Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomarcadores inflamatórios e de estresse oxidativo em cadelas submetidas à ovário-histerectomia videoassistida ou convencional Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Dalmolin,F.; Lhamas,C.L.; Pinto Filho,S.T.L.; Feranti,J.P.S.; Poerschke,A.; Beck,R.C.; Abdalla,F.H.; Andrade,C.M.; Brun,M.V..
RESUMO A videocirurgia é atualmente uma das principais ferramentas operatórias, com vantagens que incluem menor estresse, incisões e dor pós-operatória quando comparada aos procedimentos abertos. Objetivou-se comparar o processo inflamatório e o estresse oxidativo resultantes das técnicas de ovário-histerectomia (OVH) convencional e videoassistida, com dois portais em cadelas, por meio de hemograma, avaliação de acetilcolinesterase, butirilcolinesterase, catalase e malondialdeído séricos, imediatamente antes da operação e duas, seis, 12, 24, 48 e 72 horas após a cirurgia. Observou-se menor estresse cirúrgico nas pacientes operadas pela técnica videoassistida, e sugere-se que a técnica convencional possa implicar peroxidação lipídica, mesmo com o uso de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Espécies reativas; Videocirurgia; Acetilcolinesterase; Butirilcolinesterase; Peroxidação lipídica.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352016000300687
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biópsia do miocárdio em cães: acesso minimamente invasivo por cirurgia torácica videoassistida Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Martins,L.G.A.; Raiser,A.G.; Richter,R.K.; Braga,F.V.A.; Rappeti,J.C.; Oliveira,A.N.C..
Realizou-se uma série de biópsias cardíacas em cães para testar o acesso toracoscópico, utilizando-se oito cães sem raça definida, sob condições de manejo e alimentação adequados. A abordagem à cavidade torácica foi feita por meio de cirurgia torácica videoassistida e o instrumental utilizado para remoção do fragmento de miocárdio foi o convencional em lugar das pinças de videocirurgia. A eficácia do procedimento foi confirmada pelo tempo decorrido entre as incisões, a execução da biópsia e a sutura do tórax, com duração média de 15 minutos. A cirurgia torácica videoassistida para biópsias cardíacas foi considerada segura e adequada, minimizando o desconforto pós-operatório dos pacientes submetidos ao acesso torácico.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Coração; Biópsia; Videocirurgia.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000600004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biopsia hepática endoscópica transvaginal em cadelas Ciência Rural
Souza,Leonardo Alves Coutinho; Brun,Maurício Veloso; Basso,Paula Cristina; Müller,Daniel Curvello de Mendonça; Feranti,João Pedro Scussel; Santos,Fabiane Reginatto dos; Oliveira,Marília Teresa de; Colomé,Lucas Marques; Dutra,Luciana Hermes.
Esse trabalho teve o objetivo de propor uma técnica de biopsia hepática endoscópica transvaginal em cadelas, evitando-se o acesso através da parede abdominal, técnica essa internacionalmente conhecida por NOTES (natural orifice transluminal endoscopic surgery). Para tanto, foram utilizadas sete cadelas, as quais foram submetidas a dois procedimentos. O primeiro constou de biopsia hepática pela técnica proposta. Para isso, realizou-se a incisão vaginal após exteriorização através da vulva. Pela ferida vaginal foi introduzido um endoscópio flexível de 11mm de diâmetro com dois canais de trabalho. Este foi empregado na obtenção das amostras hepáticas. O segundo procedimento foi de avaliação laparoscópica aos 53 dias após a biopsia. As variáveis analisadas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Videocirurgia; Endoscopia; Laparoscopia; NOTES.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000200021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cistopexia videoassistida em cadela com cistocele após prolapso uterino: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Krebs,T.; Brun,M.V.; Linhares,M.T.; Dalmolin,F.; Pohl,V.H.; Feranti,J.P.S..
O prolapso de vesícula urinária associado ao prolapso uterino é condição rara em cães e gatos. O tratamento preconizado para essa afecção é o reposicionamento anatômico das estruturas afetadas. No presente relato é descrito o manejo por meio de ovariossalpingo-histerectomia por celiotomia e, após dois dias, cistopexia videoassistida. Essa condição, conforme o conhecimento dos autores, não havia sido previamente descrita. A operação apresentou-se como possibilidade viável de tratamento, sem complicações pós-operatórias.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Videocirurgia; Retroflexão vesical; Vesícula urinária; Prolapso; Canino.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000200347
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Colopexia laparoscópica com retalho de tela de polipropileno em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Brun,M.V.; Guimarães,L.D.; Barcellos,H.H.A.; Guizzo Júnior,N.; Pereira,R.A..
Avaliou-se uma nova técnica de colopexia laparoscópica, sem necessidade de suturas intracorpóreas em cães, utilizando a implantação de segmento de tela de polipropileno em 11 animais. As superfícies serosas do cólon descendente e parede muscular foram mantidas em contato com o implante posicionado por meio de lesão produzida no mesocólon e sob o retalho bipediculado de músculo transverso abdominal. As extremidades da tela foram unidas com a aplicação de clipe de titânio. Os procedimentos duraram 36,00±13,15min, sem a ocorrência de complicações. No período pós-operatório, foi verificada a manutenção da colopexia em sete animais, a formação de fixação parcial entre o intestino e a parede em três cães, e a não formação de aderências do cólon em um paciente....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Videocirurgia; Endocirurgia; Videolaparoscopia.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000100020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Colopexia videoassistida com dois portais para o tratamento de prolapso retal recidivante Ciência Rural
Guedes,Rogério Luizari; Linhares,Marcella Teixeira; Castro Junior,Ialo Ferro de; Simeoni,Caroline Posser; Cunha,Thiago de Oliveira; Gomes,Cristiano; Brun,Maurício Veloso; Pippi,Ney Luis.
O presente relato descreve a utilização da colopexia videoassistida por meio de dois portais de acesso em um caso de cão com prolapso retal recidivante. Após abordagem laparoscópica, o cólon descendente foi tracionado em sentido caudocranial, promovendo-se a redução do prolapso. O acesso pré-púbico foi ampliado, exteriorizando-se o bordo antimesentérico do cólon, no qual se realizou incisão seromuscular de tamanho correspondente à realizada na parede muscular, criando uma ferida de aproximadamente 2,5cm de extensão. A fixação à bainha muscular interna se deu através de sutura contínua simples empregando fio de ácido poliglicólico n° 2-0. Não houve complicações no trans-operatório, bem como indícios de recidiva ou episódios de tenesmo e disquesia após seis...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Canino; Cólon descendente; Colopexia; Videocirurgia.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000100018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Laparoendoscopic Single-Site Surgery na realização de criptorquidectomia laparoscópica em um gato Ciência Rural
Feranti,João Pedro Scussel; Oliveira,Marília Teresa de; Souza,Fernando Wiecheteck de; Corrêa,Luís Felipe Dutra; Pinto Filho,Saulo Tadeu Lemos; Dalmolin,Fabíola; Hartmann,Hellen Fialho; Brun,Maurício Veloso.
A afecção congênita mais comum nos animais domésticos é denominada de criptorquidismo, sendo caracterizada pela não migração de um ou ambos os testículos até o escroto. O objetivo deste trabalho é relatar a técnica de criptorquidectomia videoassistida, através de um único acesso (LESS) sem dispositivos específicos, em um gato siamês com dois anos de idade e 3,9kg de massa corporal. Utilizou-se um único portal de 5 mm, inserido na linha média ventral na região pré-púbica. Por esse portal, a cavidade foi insuflada com CO2 medicinal, permitindo a obtenção do pneumoperitônio (8mmHg) a uma velocidade de 1 l/min. Após o inventário da cavidade abdominal, com o auxílio de um endoscópio de 5mm e 25o, identificou-se o testículo ectópico. Com a utilização de uma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Orquiectomia; Videocirurgia; Felino; LESS.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782015001001826
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Meloxicam associado ou não ao tramadol no controle da dor após ovário-histerectomia videoassistida em cadelas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Oliveira,M.T.; França,R.T.; Feranti,J.P.S.; Coutinho Júnior,A.S.; Soares,A.V.; Santos,F.R. B.; Corrêa,L.F.D.; Hartmann,H.F.; Pinto Filho,S.T.L.; Chaves,R.O.; Pohl,V.H.; Brun,M.V..
O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia do meloxicam associado ou não ao tramadol, no controle da dor após ovário-histerectomia (OVH) laparoscópica com dois portais. Foram selecionadas 14 cadelas hígidas. Os animais foram separados de forma aleatória, em dois grupos. O grupo M (GM) recebeu meloxicam (0,2mg kg-1, s.i.d.), enquanto os animais do grupo MT (GMT) receberam a associação de meloxicam (0,2mg kg-1, s.i.d.) e tramadol (4mg kg-1, t.i.d.), ambos durante dois dias de pós-operatório. Para avaliação da dor pós-cirúrgica, foram utilizadas as escalas de Melbourne e escala visual analógica (EVA), além de mensurações de glicemia e cortisol sérico. Não houve diferença ao se avaliarem os grupos GM e GMT pela escala de Melbourne nem pela EVA. As...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Analgesia; AINES; Videocirurgia.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352016000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovariohisterectomia videoassistida com dois portais para o tratamento de piometra em cadela Ciência Rural
Guedes,Rogério Luizari; Simeoni,Caroline Posser; Linhares,Marcella Teixeira; Castro Junior,Ialo Ferro de; Cunha,Thiago de Oliveira; Souza,Fernando Wiecheteck de; Pippi,Ney Luis.
O presente trabalho descreve o tratamento de piometra em uma cadela submetida à ovariohisterectomia videoassistida por meio de dois portais. O acesso da cavidade abdominal ocorreu através de duas incisões de 1cm em linha média, sendo os ovários fixados na parede abdominal por um reparo transcutâneo e, após a visualização do leito vascular, iniciou-se a colocação de clipes de titânio para hemostasia com posterior secção dos cotos ovarianos. A incisão pré-púbica foi ampliada, sendo os ovários e útero exteriorizados e o corpo uterino ligado pelo método convencional de pediculação. O tratamento de piometra videoassistido com dois portais foi realizado em tempo cirúrgico hábil, quando comparado aos observados em procedimentos laparoscópicos na literatura, sem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Canino; Laparoscopia; Videocirurgia; Hiperplasia endometrial cística.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000600014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ovariossalpingo-histerectomia em cadelas: comparação da dor e análises cardiorrespiratória, pressórica e hemogasométrica nas abordagens convencional, por NOTES híbrida e NOTES total Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Basso,P.C.; Raiser,A.G.; Brun,M.V.; Müller,D.C.M.; Lukarsewski,R.; Serafini,G.M.C.; Freitas,G.C.; Dutra,L.H.; Marconato,F..
A cirurgia endoscópica por orifícios naturais (NOTES) é um novo conceito de abordagem videocirúrgica, que surge como alternativa à cirurgia convencional, eliminando incisões abdominais e as possíveis complicações relacionadas a ela. A proposta deste artigo foi comparar técnicas de ovariossalpingo-histerectomia (OSH) em cadelas, buscando determinar o procedimento que oferece menores alterações hemodinâmicas e menos estímulos dolorosos trans e pós-operatório. Para tanto, foram utilizadas 21 cadelas alocadas em três grupos. No primeiro, os pacientes foram submetidos à OSH por celiotomia (GC), no segundo por meio da técnica de NOTES híbrida (GNH) e no terceiro (GNT), utilizando-se a técnica de NOTES total. O tempo cirúrgico do GNH foi significativamente maior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Cirurgia endoluminal; Cirurgia sem incisão; Videocirurgia.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352014000501329
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Refluxo gastroesofágico em cadelas submetidas à ovário-histerectomia convencional ou videoassistida Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Hartmann,H.F.; Feranti,J.P.S.; Oliveira,M.T.; Linhares,M.T.; Correa,L.F.D.; Coradini,G.P.; Abati,S.L.; Brun,M.V..
RESUMO A doença do refluxo gastroesofágico decorre do fluxo de conteúdo gastroduodenal para o esôfago e/ou órgãos adjacentes, o que leva à ampla gama de sinais e implicações clínicas. A incidência de refluxo gastroesofágico transoperatório em caninos é desconhecida. O objetivo deste trabalho foi, por meio da endoscopia flexível, avaliar a presença e quantificar o refluxo gastroesofágico em cadelas submetidas à ovário-histerectomia por duas abordagens cirúrgicas (convencional e videoassistida com dois portais), pré-medicadas com morfina. Cem por cento das cadelas submetidas à ovário-histerectomia videoassistida e 30% das cadelas submetidas à ovário-histerectomia convencional apresentaram algum grau de refluxo. A intensidade dos refluxos foi maior nas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Endoscopia; Regurgitação transoperatória; Cirurgia; Videocirurgia; Canino.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000100101
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Videolaparoscopia topográfica de equinos em estação com três diferentes massas corpóreas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Nóbrega,F.S.; Beck,C.A.C.; Ferreira,M.P.; Voll,J.; Ramos,C.A.; Scarton,R.B..
Descreveu-se a anatomia topográfica, obtida por videolaparoscopia, da cavidade abdominal de 21 equinos hígidos, em estação, distribuídos em três grupos conforme massa corpórea. No grupo A foram incluídos animais com até 250kg; no grupo B, animais entre 251 e 350kg; e no grupo C, animais acima de 351kg. A técnica cirúrgica realizada foi a laparoscopia com acesso pelas fossas paralombares esquerda e direita, utilizando a introdução videoassistida da cânula, iniciando sempre pelo flanco esquerdo. O acesso esquerdo permitiu a observação do diafragma, estômago, lobo hepático esquerdo, baço, área renal, intestino delgado, cólon menor, bexiga, órgãos reprodutivos internos do macho e da fêmea e reto. No acesso paralombar direito, foram observados diafragma, lobo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Equino; Anatomia; Videocirurgia; Laparoscopia.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000400012
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional