judae on cheese whey. Repositório Alice
HELM, C. V.; ALCANTARA, L. M.; BRASIL, B. dos S. A. F.; LAVIOLA, B. G.; SIQUEIRA, F. G. de.
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Auricularia auricula-judae; Fungo comestível; Basidiomiceto; Soro de queijo; Produção de biomassa.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/994549
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características de carcaça e componentes de peso vivo de bezerros recebendo diferentes dietas líquidas Ciência Rural
Lima,Patrícia de Oliveira; Cândido,Magno José Duarte; Monte,Antonia Lucivânia de Sousa; Lima,Renata Nayhara de; Miranda,Maria Vivianne Freitas Gomes de; Aquino,Rebeca Magda da Silva; Moreira,Rennan Herculano Rufino; Leite,Hélia Maria de Souza.
Objetivou-se neste trabalho medir a influência de diferentes dietas líquidas sobre o rendimento de carcaça, cortes comerciais e componentes do peso vivo de bezerros mestiços, abatidos aos 60 dias de idade. Foram utilizados 24 bezerros mestiços, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições: Leite integral (Controle); 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo in natura; 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo adicionado de um ovo integral; e 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo adicionado de um ovo integral, adicionado de biotina. Foram avaliados o consumo, ganho de peso e todos os dados relacionados às características e rendimentos de carcaça, rendimentos dos cortes comerciais e componentes de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Área de olho de lombo; Biotina; Ganho de peso; Ovo integral; Soro de queijo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013001100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de bebida láctea fermentada a partir do soro de ricota MV&Z
Moura, A. C. T.; Dias, T. S.; Valente, G. F. S.; Bastos, R. A.; Oliveira, T. O.; Simões, E. R.; Minighin, E. C..
O soro de leite é um co-produto da produção de queijos, muito utilizado na produção de bebidas lácteas e ricotas. O emprego do soro de queijo na produção de ricotas gera um segundo co-produto, o soro de ricota, sendo necessário descobrir alternativas para a aplicação deste produto nas indústrias de alimentos. O presente investigou a viabilidade da aplicação do soro de ricota na produção de bebidas lácteas fermentadas e avaliou a composição de tais bebidas. A investigação foi realizada no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais campus Barbacena. Foram produzidas quatro formulações com diferentes proporções de soro de leite, soro de ricota e leite, sendo que a formulação 1, foi composta por 100% de leite, ou seja, um...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Queijo; Soro de queijo; Indústria de laticínios.
Ano: 2016 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/34814
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento dos estômagos de bezerros recebendo diferentes dietas líquidas Ciência Rural
Lima,Patrícia de Oliveira; Lima,Renata Nayhara de; Miranda,Maria Vivianne Freitas Gomes de; Pereira,Marília Williani Filgueira; Melo,Felipe Bernardo de Azevedo; Cordeiro,Luiz Augusto Vieira; Assis,Ana Paula Pinheiro de; Leite,Hélia Maria de Souza.
Este estudo teve como objetivo avaliar o desenvolvimento dos compartimentos estomacais de bezerros mestiços submetidos a diferentes dietas líquidas. Foram utilizados 24 bezerros mestiços, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições: Leite integral; 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo; 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo adicionado de um ovo integral; e 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo adicionado de um ovo integral adicionado de biotina. Foram avaliados o consumo de matéria seca, o ganho de peso, o peso absoluto e relativo (ao peso do corpo vazio e peso do estômago completo) dos quatro compartimentos estomacais, além da altura das papilas de quatro regiões do rúmen. As dietas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biotina; Ovo; Papilas ruminais; Soro de queijo; Sucedâneo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013000400024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação do caseinomacropeptídeo em leite UAT por espectroscopia no infravermelho próximo e regressão por mínimos quadrados parciais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Oliveira,R.R.; Souz,M.I.A.; Silva,C.H.; Prado,C.S.; Rezende,C.S.M.; Lage,M.E..
RESUMO O presente trabalho foi realizado com o objetivo de desenvolver um método para a determinação de CMP em leite UAT por meio da aplicação da espectroscopia de infravermelho próximo. Leites UAT de oito marcas diferentes foram utilizados para a construção dos modelos de calibração. Os resultados demonstram que, para o desenvolvimento de um modelo de calibração adequado para a determinação de CMP em leite UAT, deve-se utilizar, juntamente com o método de regressão PLS, o método de seleção de espectros máxima distância e os pré-tratamentos 2ª derivada e variável normal padronizada. Além disso, pôde-se determinar que as regiões do infravermelho próximo mais correlacionadas com os movimentos vibracionais dos aminoácidos presentes no CMP foram: 1100-1310;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Calibração multivariada; Fraude; NIRS; Soro de queijo.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000300946
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da alta pressão hidrostática sobre características físico-químicas de bebida composta de soro de queijo minas frescal e suco de maracujá. Repositório Alice
MORAIS, A. C. N. de; TIBURSKI, J. H.; WALTER, E. H. M.; DUTRA, A. de S.; DELIZA, R.; ROSENTHAL, A..
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Alta pressão hidrostática; Bebida; Soro de queijo; Suco de maracujá.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1004234
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo da produção de beta-galactosidase por fermentação de soro de queijo com Kluyveromyces marxianus Ciênc. Tecnol. Aliment.
Santiago,Patrícia A.; Marquez,Líbia D. S.; Cardoso,Vicelma L.; Ribeiro,Eloízio J..
A hidrólise enzimática da lactose por beta-galactosidase desempenha importante papel no processamento de produtos lácteos, como na obtenção de leite com baixo teor de lactose para consumo por indivíduos intolerantes à mesma e na prevenção da cristalização em produtos de laticínio. Neste trabalho, a enzima beta-galactosidase foi produzida pelo cultivo do microrganismo Kluyveromyces marxianus, em meio de cultura à base de soro de queijo em diferentes concentrações iniciais de lactose e extrato de levedura, de acordo com um planejamento fatorial. As fermentações foram conduzidas em incubador rotativo a 150rpm, a 30°C e pH inicial 5,5. A concentração celular inicial foi de 10(7) células/mL. Para a extração da enzima beta-galactosidase, foi realizada autólise...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Beta-galactosidase; Kluyveromyces marxianus; Soro de queijo; Produção de beta-galactosidase.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612004000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da adição da fécula de batata-doce (Ipomoea batatas L.) sobre a viscosidade do permeado de soro de queijo Ciênc. Tecnol. Aliment.
Andrade,Rafael Leite Pinto de; Martins,José Francisco Pereira.
A viscosidade é um parâmetro importante na aceitabilidade de bebidas lácteas. O presente trabalho teve como objetivo principal fornecer dados relativos ao comportamento da viscosidade uma base de permeado de soro de queijo adicionada de fécula de batata-doce, dados que poderão ser utilizados na elaboração de uma nova bebida láctea. A fécula de batata-doce utilizada apresentou um grau de gelatinização de 72,64%, umidade média de 7,88% e a seguinte composição centesimal média em base seca: 82,59% de amido, 9,33% de fibras dietéticas totais, 4,90% de proteínas, 2,08% de cinzas e 1,11% de lipídios. O permeado de soro foi adicionado a três diferentes concentrações de fécula e submetido a diferentes tratamentos térmicos. A viscosidade mais adequada, em função...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fécula; Batata-doce; Reologia; Soro de queijo; Bebida láctea; Permeado.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612002000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Intumescimento filamentoso no processo de lodos ativados aplicado ao tratamento de soro de queijo: caracterização e uso de floculantes para melhorar a sedimentabilidade. Repositório Alice
CORDI, L.; ALMEIDA, E dos S.; ASSALIN, M.R.; DURAN, N..
Neste trabalho estudou-se o processo de lodo ativado aplicado ao tratamento do efluente resultante da fabricação de queijos, o soro de queijo, que é caracterizado por apresentar altíssima carga orgânica. O tratamento do efluente com o lodo ativado é satisfatório em determinadas diluições do soro (100x, 50x, 25x e 10x), tempo de retenção hidráulica (TRH) (variando de 6 a 36 horas) e sólidos em suspensão (entre 2800 e 10417 mg L-1), contudo o sistema é susceptível ao intumescimento filamentoso (bulking). Floculantes químicos foram empregados no intuito de avaliar o efeito na sedimentação dos flocos. O tratamento foi realizado em um reator contínuo de escala laboratorial e os coagulantes (Al2(SO4)3 e FeSO4 .7H2O) foram adicionados ao lodo de forma a se obter...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Lodo ativado; Floculante; Sedimentabilidade; Soro de queijo.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/15941
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Maciez da carne de bezerros abatidos aos 60 dias de idade. Repositório Alice
ARAÚJO, L. L. dos S.; LIMA, P. de O.; CÂNDIDO, M. J. D.; GARRUTI, D. dos S.; MAGALHAES, H. C. R.; MOREIRA, R. H. R..
2010
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Aceitação; Qualidade da carne; Sensorial; Soro de queijo.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/863999
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Método da espectroscopia no infravermelho para análise dos soros de queijos de minas padrão e prato Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Pinto,F.A.; Fonseca,L.M.; Abreu,L.R.; Souza,M.R.; Oliveira,D.L.S.; Clementino,L.A.; Andrade,E.H.P..
An electronic equipment based on the infrared spectroscopy was evaluated to measure the whey composition in "Minas padrão" and "prato" cheeses. The results for fat, protein, and total solids using infrared instrument based on filters and using standard methods were compared. There were differences between the values obtained from both analytical methods, and since compounds formed during heating of the analyzed whey may have interfered with infrared spectrum readings, a linear transformation of the data was done. After this statistical adjustment, results for "Minas padrão" cheese were equivalent in both infrared and standard methods. For "prato" cheese whey, the difference was significant, even after the adjustment.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soro de queijo; Composição; Espectroscopia no IV.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000400036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Otimização de um meio de cultura para a produção de proteases por um Bacillus sp. termofílico Ciênc. Tecnol. Aliment.
Nascimento,Wellingta Cristina Almeida do; Silva,Camila Rocha da; Carvalho,Raquel Vieira de; Martins,Meire Lelis Leal.
Bacillus sp. SMIA-2 cresceu e secretou proteases quando cultivado em culturas líquidas contendo citrato trissódico como fonte de carbono e nitrato de amônio como fonte de nitrogênio. A atividade máxima da enzima foi alcançada após 8 horas de incubação do microrganismo, com níveis de 7,2 U.mg -1 proteína. A suplementação do meio com 2,0 mM de CaCl2 não proporcionou um aumento da atividade da protease, porém aumentou a sua estabilidade de 2 para 4 horas. A redução da concentração do fosfato de potássio no meio de cultura de 11,0 para 5,0 mM promoveu um acréscimo de 82% (13 U.mg -1 proteína) na atividade da protease. A substituição do nitrato de amônio presente no meio de cultura por 0,1% de soro de queijo aumentou a atividade da protease para 25 U.mg -1...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Proteases; Bacillus sp.; Água de maceração de milho; Soro de queijo.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000200035
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil físico-químico do soro de queijos mozarela e minas-padrão produzidos em várias regiões do estado de Minas Gerais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Teixeira,L.V.; Fonseca,L.M..
O perfil físico-químico de soros de queijos mozarela e minas-padrão foi analisado em quatro das cinco macrorregiões com maior produção desses queijos no estado de Minas Gerais: Alto São Francisco, Zona Metalúrgica, Zona da Mata e Sul de Minas. Os valores média+desvio padrão encontrados para os componentes do soro de queijo mozarela foram: -0,565+0,031°H para crioscopia; 6,19+0,26 para pH; 13,16+3,08°D para acidez; 6,33+0,43g/100g para sólidos totais; 93,67+0,43g/100g para umidade; 0,77+0,26g/100g para gordura; 0,84+0,04g/100g para proteína; 4,42+0,68g/100g para lactose; 0,47+0,04g/100g para cinzas; 0,18+0,01g/100g para cloretos e 1,0253+0,0006 para densidade. Para soro de queijo minas-padrão, foram encontrados: -0,555+0,030°H para crioscopia; 6,30+0,31...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soro de queijo; Mozarela; Minas-padrão; Perfil físico-químico; Minas Gerais.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000100033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produção de etanol a partir de lactossoro industrial AGRIAMBI
Florêncio,Isanna M.; Florentino,Eliane R.; Silva,Flávio L. H. da; Martins,Ricardo S.; Cavalcanti,Mônica T.; Gomes,Josivanda P..
Entre os principais subprodutos do setor de laticínios se encontra o soro de queijo, obtido após precipitação da caseína do leite. Com o avanço da tecnologia a elaboração de queijos passou de um processo tradicional para um processo industrial no qual são produzidos diariamente milhares de litros de soro. A fermentação do soro do queijo objetivando a produção de etanol pode apresentar-se como alternativa tecnicamente viável pois, além de reduzir o potencial poluidor deste resíduo, ainda pode gerar um produto de maior valor agregado. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi a obtenção do etanol utilizando-se o soro de queijo "tipo coalho", desproteinizado, como substrato para a levedura Saccharomyces cerevisiae. Foram utilizadas a ferramenta de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soro de queijo; Fermentação alcoólica; Etanol.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013001000010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso do soro de queijo de cabra no aleitamento artificial de cabritos. Repositório Alice
MONTENEGRO, M. de P.; AZEVEDO, A. R. de; BARROS, N. N.; PIMENTEL, J. C. M.; ALVES, A. A..
Resumo: Este trabalho foi conduzido para avaliar a substituiçao do leite de vaca por diferentes níveis de soro de queijo de cabra no aleitamento artificial de cabritos. Vinte e oito cabritos machos "three cross" (1/2 Anglo Nubiano + 114 Parda Alpina + 1/4 Moxotó) constituíram as parcelas e as semanas, as subparcelas. Os diferentes níveis de soro nos tratamentos foram: T1 = 0; T2 = 20; T3 = 40 e T4 = 60% de soro. A fase experimental iniciou no 35º dia de vida dos animais, após 10 dias de adaptaçao e terminou aos 84 dias, quando os cabritos foram abatidos para avaliaçao da carcaça. 0 consumo de matéria seca foi medido diariamente. Nao se obsevou diferença para peso final e ganho de peso diário entre os tratamentos e as médias foram: 12,79 kge 144,43 g;...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Leite de vaca Milk of cow Caprino; Cabrito; Leite de cabra; Soro de queijo; Aleitamento artificial Goats; Goat milk; Cow milk; Kids; Breast feeding; Suckling; Cheese whey.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/515043
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Viabilidade do tratamento do soro de queijo com digestão anaeróbia Anais da ESALQ
Lacerda,T.H.M.; Oliveira,A.J.de; Caruso,J.G.B..
O principal objetivo deste trabalho con sistiu em avaliar a digestão anaeróbia de soro de queijo (68.000mg DQO/l), sem correção de pH, em digestores tipo mistura completa, semi-contínuos em escala laboratorial, mantidos à temperatura de 35° ± 1°C. Foi utilizado como inóculo estéreo bovino, com teor de sólidos totais igual a 8%. O experimento foi desenvolvido num período de 100 dias, onde os primeiros 20 dias foram caracterizados pela aclimatação do inóculo e quatro tempos de retenção (¸) de 20 dias. Foi adicionado em cada reator uma carga de 3,0g DQO/l de reator/dia. No primeiro ¸ a carga foi dividida em 3 partes e adicionada aos digestores em intervalos de 8 horas. No segundo ¸ a carga foi dividida em 2 partes e adicionada aos digestores em intervalos de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soro de queijo; Digestão anaeróbia; Remoção de DQO.
Ano: 1990 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761990000200016
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional