Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Qualidade seminal de touros bubalinos (Bubalus bubalis) e sua relação com fatores ambientais e nutricionais.
Autores:  SILVA, L. K. X.
Data:  2017-11-17
Ano:  2017
Palavras-chave:  Búfalos domésticos
Conforto térmico
Termorregulação
Resumo:  Objetivou-se avaliar a relação existente entre a qualidade seminal de touros bubalinos (Bubalus bubalis) e fatores ambientais e nutricionais. Foram utilizados onze (11) touros bubalinos (Murrah), submetidos a dois ensaios experimentais, realizados em região de clima tropical úmido (Afi de Köppen). O primeiro ensaio foi dividido em três períodos experimentais (mais chuvoso, de transição e menos chuvoso), e compreendeu a avaliação da frequência respiratória (FR; mov/min), frequência cardíaca (FC; bat/min), temperatura retal (TR; ºC), temperatura de globo ocular (TGO; °C) e temperaturas de superfície escrotal (TSE; °C), nos turnos da manhã e da tarde. Foram realizadas colheitas e avaliação seminal quinzenais. Além do cálculo do Índice de Temperatura e Umidade (ITU) e do Índice de Conforto de Benezra (ICB). Os touros bubalinos apresentaram termogramas normais, não sendo constatadas alterações na termorregulação testículo-escrotal e na qualidade seminal. No segundo ensaio os animais foram distribuídos em três grupos experimentais (OPB - Óleo de Palma Bruto; RRP - Resíduo Graxo do Refino de Palma; CONT - Grupo Controle), sendo avaliado o efeito da suplementação lipídica na qualidade do sêmen. A cada 15 dias, foram realizadas colheitas de sêmen, sendo o in natura submetido à avaliação de volume (VOL; mL), turbilhonamento (TURB; 0 a 5), motilidade espermática progressiva (MP; %), vigor (VIG; 1 a 5), concentração espermática (CONC; x109/mL), defeitos maiores (DMA; %), defeitos menores (DME; %), defeitos totais (DT; %) e integridade de membrana plasmática (IMP, %) através da coloração eosina-nigrosina (EN), e o criopreservado avaliado a MP, VIG, DMA, DME e DT, além da IMP, integridade acrossomal e potencial mitocondrial através de sondas fluorescentes. Além, da análise do perfil lipídico do plasma seminal e membrana plasmática espermática in natura. Os coprodutos agroindustriais, óleo de palma bruto e resíduo graxo do refino de palma podem ser utilizados na alimentação de touros bubalinos em centrais de inseminação artificial, causando efeitos positivos na qualidade do sêmen criopreservado.

bitstream/item/171052/1/SILVA-L.K.X.-2016-Qualidade-Seminal-de-Touros-Bubalinos-e-Relacao-Com-Fatores-Ambientais-e-Nutricionais.pdf

Tese (Doutorado em Ciência Animal)-Universidade Federal do Pará, Belém. Orientado por Alexandre Rossetto Garcia, Embrapa Pecuária Sudeste; coorientado por José de Brito Lourenço Júnior, UFPA.
Tipo:  Tese/dissertação (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  24179

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1079943
Editor:  2016.
Relação:  Embrapa Pecuária Sudeste - Tese/dissertação (ALICE)
Formato:  92 f.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional