Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 495
Primeira ... 123456789 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO CONJUNTO MOTOR GERADOR MONOFÁSICO ALIMENTADO COM BIOGÁS PURIFICADO DA FERMENTAÇÃO ANAERÓBIA DE DEJETOS DE SUÍNOS - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n04a04 Engenharia na Agricultura
Neiton Silva Machado; Universidade Federal do Vale do São Francisco; Jadir Nogueira da Silva; Universidade Federal de Viçosa; Marcus Vinícius Morais de Oliveira; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; José Márcio Costa; Universidade Federal de Viçosa.
A geração de energia elétrica a partir de dejetos orgânicos da agropecuária ainda é muito incipiente no Brasil. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade técnica da utilização de um conjunto motor gerador, monofásico de 30 kVA, para geração de energia elétrica, por meio da combustão do biogás purificado. Utilizaram-se três processos físicos e químicos de remoção do sulfeto de hidrogênio: Filtragem via úmida (0,1 m3 de H2O mais 20 kg de CaO e 10 kg de carvão vegetal); filtragem via seca (50 kg de arame liso recozido no 06 e 10 kg de carvão vegetal); filtragem em série (filtragem via úmida seguido da filtragem via seca) com os recheios dos filtros nas mesmas proporções. Avaliou-se o desempenho do conjunto motor gerador em função do...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Energia na Agricultura H2S; Metano; Purificação.
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/424
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO CORTE MANUAL E MECANIZADO DE CANA-DE-AÇÚCAR EM CAMPOS DOS GOYTACAZES, RJ Engenharia na Agricultura
Ricardo Ferreira Garcia; Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro; Leonardo Silva Souza; Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Este trabalho teve como objetivo comparar os custos envolvidos e o desempenho operacional nos sistemas de colheita manual e mecânico da cana-de-açúcar no município de Campos dos Goytacazes, RJ, utilizando duas colhedoras autopropelidas, modelos Santal Amazon e Brastoft A-7700. Foi realizada a comparação entre o rendimento operacional no corte da cana-de-açúcar entre o homem e a máquina, sendo possível identificar um maior rendimento no corte mecânico em relação ao corte manual, pois uma colhedora de cana-de-açúcar na região equivale, em média, ao trabalho de 26 homens por hora. Pelos resultados obtidos, é evidente a grande vantagem da colheita mecanizada em relação a colheita manual, em razão de seu benefício ser maior que o custo. Este benefício significa...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Mecanização Agrícola custo de produção; Capacidade operacional; Colheita mecanizada.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/67
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE MÉTO DOS DE ESTIMATIVA DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL PARA A REGIÃO NORTE DE RECIFE-PE Engenharia na Agricultura
alexsandro oliveira silva; unesp; Ênio Farias de França Silva; Universidade Federal Rural de Pernambuco; Geber Balrbosa de Albuquerque Moura; Universidade Federal Rural de Pernambuco; Pabricio Marcos oliveira Lopes; UFRPE.
A evapotranspiração é um dos principais parâmetros para um adequado manejo da irrigação e, por isto, a escolha do modelo para sua estimativa deve ser rígida e criteriosa. Avaliou-se o desempenho de nove métodos de evapotranspiração de referência (ETp) na região norte da cidade de Recife/PE, através de dados coletados de uma estação meteorológica e tanque “Classe A” localizados na Universidade Federal Rural de Pernambuco entre os anos de 2009 e 2011. Os dados estimados foram correlacionados por meio de regressão linear tendo como padrão o método Penman-Monteith-FAO 56. A avaliação de desempenho dos métodos foi baseada nos coeficientes de correlação “r” de concordância “d” de Willmott e o índice de desempenho “c”. As melhores estimativas de ETp para as...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Meteorologia Agrícola; Recursos Hídricos. Penman-Monteith-FAO 56 Blaney-Criddle e Priestley-Taylor.
Ano: 2012 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/291
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE UM SECADOR PARA CAFÉ DE FLUXOS CONCORRENTES E CONTRACORRENTES Engenharia na Agricultura
Samuel Martin; Universidade Federal de Viçosa; Jadir Nogueira da Silva; Universidade Federal de Viçosa; Adílio Flauzino de Lacerda Filho; Universidade Federal de Viçosa; Daniel Marçal de Queiroz; Universidade Federal de Viçosa; Fabio Luiz Zanatta; Universidade Federal de Viçosa.
Objetivou-se com este trabalho a avaliação do desempenho e eficiência energética de um secador para café de fluxos concorrentes e contracorrentes. O secador foi construído com o primeiro estádio de secagem de fluxos concorrentes, separado por uma câmara de repouso, do segundo estádio de secagem de fluxos contracorrentes. Foram aplicados dois tratamentos de secagem, caracterizados como tratamento 01 a secagem intermitente com revolvimento intermitente, à temperatura do ar de secagem de 45 ºC, e tratamento 02 a secagem intermitente com revolvimento contínuo, à temperatura do ar de secagem de 70 ºC. Para os testes em que foram utilizados no tratamento 01, o teor de água inicial e final observado foi respectivamente de 33,9 ± 5,0 e 11,8 ± 0,7 % (b.u.) no...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenahria agrícola; Pós-colheita; Secagem Pós-colheita; Secador; Café.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/138
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE RUÍDO EMITIDO POR UM CONJUNTO TRATOR-PULVERIZADOR COM E SEM ASSISTÊNCIA DE AR Engenharia na Agricultura
Murilo Mesquita Baesso; UFV; Mauri Martins Teixeira; UFV; Francelino Augusto Rodrigues Junior; Ronaldo Goulart Magno Junior; UFV; Haroldo Carlos Fernandes; UFV.
O ruído das máquinas agrícolas, com o passar do tempo, pode provocar problemas auditivos nos operadores. De acordo com as normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego (NR 15), a exposição diária máxima permitida, durante uma jornada de trabalho de 8 horas, é de 85 decibéis. Baseado neste contexto, este trabalho foi conduzido a fim de avaliar o ruído emitido por um conjunto trator-pulverizador, com e sem o uso de assistência de ar na barra de pulverização. As leituras foram realizadas próximo ao ouvido do operador e em cada raio de afastamento de 1 a 10 metros tomados de um a um metro, direcionados para os lados direito e esquerdo e partes traseira e frontal do conjunto trator-pulverizador. Em cada ponto, foram realizadas três leituras para...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Mecanização Agrícola ergonomia; Exposição do operador; Medição de ruído.
Ano: 2008 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/56
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DO USO DE EFLUENTE DE CASAS DE FARINHA COMO FERTILIZANTE FOLIAR NA CULTURA DO MILHO (Zea mays L.) Engenharia na Agricultura
Narcísio Cabral Araújo; Thiago Ferreira Costa; Suenildo Jósemo Costa Oliveira; Carlos Pereira Gonçalves; Francisco Assis Cabral Araújo.
O milho (Zea mays L.) é um produto agrícola bastante cultivado no mundo, sendo que no Brasil é de grande importância para o agronegócio nacional, além de ser base de sustentação para a pequena propriedade. A aplicação de manipueira como fertilizante pode ser via foliar ou solo, sendo que a foliar é a mais viável, porque além de ser fonte suplementar de nutrientes pode servir como defensivo agrícola, ou seja, pode apresentar duplo efeito. A presente pesquisa objetivou analisar o uso da manipueira como fertilizante foliar na cultura do milho. O experimento foi conduzido em condições de campo, entre os meses de junho e agosto de 2010, no município de Lagoa Seca, PB. O delineamento experimental utilizado foi blocos causalizados, composto por cinco tratamentos,...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Agronomia; Agroecologia Adubação foliar; Injúria; Manipueira..
Ano: 2012 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/313
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE RUÍDO DE UM CONJUNTO DE MECANIZAÇÃO TRATOR SEMEADORA ADUBADORA PNEUMÁTICA Engenharia na Agricultura
Renildo Luiz Mion; Universidade Federal do Ceará; Carlos Alberto Viliotti; Universidade Federal do Ceará; Maria Jorgiana Ferreira Dantas; Universidade Federal do Ceará; Elivânia Maria Souza Nascimento; Universidade Federal do Ceará.
Os ruídos em máquinas agrícolas são nocivos à saúde do operador em especial quando se relaciona com a audição. O objetivo deste trabalho foi de avaliar os níveis de ruídos emitidos por um trator e uma semeadora adubadora pneumática em duas condições de rotação do motor e em diferentes raios de afastamento. Os resultados evidenciaram que em rotações de trabalho no campo do conjunto motomecanizado os níveis de ruído, junto ao ouvido do operador estão acima dos limites estabelecidos pela NBR 1052 e acima da NR-15, que estabelece o limite de 85 dB(A) para uma exposição máxima de 8 horas diárias, sem o uso do protetor auricular. Recomenda-se o uso do protetor auricular para os operadores de máquinas e auxiliares de campo quando estiver trabalhando com...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Mecanização Agrícola.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/48
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE RUÍDO E VIBRAÇÃO DE UM CONJUNTO TRATOR-PULVERIZADOR, EM FUNÇÃO DA VELOCIDADE DE TRABALHO - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n02a02 Engenharia na Agricultura
Larissa Nunes dos Santos; Universidade Federal de Viçosa; Haroldo Carlos Fernandes; Universidade Federal de Viçosa; Amaury Paulo de Souza; Universidade Federal de Viçosa; Marconi Ribeiro Furtado Júnior; Universidade Federal de Viçosa; Remo Macieira Figueiredo Silva; Universidade Federal de Viçosa.
Objetivou-se com este trabalho, avaliar os níveis de ruído e vibração de um conjunto mecanizado trator-pulverizador, em função da velocidade de trabalho. O trabalho foi conduzido no Laboratório de Mecanização Agrícola, do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Viçosa – MG. Para determinação dos níveis de ruído e vibração transmitida ao corpo inteiro do operador foram utilizados um dosímetro modelo Wed007, fabricado pela 01dB do Brasil e um acelerômetro triaxial modelo Maestro respectivamente. As velocidades de trabalho utilizadas foram de 4,0; 5,0; e 7,0 km h-1. Os resultados obtidos para os níveis de ruído foram 98,2 dB (A) para a velocidade de 4,0 km h-1, 98,1 dB(A) para 5,0 km h-1 e 97,4 dB(A) para 7,0 km h-1. Na análise da...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Mecanização Agrícola ergonomia; Mecanização agrícola; Pulverizador de barra.
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/468
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE RUÍDO E VIBRAÇÃO NA ATIVIDADE DE COVEAMENTO SEMIMECANIZADO EM REGIÃO MONTANHOSA Engenharia na Agricultura
Ilvânio Luiz Guedes; Celulose Nipo-Brasileira S.A; Luciano José Minette; Universidade Federal de Viçosa; Emília Pio da Silva; Universidade Federal de Viçosa; Amaury Paulo Souza; Universidade Federal de Viçosa.
Este estudo teve como objetivo avaliar os níveis de ruído e vibração na atividade de coveamento semimecanizado em região montanhosa. Os dados foram coletados em duas áreas de cultivo de eucalipto situadas nas seguintes coordenadas geográficas: longitude 43º10’04.57”, latitude 18º 30’ 58.25’’, altitude 993 m e longitude 42º 54’ 17”, latitude 18º 52’ 33” e altitude 1012 respectivamente. Para avaliação do nível de ruído foi utilizado um decibelímetro e para análise da vibração um maestro da marca 01 DB. Os resultados evidenciaram que o motocoveador semimecanizado gera um nível de pressão sonora de 99 dB(A) e a vibração que o trabalhador florestal esta exposto é equivalente a 6,98m/s². Ao término deste estudo pode-se concluir que os níveis de ruído e vibração...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Mecanização Agrícola.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/102
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO ERGONÔMICA DO PROTÓTIPO DE UM MOTOCOVEADOR HIDRÁULICO, UTILIZADO EM ATIVIDADES DE SILVICULTURA FLORESTAL Engenharia na Agricultura
Luciano José Minette; UFV; Emília Pio Silva; UFV; Amaury Paulo Souza; UFV; Wevergton L. Hermsdorss; UFV.
O objetivo deste estudo foi realizar uma análise ergonômica do protótipo do motocoveador hidráulico, levando-se em consideração os aspectos de posturas, carga de trabalho, biomecânica, ruído e vibração. As variáveis antropométricas obtidas foram utilizadas para o dimensionamento do protótipo. Os resultados evidenciaram que, dentre os movimentos realizados pelo operador, durante a atividade, destacam-se a inclinação anterior do tronco durante a fase da perfuração do solo e o transporte do equipamento de uma demarcação à outra, associados à rotação do tronco, somada à sustentação e manuseio de peso. A atividade de coveamento com o protótipo hidráulico não expõe o trabalhador a situações de sobrecarga física. Porém, durante a fase de deslocamento entre covas,...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola silvicultura florestal; Protótipo hidráulico; Ergonomia.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/158
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO FÍSICA E QUÍMICA DE FRUTOS DE CULTIVARES DE PESSEGUEIRO Engenharia na Agricultura
Morais, Keise Duarte Bacelar de; Xavier, Bianca da Silva; Silva, Danielle Fabiola Pereira da; Oliveira, João Alison Alves; Bruckner, Cláudio Horst.
A avaliação da qualidade física e química de frutos de pessegueiro destinados ao consumo in natura varia entre safras. Essa variação depende, dentre outros fatores, das condições do local de cultivo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade física e química de frutos de dezesseis cultivares de pessegueiro durante três safras em Viçosa-MG. As cultivares Aurora 2, Baronesa, Biuti, Colibri, Coral, Cristal, Delicioso Precoce, Flor da Prince, Joia 4, Lake City, Marli, Pérola de Iataquera, Rubimel, Talismã, Tropical e Tropic Beauty foram enxertadas sobre o porta-enxerto Okinawa no pomar experimental da Universidade Federal de Viçosa, em Viçosa-MG, no ano de 2008, e avaliadas quanto às características cor da casca (b* e h°), cor da polpa (b* e h°), massa...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitotecnia Fruticultura Prunus persica; Qualidade; Pós-colheita..
Ano: 2017 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/712
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO OPERACIONAL DE CONJUNTO TRATOR-PULVERIZADOR Engenharia na Agricultura
Ana Lúcia Paschoa Botelho Barbosa; UNESP; Afonso Lopes; UNESP; Marcelo da Costa Ferreira; UNESP; Felipe Thomaz da Camara; Rouverson Pereira da Silva; UNESP.
Na aplicação de produtos líquidos, utilizando o conjunto trator-pulverizador, métodos incorretos podem resultar em operações onerosas e ineficientes. No presente trabalho teve-se, como objetivo, avaliar o desempenho operacional de um conjunto trator-pulverizador, em função da pressão de aplicação (690 kPa, 1210 kPa e 1720 kPa), condição da superfície do solo (aclive e declive) e de tanque (metade e cheio). O experimento foi conduzido na UNESP de Jaboticabal, SP. No experimento, foi utilizado um trator VALTRA BM100, 4x2 TDA e um pulverizador para frutíferas, modelo KO JET PLUS, com capacidade para 2000 L. Os resultados evidenciaram que o consumo de combustível do trator aumentou 5% na condição aclive, em comparação com declive, 8% na pressão de 1720 kPa em...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Mecanização Agrícola.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/91
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO TÉCNICA DA OPERAÇÃO DE EXTRAÇÃO DE EUCALYPTUS spp. UTILIZANDO O TRATOR AUTOCARREGÁVEL E O TRATOR FLORESTAL TRANSPORTADOR “FORWARDER” NA REGIÃO SUL DA BAHIA Engenharia na Agricultura
Luciano José Minette; UFV; Elizabeth Neire da Silva; UFV; Gabriel de Magalhães Miranda; UNICENTRO; Amaury Paulo de Souza; UFV; Nilton César Fiedler; UFES.
O presente estudo teve como objetivo avaliar, técnicamente, a etapa de extração Florestal mecanizada de madeira de eucalipto, utilizando dois diferentes equipamentos de extração, o trator agrícola autocarregável (máquina adaptada) e o trator florestal transportador (forwarder). O estudo foi conduzido em povoamentos de Eucalyptus grandis de uma empresa do Estado da Bahia. A coleta de dados foi realizada através da amostragem casual simples. Foram realizados os estudos de tempos e movimentos de cada equipamento bem como a análise e variação entre os dois processos de extração e ainda cálculo da produtividade. Os resultados demonstraram que o tempo total do ciclo de trabalho do trator florestal transportador é menor do que o do trator agrícola autocarregável....
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Mecanização Agrícola extração florestal; Forwarder; Trator florestal autocarregável; Trator agrícola autocarregável.
Ano: 2008 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/31
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO TÉCNICA E ECONÔMICA DE UM “FELLER-BUNCHER” OPERANDO EM DIFERENTES PRODUTIVIDADES Engenharia na Agricultura
Haroldo Carlos Fernandes; UFV; Sebastião Eudes Lopes; Industria Jatiboca; Mauri Martins Teixeira; UFV; Paula Cristina Natalino Rinaldi; Paula Santana Fernandes.
Este trabalho foi conduzido em povoamentos de eucalipto de uma empresa florestal do Estado de Goiás, com o objetivo de avaliar técnica e economicamente o trabalho de um “Feller-Buncher”. A análise técnica consistiu do estudo de tempos e movimentos, além da produtividade, da disponibilidade mecânica e da eficiência operacional da máquina. A análise econômica consistiu na determinação dos custos operacionais e de produção. Foi empregado um delineamento estatístico inteiramente casualizado com 6 repetições em esquema de parcelas subdivididas. Adotou-se, como parcelas, as operações que compõe o ciclo operacional da máquina e como subparcelas os níveis de produtividade 100, 200 e 300 m³ ha-1. O “Feller Buncher” apresentou um custo de produção de 4,85; 2,83 e...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Mecanização Agrícola máquinas florestais; Produtividade; Composição de custos.
Ano: 2011 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/308
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO TÉCNICA E ECONÔMICA DO HARVESTER EM DIFERENTES CONDIÇÕES OPERACIONAIS Engenharia na Agricultura
Everson Ramos Burla; Haroldo Carlos Fernandes; Carlos Cardoso Machado; Daniel Mariano Leite; Amanda Mirelle Bernardes; UFV.
Este estudo foi conduzido em povoamentos de eucalipto de uma empresa florestal situada no Estado de Minas Gerais, com o objetivo de avaliar técnica e economicamente a máquina colhedora de árvores Harvester em diferentes condições de declividade do terreno e produtividade florestal. A análise técnica consistiu de um estudo de tempo e movimentos com o objetivo de identificar os elementos do ciclo operacional da máquina, bem como suas variações em função da declividade do terreno e produtividade florestal. A análise econômica consistiu na determinação dos custos operacionais. A declividade do terreno foi estratificada em plana, ondulada e acidentada, e a produtividade florestal em baixa, média e alta. Foi utilizada a amostragem casual simples em nove...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola mecanização; Colheita florestal; Custo operacional.
Ano: 2012 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/202
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BALANÇO DE OXIGÊNIO NO RIO TURVO SUJO-MG EM DIFERENTES ÉPOCAS DO ANO Engenharia na Agricultura
Flavia Mariani Barros; UESB; Mauro Aparecido Martinez; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Paulo Roberto Cecon; UFV; Debora Astoni Moreira.
Neste trabalho teve-se como objetivo a obtenção dos coeficientes de desoxigenação (K1) e reaeração (K2), no rio Turvo Sujo, em diferentes épocas do ano, e a comparação dos valores de K2 obtidos e estimados por meio de equações baseadas em variáveis hidráulicas. Para isso, realizaram-se coletas de água e medições de vazão em quatro épocas do ano. O coeficiente K1 foi obtido pelo ajuste de regressão não linear e os valores de K2 por meio da equação de Streeter & Phelps. Observou-se que os valores estimados de K1 estão dentro dos valores citados na literatura para rios com águas limpas e, ou, efluentes secundários. Os valores de K2 aproximaram-se dos valores típicos de grandes rios com velocidade normal. Na época chuvosa, os valores de K1 foram mais altos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais coeficiente de reaeração; Coeficiente de desoxigenação; Poluição hídrica.
Ano: 2011 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/278
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BIOCLIMATIC CHARACTERIZATION OF AN EXPERIMENTAL SHED BROILER CREATION IN THE REGION OF DIAMANTINA-MG Engenharia na Agricultura
Dalólio, Felipe Santos; Moreira, Joerley; Coelho, Diogo José de Rezende; Souza, Cecília de Fátima.
The objective of this study was to evaluate the bioclimatic conditions of an experimental shed broiler Federal University of Vales do Jequitinhonha and Mucuri (UFVJM) in JK campus in Diamantina, MG. The assessment was made based on the measurement of environmental variables of air temperature, relative humidity, black globe temperature and air velocity within the facility, in 42-day trial. With the collected data we calculated the temperature and humidity index (THI), the black globe temperature and humidity index (BGTHI), the radiation heat load (RHL) and the enthalpy index (Hº). The performance was evaluated at 42 days of age the broiler chickens through the parameters live weight (LW), average daily gain weight (ADGW), feed intake (FI), feed conversion...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Construções Rurais e Ambiência avicultura; Bem-estar; Conforto térmico; Desempenho; Índices.
Ano: 2016 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/648
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BIODIESEL EM TRATOR AGRÍCOLA: COMPORTAMENTO OPERACIONAL EM FUNÇÃO DO TIPO E PROPORÇÕES DE MISTURA NO DIESEL DE PETRÓLEO Engenharia na Agricultura
Leomar Paulo Lima; Instituto Federal do Triângulo Mineiro; Afonso Lopes; UNESP; Melina Cais Jejcic Oliveira; UNESP; Murilo Coelho Teodoro Neves; UNESP; Priscila Sawasaki Iamaguti; UNESP.
O biodiesel pode ser obtido a partir de óleos vegetais, gorduras animais ou óleos residuais por meio da reação com etanol ou metanol e destaca-se entre as fontes renováveis de energia apontadas como solução para aumentar a segurança no suprimento de energia e minimizar alguns problemas ambientais decorrentes do uso de combustíveis derivados do petróleo. Este trabalho teve o objetivo de avaliar o consumo de combustível e a opacidade da fumaça do trator agrícola em função do tipo e proporções de mistura de biodiesel com diesel comum de petróleo. O experimento foi realizado no Departamento de Engenharia Rural da FCAV-UNESP, Jaboticabal-SP, utilizando-se um trator 4x2 TDA de 80,9 kW (110 cv) de potência no motor. O delineamento experimental foi inteiramente...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Mecanização Agrícola biocombustível; Consumo específico; Opacidade da fumaça..
Ano: 2013 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/407
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BIOMASSA E PROTEÍNA BRUTA DE DUAS FORRAGEIRAS FERTIRRIGADAS COM ESGOTO DOMÉSTICO TRATADO Engenharia na Agricultura
Garcia, Giovanni de Oliveira; Machado Riggo, Michelle; Avelino Cecílio, Roberto; Fialho dos Reis, Edvaldo; Bergamim Mellere, José Guilherme.
A reutilização de efluentes em atividades agropecuárias tem sido apontada como uma alternativa de destinação final de mínimo risco para o meio ambiente. Nesse sentido, com o objetivo avaliar o rendimento e o teor de proteína bruta das forrageiras Tifton 85 (Cynodon spp) e Capim Marandu (Brachiaria brizantha) fertirrigadas com esgoto doméstico tratado comparadas com aquelas cultivadas com adubação mineral, foi montado dois experimentos em parcelas subdivididas, um com cada espécie, no esquema fatorial 5x3, com cinco repetições. Os fatores nas parcelas corresponderam a cinco tratamentos, sendo um fertilizado com adubação mineral, no qual foi aplicado 40 kg ha-1 de nitrogênio e quatro fertirrigados com esgoto doméstico tratado, nas dosagens de 20, 40, 60 e 80...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais; Grasses. Animal nutrition. Water reuse.
Ano: 2016 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/529
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BROMATOLOGIA E DIGESTIBILIDADE DE GRAMÍNEAS MANEJADAS POR CORTE SUBMETIDAS A DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO Engenharia na Agricultura
Carlos Augusto Brasilero Alencar; Universidade Federal de Viçosa; Carlos Eugênio Martins; Embrapa; Antônio Carlos Cóser; Embrapa; Rubens Alves de Oliveira; Universidade Federal de Viçosa; Fernando França da Cunha; Universidade Federal de Viçosa.
Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a composição bromatológica e a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) de seis gramíneas manejadas por corte, sob efeito de diferentes lâminas de irrigação. O experimento foi conduzido em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas seis gramíneas (Xaraés, Mombaça, Tanzânia, Pioneiro, Marandu e Estrela) e, nas subparcelas, seis lâminas de irrigação (0, 18, 45, 77, 100 e 120% da referência), no delineamento inteiramente casualizado, com duas repetições. Para diferenciar a aplicação das lâminas de irrigação, utilizou-se o sistema por aspersão em linha. Foram avaliados os teores de proteína bruta (PB), o de fibra em detergente neutro (FDN) e a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) e suas...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engeharia Agrícola; Agricultura proteína bruta fibra em detergente neutro B. brizantha C. nlemfuensis P. maximum P. purpureum.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/206
Registros recuperados: 495
Primeira ... 123456789 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional