Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 96
Primeira ... 12345 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A tristeza dos citros e suas implicações no melhoramento genético de porta-enxertos Bragantia
Bordignon,Rita; Medina Filho,Herculano Penna; Muller,Gerd Walter; Siqueira,Walter José.
O Brasil é o maior produtor mundial de citros e, historicamente, a tristeza, a doença de maior importância econômica da cultura. Causada por um closterovirus (CTV) de RNA fita simples positiva, encontra-se disseminada por quase todas as regiões citrícolas do globo. Transmitida por enxertia e algumas espécies de pulgão, principalmente Toxoptera citricida, apresenta diversas estirpes, causando sintomas variados em Citrus e afins. Proteção cruzada de copas sensíveis através de estirpes fracas do vírus é uma eficiente técnica de controle desenvolvida no Brasil e utilizada em várias partes do mundo. Métodos de detecção e caracterização do vírus baseiam-se nos sintomas de variedades e clones específicos, mas, métodos sorológicos e moleculares são empregados...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: CTV; Tolerância; Resistência; Sintomas; Citrus.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052003000300002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção e distribuição de chumbo em plantas devetiver, jureminha e algaroba Rev. Bras. Ciênc. Solo
Alves,Jailson do Carmo; Souza,Adailson Pereira de; Pôrto,Mônica Lima; Arruda,Jandeilson Alves de; Tompson Júnior,Ubaldo Araújo; Silva,Gilson Batista da; Araújo,Raunira da Costa; Santos,Djail.
O uso de plantas como agentes remediadores de áreas contaminadas com metais pesados (fitorremediação) é uma técnica emergente, sendo necessários estudos sobre tolerância, absorção e distribuição destes elementos em plantas para se obter sucesso em programas dessa natureza. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância, absorção e distribuição de Pb em plantas de vetiver [Vetiveria zizanioides (L.) Nash], jureminha [Desmanthus virgatus (L.) Willd] e algaroba [Prosopis juliflora (SW) DC], submetidas a doses crescentes do elemento em solução. As espécies foram cultivadas em estufa telada do DSER/CCA/UFPB, Areia-PB, em solução nutritiva que continha doses crescentes de Pb (0, 50, 100 e 200 mg L-1), por 45 dias. O delineamento empregado foi o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Poluição; Metal pesado; Fitotoxidez; Tolerância; Fitorremediação.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832008000300040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção e translocação do herbicida diuron por espécies suscetível e tolerante de capim-colchão (Digitaria spp.) Planta Daninha
Dias,N.M.P.; Regitano,J.B.; Christoffoleti,P.J.; Tornisielo,V.L..
Esta pesquisa teve o objetivo de comparar a tolerância de duas espécies de capim-colchão (Digitaria ciliaris e D. nuda) ao diuron e avaliar se os processos de absorção e/ou translocação do herbicida estão envolvidos no mecanismo de tolerância. Para determinar o nível de tolerância das duas espécies de capim-colchão, plantas em estádio vegetativo de três folhas verdadeiras foram pulverizadas com diferentes doses do diuron. A partir dos resultados de massa seca das plantas coletadas aos 21 dias após aplicação (DAA), foi feito o ajuste das curvas de dose-resposta log-logístico. Os estudos de absorção e translocação do herbicida foram feitos utilizando 14C-diuron, medindo-se a radioatividade em diferentes partes das plantas a 0, 3, 6, 12, 24 e 48 horas após...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Digitaria nuda; Digitaria ciliaris; Tolerância; Radioatividade; Radioimagem.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582003000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção, translocação e exsudação radicular de glyphosate em clones de eucalipto: clones Planta Daninha
Machado,A.F.L.; Ferreira,L.R.; Santos,L.D.T.; Santos,J.B.; Ferreira,F.A.; Viana,R.G..
Objetivou-se com este trabalho avaliar a absorção, translocação e exsudação radicular de glyphosate por dois clones de eucalipto: 2277 e 531. O 14C-glyphosate foi aplicado na concentração de 1.440 g ha-1, distribuída uniformemente no terceiro e no quarto limbo foliar a partir do ápice caulinar, com radioatividade aproximada de 0,030 μCi. A absorção, translocação e exsudação radicular foram avaliadas pela radioatividade do 14C-glyphosate nos diferentes tecidos da planta, bem como na água de lavagem e solução nutritiva, nos intervalos de 0, 2, 8, 32 e 72 horas após a aplicação - HAA. A concentração de 14C-glyphosate na folha aplicada foi semelhante para os dois clones nas avaliações a partir de 8 HAA. Todavia, considerando a planta inteira, ela foi superior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Eucalyptus sp.; Herbicida; Tolerância.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582009000300016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção, translocação e metabolismo do glyphosate por plantas tolerantes e suscetíveis a este herbicida Planta Daninha
Monquero,P.A.; Christoffoleti,P.J.; Osuna,M.D.; De Prado,R.A..
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a absorção foliar, a translocação e o metabolismo do 14C-glyphosate pelas plantas daninhas Commelina benghalensis, Ipomoea grandifolia e Amaranthus hybridus. O glyphosate foi aplicado através de quatro gotas de 0,5 µL de uma solução contendo o produto comercial, na dose de campo de 720 g e.a. ha-1 em mistura com 14C-glyphosate, na face adaxial da segunda folha verdadeira das plantas estudadas. As avaliações foram feitas a 2, 4, 8, 12, 24, 48 e 72 horas após o tratamento com o herbicida (HAT) para os estudos de absorção e translocação e 72 HAT para os estudos de metabolismo. Os resultados de absorção e translocação demonstraram que mais de 90% do glyphosate aplicado foi absorvido por A. hybridus até 72 HAT. A maior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tolerância; Commelina benghalensis; Ipomoea grandifolia; Amaranthus hybridus; AMPA.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582004000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção, translocação e utilização de fósforo por variedades de trigo submetidas à toxidez de alumínio Rev. Bras. Ciênc. Solo
Abichequer,A. D.; Bohnen,H.; Anghinoni,I..
Variedades de trigo tolerantes ao alumínio podem ser mais eficientes no aproveitamento de fósforo na presença desse elemento. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do alumínio em variedades de trigo Toropi, considerada eficiente, e CNT 8, ineficiente quanto ao aproveitamento de fósforo. Realizou-se um experimento em 1994, em casa de vegetação, em vasos que continham solução nutritiva com duas concentrações de fósforo (1,6 e 32,3 µmol L-1) e duas de alumínio (0,0 e 37,0 µmol L-1). Após 31 dias de cultivo, foram avaliados a morfologia das raízes e o aproveitamento do fósforo. As raízes da variedade de trigo Toropi foram menos afetadas do que as da CNT 8 pelo alumínio; no entanto, não houve relação da absorção de fósforo com o comprimento, raio...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Eficiência; Nutrição vegetal; Aproveitamento de nutrientes; Genótipos; Tolerância.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832003000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acúmulo de macronutrientes em porta-enxertos de videira cultivados em solução nutritiva com a adição de alumínio - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i1.1922 Agronomy
Tecchio, Marco Antonio; IAC; Paioli-Pires, Erasmo José; IAC; Grassi Filho, Hélio; UNESP; Brizola, Rubem Marcos de Oliveira; UNESP; Terra, Maurilo Monteiro; IAC; Corrêa, Juliano Coruli; UNESP.
Avaliou-se o comportamento dos porta-enxertos de videira IAC 313 ‘Tropical’ e IAC 572 ‘Jales’, submetidos a diferentes doses de alumínio em solução nutritiva. A condução do experimento foi realizada em condições de casa de vegetação do Departamento de Produção Vegetal/Área de Horticultura, da Faculdade de Ciências Agronômicas – Unesp/Botucatu. Foram utilizados cinco doses de alumínio a saber: 0, 10, 20, 30 e 40 mg.L-1. Realizaram-se coletas a cada 15 dias para obtenção dos dados de acúmulo de macronutrientes. O delineamento experimental adotado foi o de parcelas subdivididas, inteiramente casualizado e com 3 repetições. Pelos resultados obtidos, constatou-se que o porta-enxerto IAC 572 ‘Jales’ apresentou maior acúmulo de macronutrientes quando submetido à...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Vitis spp; Porta-enxertos; Tolerância; Alumínio; Solução nutritiva 5.01.00.00-9 Agronomia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1922
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alocação de íons e crescimento de plantas de cajueiro anão-precoce irrigadas com água salina no campo AGRIAMBI
Araújo,Laíse F. de; Lima,Reivany E. M.; Costa,Léa de O. da; Silveira,Ênio M. de C.; Bezerra,Marlos A..
RESUMO São escassos estudos com salinidade em plantas adultas de cajueiro, dessa forma objetivou-se avaliar a acumulação de íons e o crescimento de plantas de cajueiro anão-precoce irrigadas com água salina. O experimento foi conduzido na Embrapa Agroindústria Tropical, em Pacajus, CE. Durante treze meses plantas do clone CCP 06 foram irrigadas com soluções salinas de diferentes condutividades elétricas (0,4; 1,5; 3,0; 4,5 e 6,0 dS m-1), com os tratamentos dispostos em blocos ao acaso com três repetições. A irrigação foi feita por microaspersores e ao final as plantas foram coletadas e fracionadas em raízes absorventes (finas) e de sustentação (grossas), caule + ramos e folhas, para determinação dos teores de Na e Cl nesses órgãos, da área foliar e da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardium occidentale; Estresse salino; Tolerância.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662014001300034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alumínio estimula o crescimento radicular de erva-mate? PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Benedetti, Eliziane Luiza; Santin, Delmar; Barros, Nairam Félix de; Pereira, Greice Leal; Martinez, Hermínia Prieto; Lima Neves, Julio César.
A toxicidade por Al em plantas se dá de várias maneiras, sendo a inibição do crescimento radicular uma das primeiras a se expressar, embora não seja prontamente perceptível em razão do hábito de crescimento das raízes. O objetivo desse trabalho foi avaliar a tolerância da erva-mate ao Al por meio do crescimento de raízes de mudas submetidas a doses crescentes do elemento. Para isso, testaram-se, três clones (C1, C2 e C3), doses de 100, 500, 1.000 e 2.000 μmol L-1 de Al (AlCAlCl36H2O) e um controle sem Al. Após 50 dias, determinaram-se massa seca das raízes, comprimento e volume total do sistema radicular, comprimento e volume total das raízes em diferentes diâmetros. O Al influenciou positivamente o crescimento das raízes de todos os clones. O maior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Agronomia; Nutrição de plantas Raízes; Tolerância; Ilex paraguariensis Roots; Tolerance; Ilex paraguariensis.
Ano: 2017 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/983
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de fertilizantes via fertirrigação. Infoteca-e
SILVA, D. J..
Fertirrigação e nutrição de plantas; Solubilidade dos fertilizantes; Compatibilidade dos fertilizantes; Efeito do fertilizantes no pH da solução e no pH do solo; Salinidade e potencial salino dos fertilizantes; Algumas características do fertilizantes.
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Aplicação; Nutrição de planta; Tolerância; Resistance.; Irrigação; Fertilizante; Fertirrigação; Salinidade.; Fertigation; Fertilizer application; Irrigation; Plant nutrition; Salinity..
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/134003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade relativa da catalase de losna-branca (Parthenium hysterophorus) comparada à de outras espécies daninhas Planta Daninha
Carvalho,S.J.P.; Machado,E.C.R.; Marques,B.S.; Silva,A.P.P.; Lima,R.S.O.; Costa,R.
Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a atividade relativa da catalase em extrato aquoso de losna-branca (Parthenium hysterophorus), bem como comparála à atividade da catalase de outras espécies daninhas. O trabalho constou de três fases, que envolveram a padronização do método, comparação da atividade relativa da catalase de plantas da família Asteraceae e comparação com outras 11 espécies daninhas, sendo estas: Euphorbia heterophylla, Alternanthera tenella, Cenchrus echinatus, Panicum maximum, Amaranthus viridis, Ipomoea hederifolia, Galinsoga parviflora, Bidens pilosa, Sonchus oleraceus, Cyperus rotundus e Commelina benghalensis. Observou-se resposta linear crescente da reação entre extrato aquoso de losna-branca e peróxido de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Asteraceae; Enzima; Paraquat; Peróxido de hidrogênio; Tolerância.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582012000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de linhagens de cafeeiros quanto à tolerância ao alumínio pelo método do papel-solução Bragantia
BRACCINI,MARIA DO CARMO LANA; MARTINEZ,HERMINIA EMILIA PRIETO; BRACCINI,ALESSANDRO DE LUCCA E.
Dois experimentos foram desenvolvidos em germinador com o objetivo de se estabelecer um procedimento rápido para seleção de linhagens de cafeeiros tolerantes ao Al, determinar a concentração desse elemento na solução e avaliar a tolerância de 26 linhagens de café ao Al, utilizando o método do papel-solução. No primeiro experimento, sementes de duas linhagens de café foram postas a germinar em presença de diferentes concentrações de Al (0, 25, 35 e 65 mg.L-1) utilizando-se a técnica do papel-solução, e medindo-se o comprimento da raiz principal, após quarenta dias. A linhagem UFV 2237 mostrou-se mais sensível ao Al, comparada à UFV 3880, e a concentração de 35 mg.L-1 permitiu discriminar as linhagens quanto à tolerância. No segundo experimento, sementes de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Café; Alumínio; Tolerância; Técnica de seleção.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052000000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de variáveis fisiológicas em porta-enxertos de videira cultivados em solução nutritiva com a adição de alumínio Ciência e Agrotecnologia
Tecchio,Marco Antonio; Paioli-Pires,Erasmo José; Grassi Filho,Hélio; Brizola,Rubem Marcos de Oliveira; Vieira,Cássia Regina Yuriko; Terra,Maurilo Monteiro.
Realizou-se este experimento com o objetivo de avaliar a resposta dos porta-enxertos de videira IAC 313 "Tropical" e IAC 572 "Jales" a diferentes níveis de alumínio em solução nutritiva. A condução do experimento foi realizada em condições de casa-de-vegetação do Departamento de Produção Vegetal/Área de Horticultura, da Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP/Botucatu. Utilizaram-se cinco níveis de alumínio, a saber: 0, 10, 20, 30 e 40 mg L-1. Após a aplicação dos tratamentos, realizaram-se coletas a cada 15 dias para obtenção das variáveis fisiológicas. O delineamento experimental adotado foi o de parcelas subdivididas, inteiramente casualizado e com 3 repetições. Avaliaram-se as variáveis: taxa de crescimento absoluto e relativo, razão de massa foliar...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis; Porta-enxertos; Tolerância; Massa foliar; Crescimento.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do pH da rizosfera de genótipos de café em resposta à toxidez de alumínio no solo Bragantia
BRACCINI,MARIA DO CARMO LANA; MARTINEZ,HERMINIA EMILIA PRIETO; BRACCINI,ALESSANDRO DE LUCCA E; MENDONÇA,SEBASTIÃO MARCOS DE.
Foi realizado um experimento em casa de vegetação com o objetivo de avaliar a relação entre pH da rizosfera e tolerância ao Al de cinco genótipos de café, na presença e na ausência de calagem. As plantas de café foram desenvolvidas em caixas plásticas, com as raízes próximas da tampa. Após 90 dias as tampas foram removidas e uma fina camada de agar contendo indicador foi derramada sobre a superfície. Também foram avaliados a produção de biomassa seca da parte aérea e das raízes, o comprimento e a superfície de raízes. Quando o solo foi corrigido observou-se o desenvolvimento da coloração amarela próximo às raízes, indicando o abaixamento do pH em H2O. O resultado foi confirmado pela avaliação do pH do solo e da rizosfera com variações de 0,2 e 0,3 unidades...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Café; Alumínio; PH da rizosfera; Tolerância; Técnica do agar-indicador.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052000000100013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CAPACIDADE DE COMBINAÇÃO ENTRE LINHAGENS DE PIMENTÃO DIFERINDO NA TOLERÂNCIA AO BAIXO TEOR DE FÓSFORO NO SOLO Bragantia
OLIVEIRA,VALTER RODRIGUES; CASALI,VICENTE WAGNER DIAS; CRUZ,COSME DAMIÃO; PEREIRA,PAULO ROBERTO GOMES; SCAPIM,CARLOS ALBERTO.
Seis linhagens de pimentão (Capsicum annuum L.) diferindo na tolerância ao baixo teor de fósforo (P) no solo, os híbridos F1 e seus recíprocos, obtidos de um cruzamento dialélico completo, foram avaliados em casa de vegetação, para estimar as capacidades combinatórias em relação à acumulação de matéria seca total, matéria seca da parte aérea, matéria seca das raízes, razão raiz:parte aérea, área foliar, altura da planta, conteúdo de P total na planta e coeficiente de translocação de P. Ambas as capacidades, geral (CGC) e específica de combinação (CEC), foram estatisticamente significativas, com o componente quadrático associado à CEC superior ao relativo à CGC em todas as características avaliadas, evidenciando predominância de efeitos gênicos não aditivos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pimentão; Capsicum annuum L.; Tolerância; Fósforo; Deficiência de fósforo; Capacidade de combinação.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051998000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Capacidade de recuperação do paricá após simulação de desfolha PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Duarte, Daiane Marques; Barretto, Vitor Corrêa de Mattos; Ribeiro, Raquel Menestrino; Rodrigues, Fabrício.
O paricá, Schizolobium parahyba var. amazonicum (Huber ex Ducke) Barneby, é uma espécie florestal largamente utilizada em reflorestamentos. Entretanto, os danos causados por insetos podem reduzir a área fotossintética, interferindo no crescimento. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de recuperação de paricá em idades precoces, pela simulação de desfolha. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos casualizados, divididos em quatro experimentos, com quatro repetições, separados em dois períodos (30 e 60 dias após emergência) e pela porcentagem de folhas e folíolos. Ao completar 30 e 60 dias após emergência foram realizadas as desfolhas e após mais 30 dias, nas duas fases, avaliou-se altura da planta, diâmetro do caule e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Engenharia Florestal e sivicultura Schizolobium amazonicum; Tolerância; Foliar Schizolobium amazonicum; Foliar damage; Tolerance.
Ano: 2016 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/1120
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracteres de produção da cebola associados à resistência a tripes Horticultura Brasileira
Loges,Vivian; Lemos,Margarida A.; Resende,Luciane V.; Menezes,Dimas; Candeia,Jonas A.; Santos,Venézio Felipe dos.
A variabilidade existente para caracteres de produção associados à resistência a Thrips tabaci (Thysanoptera: Thripidae) foi estimada em 62 progênies de meios irmãos da cv. de cebola ValeOuro IPA-11. As testemunhas foram as cvs. ValeOuro IPA-11 e os seus genitores Roxa IPA-3 e Belém IPA-9. O experimento foi conduzido em condições de campo, em Juazeiro (BA), utilizando delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições, 65 tratamentos. As estimativas dos parâmetros para as progênies de ValeOuro IPA-11 indicaram forte interferência ambiental para todos os caracteres. As maiores estimativas das herdabilidades e o ganhos esperados com 20% de pressão de seleção foram, respectivamente, de 35,74% e 10,39% para produção de bulbos comerciais (PBC),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Allium cepa; Thrips tabaci; Herdabilidade; Parâmetros genéticos; Tolerância; Resistência de plantas.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362004000400021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características fisiológicas de porta-enxertos de videira em solução salina Scientia Agricola
Viana,Alexandre Pio; Bruckner,Claudio Horst; Prieto Martinez,Herminia Emilia; Martinez y Huaman,Carlos Alberto; Mosquim,Paulo Roberto.
A tolerância de cinco porta-enxertos de videira ('IAC 766 Campinas', 'IAC 313 Tropical', 'IAC 572 Jales', '420-A' e 'Ripária do Traviú') à salinidade foi avaliada em um ensaio, em casa de vegetação, em solução nutritiva, com cinco níveis de NaCl (0, 5, 10, 15 e 20 mmol L-1). Foram determinados a taxa fotossintética, a condutância estomática, a taxa transpiratória, a altura de plantas e o peso da matéria seca. A altura de planta e o peso da matéria seca foram afetados pelo incremento da salinidade. As cultivares mais tolerantes ('IAC 572', 'IAC 766' e 'Ripária do Traviú') apresentaram, mesmo nas maiores doses de NaCl, fotossíntese líquida de 0,75 mimol m-2 s-1, acompanhada pela manutenção da abertura estomática e da taxa transpiratória.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Videira; Porta-enxerto; Salinidade; Tolerância; Crescimento.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162001000100021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características produtivas do tomateiro submetido a diferentes níveis de sais, na água de irrigação AGRIAMBI
Oliveira,Bernardete C.; Cardoso,Maria A. A.; Oliveira,Juliana C. de; Oliveira,Francisco A. de; Cavalcante,Lourival F..
No período de junho a novembro de 1999, conduziu-se este trabalho em casa-de-vegetação do DSER/CCA/UFPB, no município de Areia, PB, com o objetivo de se avaliar os efeitos de sais na água de irrigação em relação a algumas características do desenvolvimento da cultura do tomateiro (Lycopersicum esculentum sp), cultivar Santa Rosa. Utilizou-se água proveniente do açude de Jacaré, no município de Remígio, PB, com condutividade elétrica de 24,5 dS m-1. Os tratamentos se constituíram de: água de chuva (T1 - 0,01 dS m-1) e diluições da água do açude com água de chuva, nas proporções de 1:4 (T2 - 5,7 dS m-1), 1:3 (T3 - 6,8 dS m-1), 1:2 (T4 - 8,3 dS m-1),1:1 (T5 - 12,7 dS m-1) e 1:0 (T6 - 24,5 dS m-1). Adotou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lycopersicum esculentum sp.; Salinidade; Tolerância; Desenvolvimento; Evapotranspiração.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662007000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da superfície foliar e das ceras epicuticulares em Commelina benghalensis, Ipomoea grandifolia e Amaranthus hybridus Planta Daninha
Monquero,P.A.; Christoffoleti,P.J.; Matas,J.A.; Heredia,A..
Este estudo teve o objetivo de caracterizar a superfície foliar e a composição de ceras epicuticulares das plantas daninhas Commelina benghalensis, Ipomoea grandifolia e Amaranthus hybridus. As ceras foram extraídas, quantificadas e empregadas em cromatografia de camada delgada, a fim de se determinar a composição química. Partes centrais das folhas foram submetidas à microscopia eletrônica de varredura, para caracterização da superfície foliar adaxial e abaxial. Em A. hybridus as ceras foram constituídas basicamente por substâncias hidrofílicas (álcool, ésteres); a superfície foliar não apresentou tricomas ou glândulas, com grande quantidade de estômatos e as ceras formando pequenos grânulos. I. grandifolia apresentou ceras epicuticulares essencialmente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Absorção; Tolerância; Glyphosate.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582004000200005
Registros recuperados: 96
Primeira ... 12345 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional