Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 38
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Absorção de magnésio por raízes destacadas de cultivares de tomateiro Scientia Agricola
Sacramento,Luis Vitor S. do; Martinez,Herminia Emilia P.; Monnerat,Pedro Henrique; Oliveira,Laede Maffia de.
Estudou-se a absorção de magnésio por raízes destacadas de quatro cultivares de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill) em concentrações externas crescentes do elemento, entre 0,06 e 0,41 mmol.L-1. As velocidades máximas de absorção estimadas (Vmáx) foram 4,50; 4,31; 3,93 e 3,42 <FONT FACE="Symbol">m</font>mol.g-1. 40 min-1 para as cultivares Kadá, Yokota, Miguel Pereira e Ângela Hiper, respectivamente, e os valores de Km estimados foram 0,43; 0,35; 0,23 e 0,22 <FONT FACE="Symbol">m</font>mol.L-1, nessa mesma ordem. Com base nas estimativas de Km concluiu-se que os cultivares Ângela Hiper e Miguel Pereira apresentaram carregadores com maior afinidade pelo íon Mg2+ que os cultivares Yokota e Kadá. As Vmáx indicam, entretanto, que...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lycopersicon esculentum; Tomateiro; Magnésio; Raízes destacadas; Absorção.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161999000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise dialélica da capacidade combinatória de cultivares de tomateiro Bragantia
Amaral Júnior,Antonio Teixeira do; Casali,Vicente Wagner Dias; Scapim,Carlos Alberto; Silva,Derly José Henriques da; Cruz,Cosme Damião.
Os cultivares de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.) Ângela I.5100, Floradade, IPA-05, IPA-06, Jumbo e Santa Clara, e os 15 possíveis híbridos F1s foram avaliados quanto à produção de frutos comerciáveis (PFC), espessura média da polpa (EMP), número médio de lóculos por fruto (NML) e teor de sólidos solúveis (TSS), com o objetivo de identificar parentais e híbridos promissores para programas de melhoramento. A análise dialélica, com base no método de Griffing, revelou a predominância dos efeitos gênicos não aditivos para o caráter PFC, ao contrário de EMP, enquanto NML acusou equivalência para os efeitos aditivos e não aditivos. Em decorrência das estimativas da capacidade geral de combinação (Gi) os cultivares Ângela I.5100, IPA-05 e IPA-06 são...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tomateiro; Lycopersicon esculentun Mill.; Análise dialélica; Capacidade combinatória; Heterose.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051996000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar de microtomateiros fitocromo-mutantes e ultra-estrutura de cloroplastos Ciência e Agrotecnologia
Melo,Hyrandir Cabral de; Castro,Evaristo Mauro de; Alves,Eduardo; Perina,Fabiano José.
Plantas fitocromo-mutantes têm sido utilizadas com o intuito de caracterizar isoladamente, dentre os demais fotorreceptores, a ação dos fitocromos sobre eventos ligados à fotomorfogênese. Raros são os estudos que relatam a ação dos fitocromos sobre aspectos estruturais, embora sejam fundamentais à compreensão do desenvolvimento das plantas. Neste trabalho, objetivou-se analisar características ultraestruturais de cloroplastos e aspectos anatômicos foliares dos microtomateiros (Solanum lycopersicum L. cv. Micro-Tom) fitocromo-mutantes aurea (subexpressa fitocromos), hp1 e atroviolacea (ambos supra-responsivos a eventos mediados por fitocromo) em plantas em estágio de floração. Observou-se que os fitocromos são responsáveis pela expressão de muitas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fotomorfogênese; Tomateiro.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ASPECTOS MORFOANATÔMICOS DE FRUTOS DE TOMATEIRO CULTIVAR ÂNGELA GIGANTE, SUBMETIDOS A TRATAMENTOS COM REGULADORES VEGETAIS Bragantia
MARTINS,MARIA BERNARDETE GONÇALVES; CAMARGO E CASTRO,PAULO ROBERTO DE.
O presente trabalho teve como finalidade obter dados morfológicos de frutos de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. `Ângela Gigante', submetidos à ação de reguladores vegetais, em dois ensaios que ocorreram em épocas distintas, em casa de vegetação. As mudas foram selecionadas e transplantadas para vasos com capacidade de 12 L de terra, contendo uma mistura de solo argiloso, areia, matéria orgânica e uma adubação mineral complementar de N, P, K. No segundo ensaio, após o transplante das mudas, além da adubação mineral complementar de N, P, K, efetuaram-se adubações adicionais (fertirrigação). Em ambos os ensaios, quando as plantas atingiram quatro folhas definitivas, realizaram-se as pulverizações com giberelina, GA3 50 mg/L; ácido naftalenacético, NAA...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tomateiro; Lycopersicon esculentum Mill.; Anatomia; Morfologia; Biorreguladores.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051997000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade moluscicida de princípios ativos de folhas de Lycopersicon esculentum (Solanales, Solanaceae) em Biomphalaria glabrata (Gastropoda, Planorbidae) Iheringia, Sér. Zool.
Leyton,Vilma; Henderson,Thomas O.; Mascara,Douglas; Kawano,Toshie.
Foram obtidos extratos aquosos e alcoólicos a partir de pó de folhas secas de tomateiro (Lycopersicon esculentum, Mill.) c.v. Cereja. Por extração metanólica e precipitação alcalina, foi obtido um produto que denominamos "glicoalcalóide esteroidal bruto" (GEb), no qual foi caracterizada a presença de tomatina. Em ensaios laboratoriais, os extratos aquosos, alcoólicos e o GEb apresentaram atividade moluscicida em Biomphalaria glabrata (Say, 1818). O "glicoalcalóide esteroidal bruto" apresentou alta atividade moluscicida (CL50 = 8,01 ppm e CL90 = 13,17 ppm), comparável à atividade da tomatina. Desovas de B. glabrata mostraram-se resistentes aos extratos testados. Os níveis de atividade moluscicida apresentados pelos diversos extratos e o GEb, apontam apenas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Moluscicida; Biomphalaria glabrata; Lycopersicon esculentum; Tomateiro.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212005000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da solarização do solo para o controle de Ralstonia solanacearum Trop. Plant Pathol.
Patrício,Flávia R. A.; Almeida,Irene M. G.; Santos,Amaury S; Cabral,Osvaldo; Tessarioli Neto,João; Sinigaglia,Celso; Beriam,Luís O. S.; Rodrigues Neto,Júlio.
O presente trabalho avaliou o emprego da solarização como uma alternativa para o controle da murcha bacteriana, causada por Ralstonia solanacearum, em amostras de solo infestado com o patógeno, dispostas em bolsas de náilon e enterradas em parcelas solarizadas ou não. Dois experimentos foram instalados, um em Campinas (SP), de fevereiro a abril de 2001, e o outro em Piracicaba (SP), de dezembro de 2001 a janeiro de 2002. Os ensaios foram efetuados em delineamento inteiramente casualizado, esquema fatorial, com quatro repetições, tendo cada parcela 4 x 4 m. Os fatores avaliados foram a solarização (com ou sem), efetuada com filme plástico transparente de 100 µm de espessura, o período de tratamento (30 e 60 dias e 37 e 60 dias para o primeiro e o segundo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Murcha bacteriana; Tomateiro.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582005000500003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliacao de germoplasma de tomate para resistencia a um isolado de Tospovirus. Repositório Alice
DUVAL, C. M.; CUPERTINO, F. P.; LUIZ, A. J. B.; GIORDANO, L. de B..
Ao se avaliar 27 acessos de Lycopersicon spp., por inoculacao mecanica, com o isolado ALD de Tospovirus, vindo de tomate, dois acessos de L. peruvianum (PI306811 e 34/10x34/31) mostraram altos niveis de resistencia ao virus. E discutida a utilizacao de tais acessos em programas de melhoramento, visando a criacao de variedades de tomate resistentes a Tospovirus.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Tomateiro; Eficiencia; Metodologia de inoculacao; Doenca de plantas; Infectividade; Suscetibilidade; Inoculacao mecanica; Germoplasma; Lycopersicon Esculentum; Tomate.
Ano: 1993 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/12929
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de variedades de tomateiro sob cultivo protegido em Vilhena, RO. Infoteca-e
UTUMI, M. M.; GODINHO, V. de P. C.; PRADO. E. E. do; WESP, O..
O objetivo deste trabalho é avaliar variedades de tomateiro predominantemente de grupo multilocular em condições de cultivo protegido
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Tomaticultura; Tomateiro; Tomate; Cultivar; Hortaliças; Melhoramento Genético; Rondônia; Vilhena.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/704089
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BIORREGULADORES NA MORFOLOGIA E NA PRODUTIVIDADE DE FRUTOS DE TOMATEIRO CULTIVAR ÂNGELA GIGANTE Bragantia
MARTINS,MARIA BERNARDETE GONÇALVES; CAMARGO E CASTRO,PAULO ROBERTO DE.
O presente trabalho teve como finalidade observar aspectos morfológicos dos frutos de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. cv. Ângela Gigante, submetidos à ação de biorreguladores, com ou sem adubação adicional, e determinar as possíveis alterações na produtividade. Foram desenvolvidos, em casa de vegetação, em épocas distintas, dois ensaios. As mudas foram selecionadas e transplantadas para vasos com capacidade de 12 L de terra, contendo uma mistura de solo argiloso, areia, matéria orgânica e uma adubação mineral complementar de N, P, K. No segundo ensaio, após o transplante das mudas, além da adubação mineral complementar de N, P, K, efetuaram-se adubações adicionais (fertirrigação). Em ambos os ensaios, quando as plantas atingiram quatro folhas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tomateiro; Lycopersicon esculentum Mill.; Reguladores vegetais; Produção.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051997000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da supressividade do solo a patógenos do tomateiro em sistemas de manejo orgânico e convencional. Repositório Alice
VALARINI, P. J.; FRIGHETTO, R. T. S.; AVILA, L. A.; ODA, L. M..
2005
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Supressividade; Tomateiro; Sistema de manejo; Tomate.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1021293
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de isolados de Phytophthora infestans do Distrito Federal e de Goiás Trop. Plant Pathol.
Reis,Ailton; Ribeiro,Fabiana H. S.; Mizubuti,Eduardo S. G..
Foram caracterizados 123 isolados de Phytophthora infestans obtidos de 21 lavouras de tomateiro e oito de batateira, em municípios do Estado de Goiás e Cidades Satélites de Brasília, no período de abril de 2001 a setembro de 2003. Os isolados foram caracterizados para os marcadores grupo de compatibilidade (123 isolados); isoenzima glucose 6-fosfato-isomerase (Gpi) (34 isolados) e resistência aos fungicidas mefenoxam (77 isolados) e metalaxyl (32 isolados de batateira), usando o método de disco de folhas. Todos os 78 isolados de tomateiro foram classificados no grupo de compatibilidade A1, enquanto os 45 de batateira foram do grupo A2. Os fenótipos para Gpi dos isolados de tomateiro (19) e de batateira (15) foram 86/100, típico da linhagem clonal US-1, e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Requeima; Tomateiro; Batateira; Variabilidade genética; Resistência a fungicida.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582006000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento e ciclo de vida de Epilachna vigintioctopunctata (Fabricius) (Coleoptera, Coccinellidae) em Lycopersicum esculentum Mill. (Solanaceae) Zoologia
Araujo-Siqueira,Marileusa; Almeida,Lúcia Massutti de.
Epilachna vigintioctopunctata (Fabricius, 1775) é praga de diversas plantas de importância agrícola na Ásia. Em 1990 foi encontrada no Brasil, em cucurbitácea próximo a Curitiba, Estado do Paraná. Em fevereiro de 2002, foram coletados em Solanum americanum Mill. (Solanaceae) (maria-preta) em Itajaí, Estado de Santa Catarina. Adultos foram mantidos em ± 24ºC, umidade relativa > 53%, 12 h fotofase e alimentados com folhas de Lycopersicum esculentum Mill. (Solanaceae). A média foi de 24,45 ovos por postura e o período de incubação de 7,14 dias. A viabilidade dos ovos foi de 63,68%. A média do 1º, 2º, 3º e 4º instares larvais foi em média 5,88; 4,62; 5,88 e 9,81 dias, respectivamente. O período larval totalizou em média 26,19 dias e o pupal 8,19 dias. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia; Epilachninae; Tomateiro.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752004000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo de mesofilo foliar por Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) em três cultivares de Lycopersicon esculentum Mill. Repositório Alice
BORGORNI, P. C.; SILVA, R. A. da; CARVALHO, G. S..
A "traça-do-tomateiro", Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), é uma das principais pragas do tomateiro na atualidade. Suas larvas atacam folhas, hastes, brotos, flores e frutos, causando severos danos à cultura. Trabalhos de quantificação do dano são relativamente raros e restringem-se à contagem do número de frutos atacados e estimativa dos danos foliares, nos testes de controle químico...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Traça-do-tomateiro; Consumo foliar; Tomateiro.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/343803
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo de mesofilo foliar por Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) em três cultivares de Lycopersicon esculentum Mill Ciência Rural
Bogorni,Paulo Cesar; Silva,Ricardo Adaime da; Carvalho,Gervásio Silva.
A "traça-do-tomateiro", Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), é uma das principais pragas do tomateiro na atualidade. Suas larvas atacam folhas, hastes, brotos, flores e frutos, causando severos danos à cultura. Trabalhos de quantificação do dano são relativamente raros e restringem-se à contagem do número de frutos atacados e estimativa dos danos foliares, nos testes de controle químico. Desta forma, realizou-se este trabalho objetivando quantificar o consumo de mesofilo foliar por este inseto em três cultivares de tomateiro (Carmem, Santa Clara e Empire). No Laboratório de Entomologia, do Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi realizada a criação de lagartas nas três...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Traça-do-tomateiro; Consumo foliar; Tomateiro.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle da murcha de fusarium do tomateiro com Fusarium oxysporum não patogênico. Repositório Alice
SILVA, J. C.; BETTIOL, W..
2005
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tomateiro; Controle biológico; Tomate; Murcha de fusarium; Fusarium oxysporum.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1021646
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Disponibilidade de radiação solar nos meses de inverno para o cultivo do tomateiro (Lycopersicun esculentum Mill.) na região de Santa Maria, RS Ciência Rural
Etefanel,Valduíno; Buriol,Galileo Adeli; Andriolo,Jerônimo Luiz; Lima,Carina Petry; Luzzi,Nilsa.
Determinou-se a probabilidade de ocorrência de dias com valores de radiação solar global inferiores àqueles considerados críticos ao desenvolvimento do tomateiro, cultivado em estufas para a região de Santa Maria (latitude: 29° 41'S, longitude: 53° 48'W e altitude: 95m), nos meses de maio, junho, julho e agosto. Considerou-se o valor de 200cal cm-2 dia-1 o limite trófico inferior e de 180cal cm-2 dia-1 um referencial da intensidade de valores baixos ao seu desenvolvimento. A radiação solar global foi estimada a partir dos dados diários de insolação, período 1912 - 1996. Os resultados demonstraram que a disponibilidade de radiação solar em Santa Maria é inferior à necessária para o bom desenvolvimento da cultura do tomateiro em estufa nos meses mais frios...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estufa; Tomateiro; Radiação solar.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781998000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doenças de plantas hortícolas recentemente constatadas na serra de Ibiapaba. Infoteca-e
FREIRE, F. das C. O.; SANTOS, A. A. dos; VIANA, F. M. P..
Em recente visita as areas horticolas de Ibiapaba ... os autores conduziram um levantamento dos problemas fitopatologicos mais importantes associados as culturas da alface americana, do tomateiro e do pimentao.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Horticultura; Doencas; Fitopatologia; Alface america; Tomateiro; Pimentao; Ibiapaba.
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/422599
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doenças do tomateiro sob cultivo protegido e em substrato de fibra de coco na Serra da Ibiapaba, Ceará. Infoteca-e
MARTINS, M. V. V.; MIRANDA, F. R. de; MESQUITA, A. L. M..
2010
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Tomateiro; Cultivo protegido; Fibra de coco; Substrato; Doença Controle.
Ano: 2010 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/883553
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da radiação solar no controle do tombamento no tomateiro causado por Pythium aphanidermatum. Infoteca-e
CHOUDHURY, M. M.; CHOUDHURY, E. N.; AMORIM NETO, M. da S..
Influencia da radiação solar no controle do tombamento no tomateiro, causado por Phytium aphanidermatum) no Campo Experimental de Bebedouro em Petrolina, PE. O inoculo do referido fungo foi incorporado nas parcelas ate a profundidade de 10 cm. O plastico usado no revestimento das parcelas foi do tipo transparente e de espessura de 0,08 a 0.09 mm. As parcelas foram mantidas com umidade proxima a capacidade de campo atraves de irrigacao com intervalo de tres dias. Os dados obtidos indicam que a radiação solar pode ser utilizada no controle do tombamento do tomateiro na região semiárida do Nordeste brasileiro.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Tomate; Doença; Controle; Tombamento; Radiação solar; Lycopersicum esculentum; Pythium aphanidermatum; Solar radiation; Tomato; Desease; Control; Cultivo; Tomateiro; Tomate; Tomato.
Ano: 1983 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/131798
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de genotipos de Lycopersicon spp. contendo diferentes teores de aleloquimicos sobre Phthorimaea operculella (Zell.) Repositório Alice
VENTURA, M.U.; VENDRAMIM, J.D..
Esta pesquisa foi realizada para estudar a resistencia de Lycopersicon hirsutum f. glabratum, linhagem PI I3417, a traca P. operaculella, e a importancia relativa dos aleloquimicos 2-tridecanona (2-T) e 2-undecanona (2-U) na manifestacao dessa resistencia. Foi estudada a biologia de P. operaculella em folhas de L. esculentum (P), de L. hirsutum f. globratum (P) e de 20 hibridos (P X P) XP e em L. hirsutum f. glabratum com os exsudatos glandulares removidos. Os teores dos aleloquimicos 2-T e 2-U nos genotipos foram determinados quantitativamente. Concluiu-se que existem fatores condicionadores da resistencia nos exsuatos dos tricomas glandulares, que contem o 2-T e o 2-U, e em outras partes das folhas de L. hirsutum f. glabratum. A resistencia condicionada...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Tomateiro; Praga; Resistencia; 2-Tridecanona; 2-Undecanona; Insecta; Tomato; Pest; Resistance.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/104153
Registros recuperados: 38
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional