Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Características de carcaça em ovinos alimentados com rações contendo torta de mamona.
Autores:  GOMES, F. H. T.
CÂNDIDO, M. J. D.
CARNEIRO, M. S. de S.
FURTADO, R. N.
PEREIRA, E. S.
BOMFIM, M. A. D.
SOMBRA, W. A.
BERNARDES, D. F. V.
Data:  2012-05-02
Ano:  2012
Palavras-chave:  Rendimento de carcaça
Cortes de carcaça
Ovino
Confinamento
Ricinus communis
Destoxificação
Mamona
Torta
Carcass yield
Confinement
Commercial cuts
Detoxification
Sheep
Resumo:  Resumo - Objetivou-se avaliar a influência de rações que continham torta de mamona em características de carcaça e componentes não carcaça de ovinos. Foram distribuídos 20 ovinos Morada Nova (peso inicial de 18,7±1,18kg) em blocos ao acaso, de acordo com o sexo (machos inteiros e fêmeas), com cinco tratamentos (torta de mamona não tratada, tratada com calcário calcítico, ureia, fosfato monobicálcico e autoclavada) e quatro repetições. Não houve diferença no consumo de matéria seca, ganho de peso total e peso ao abate entre tratamentos e, consequentemente, não ocorreu na maioria das variáveis analisadas entre tratamentos. No entanto, animais alimentados com torta autoclavada e torta tratada com fosfato monobicálcico foram superiores aos alimentados com torta de mamona não tratada. Quanto à perda ao jejum, houve diferença entre animais alimentados com torta autoclavada e com ureia, o que resultou em diferença no percentual de peso de corpo vazio. Animais alimentados com torta tratada com fosfato monobicálcico apresentaram maior peso de rúmen retículo em relação aos animais do tratamento ureia. A área de olho de lombo foi melhor nos animais alimentados com torta de mamona autoclavada seguido pelos animais que ingeriram torta tratada com fosfato monobicálcico. Em geral, a torta de mamona não tratada não prejudica as características de carcaça e seus não componentes. Carcass characteristics of sheep fed rations containing castor cake. Abstract - To evaluate the effects of rations containing castor cake on sheep carcass and non carcass components characteristics, this research was undertaken. Twenty Morada Nova sheep (initial weight of 18,7±1,18kg) were assigned to a complete randomized block design according to sex (whole males and females), with five treatments (castor cake untreated, castor cake treated with limestone, urea, phosphate monodicalcium and autoclaved) and four repetitions. There wasn?t difference in dry matter intake, total weight gain and weight of slaughter between treatments and therefore didn?t occur in most variables between treatments. However, animals fed with rations containing castor cake autoclaved and castor cake treated with phosphate monodicalcium were higher than those fed untreated castor cake. The loss in fast, there was difference between animals fed with rations containing castor cake autoclaved and animals fed with castor cake treated with urea, resulting also in difference in the percentage empty body weight. Animals fed with rations containing treated with phosphate monodicalcium had higher weight of rumen-reticulum in relation to the animals fed with ration containing castor cake treated with urea. The rib eye area was greater on animals fed castor cake autoclaved and treated with phosphate monodicalcium. In general, the castor cake untreated not affect carcass and non carcass components.

2012
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  25537

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/923494

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/58521/1/API-Caracterisitcas-de-carcaca.pdf
Editor:  Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, Salvador, v. 13, n. 1, p. 283-295, jan./mar., 2012.
Relação:  Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional