Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 495
Primeira ... 123456789 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
INFLUÊNCIA DA EMBALAGEM E DO LOCALDE ARMAZENAMENTO NA QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE ABÓBORA ‘JACAREZINHO’ (Curcubita moschata Duch). - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n04a02 Engenharia na Agricultura
Acácio Figueiredo Neto; Universidade Federal do Vale do São Francisco; Bárbara França Dantas; Francisco de Assis Cardoso Almeida; Marcos Santos Lima; Fabrício Francisco Santos da Silva.
As condições de armazenamento são determinantes para garantia da qualidade fisiológica das sementes e, embora a sua qualidade não possa ser melhorada, boas condições durante este período contribuirão para mantê-las viáveis por um tempo mais longo, retardando o processo de deterioração. A manutenção da viabilidade das sementes de frutos carnosos através do armazenamento vem sendo uma das linhas de pesquisa mais importantes para as sementes de grande número de espécies. Diante do exposto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar a influência dos diferentes tipos de embalagens, ambientes, e do período de armazenamento sobre a germinação e vigor das sementes de abóbora ‘Jacarezinho’. O trabalho foi conduzido no Laboratório de Análise de Sementes da Embrapa...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Armazenamento armazenamento; Embalagem; Qualidade fisiológica.
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/553
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
RESISTÊNCIA DOS FRUTOS DE ABACATE SUBMETIDOS À COMPRESSÃO DURANTE O ARMAZENAMENTO - DOI: 10.13083/1414-3984/reveng.v23n2p119-127 Engenharia na Agricultura
Acácio Figueiredo Neto; Universidade Federal do Vale do São Francisco; Paulo da Silva Lima Junior; UNIVASF; José Antunes Silva Neto; UNIVASF; Anderson Leandro Nascimento; UNIVASF; Nelson Cárdenas Olivier; UNIVASF.
Objetivou-se, neste trabalho, determinar os efeitos físicos e químicos do armazenamento do abacate em temperatura ambiente e refrigerado, bem como a resistência à compressão que os mesmos oferecem em diferentes estádios de maturação. Cada fruto foi pesado e aferido suas medidas para avaliação da qualidade e as análises físicas e químicas. As características cor da casca, acidez titulável e sólidos solúveis totais foram avaliadas durante doze dias de armazenamento, em abacates colhidos no mesmo estádio de maturação. Para a determinação da resistência dos frutos, os abacates foram avaliados pelo teste de compressão por duas placas circulares até o seu rompimento. Os resultados indicam que a perda de massa aumenta conforme o fruto vai amadurecendo, os sólidos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Armazenamento qualidade; Danos mecânicos; Conservação.
Ano: 2015 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/491
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFEITO DA MOAGEM DE ALTA INTENSIDADE E DA IRRADIAÇÃO GAMA SOBRE A LIBERAÇÃO DE POTÁSSIO DA MOSCOVITA Engenharia na Agricultura
Adalberto Leles de Souza; CDTN/CNEN; Fernando Soares Lameiras; CDTN/CNEN.
O Brasil tem uma grande e crescente dependência de importação de potássio para uso na agricultura. O desenvolvimento de fontes alternativas de potássio tem importância estratégica. A moagem de rochas ricas em potássio estrutural e que ocorrem em várias regiões do País é uma possibilidade que deve ser considerada, porque a menor granulometria acelera o processo de liberação do potássio. O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito da moagem de alta intensidade e da irradiação gama sobre a taxa de liberação de potássio da moscovita. Observou-se que é possível obter granulometria na faixa de 10 a 11 μm por meio de moagem com um moinho planetário de alta intensidade a 800 rotações por minuto durante 6 horas. As amostras moídas nessas condições apresentaram...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais potássio; Liberação; Moscovita; Moagem de alta intensidade.
Ano: 2012 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/298
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
UTILIZAÇÃO DO BIOSSÓLIDO DE CERVEJARIA COMO SUBSTRATO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE EUCALIPTO: ANÁLISE DO DESENVOLVIMENTO INICIAL DAS MUDAS E ASPECTOS AMBIENTAIS Engenharia na Agricultura
Adilson Castro Antônio; Universidade Federal de Viçosa; João Carlos de Freitas Alves; Bruno Rogério Nascimento de Faria; Maurício Júnior de Almeida.
Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o desenvolvimento de mudas de Eucalyptus grandis em substrato de lodo da estação de tratamento de efluente de indústria cervejeira. Os tratamentos consistiram de substratos proveniente de misturas de biossólidos com casca de arroz carbonizada, correspondentes a M1 - 80% de biossólido e 20% de casca de arroz carbonizada, M2 - 60% de biossólido e 40% de casca de arroz carbonizada, M3 - 50% de biossólido e 50% de casca de arroz carbonizada, M4 - 40% de biossólido e 60% de casca de arroz carbonizada e Testemunha composta de solo sem adição de lodo. A mistura que apresentou melhores resultados estatitiscamente foi a mistura M2 (60% lodo de esgoto + 40% casca de arroz carbonizada).
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Agronomia; Meio Ambiente resíduos sólidos; Reciclagem agrícola; Meio ambiente.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/184
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
MANEJO DA IRRIGAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MINIMILHO POR EVAPOTRANSPIRAÇÃO Engenharia na Agricultura
Adriana Maria Meneghetti; UNIOESTE; Lúcia Helena Pereira Nóbrega; UNIOESTE; Reginaldo Ferreira Santos; UNIOESTE.
Lâminas de irrigação em cultivo de minimilho, determinadas pela evapotranspiração da cultura, baseadas na evaporação do tanque classe A, foram aplicadas ao se atingir valores acumulados de 15, 30, 45 e 60 mm, com delineamento estatístico inteiramente casualizado, quatro tratamentos e cinco repetições. Resultados foram submetidos à análise de variância e médias comparadas em nível de 5 % de significância pelo teste de Tukey e análise de regressão. Selecionou-se cinco plantas por parcela para análise do número de espigas por planta (NE), estatura de inserção da primeira espiga (EI), comprimento da espiga com (CECP) e sem palha (CESP), diâmetro da espiga com (DECP) e sem palha (DESP), massa da espiga com (MECP) e sem palha (MESP), número de fileira de grãos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais lâminas de irrigação; Tanque classe A; Dados de produção.
Ano: 2008 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/36
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
FOLIAR CONTENTS IN BABYCORN AND CHEMICAL ATTRIBUTES OF AN OXISOL UNDER APPLICATION OF SWINE WASTEWATER Engenharia na Agricultura
Adriana Maria Meneghetti; UNIOESTE; Lúcia Helena Pereira Nóbrega; Unioeste; Silvio Cesar Sampaio; UNIOESTE; Rafael Gil Ferques; FAG.
This objective of this study was to evaluate the influence of swine wastewater (ARS), applied alone and in combination with nitrogen fertilizer (AD), on foliar concentrations of macronutrients (Ntotal, P, K, Ca, Mg and S ) and micronutrients (Cu, Zn, Mn and Fe), as well as chemical attributes of an Oxisol (pH, potential acidity (H+Al +3), organic matter (OM), cation exchange capacity (CEC), base saturation (V), Ca, Mg, K, P, Na, sodium adsorption ratio (SAR) and exchangeable sodium percentage (ESP) on the cultivation of baby corn. For this purpose an experiment was conducted at the State University of Western Parana in a completely randomized design with eight treatments and three replications, consisting of a 4 x 2 factorial arrangement with the...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais Zea mays L.; Soil quality; Waste use.
Ano: 2013 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/410
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO E DOSES DE NITROGÊNIO EM COBERTURA NO FEIJOEIRO - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n04a07 Engenharia na Agricultura
Adriano da Silva Lopes; Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Gabriel Queiroz de Oliveira; Universidade Federal da Grande Dourados; Marcos Antonio Camacho; Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Ricardo Garcia; Fertilizantes Heringer; Matheus Gustavo da Silva; Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.
A irrigação do feijoeiro na época de inverno vem propiciando produtividade acima da média anual devido, principalmente, ao aumento da eficiência dos fertilizantes nitrogenados. O objetivo do trabalho foi avaliar a resposta do feijoeiro a diferentes lâminas líquidas de irrigação e à adubação nitrogenada em cobertura. O experimento foi conduzido na Unidade Universitária de Aquidauana - Universidade Estadual do Mato Grosso Sul, utilizando-se a cultivar de feijão Pérola semeado em julho de 2005, sendo a área experimental preparada por manejo convencional sobre cobertura de capim colonião. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com parcelas subdivididas composto por três blocos e duas replicações dentro de cada bloco. As parcelas...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola Phaseolus vulgaris; Preparo convencional; Tanque Classe A; Ureia..
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/492
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
INDEPENDÊNCIA ENERGÉTICA DE GRANJA SUINÍCOLA A PARTIR DO USO DE BIOGÁS Engenharia na Agricultura
Adriano Henrique Ferrarez; Instituto Federal Fluminense; Delly Oliveira Filho; UFV; Carlos Alberto Teixeira; UFRPE.
Um grande problema da suinocultura nacional é o tratamento dos dejetos. A utilização de biodigestor pode proporcionar o aproveitamento da energia contida no biogás para geração de energia elétrica e térmica, possibilitando ainda, o tratamento destes dejetos, resolvendo o problema de odor e de carga bactericida da água residuária. No presente artigo apresenta-se o estudo do potencial de produção de biogás de granjas de suínos, visando sua independência energética. Isso pode ser obtido por meio da substituição de energia convencional (GLP e energia elétrica de concessionária local) na produção de água quente para cocção e banho, para aquecimento e climatização de leitões e matrizes e para geração de eletricidade. Foi feita estimativa da receita com a venda...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Energia na Agricultura MDL; Resíduos da suinocultura; Soluções energéticas.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/225
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
INFLUÊNCIA DA INCLINAÇÃO TRANSVERSAL E VELOCIDADE DE OPERAÇÃO SOBRE O DESEMPENHO DE DOSADORES PNEUMÁTICOS COM SEMENTE DE SOJA - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n02a03 Engenharia na Agricultura
Airton dos Santos Alonço; Universidade Federal de Santa Maria; Hendrigo Alberto Torchelsen da Silveira; Universidade Federal de Santa Maria; Mateus Potrich Bellé; Universidade Federal de Santa Maria - UFSM; Dauto Pivetta Carpes; Universidade Federal de Santa Maria; Otávio Dias da Costa Machado; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia-Campus Bento Gonçalves.
O trabalho teve por objetivo avaliar a influência da inclinação transversal sobre o desempenho de três dosadores pneumáticos submetidos a diferentes velocidades de operação utilizando-se sementes de soja. O trabalho foi conduzido no Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Máquinas Agrícolas (LASERG), localizado na Universidade Federal de Santa Maria, com o auxilio de uma bancada que simula algumas condições operacionais de semeadura, como variação da rotação e inclinação de dosadores de sementes. Utilizou-se o delineamento experimental blocos casualizados com parcelas sub-subdivididas, com três fatores experimentais: inclinação transversal do dosador com três níveis (+11°, -11º e nivelado), três dosadores de sementes pneumáticos e velocidade de...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Mecanização Agrícola máquinas e implementos agrícolas; Mecanização agrícola; Semeadora-adubadora; Glycine max (L.).
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/499
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
COBERTURAS COM MATERIAIS ALTERNATIVOS DE INSTALAÇÕES DE PRODUÇÃO ANIMAL COM VISTAS AO CONFORTO TÉRMICO Engenharia na Agricultura
Alaércio de Sousa Cardoso; Universidade Federal de Viçosa; Fernando da Costa Baêta; Universidade Federal de Viçosa; Ilda de Fátima Ferreira Tinôco; Universidade Federal de Viçosa; Virgínia Arlinda da Silva Cardoso; Universidade Federal de Viçosa.
O objetivo deste trabalho foi avaliar as condições no interior de galpões de avicultura ou bovinocultura, confeccionados com cinco tipos de coberturas de materiais alternativos, em comparação com a cobertura de telhas de barro, em condições de calor, com a utilização da teoria de similitude, para definição de modelos reduzidos na escala 1:12, e de índices térmicos ambientais. Considerando o Índice de Temperatura de Globo Negro e Umidade, a Carga Térmica Radiante e a Efetividade Térmica propiciados pelas coberturas, ao nível das aves e dos bovinos, verificou-se no geral que ocorreu semelhança entre os resultados e que, no período quente do dia, as melhores condições estiveram associadas à cobertura de barro. Estimou-se redução nos custos iniciais do telhado...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Construções Rurais e Ambiência materiais alternativos; Conforto térmico; Coberturas; Efetividade térmica.
Ano: 2011 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/261
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
RETORNO E RISCO NO EMPREGO DE DIFERENTES SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO DO CAFEEIRO NO CERRADO MINEIRO Engenharia na Agricultura
Alan Figueiredo Aredes; Matheus Wemerson Gomes Pereira.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o retorno e o risco relacionados a diferentes sistemas de irrigação do cafeeiro no cerrado mineiro. Foram analisados cinco sistemas de produção de café, de acordo com diferentes tecnologias: não-irrigado, irrigado por gotejamento autocompensado, irrigado por tripa, irrigado por malha e irrigado por pivô central com LEPA. Verificou-se a superioridade da produção irrigada, que teve os maiores retornos econômicos e os menores níveis de risco, independentemente do sistema utilizado.
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engnharia Agrícola Irrigação; Recursos hídricos.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/117
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EQUAÇÕES DE INTENSIDADE DE CHUVAS PARA O ESTADO DO MARANHÃO - DOI: 10.13083/1414-3984/reveng.v23n5p435-447 Engenharia na Agricultura
Alcinei Ribeiro Campos; Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Glenio Guimarães Santos; Universidade Federal de Goiás - UFG; João Carlos Rocha dos Anjos; Universidade Federal do Piauí; Diane Cristina Stefanoski; CODEMA/Água Boa-MT; Jaurene Moura Fé Moraes; Universidade Federal do Piauí.
Estudos da distribuição espacial e temporal das chuvas, com determinação das curvas de intensidade-duraçãofrequência, são de extrema importância para segurança no planejamento e dimensionamento de projetos hidráulicos e conservação do meio ambiente. . Atualmente, o estado do Maranhão disponibiliza de poucas informações relacionadas às curvas de intensidade-duração-frequência das chuvas, necessárias para caracterização dessa variável hidrológica para seus diversos municípios. Diante desse contexto, objetivou-se ajustar os parâmetros das curvas de intensidadeduração-frequência para 163 estações pluviométricas localizadas no estado do Maranhão. Os dados foram obtidos do banco de dados da Agencia Nacional de Águas. Para ajuste das curvas de...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais Chuvas extremas; Modelos probabilísticos; Período de retorno.
Ano: 2015 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/597
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DAS PROPRIEDADES DO SOLO, PRODUÇÃO Engenharia na Agricultura
Alencar, Nayara Martins; Melo, Jonahtan Chaves; Santos, Antonio Clementino dos; Cunha, Odislei Fagner Ribeiro; Paula Neto, Joaquim José de.
A existência de variabilidade espacial nas propriedades do solo influencia na produção da forrageira. O trabalho teve como objetivo determinar a distribuição espacial das propriedades químicas do solo relacionando-a com a produção e a preferência de forragem por animais em pastejo de Urochloa brizantha cv. Marandu (Syn. Brachiaria brizantha) sob lotação contínua. Para caracterização da área de pastagem, foram realizadas medições de 108 pontos com distribuição em malha irregular, com coletas de solo para determinação dos atributos químicos (pH, matéria orgânica, P, K, Ca, Mg, Al, H+Al) e densidade do solo, produção de forragem, altura do dossel forrageiro, índice SPAD e intensidade de pastejo, no período das águas de 2012. Realizou-se o teste de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais estrutura do pasto; Geoestatística; Krigagem; Preferência de pastejo; Urochloa brizantha.
Ano: 2016 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/602
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
QUALIDADE DO MILHO DOCE MINIMAMENTE PROCESSADO CONSERVADO SOB DIFERENTES ATMOSFERAS - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n06a03 Engenharia na Agricultura
Alexandra Mara Goulart Nunes Mamede; EMBRAPA; Adimilson Bosco Chitarra; UFLA; Marcos José de Oliveira Fonseca; EMBRAPA; Antonio Gomes Soares; EMBRAPA; Israel Alexandre Pereira.
Este trabalho teve por objetivo avaliar a influência de três atmosferas diferentes (2% O2 + 8% CO2, 4% O2 + 8% CO2 e atmosfera ambiente) na qualidade de milho verde do tipo doce minimamente processado, durante sua conservação a 5 °C. Foram utilizadas espigas de milho verde do tipo doce, híbrido do programa de melhoramento da Embrapa Milho e Sorgo com gene mutante sh2 (Embrapa HT1). O conteúdo de glicose, frutose, β-criptoxantina, firmeza e valor L* foram influenciadas somente pelo tempo de conservação. As atmosferas controladas foram eficientes em reduzir a perda de massa das espigas de milho doce e, pelos dados obtidos para o pH e acidez titulável, manteve a atividade respiratória reduzida em até três dias de armazenamento. O conteúdo de sacarose mais...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Armazenamento Zea mays; Atmosfera controlada; Qualidade; Pós-colheita; Processamento mínimo.
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/583
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
PRODUÇÃO DA CULTURA DA BETERRABA IRRIGADA COM ÁGUA SALINA Engenharia na Agricultura
Alexsandro Oliveira da Silva; unesp; Antônio Evaldo Klar; unesp; Ênio Farias de França e Silva; UFRPE.
A utilização de água de qualidade inferior para a agricultura deve ser realizada com devido cuidado evitando-se o acúmulo excessivo de sais no solo para não prejudicar o desenvolvimento das culturas. Com o objetivo de avaliar o desempenho da cultura da beterraba sob o efeito de águas de qualidade inferior, realizou-se um experimento em casa de vegetação do Departamento de Engenharia Rural da Universidade Estadual Paulista, Botucatu, SP, no período de abril a julho de 2012. Utilizou-se a cultura da beterraba (Beta vulgaris L.) em delineamento experimental inteiramente casualizado, com 6 tratamentos e 5 repetições, totalizando 30 parcelas. Os tratamentos consistiram de soluções de NaCl de diferentes condutividades elétricas (2,0; 3,0; 4,0; 5,0 e 6,0 dS m-1)...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia de Águe e Solo; Irrigação e Drenagem Beta vulgaris L.; Condutividade elétrica; Evapotranspiração.
Ano: 2013 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/391
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE MÉTO DOS DE ESTIMATIVA DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL PARA A REGIÃO NORTE DE RECIFE-PE Engenharia na Agricultura
alexsandro oliveira silva; unesp; Ênio Farias de França Silva; Universidade Federal Rural de Pernambuco; Geber Balrbosa de Albuquerque Moura; Universidade Federal Rural de Pernambuco; Pabricio Marcos oliveira Lopes; UFRPE.
A evapotranspiração é um dos principais parâmetros para um adequado manejo da irrigação e, por isto, a escolha do modelo para sua estimativa deve ser rígida e criteriosa. Avaliou-se o desempenho de nove métodos de evapotranspiração de referência (ETp) na região norte da cidade de Recife/PE, através de dados coletados de uma estação meteorológica e tanque “Classe A” localizados na Universidade Federal Rural de Pernambuco entre os anos de 2009 e 2011. Os dados estimados foram correlacionados por meio de regressão linear tendo como padrão o método Penman-Monteith-FAO 56. A avaliação de desempenho dos métodos foi baseada nos coeficientes de correlação “r” de concordância “d” de Willmott e o índice de desempenho “c”. As melhores estimativas de ETp para as...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Meteorologia Agrícola; Recursos Hídricos. Penman-Monteith-FAO 56 Blaney-Criddle e Priestley-Taylor.
Ano: 2012 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/291
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
NOTA TÉCNICA: ANÁLISE MORFOMÉTRICA DE UMA SUB-BACIA DO RIO PIRACICABA (MG) UTILIZANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA Engenharia na Agricultura
Almeida, Rafael Alvarenga; Rosa, David Rafael Quintão; Ferreira, Renan Gon; Delazari, Fabio Teixeira; Almeida, Isabela Alvarenga.
A morfometria de uma bacia hidrográfica pode fornecer subsídios para o adequado planejamento e gestão de recursos hídricos em nível de bacia hidrográfica. Neste sentido, objetivou-se com este estudo realizar a análise morfométrica de uma sub-bacia hidrográfica do Rio Piracicaba (MG), utilizando o Sistema de Informações Geográficas. A área de drenagem e o perímetro da bacia estudada foram estimados em 1.138,80 km² e 205,16 km, respectivamente. A análise dos parâmetros de forma, do sistema de drenagem e do relevo da bacia aponta, respectivamente, baixa susceptibilidade a ocorrência de enchentes, baixa capacidade de drenagem, potencial de degradação por erosão do solo e ocorrência de precipitações bem distribuídas e regulares. O uso de dados advindos de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais SIG; Geoprocessamento; Bacias Hidrográficas.
Ano: 2017 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/815
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
YIELD ESTIMATE OF IRRIGATED COFFEE BY SPECTRAL AGRO ECOLOGICAL ZONE METHOD Engenharia na Agricultura
Almeida, Thomé Simpliciano; Sediyama, Gilberto Chohaku; de Alencar, Leônidas Pena.
The notorious role of coffee in Brazilian economy justifies and motivates the realization of scientific researches that contribute to the improvement of the culture monitoring, refine the productivity estimation and offer political support for planning and commercialization. In this context, the present thesis aimed the monitoring and the productivity estimation of coffee plantations – located in the northwest of Minas Gerais – by means of an agrometeorological-spectral model. The spectral monitoring was done through the behavior of the EVI and NDVI vegetation indexes, fed by spectral data from MODIS sensor with the MOD13Q1 product. The original mathematical agrometeorologycal model is based on the penalization of cultivation potential productivity due to...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Meteorologia Agrícola balanço hídrico; Modelo agrometeorológico; Sensoriamento remoto.
Ano: 2017 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/727
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DE TRÊS EQUIPAMENTOS PARA DETERMINAÇÃO DO TEOR DE ÁGUA NO SOLO EM CONDIÇÕES DE CAMPO Engenharia na Agricultura
Aloísio Bianchini; UFMT; Pedro Hurtado de Mendoza Borges; UFMT; João Carlos de Souza Maia; UFMT; Geison Nicareta.
Neste trabalho, foram avaliados três equipamentos para determinar o teor de água no solo em condições de campo, a saber: o speedy, o theta probe e o pulso de calor. O solo foi identificado como LATOSSOLO VERMELHOAMARELO distrófico. A área experimental foi saturada até a profundidade de 0,20 m por meio de chuva artificial de 0,04 m, administrada por um aspersor. A secagem gradual do terreno possibilitou obter naturalmente quatro níveis do teor de água no solo, compreendidos entre a capacidade de campo e o ponto de murcha permanente. Os dados foram coletados em 16 pontos de amostragem para cada nível de umidade. Logo, os três equipamentos foram calibrados em função do método termogravimétrico. Os valores do teor de água no solo, estimados pelos três...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola Irrigação; Recursos hídricos.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/121
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DISTRIBUIÇÃO LONGITUDINAL DE SEMENTES DE SOJA COM DIFERENTES TRATAMENTOS FITOSSANITÁRIOS E DENSIDADES DE SEMEADURA Engenharia na Agricultura
Alonço, Pablo do Amaral; Alonço, Airton dos Santos; Moreira, Antonio Robson; Carpes, Dauto Pivetta; Pires, Arthur de Lima.
O processo de semeadura representa um dos mais importantes fatores que podem contribuir para o estabelecimento de uma cultura. Além disso, visando proteger as sementes e plântulas em seus estádios iniciais, tornou-se comum o tratamento fitossanitário na pré-semeadura,que pode alterar a rugosidade e o coeficiente de atrito das sementes com os mecanismos das semeadoras. Assim, avaliou-se a distribuição longitudinal de sementes de soja com diferentes tratamentos fitossanitários em diferentes densidades de semeadura. Através de um delineamento bifatorial (4x4), avaliou-se os espaçamentos aceitáveis, múltiplos e falhos, conforme as normas da ABNT, e determinou-se também a acurácia e precisão da distribuição de sementes em quatro modalidades de tratamento (SP,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mecanização Agrícola.
Ano: 2018 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/851
Registros recuperados: 495
Primeira ... 123456789 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional