Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Estratégias para a multiplicação de vias de comercialização através do consumo consciente.
Autores:  IUNES, C. S.
MIRA, P. M.
RAMOS-FILHO, L. O.
NEVES, M. C.
QUEIROGA, J. L. de
Data:  2019-02-28
Ano:  2018
Palavras-chave:  Agroecologia
Circuitos curtos
Comunidades rurais
Sistemas Agroflorestais
Family farming
Short circuits
Agroforestry systems
Agricultura familiar
Comercialização
Agroecology
Family farms
Commercialization
Rural communities
Resumo:  Resumo: O processo de comercialização de produtos agroecológicos enfrenta barreiras impostas pelo sistema burocrático governamental, o qual beneficia vias de consumo estabelecidas pelas redes de hipermercados, resultando em elevado preço aos produtos devido às interferências das cadeias de intermediação. Além disso, o retorno econômico aos agricultores inseridos nesse grande mercado pode caracterizar uma situação exploratória, dificultando a permanência de agricultores familiares no campo. O objetivo desse artigo é, a partir de uma revisão de literatura, identificar estudos e relatos de experiências de comercialização via comércio consciente, a fim de sistematizar estratégias para a multiplicação de grupos responsáveis de consumo. Com base em estudos de caso encontrados na literatura, que caracterizam alguns circuitos curtos de comercialização, buscou-se identificar os aspectos positivos e negativos, produzindo uma sistematização dos aprendizados de grupos de consumo já estabelecidos, a fim de viabilizar a reprodução de tais circuitos em outras regiões. Organizar novos grupos exige a assimilação da dimensão agrária e do consumidor, visto que a compreensão das realidades distintas auxilia na compilação dos interesses, reduzindo os obstáculos durante a operacionalização do consumo responsável. Abstract: The process of commercialization of agroecological products faces barriers imposed by the governmental bureaucratic system, which benefits ways of consumption established by the market networks, adding high value to the products due to the interference of the chains of intermediation. Moreover, the economic return to the farmers included in this great market is the result of an exploratory situation, making difficult the stay of family farmers in the country. Therefore, this work has the objective of diagnosing several marketing strategies through a conscious trade, in order to systematize strategies for the multiplication of responsible consumption groups. The present study will be based on the survey of case studies that characterize some short circuits of commercialization. The evaluation of the positive and negative aspects was carried out in order to identify the gaps of consumption groups already established, in order to enable the replication of such circuits in other regions. Organizing new groups requires the assimilation of the agrarian dimension and consumer, since the understanding of distinct realities assists in compiling interests, reducing obstacles during the operationalization of responsible consumption.

bitstream/item/193590/1/2018AA58.pdf
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  16416

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1106650
Editor:  Cadernos de Agroecologia, v. 13, n. 2, dez. 2018. Edição dos Anais do 3º Seminário de Agroecologia da América do Sul; 5º Seminário Estadual de Educação do Campo; 7º Seminário de Agroecologia de Mato Grosso do Sul; 6º Encontro de Produtores Agroecológicos de Mato Grosso do Sul; 3º Seminário de Sistemas Agroflorestais em Bases Agroecológicas de Mato Grosso do Sul. Agroecol 2018.
Relação:  Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Formato:  10 p.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional