Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição Química do Soro de Pintos de Corte Alimentados com Dietas Purificadas R. Bras. Zootec.
Silva,Fernanda Alvares da; Moraes,George Henrique Kling de; Rodrigues,Ana Cláudia Peres; Fonseca,Cláudio César; Oliveira,Maria Goreti de Almeida; Albino,Luiz Fernando Teixeira; Rostagno,Horacio Santiago; Freitas,Heloísa Torres de.
Um experimento foi conduzido com o objetivo de estudar os efeitos de níveis de ácido L-glutâmico (L-Glu) e vitamina D3 (VD) no soro de pintos de corte de um dia, machos, Hubbard, criados em baterias aquecidas, recebendo dieta básica purificada, suplementada com 5, 10 e 15% de L-Glu combinados com 0, 5.000, 10.000 e 15.000 UI de vitamina D3/kg. Os animais foram distribuídos em esquema fatorial em um delineamento inteiramente casualizado, com 12 tratamentos, quatro repetições e sete aves por repetição. As concentrações máximas de cálcio no soro (9,61 mg/dL) foram obtidas com 15% de L-Glu e 14.181UI de VD; 7,33 mg/dL de cálcio iônico com 15% de L-Glu e 15.664UI de VD; 7,20 mg/dL de fósforo com 10% de L-Glu e 10.863UI de VD. Os maiores valores de atividade de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácido L-glutâmico; Composição química; Pintos de corte; Problemas de pernas; Soro; Vitamina D3.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000700021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de extratos de Nierembergia veitchii (Hook) Solanaceae sobre a fertilidade de ratas e morfologia óssea dos fetos Ciência Rural
Mello,João Roberto Braga de; Langeloh,Augusto; Habermehl,Gerhard; Krebs,Hans; Bastos,Fernanda; Alvares,Fernanda.
Os efeitos da administração oral dos extratos aquoso (NvH2O), metanólico (NvmeOH), butanólico (Nvbut) e hexano (Nvhex), obtidos, seqüencialmente, de 500g de Nierembergia veitchii (planta seca), foram comparados aos obtidos com vitamina D3 (2,5mg.kg-1) e aos de um grupo controle (solução fisiológica - SF), quando administrados, durante todo o período de gestação (21 dias), a ratas albinas Wistar. A redução do ganho de peso foi evidente nas fêmeas tratadas com Nvhex, Nvbut e vitamina D3. Nesses grupos, houve redução do número de implantes uterinos (9,3 ± 1,4; 9,6 + 1,4 e 8,4 ± 1,4), quando comparados com o controle (SF) (11,2 ± 0,4). Essa redução também foi observada no número de filhotes por ninhada (8,1 ± 1,3; 9,0 ± 1,5; 5,1 ± 1,7 e 10,3 ± 0,6), e na massa...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantas calcinogênicas; Nierembergia veitchii; Vitamina D3; Infertilidade; Teratogenia.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000300006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos do Ácido L-Glutâmico e da Vitamina D3 no Desempenho e nas Anomalias Ósseas de Pintos de Corte R. Bras. Zootec.
Silva,Fernanda Alvares da; Moraes,George Henrique Kling de; Rodrigues,Ana Cláudia Peres; Oliveira,Maria Goreti de Almeida; Rostagno,Horacio Santiago; Albino,Luiz Fernando Teixeira; Fonseca,Cláudio César; Minafra,Cibele Silva.
Um experimento foi conduzido para estudar os efeitos de níveis de ácido L-Glutâmico (L-Glu) e vitamina D3 (VD) da dieta em pintos de corte de um dia, machos, Hubbard, recebendo dieta básica purificada, contendo todos os L-aminoácidos essenciais, minerais e vitaminas (exceto vitamina D3), suplementada com 5, 10 e 15% de L-Glu, combinados com 0, 5.000, 10.000 e 15.000 UI de vitamina D3. O experimento foi realizado utilizando-se esquema fatorial, em delineamento inteiramente casualizado 3 x 4, com quatro repetições de sete aves cada. O ganho de peso aumentou até o nível máximo estimado, de 8,56% de L-Glu e 15.000 UI de vitamina D3. A melhor taxa de conversão alimentar foi verificada com nível estimado de 8,40% de L-Glu. O maior consumo de ração estimado foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácido L-glutâmico; Vitamina D3; Frangos de corte; Desempenho; Problemas de pernas.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000800015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos do Ácido L-Glutâmico e da Vitamina D3 nos Fêmures e Tibiotarsos de Pintos de Corte R. Bras. Zootec.
Silva,Fernanda Alvares da; Moraes,George Henrique Kling de; Rodrigues,Ana Cláudia Peres; Albino,Luiz Fernando Teixeira; Rostagno,Horacio Santiago; Oliveira,Maria Goreti de Almeida; Fonseca,Cláudio César; Fanchiotti,Flávia Escapini.
Um experimento foi conduzido com o objetivo de estudar os efeitos de três níveis (5, 10 e 15%) de ácido L-glutâmico (L-Glu) e quatro níveis (0, 5000, 10.000 e 15.000 UI/kg) de vitamina D3 (VD) nos parâmetros ósseos de pintos de corte machos, Hubbard. Os animais foram criados em baterias aquecidas e alimentados, à vontade, com dietas de aminoácidos purificados de 1 a 14 dias de idade. O experimento foi realizado em esquema fatorial, em delineamento inteiramente casualizado 3 x 4, com quatro repetições de sete aves cada. Observaram-se comprimentos máximos (37,61 e 50,36 mm), com 9,51% de L-Glu e 15.000 UI de VD e 9,99% de L-Glu e 15.000 UI de VD, para o fêmur e tibiotarso, respectivamente. O diâmetro do fêmur (3,62 mm) e tibiotarso (3,17 mm) aumentou até o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: L-glutâmico; Vitamina D3; Pintos de corte; Problemas de pernas; Proteínas ósseas.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000800016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência de diferentes níveis de energia, vitamina D3 e relação sódio:cloro sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais R. Bras. Zootec.
Faria,Douglas Emygdio de; Junqueira,Otto Mack; Sakomura,Nilva Kazue; Santana,Áureo Evangelista.
RESUMO - Este experimento foi realizado com o objetivo de verificar a influência de diferentes níveis de energia, vitamina D3 e relação sódio:cloro sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos e de determinados constituintes sangüíneos, em 192 galinhas Hy-Line W36, com 72 semanas de idade, distribuídas em 48 unidades experimentais com quatro aves cada. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso em arranjo fatorial (3 x 2 x 2), níveis de energia metabolizável (2900, 3000 e 3100 kcal/kg), níveis de vitamina D3 (500 e 2500 UI/kg) e relação sódio:cloro (0,74:1 e 1,2:1), totalizando 12 tratamentos com quatro repetições cada. As rações experimentais foram isoprotéicas (17% PB), isocálcicas (4,4% Ca), isofosfóricas (0,5% P total) e isosódicas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Energia metabolizável; Nutrição; Poedeiras; Qualidade da casca dos ovos; Relação sódio:cloro; Vitamina D3.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982000000200021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Integridade óssea em poedeiras comerciais: influência de dietas enriquecidas com ácidos graxos poliinsaturados e tipo de muda induzida. Infoteca-e
MAZZUCO, H..
bitstream/CNPSA/15864/1/publicacao_e9u22h1t.pdf
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Poedeiras; Dietas; Ossos; Vitamina D3; Muda induzida.; Cálcio; Fósforo..
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/443748
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional