Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Efeito de doses reduzidas de Glyphosate e Paraquat simulando deriva na cultura do milho.
Autores:  MAGALHAES, P. C.
SILVA, J.B.
DURAES, F. O. M.
KARAM, D.
RIBEIRO, L.S.
Data:  2001-10-18
Ano:  2001
Palavras-chave:  Sorgo
Fitotoxicidade
Herbicidas
Dessecantes
Sorghum bicolor
Phytotoxicity
Herbicides
Desication
Resumo:  A aplicacao de herbicidas, seja para a dissecacao de culturas ou para o controle de plantas daninhas, vem crescendo, devido a expansao da fronteira agricola brasileira. Esse fato aumenta os riscos de ocorrencia de deriva acidental em culturas vizinhas suscetiveis. As perdas em produtividade sao desconhecidas em muitas situacoes de ocorrencia de deriva de herbicidas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a possivel toxicidade causada pela deriva de doses reduzidas de dois herbicidas (glyphosate e paraquat) no periodo inicial de desenvolvimento da cultura do milho. foram utilizadas cinco doses simulando deriva - 2, 4, 6, 8 e 12% da dose recomendada (1.440 g ha-1 de glyphosate e 400 g ha-1 de paraquat) - sobre o cultivar de milho hibrido triplo BRS 3123. No florescimento, foram avaliados altura da planta, area foliar, peso da materia seca, teor de clorofila e sintomas visuais de injuria. Na colheita, avaliaram-se estande final, peso de espigas, peso de 1.000 graos e producao de graos. A altura das plantas, a area foliar e o peso da materia seca nao foram afetados pelo efeito das derivas nos dois anos agricolas (1996/97 e 1997/98), exceto pela area foliar, que em 1997/98 sofreu reducao, sobretudo no tratamento com 12% da dose normal de glyphosate. De maneira geral, os resultados obtidos para as demais caracteristicas foram semelhantes nos dois anos de conducao do ensaio. O teor de clorofila nas folhas e o estande final nao foram afetados pelas doses reduzidas. O grau de toxicidade, avaliado por meio de plantas injuriadas pela deriva, aos 7, 14 e 21 dias apos a aplicacao dos herbicidas, apresentou diferencas significativas. Os maiores danos foram observados com a maior subdose simulando deriva dos herbicidas. O peso de 1.000 graos nao foi afetado, ao passo que a producao de espigas e de graos foi severamente prejudicada. Observou-se que a deriva simulada dos herbicidas em altas concentracoes afetou o desenvolvimento das plantas e reduziu a producao de graos. Ja a aplicacao em baixas concentracoes (2 a 4%) nao afetou o desenvolvimento das plantas nem tampouco a produtividade.

2001
Tipo:  Artigo em periódico indexado (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  13357

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/485058

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/32147/1/Efeito-doses-2.pdf
Editor:  Planta Daninha, Viçosa, MG, v. 19, n. 2, p. 247-253, 2001.
Relação:  Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional