Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabilidade e adaptabilidade do algodoeiro herbáceo no Cerrado do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Repositório Alice
SOUZA, A.A. de; FREIRE, E.C.; BRUNO, R. de L.A.; CARVALHO, L.P. de; SILVA FILHO, J.L. da; PEREIRA, W.E..
O objetivo deste trabalho foi analisar a estabilidade e a adaptabilidade, e agrupar ambientes de cultivo, com dados de produtividade de oito genótipos do algodoeiro, avaliados em 16 ambientes localizados no Cerrado de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, na safra 1998/1999. O delineamento utilizado foi em quadrado latino 8x8. As análises individual e conjunta foram realizadas, considerando-se os efeitos de genótipos e ambientes fixos. Os parâmetros foram avaliados pelo método da ecovalência e pelo modelo AMMI. A linhagem CNPA 94773 foi a mais estável e adaptada às condições ambientais. Houve adaptabilidade específica e interação positiva de genótipos a grupos de ambientes: ITA 90 (Campo Novo dos Parecis, Chapadão do Sul, Sorriso, Itiquira e Sapezal); ITA 96,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Gossypium hirsutum; Interação GxE; Ecovalência; AMMI; GxE interaction; Ecovalence.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/119059
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabilidade fenotípica de genótipos de algodoeiro no Estado do Mato Grosso Repositório Alice
HOOGERHEID, E.S.S.; FARIAS, F.J.C.; VENCOVSKY, R.; FREIRE, E.C..
Foram avaliados oito genótipos de algodoeiro herbáceo, sendo três linhagens e cinco cultivares, com o objetivo de estimar a adaptabilidade e estabilidade fenotípica para o caráter produtividade de algodão em caroço, pelo método Eberhart e Russell. Foram conduzidos 12 experimentos em 11 locais no Estado do Mato Grosso, sob um delineamento de blocos ao acaso com oito repetições, no ano agrícola 2000/2001. Praticamente todos os genótipos apresentaram coeficiente de determinação acima de 85%, exceto Delta Opal. As estimativas de adaptabilidade indicam que todos os genótipos apresentaram adaptação ampla (bi = 1). Quanto à estabilidade, os genótipos CNPA ITA 90, BRS Antares, CNPA 96-124, CNPA 96-283 e BRS Aroeira revelaram-se estáveis (= 0). Os melhores...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Adaptabilidade; Produtividade; Interação genótipo x ambiente; Adaptability; Yield; Genotype x environment interaction.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/126192
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relacoes taxonomicas entre os algodoeiros moco e Gossypium mustelinum do nordeste brasileiro. Repositório Alice
FREIRE, E.C.; MOREIRA, J. de A.N.; SANTOS, J.W. dos; ANDRADE, F.P. de.
O algodoeiro moco (Gossypium hirsutum r. marie-galante Hutch, Malvacea) cultivado no nordeste brasileiro e de origem desconhecida e somente conjecturas podem ser feitas acerca do seu aparecimento na regiao. O objetivo do presente estudo foi comparar o 'moco' com o G.mustelinum Miers, com a finalidade de contribuir para o esclarecimento da sua origem para a classificacao botanica. O estudo foi conduzido comparando-se o G.mustelinum com sete tipos de 'moco' representados pelos mocozinho, moco-vale-do-serido, francisco-raimundo, fibra creme, moco melhorado e, finalmente pelos mocos com tendencia e para G. barbadense, com proximidade para o G.mustelinum. As variaveis estudadas foram tomadas nas folhas, bracteas e flores, medidas em cinco plantas selecionadas...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Botanica; Taxonomia; Analise multivariada; Algodao-moco; Gossypium hirsutum; Botanics; Taxonomy; Multivariate analysis; Moco cotton.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/97332
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional