Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ADSORÇÃO DE ÍONS Cu2+, Cd2+, Pb2+ E Zn2+ EM RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS ESTABILIZADOS Engenharia na Agricultura
Débora Astoni Moreira; Universidade Federal de Viçosa; Mauro Aparecido Martinez; UFV; José Antonio Rodrigues de Souza; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Rafael Oliveira Batista.
A alta toxicidade e o caráter cumulativo dos metais pesados têm sido motivos de grande preocupação mundial, proporcionando o aumento significativo de trabalhos que objetivem desenvolver tecnologias para remoção destas substâncias potencialmente nocivas ao meio ambiente. Com o objetivo de estudar a capacidade de remoção de metais pesados em percolado de resíduo sólido urbano recém coletado (RSU_Fresco) pelo resíduo sólido urbano e resíduo da construção civil (RCC), realizaram-se ensaios de adsorção de metais. Foram utilizados resíduos sólidos urbanos com 15 anos (RSU_Antigo) e 8 anos (RSU_Maduro) de aterramento. Os resultados possibilitaram concluir que a capacidade máxima de adsorção para o RSU_Antigo apresentou a seqüência Zn> Pb>Cu>Cd, já para o...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Adsorção; Isoterma de Langmuir; Metais pesados.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/6
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ALTERAÇÃO NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS, QUÍMICAS E BIOQUÍMICAS DA ÁGUA NO PROCESSO DE LAVAGEM, DESPOLPA E DESMUCILAGEM DE FRUTOS DO CAFEEIRO Engenharia na Agricultura
Roberta Jimenez de Almeida Rigueira; UFV; Adílio Flauzino de Lacerda Filho; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Sérgio Maurício Lopes Donzeles; UFV; Juan José Fonseca Palacin.
Neste trabalho se objetivou avaliar as alterações nas características físicas, químicas e bioquímicas da água residuária da lavagem, despolpa e desmucilagem dos frutos do cafeeiro. Foi utilizado café cereja, variedade Catuaí, cuja colheita foi realizada no período de maio a julho de 2004, utilizando-se o método de derriça manual sobre pano. Durante o processamento dos frutos foram coletadas amostras de água na entrada e na saída do lavador/separador mecânico, no despolpador e no desmucilador. Processaram-se aproximadamente 11.000 litros de frutos por dia, para um volume médio de 3,0 litros de água para cada litro de fruto, com recirculação de água, e de 1,8 litro de água para cada litro de fruto sem recirculação. Em virtude da constituição química dos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola Água residuária; Café; DQO e DBO.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/214
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ALTERAÇÕES QUÍMICAS EM TRÊS SOLOS DECORRENTES DA APLICAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS DA LAVAGEM E DESPOLPA DE FRUTOS DO CAFEEIRO CONILON Engenharia na Agricultura
Giovanni de Oliveira Garcia; UFES; Paulo Afonso Ferreira; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Hugo Alberto Ruiz; UFV; Sebastião Martins Filho; UFV.
Neste trabalho, objetivou-se avaliar as alterações nas propriedades químicas de três solos, amostrados nas faixas de profundidade de 0-0,40 e 0,40-1,00 m, em conseqüência à aplicação de águas residuárias da lavagem e despolpa de frutos do cafeeiro conilon. As amostras dos solos foram preparadas e, em seguida, saturadas com cinco diferentes diluições da água residuária, durante um período de 20 dias. Após a incubação, amostras foram retiradas de cada recipiente, para as análises químicas. Os teores de potássio, o pH, saturação por bases, capacidade de troca de cátions efetiva e a soma de bases aumentaram com a diluição da água residuária aplicada. Por outro lado, os valores de alumínio trocável, saturação por alumínio e acidez potencial (H+Al) diminuíram. A...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Recursos Hídricos e Ambientais Efluente; Coffea canephora Pierre; Aproveitamento agrícola.
Ano: 2008 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/58
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BALANÇO DE OXIGÊNIO NO RIO TURVO SUJO-MG EM DIFERENTES ÉPOCAS DO ANO Engenharia na Agricultura
Flavia Mariani Barros; UESB; Mauro Aparecido Martinez; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Paulo Roberto Cecon; UFV; Debora Astoni Moreira.
Neste trabalho teve-se como objetivo a obtenção dos coeficientes de desoxigenação (K1) e reaeração (K2), no rio Turvo Sujo, em diferentes épocas do ano, e a comparação dos valores de K2 obtidos e estimados por meio de equações baseadas em variáveis hidráulicas. Para isso, realizaram-se coletas de água e medições de vazão em quatro épocas do ano. O coeficiente K1 foi obtido pelo ajuste de regressão não linear e os valores de K2 por meio da equação de Streeter & Phelps. Observou-se que os valores estimados de K1 estão dentro dos valores citados na literatura para rios com águas limpas e, ou, efluentes secundários. Os valores de K2 aproximaram-se dos valores típicos de grandes rios com velocidade normal. Na época chuvosa, os valores de K1 foram mais altos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais coeficiente de reaeração; Coeficiente de desoxigenação; Poluição hídrica.
Ano: 2011 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/278
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DECAIMENTO DE BACTÉRIAS DO GRUPO COLIFORMES EM SOLOS COM COBERTURA VEGETAL E NU - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n06a08 Engenharia na Agricultura
Magno dos Santos Pereira; Universidade Federal de Viçosa; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Mateus Pimentel de Matos; UFMG; Pedro Lopes de Aguiar; UFV.
A fertirrigação é uma das alternativas para a disposição/tratamento de águas residuárias e traz, como grande vantagem, a possibilidade de aproveitamento agrícola dos nutrientes nelas contidos. Entretanto, é importante considerar o risco sanitário dessa prática, notadamente quando é utilizado esgoto doméstico submetido a tratamento inferior ao de nível terciário. Fatores como temperatura, incidência de raios UV, predação e competição podem proporcionar grande decaimento no número de micro-organismos exógenos no solo. Com a realização deste trabalho objetivou-se monitorar a sobrevivência e obter a taxa de decaimento de organismos indicadores, coliformes totais (CT) e coliformes termotolerantes (CF – E. coli), após 32 dias da aplicação de esgoto sanitário...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais Águas residuárias; Fertirrigação; Micro-organismos indicadores.
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/496
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DESEMPENHO AGRONÔMICO DA Thypha sp. E Alternanthera philoxeroides Mart UTILIZADAS NO TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS DA LAVAGEM E DESCASCAMENTO/DESPOLPA DOS FRUTOS DO CAFEEIRO EM SISTEMA ALAGADO CONSTRUÍDO Engenharia na Agricultura
Ronaldo Fia; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Paulo Afonso Ferreira; UFV; Pedro Emílio Pereira Teodoro; Filipe Cruz Schuery; Fátima Aparecida Resende Luiz; UFV.
Este trabalho teve por objetivo estudar o desempenho agronômico da taboa (Typha sp.) e da alternantera (Alternanthera philoxeroides Mart) assim como a remoção de nutrientes por estas espécies, quando cultivadas em sistemas alagados construídos de escoamento subsuperficial horizontal (SACESFs), utilizados no tratamento das águas residuárias da lavagem e descascamento/despolpa dos frutos do cafeeiro (ARC). Para isso, foram quantificadas as seguintes variáveis, na água residuária: nitrogênio, fósforo, potássio e compostos fenólicos, bem como no tecido vegetal, os macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg) e sódio. As plantas cultivadas não se adaptaram às condições de exposição a altas cargas orgânicas e de nutrientes, não apresentando bom desempenho agronômico em...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Recursos Hídricos e Ambientais águas residuárias; Café; Sistemas alagados construídos; Taboa; Alternantera.
Ano: 2008 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/60
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DESEMPENHO DE FILTROS ANAERÓBIOS NO TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS DA LAVAGEM E DESCASCAMENTO DOS FRUTOS DO CAFEEIRO Engenharia na Agricultura
Ronaldo Fia; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Filipe Cruz Schuery; Pedro Emílio Pereira Teodoro; Fátima Aparecida Resende Luiz.
Neste trabalho, objetivou-se efetuar a avaliação operacional de três filtros anaeróbios com fluxo ascendente, utilizados no tratamento da água residuária do processamento dos frutos do cafeeiro (ARC). Os filtros, confeccionados com tubos PVC, preenchidos com brita nº 2 e com volume total de 139,5 L, foram operados sob temperatura ambiente, que variou de 13,8 a 24,4 ºC. A ARC teve o pH corrigido com cal até valores próximos a 7. A concentração de nutrientes foi corrigida mantendo-se relação DBO/N/P igual a 100/5/1. A carga orgânica volumétrica e o tempo de residência hidráulica variaram de 1,49 a 12,99 kg m-3 d-1 e de 32,3 a 56,9 h, respectivamente. O monitoramento foi realizado com a coleta de amostras afluentes e efluentes dos filtros, quantificando-se as...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais reator anaeróbio; Filtro anaeróbio; Compostos fenólicos; Café..
Ano: 2011 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/277
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DOSE DE CAL HIDRATADA E CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DE UM LODO DE ESGOTO DOMÉSTICO SUBMETIDO À CALEAÇÃO Engenharia na Agricultura
Mateus Pimentel de Matos; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV.
O lodo de esgoto doméstico, após ter sido higienizado com a adição de cal, pode ter aproveitamento agrícola efetuado como corretivo de acidez e de fertilidade. Entretanto, pouco se conhece das características do lodo de esgoto após ter sido submetido à caleação. Por esta razão, objetivou-se, com a realização deste trabalho, definir as doses de cal para higienização de um lodo gerado no tratamento primário de esgoto doméstico, apresentar suas características químicas, após executada a caleação, além de obter as doses para aplicação em áreas de parques e jardins. O lodo analisado foi coletado no leito de secagem da ETE José Cirilo, Muriaé, MG, e após ser peneirado (malha 2 mm), foi obtida a sua curva de incubação, adicionando-se diferentes doses (0, 25, 50,...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais; Resíduos Sólidos higienização resíduos sólidos tratamento sanitário.
Ano: 2012 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/337
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFEITO DA MASSA E DA FORMA DE PROCESSAMENTO DAS SEMENTES NO PODER COAGULANTE DA MORINGA - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n04a06 Engenharia na Agricultura
Mateus Pimentel de Matos; UFMG; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Edson Faria da Silva; UFV; Valdeir Eustáquio Júnior.
Pouco se sabe sobre a influência da qualidade e da forma de processamento da semente no poder coagulante do extrato de sementes de moringa. Assim, a realização deste trabalho objetivou avaliar o poder coagulante e xenobiótico das sementes de acordo com a faixa de massa e a sua forma de processamento (descascadas e não descascadas) para preparo do coagulante. Para isso, analisou-se a água superficial com alta turbidez coletada em uma represa. Nas amostras foram adicionados extratos preparados com sementes divididas em três classes de massa (menor ou igual a 0,20 g, entre 0,20 e 0,30 g, e maior ou igual a 0,30 g); sementes descascadas, sem discriminação de massa; e apenas cascas; além da testemunha (sem adição de coagulante). Além disso, foram analisados os...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais; Tratamento de Água; Moringa bactericida colimetria tratamento de água turbidez..
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/480
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
FILTRAÇÃO DE ESGOTO SANITÁRIO TRATADO DESTINADO À FERTIRRIGAÇÃO VIA SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO Engenharia na Agricultura
Rafael Oliveira Batista; Antonio Alves Soares; UFV; Everardo Chartuni Mantovani; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; José Antonio Rodrigues de Souza; UFV; Raquel Oliveira Batista; UFV.
Neste trabalho, objetivou-se analisar a remoção de sólidos suspensos por filtros de membrana (550 mesh) e de discos (120 mesh) de sistemas de irrigação por gotejamento, operando com esgoto sanitário tratado. Amostras da água residuária foram coletadas a montante e a jusante dos filtros, a cada hora, durante um período de 13 h. Em laboratório, quantificaram-se os sólidos suspensos das amostras. Diante dos resultados obtidos, concluiu-se que o esgoto sanitário tratado apresentou um grande potencial para obstrução de sistemas de filtração, enquanto os filtros de membrana e de discos apresentaram remoções médias dos sólidos suspensos de 30,64 e 28,34%, respectivamente.
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais filtração; Água residuária; Saneamento..
Ano: 2008 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/34
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ÍNDICE DE QUALIDADE DA ÁGUA EM TRECHOS DO RIO TURVO SUJO, VIÇOSA – MG Engenharia na Agricultura
Daniele Gonçalves Nunes; Instituto Federal do Rio de Janeiro - Campus Nilo Peçanha-Pinheiral; Demetrius David da Silva; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV.
Neste trabalho, objetivou-se caracterizar, da nascente à foz, a qualidade das águas do Rio Turvo Sujo em seis trechos. O trabalho foi desenvolvido em quatro campanhas ao longo dos períodos seco e chuvoso, durante os meses de agosto e novembro de 2006 e fevereiro e junho de 2007. Nas campanhas referentes ao período seco, realizadas nos meses de agosto de 2006 e junho de 2007, obtiveram-se, para cada trecho, os Índices de Qualidade da Água (IQA) que variaram de muito ruim a médio em agosto de 2006, sendo o trecho de pior qualidade, o trecho II (a montante do encontro com o córrego do Grama), e de ruim a médio, em junho de 2007. Para as campanhas referentes ao período chuvoso, realizadas nos meses de novembro de 2006 e fevereiro de 2007, os IQA obtidos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hidricos e Ambientais IQA; Qualidade da água; Rio Turvo Sujo.
Ano: 2011 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/334
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
NOTA TÉCNICA: DEMANDA BIOQUÍMICA DE OXIGÊNIO EM DIFERENTES TEMPOS DE INCUBAÇÃO DAS AMOSTRAS Engenharia na Agricultura
Mateus Pimentel de Matos; UFMG; Alisson Carraro Borges; Universidade Federal de Viços; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Edson Faria da Silva; UFV; Mauro Aparecido Martinez; UFV.
A demanda bioquímica de oxigênio (DBO) é uma análise de grande importância para monitoramento e dimensionamento de sistemas de tratamento biológico, além de ser referencial para legislação e verificação de impactos ambientais. A medida padrão de quantificação da concentração de material orgânico é feita com leitura após 5 dias de incubação à 20 ºC (〖"DBO" 〗_5^20) da amostra de água, propiciando comparações entre os diversos autores e em diferentes condições climáticas. Porém, em razão do longo tempo demandado para análise, há prejuízo nas tomadas de decisão em estações de tratamento de águas residuárias. Além disso, a falta de flexibilidade, no que se refere ao dia de determinação dos valores de DBO, traz transtornos do ponto de vista operacional. Poucos...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais 〖"DBO" 〗_5; DQO; Fatores de correção de DBO.
Ano: 2013 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/385
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
NOTA TÉCNICA: TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO EM FILTRO ORGÂNICO SEGUIDO DE COAGULAÇÃO COM EXTRATO DE SEMENTES DE MORINGA - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n03a07 Engenharia na Agricultura
Mateus Pimentel de Matos; UFMG; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Ana Paula da Silva Batista; UFV; Ivan Célio Andrade Ribeiro; UFV; Edson Faria da Silva; UFV.
Em diversos trabalhos têm sido comprovadas eficientes remoções na turbidez de águas quando se utiliza extrato de sementes de moringa (Moringa oleifera) como agente coagulante. No tratamento de esgoto sanitário, o grande inconveniente do uso deste coagulante é o requerimento de grandes quantidades de sementes. Uma alternativa para redução na quantidade necessária no preparo do extrato é o tratamento primário da água residuária em filtros orgânicos, removendo-se, assim, frações mais grosseiras dos sólidos nela contidos. Com o objetivo de avaliar essa possível redução na demanda de sementes para tratamento de esgoto sanitário, o esgoto doméstico bruto foi passado em filtro orgânico de serragem de madeira. Em amostras do efluente do filtro, foram adicionadas...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais; Tratamento de Águas residuárias e superficiais; Coagulação; Coagulantes naturais; Moringa proteína serragem de madeira turbidez..
Ano: 2014 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/381
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
NOTA TÉCNICA - VAZÃO DE GOTEJADORES UTILIZADOS NA FERTIRRIGAÇÃO COM ÁGUA RESIDUÁRIA DE SUINOCULTURA Engenharia na Agricultura
Rafael Oliveira Batista; UFERSA; Rubens Alves de Oliveira; UFV; Antônio Alves Soares; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Paulo Roberto Cecon; UFV.
Neste trabalho, objetivou-se analisar o comportamento da vazão de diferentes gotejadores, operando com água residuária de suinocultura. O experimento foi montado no esquema de parcelas subdivididas, tendo na parcela os tipos de gotejador (G1, G2 e G3) e, na subparcela, os tempos de funcionamento (0, 20, 40, 60, 80, 100, 120, 140 e 160 h), em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Realizou-se, a cada 20 h, a medição da vazão dos gotejadores e a determinação das características física, química e biológica do efluente. Os resultados indicaram que a água residuária de suinocultura provocou redução média na vazão dos gotejadores G1, G2 e G3 de 16, 20 e 7%, respectivamente. O gotejador G3 mostrou-se adequado para aplicação de água residuária...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Recursos Hídricos e Ambientais Dejeto suíno; Reutilização de água; Entupimento.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/251
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
NUTRIÇÃO DE TOMATEIRO FERTIRRIGADO COM ÁGUA RESIDUÁRIA DA SUINOCULTURA Engenharia na Agricultura
José Antonio Rodrigues Souza; UFV; Paulo Afonso Ferreira; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Débora Astoni Moreira; UFV.
Neste trabalho objetivou-se analisar os efeitos da fertirrigação com água residuária de suinocultura (ARS) no estado nutricional do tomateiro. Para isso, foram cultivados tomateiros da variedade Fanny TY em 21 lisímetros de drenagem sob ambiente protegido, preenchidos com Latossolo Vermelho-Amarelo Distrófico. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com sete tratamentos e três repetições. Os tratamentos foram constituídos de testemunha e fertirrigação com ARS, fornecendo-se diferentes doses de nitrogênio recomendada para o tomateiro com e sem complementação da adubação. Diante dos resultados, concluiu-se que: (a) a ARS supriu, em quaisquer lâminas aplicadas, as necessidades nutricionais do tomateiro; (b) tomando-se o conjunto de variáveis de...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola água residuária; Tomate; Nutrição; Produtividade.
Ano: 2010 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/76
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
PARÂMETROS DE TRANSPORTE DE METAIS PESADOS EM RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Engenharia na Agricultura
Débora Astoni Moreira; Universidade Federal de Viçosa; Mauro Aparecido Martinez; UFV; José Antonio Rodrigues de Souza; UFV; Antonio Teixeira de Matos; UFV; Rafael Oliveira Batista.
A alta toxicidade e o caráter cumulativo dos metais pesados têm sido motivos de grande preocupação mundial, proporcionando o aumento significativo de trabalhos que objetivem desenvolver tecnologias para remoção destas substâncias potencialmente nocivas ao meio ambiente. Objetivou-se estudar a influência dos resíduos sólidos urbanos (RSU) nos parâmetros de transporte dos metais pesados contidos no percolado produzido por RSU_Fresco. Foram utilizados resíduos sólidos urbanos com 15 anos (RSU_Antigo) e 8 anos (RSU_Maduro) de aterramento e percolado com concentração média de 0,146 mg L-1 de Cu, 0,046 mg L-1 de Cd, 17,2 mg L-1 de Zn e 0,135 mg L-1 de Pb e, 5 e 25 vezes esses valores. Os resultados possibilitaram concluir que para os resíduos estudados...
Tipo: Artigo Avaliado por Pares Palavras-chave: Engenharia Agrícola; Adsorção; Metais pesados; Fator de retardamento.
Ano: 2009 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/7
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional