Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação técnica e operacional do sistema nacional de classificação da pele bovina. Infoteca-e
JACINTO, M. A. C.; OLIVEIRA, A. R. de; ANDREOLLA, D. L..
2009
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Couro; Pele bovina; Classificação.
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/578810
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação técnica e operacional do sistema nacional de classificação da pele bovina. Infoteca-e
JACINTO, M. A. C.; OLIVEIRA, A. R. de; ANDREOLLA, D. L..
Manuel Antonio Chagas Jacinto, CPPSE; Alexandra Rocha de Oliveira, doutoranda UNESP/Jaboticabal;Douglas Luis Andreolla, mestrando UFMT;Mariana de Aragão Pereira, CNPGC;Carlos Henrique Laske, mestrando UFPel; Alfred Verner Loosli, agrônomo; Willian Paraguassu Amorin.
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Couro; Pele; Bovino.
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/748596
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fatores envolvidos na classificação de peles e couros bovinos no Estado de Mato Grosso. Repositório Alice
ANDREOLLA, D. L.; JACINTO, M. A. C.; BERTOLONI, W.; BARIONI JUNIOR, W.; OLIVEIRA, A. R. de; PEREIRA, M. de A..
Neste estudo foi avaliada a relação existente entre a classificação de peles e couros bovinos do Estado de Mato Grosso e os fatores que interferiram nessa classificação. O sistema de classificação de peles bovinas adotado foi composto de três categorias: A (melhor), B (segunda melhor) e D (desclassificada). A presença de, pelo menos, uma marca de identificação a fogo na região dorsal, denominada grupon, segregava a pele na classificação ?D? (desclassificada). A marca de identificação do animal a fogo na região do grupon foi a responsável pela desclassificação das 1.000 peles avaliadas. Apesar de 100% das peles terem sido desclassificadas, no curtume, após o curtimento, os couros puderam ser estratificados em seis classes comerciais. Os fatores que...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Defeito; Estratificação; Qualidade; Couro.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/867088
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fatores envolvidos na classificação de peles e couros bovinos no Estado de Rio Grande do Sul Repositório Alice
ANDREOLLA, D. L.; JACINTO, M. A. C.; BERTOLONI, W.; BARIONI JUNIOR, W.; OLIVEIRA, A. R. de; PEREIRA, M. de A..
Neste estudo foi avaliada a relação existente entre a classificação de peles e couros bovinos do ação de peles bovinas adotado foi composto de três categorias: A (melhor), B (segunda melhor) e D (desclassificada). A presença de, pelo menos, uma marca de identificação a fogo na região dorsal, denominada grupon, segregava a pele na classificação ?D? (desclassificada). A marca de identificação do animal a fogo na região do grupon foi a responsável pela desclassificação de 940 das 1.000 peles avaliadas. Apesar de 94% das peles terem sido desclassificadas, no curtume, após o curtimento, os couros puderam ser estratificados em seis classes comerciais. Os fatores que interferiram na classificação comercial foram as marcas de ectoparasitas, a marca a fogo e os...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Defeito; Estratificação; Qualidade; Couro.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/867092
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fatores envolvidos na classificação de peles e couros bovinos nos Estados de Mato Grosso e Rio Grande do Sul. Repositório Alice
DIAS, M.; JACINTO, M. A. C.; ANDREOLLA, D. L.; OLIVEIRA, A. R. de; BARIONI JUNIOR, W.; BERTOLONI, W.; PEREIRA, M. de A..
O setor de peles e couros no Brasil apresenta fortes indicadores de competitividade, em 2008 foram exportados US$ 1,88 bilhão em couros e importados US$ 149,4 milhões, gerando um saldo de US$ 1,73 bilhão (Saldo, 2009). Apesar de sua importância, o Brasil produz peles de baixa qualidade e não existem políticas que determinem a remuneração pela qualidade da pele, fundamental para a redução de defeitos. Decorrente da relevância do problema e de trabalhos anteriores (Pereira et al., 2007), foi proposto o estudo de um sistema de classificação de peles bovinas composto de três categorias: A (melhor), B (segunda melhor) e D (desclassificada), segundo Instrução Normativa (IN) MAPA nº 12 (Brasil, 2002), que classifica as peles bovinas porém, com a substituição do...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Couro; Classificação; Bovinos.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/865688
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional