Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de linhagens de feijão mungo em Primavera do Leste, MT. Repositório Alice
RAMOS, L. G.; MENEZES JUNIOR, J. A. de; PALADINO, F. G.; SILVA, K. J. D. e; ROCHA, M. de M..
O feijão-mungo (Vigna radiata L.) é uma leguminosa anual, de porte ereto/semiereto, tradicionalmente cultivado no continente asiático e conhecido no Brasil pelo nome comum de mungo-verde, devido a coloração esverdeada do tegumento do grão das cultivares utilizadas. O feijão-mungo não é muito difundido no Brasil, mas o consumo na forma de broto é bastante comum (Vieira et al., 2003). Pesquisas têm demonstrado que o broto de feijão-mungo pode desempenhar funções biológicas importantes como antiestresse (Yeap et al., 2014), anti-inflamatório (Ali et al., 2014), antioxidante e hepatoprotetor (Ali et al., 2013). Por apresentar boa adaptação a regiões de clima tropical e subtropical e por atingir boa produtividade quando comparado ao feijão comum (Vieira et al.,...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Pulses; Primavera do Leste-MT; Linhagem; Feijão Mungo; Leguminosa; Safrinha; Vigna radiata.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1139359
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biological Control of Charcoal Rot of Mungbean by Trichoderma harzianum and Shoot Dry Biomass of Sisymbrium irio Planta Daninha
JAVAID,A.; AFZAL,L.; SHOAIB,A..
ABSTRACT: A pot experiment was carried out for the biological control of charcoal rot on mung bean (Vigna radiata), caused by Macrophomina phaseolina. Pot soil was made sick with an inoculum of M. phaseolina. Dried powdered leaves of Sisymbrium irio, a weed from the Brassicaceae family, were mixed in soil at 1, 2 and 3% (w/w) with and without the application of Trichoderma harzianm, a fungal biological control agent. The highest grain yield (3.62 g pot-1) was recorded in a combined application of T. harzianum and 1% S. irio leaf amendment, which was 62% and 805% higher than negative and positive control treatments, respectively. The application of S. irio leaf amendment and T. harzianum generally enhanced leaf protein, sugar and chlorophyll contents, and...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Charcoal rot; Macrophomina phaseolina; Plant physiology; Sisymbrium irio; Trichoderma harzianum; Vigna radiata.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582017000100274
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Correlação entre caracteres e produtividade de grãos de linhagens de feijão-mungo. Repositório Alice
ALVES, S. M.; MENEZES JUNIOR, J. A. de; RAMOS, L. G.; ROCHA, M. de M.; SILVA, K. J. D. e.
O feijão-mungo (Vigna radiata (L.) Wilczek) é uma leguminosa granífera nativa da Ásia, onde é cultivada e consumida em grandes quantidades. No Brasil, sua produção ainda não é muito difundida, contudo, devido à demanda internacional por pulses, áreas de plantio de feijão-mungo em Mato Grosso têm sido observadas, gerando a necessidade de pesquisas. Desta forma, o feijão-mungo se apresenta como importante opção para diversificação de cultivos na safrinha de Mato Grosso e para aumentar a oferta de alimentos, de origem vegetal, ricos em proteína. A cultura do feijão-mungo se desenvolve bem em regiões de clima quente sendo a faixa ótima de 28 a 30 °C (Vieira et al., 2005). Considerando a possibilidade de colheita mecanizada, ciclo de maturação curto e o clima...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Pulses; Colheita mecanizada; Nova Ubiratã-MT; Produtividade; Grão; Linhagem; Feijão Mungo; Leguminosa; Safrinha; Vigna radiata.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1140164
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cultivo do feijão-mungo-verde no verão em Viçosa e em Prudente de Morais Horticultura Brasileira
Vieira,Rogério F.; Oliveira,Valter R.; Vieira,Clibas.
Foram avaliados no verão, 25 genótipos de feijão-mungo-verde em Viçosa (plantio em dezembro de 1997) e em Prudente de Morais (plantio em janeiro de 1999) (MG): dezenove linhagens do "Asian Vegetable Research Development Center", quatro do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, uma cultivar de origem peruana além da cv. Ouro Verde. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com três repetições. Os rendimentos variaram de 1,2 a 2,0 t/ha em Viçosa e de 1,3 a 2,6 t/ha em Prudente de Morais. Muitas linhagens renderam mais que a cultivar Ouro Verde, destacando-se a 'VC 3984-B-2-B-4-1-B' pela resistência ao acamamento. O feijão-mungo-verde mostrou-se bem adaptado ao verão, proporcionando alto rendimento em tempo relativamente curto.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vigna radiata; Rendimento; Acamamento; Ciclo vegetativo.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362003000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diversidade genética de bactérias isoladas de nódulos de Vigna radiata cultivado em solos do Semiárido. Repositório Alice
SANTOS, J. C. S.; SILVA, V. B. da; PEREIRA, E. C.; SOUZA, A. P. de; FERNANDES JUNIOR, P. I..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade genética de rizóbios de nódulos de Vigna radiata nativos de solos de cinco municípios do Semiárido. As comunidades rizobianas foram isoladas a partir de um experimento com planta-isca nas dependências da Embrapa Semiárido. Após o isolamento e purifi cação, o DNA foi extraído, realizou-se a amplifi cação simultânea dos fragmentos dos genes simbióticos nodC e nifH e, para os isolados positivos, amplifi cou-se o gene 16S rRNA para a realização do ARDRA, utilizando-se as enzimas Hha e AluI. Foram obtidos115 isolados, dos quais 66 foram positivos para a amplifi cação dos genes nodC e nifH. A análise dos perfi s de restrição dos isolados revelou a presença de dois grandes grupos representados por 47...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Rizóbio; Fixação biológica de nitrogênio; ARDRA; Diversidade genética; Feijão-caupi; Simbiose; Feijão; Bactéria; Melhoramento Genético Vegetal; Solo; Vigna radiata.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1114581
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fluxograma de beneficiamento para sementes de feijão-mungo-verde (Vigna radiata L.). Repositório Alice
ARAUJO, R. F.; ARAUJO, E. F.; ZONTA, J. B.; VIEIRA, R. F.; DONZELES, S. M. L..
O beneficiamento é componente fundamental em qualquer programa organizado de produção de sementes e visa aprimorar características do lote. Objetivou-se neste trabalho estabelecer um fluxograma de beneficiamento para sementes de feijão-mungo-verde (Vigna radiata L.). Utilizaram-se sementes dois lotes. O primeiro lote foi proveniente de colheita parcelada das vagens, em três épocas, e o segundo de colheita de toda a planta, com a maioria das vagens secas. Foram testados 13 fluxogramas de beneficiamento, com a utilização da máquina de ventilador e peneiras, separador pneumático, mesa de gravidade e classificador de peneiras. As sementes foram avaliadas quanto a sua qualidade física, fisiológica e sanitária. O fluxograma de beneficiamento ideal para lotes de...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Feijão-mungo-verde; Beneficiamento; Vigna radiata.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/902584
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Management of Charcoal Rot of Mungbean by Two Trichoderma Species and Dry Biomass of Coronopus didymus Planta Daninha
JAVAID,A.; KHAN,I.H.; SHOAIB,A..
ABSTRACT: A pot experiment was carried out to check the effect of Coronopus didymus (L.) Sm. dry biomass application (1%, 2% and 3% w/w) and two species of Trichoderma (T. viride and T. aureoviride) on growth and physiology of mungbean [Vigna radiata (L.) WIlczek] under biotic stress of Macrophomina phaseolina (Tassi) Goid. Inoculation of M. phaseolina (positive control) reduced plant survival, shoot and root length as well as plant dry biomass by 22%, 52%, 61% and 64%, respectively, over the negative control (without any amendment). There was 100% plant survival in treatments with T. aureoviride alone or in combination with 1% and 2% C. didymus biomass. Likewise, T. viride in combination with 2% biomass also showed 100% plant survival. Application of 3%...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biological control; Soil amendment; Swinecress; Vigna radiata.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582018000100323
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ouro Verde MG 2: nova cultivar de mungo-verde para Minas Gerais Horticultura Brasileira
Vieira,Rogério F.; Oliveira,Valter R.; Vieira,Clibas; Pinto,Cleide Maria F..
Dentre várias linhagens introduzidas do "Asian Vegetable Research and Development Center" (AVRDC), sobressaiu a linhagem VC 3984-B-2-B-4-1-B, que recebeu o nome de Ouro Verde MG 2. Suas sementes são verde-brilhantes e o peso de 1000 unidades varia de 43 a 51 g. O início da floração ocorre em torno de 33 dias após a emergência e a primeira vagem madura surge entre 23 e 33 dias. Por se tratar de espécie de maturação desuniforme, podem ser necessárias duas a quatro colheitas. As plantas podem atingir 95 cm de altura. As vagens são marrom-escuras e concentram-se na parte superior da planta. É suscetível a duas doenças que geralmente aparecem no final do ciclo de vida do mungo-verde: míldio-pulverulento (Erysiphe polygoni) e mancha-foliar-de-cercospora...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vigna radiata; Acamamento; Rendimento; Peso de sementes.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362002000100024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quebra de dormência de sementes do feijão-mungo PAB
Lin,Shiow Shong.
No laboratório de sementes da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, avaliou-se o efeito de tratamentos pré-germinativos sobre a quebra de dormência em sementes do feijão-mungo (Vigna radiata L., Leguminosae). As sementes de quatro cultivares (Pusa 9173, ML 267, NM 51 e Chun Nam 4) foram submetidas aos tratamentos com água quente (80°C), álcool à temperatura ambiente e ácido sulfúrico concentrado. Os tratamentos com ácido sulfúrico concentrado foram os que apresentaram as maiores porcentagens de germinação. Os tratamentos com imersão em álcool durante 5 e 10 minutos, e em água à temperatura de 80°C por 5 e 10 minutos mostraram-se eficientes, atingindo percentuais de germinação superiores aos da testemunha. No tratamento de imersão em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tratamento químico; Vigna radiata.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X1999000600021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Teste de condutividade elétrica para sementes de feijão-mungo-verde. Repositório Alice
ARAUJO, R. F.; ZONTA, J. B.; ARAUJO, E. F.; HEBERLE, E.; ZONTA, F. M. G..
A utilização de sementes de boa qualidade é fundamental para o estabelecimento adequado de uma lavoura. Para uma análise mais precisa da qualidade de sementes, faz-se necessário complementar as informações fornecidas pelo teste de germinação com testes de vigor, possibilitando, assim, selecionar os melhores lotes para comercialização e semeadura. Dentre esses testes, destaca-se o de condutividade elétrica. Objetivou-se neste trabalho estabelecer uma metodologia adequada para o teste de condutividade elétrica em sementes de feijão-mungo-verde, considerando períodos de embebição e número de sementes. Foram utilizados seis lotes de sementes e o teste de condutividade elétrica foi realizado com as seguintes variações: 100, 75 e 50 sementes embebidas em 75 mL...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Feijão-mungo-verde.; Teste de Vigor.; Vigna radiata.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/902449
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional