Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização morfológica e molecular de Corbicula (Mollusca, Bivalvia) no reservatório de Rosana, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v27i4.1274 Biological Sciences
Bagatini, Yara Moretto; UEM; Panarari, Renata de Souza; UEM; Higuti, Janet; UEM; Benedito-Cecilio, Evanilde; UEM; Prioli, Alberto José; UEM; Prioli, Sonia Maria Alves Pinto; UEM.
O objetivo do presente estudo foi verificar através de técnicas moleculares, RAPD e ISSR aliadas à caracterização morfológica da concha dos bivalves, se os indivíduos morfologicamente distintos de Corbicula fluminea amostrados no reservatório de Rosana pertencem a espécies diferentes. O tecido muscular do pé dos três grupos (G1, G2 e G3) de Corbicula foi removido e congelado em nitrogênio líquido para a análise do DNA. As variáveis morfométricas das conchas indicaram diferenças significativas entre os indivíduos de Corbicula. Por outro lado, as análises moleculares revelaram similaridade genética, evidenciando a não existência de polimorfismo molecular. Os resultados confirmam que os dois grupos diferentes morfologicamente também pertencem a espécie C....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: 2.05.00.00-9 Ecologia Corbicula; Técnicas moleculares; Plasticidade fenotípica; Variação ambiental 2.05.00.00-9 Ecologia.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1274
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estrutura e dinâmica da assembléia de copépodos ciclopóides (Crustacea) associados com macrófitas aquática em dois ambientes lóticos da bacia do alto rio Paraná, Brasil Biological Sciences
Velho, Luiz Felipe Machado; UEM; Lansac-Tôha, Fabio Amodêo; UEM; Takeda, Alice Michyio; UEM; Higuti, Janet; UEM; Franco, Gilza Maria de Souza; UEM.
Analisamos a variação espacial e temporal da composição, diversidade e abundância dos copépodos ciclopóides associados à Eichhornia azurea (Swartz) Kunth em dois ambientes lóticos da bacia do alto rio Paraná. Foram identificados dezesseis táxons de ciclopóides. Não foram constatadas diferenças na composição de espécies entre os ambientes ou fases hidrológicas. Os ciclopóides foram, em geral, mais abundantes durante a fase de águas baixas. As espécies mais abundantes nos dois ambientes foram Macrocyclops albidus albidus (Jurine) e Microcyclops finitimus Dussart. As densidades e algumas medidas de riqueza de espécies foram, em geral, maiores no rio Ivinheima, o qual apresenta muitas lagoas de várzea associadas. Esse fato sugere a importância de ambientes...
Palavras-chave: 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas Cyclopoida; Fauna fitófila; Ecologia; Abundância; Diversidade; Riqueza de espécies 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas.
Ano: 2001 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/2688
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variação espacial da comunidade bêntica no reservatório de Corumbá, Estado de Goiás, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i1.2078 Biological Sciences
Moretto, Yara; UEM; Higuti, Janet; UEM; Takeda, Alice Michiyo; UEM.
A composição e a abundância da comunidade bêntica foi analisada em três estações do reservatório de Corumbá. Foram feitas coletas na margem e no centro das estações, visando a analisar os parâmetros abióticos que influenciaram essa comunidade. Variáveis, tais como profundidade, oxigênio dissolvido e o tipo de sedimento, foram os principais fatores que determinaram a estrutura da comunidade bêntica. A fauna apresentou uma maior abundância na região marginal, provavelmente devido às menores profundidades e maiores concentrações de oxigênio dissolvido. O inverso foi verificado na região central, exceto na estação fluvial do reservatório, pois trata-se de um local raso e com maior velocidade de correnteza. Oligochaeta e Chironomidae foram os principais táxons...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral comunidade bêntica; Reservatório; Abundância; Variação espacial 2.01.00.00-0 Biologia Geral.
Ano: 2003 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/2078
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional