Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aquecimento intermitente em pessegos 'BR-6' frigoconservados. Repositório Alice
KLUGE, R.A.; HOFFMANN, A.; NACHTIGAL, J.C.; BILHALVA, A.B.; FACHINELLO, J.C..
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento de pessego cultivar BR-6 submetidos ao aquecimento intermitente durante o armazenamento refrigerado. As frutas foram armazenadas por um periodo de 224 dias a 0C e 90-95% UR, sendo que o aquecimento realizou-se no decimo dia de armazenamento, por periodos de 7, 21, 25 e 45 horas em tempertura de 25-26C. A testemunha constou de frutas armazenadas continuamete a 0C. A perda de peso das frutas foi maior a medida que aumentou o tempo de exposicao das frutas ao aquecimento intermitente. Nao houve influencia dos tratamentos sobre o teor de solidos soluveis totais (SST), acidez total titulavel (ATT) e SST/ATT. A firmeza de polpa teve derescimos mais acentuados nas frutas aquecidas do que nas nao...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Escurecimento de polpa; Firmeza de polpa; Qualidade dos frutos; Pulp browning; Pulp firmness; Fruit quality; Internal browning.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/104116
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fisiológicos e microbiológicos de beterrabas minimamente processadas. Repositório Alice
VITTI, M.C.D.; KLUGE, R.A.; GALLO, C.R.; SCHIAVINATO, M.A.; MORETTI, C.L.; JACOMINO, A.P..
O objetivo deste trabalho foi avaliar aspectos fisiológicos e microbiológicos de beterrabas minimamente processadas. A taxa respiratória e a produção de etileno foram avaliadas até quatro horas após o processamento e durante 10 dias de armazenamento a 5oC. As análises microbiológicas foram realizadas no dia do processamento e após 10 dias de conservação. Raízes intactas apresentaram a menor taxa respiratória (5 mL CO2 kg-1 h-1), enquanto beterrabas raladas e descascadas obtiveram taxa respiratória de 30 mL CO2 kg-1 h-1 após quatro horas do processamento. Beterrabas minimamente processadas apresentaram um pico respiratório no segundo dia de armazenamento (80 mL CO2 kg-1 h-1), estabilizando em 30 mL CO2 kg-1 h-1 no quarto dia. Não foi detectado etileno em...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Beta vulgaris; Processamento mínimo; Respiração; Etileno; Armazenamento; Fresh cut; Respiration; Ethylene; Storage.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/112550
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de duas cultivares de pessegueiro com interenxerto da ameixeira januaria. Repositório Alice
SCARPARE FILHO, J.A.; KLUGE, R.A.; VICTORIA FILHO, R.; TESSARIOLI NETO, J.A.; JACOMINO, P..
Os efeitos da utilização de interenxerto (filtro) da ameixeira 'Januária' (Prunus salicina L.) foram verificados em duas cultivares de pessegueiro (Prunus persica L.), Tropical e Ouromel-2. O porta-enxerto básico utilizado foi o pessegueiro 'Okinawa'. Foram avaliadas duas safras, respectivamente, na 4a e 5a folha de plantas enxertadas e estabelecidas no campo em 1994. O uso do enxerto intermediário diminuiu o vigor das plantas _ perímetro e área da secção do tronco, perímetro das pernadas e comprimento dos entrenós _ e aumentou o peso do fruto e a produção por planta, em comparação com as copas-controle enxertadas diretamente no 'Okinawa'. A eficiência produtiva, o índice de fertilidade, o florescimento e a frutificação efetiva foram incrementados com o...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Ameixa; Prunus domestica.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/101802
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostos salicilados e tolerância de nêsperas ao frio. Repositório Alice
EDAGI, F.K.; SESTARI, I.; SASAKI, F.F.; TERRA, F. de A.M.; KLUGE, R.A..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de compostos salicilados sobre a tolerância de nêsperas ao frio e verificar se este efeito eatá relacionado à modulação de enzimas do metabolismo secundário. Nêsperas foram imersas em água (controle) ou em soluções que continham ácido salicílico (1 ou 10 mmol L-1), ou foram expostas a 0,05 mmol L-1 de metil salicilato, antes de serem armazenadas a 1ºC por 60 dias. A inibição da atividade da fenilalanina amônia-liase, peroxidase e polifenoloxidase, pelo metil salicilato, aumenta a tolerância de nêsperas ao frio, o que torna possível estender o armazenamento dos frutos por até dois meses a 1°C.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Eriobotrya japonica..
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/908996
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de esteres de sacarose sobre pessegos 'BR-6' refrigerados. Repositório Alice
KLUGE, R.A.; NACHTIGAL, J.C.; HOFFMANN, A.; BILHALVA, A.B.; FACHINELLO, J.C..
Com o objetivo de verificar o efeito do Tal-Prolong (pelicula protetora que auxilia a conservacao de frutas), pessegos (Prunus persica, Batsch) da cultivar BR-6 foram colhidos em 20.01.1994 e tratados com esse ester de sacarose a 0; 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0% por meio de imersao por 30 segundos. As frutas foram armazenadas por 20 e 30 dias a 0.C e 90.95% de umidade relativa (UR). Apos cada periodo de armazenamento, as frutas foram submetidas a um periodo de comercializacao simulada de dois dias (25-26.C e 60-70% de UR). Aos 20 dias, as frutas tratadas com Tal-Prolong estavam com maior acidez e firmeza de polpa, e com menor relacao SST/ATT e intensidade de escurecimento de polpa, do que as frutas nao tratadas. Os frutos apresentaram 4,17% de escurecimento interno...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Escurecimento da polpa; Armazenamento refrigerado; Firmeza da polpa; Prunus persica; Pessego; Internal browning; Cold storage; Pulp firmness.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/89497
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do ensacamento de cachos de banana 'Nanicão' na produção e no intervalo entre inflorescência e colheita. Repositório Alice
COSTA, J.N.M.; SCARPARE FILHO, J.A.; KLUGE, R.A..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do ensacamento de cachos de bananas (Musa sp. AAA), cultivar Nanicão, em diferentes épocas, na produção e no intervalo entre inflorescência e colheita. O experimento foi realizado no Município de Tietê, SP, em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x3, com quatro repetições. O ensacamento foi efetuado com sacos de polietileno em três épocas: 21/5/96, 17/12/96 e 26/2/97. Foram avaliados o intervalo entre emergência da inflorescência e colheita, a massa do cacho e o comprimento, diâmetro e densidade do fruto. A interação ensacamento x épocas não foi significativa em relação a nenhuma das variáveis. O ensacamento diminuiu o intervalo entre a emergência da inflorescência e a colheita na primeira (21/5/96) e segunda...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: : Musa; Cobertura de plástico; Fruta; Qualidade; Manejo de cultura; Plastic film cover; Fruit; Quality; Crop management.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/108802
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do porta-enxerto na qualidade do cacho da videira 'Niagara Rosada'. Repositório Alice
PAULETTO, D.; MOURAO FILHO, F. de A.A.; KLUGE, R.A.; SCARPARE FILHO, J.A..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade do cacho da videira 'Niágara Rosada' (Vitis labrusca L.) enxertada sobre cinco porta-enxertos e avaliada durante sete safras na região de Taubaté, SP. Os cachos colhidos nas plantas enxertadas sobre 'IAC 313', 'IAC 766' e 'Traviú' apresentaram tamanho (comprimento e largura), massa e número de bagas significativamente maiores do que o verificado nas plantas enxertadas sobre 'Kober 5BB' e 'Schwarzmann'. A baga apresentou massa significativamente maior no 'IAC 766' e 'Traviú' em comparação ao 'Schwarzmann'. O teor de sólidos solúveis dos frutos foi maior no 'Kober 5BB' (15,46oBrix) e 'Schwarzmann' (15,28oBrix) em comparação ao verificado no 'IAC 313' (14,18oBrix).
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Vitis labrusca; Uva; Propagacao; Enxertia; Grapes; Propagation; Grafting.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/103921
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influencia do estadio de maturacao e da embalagem de polietileno na frigoconservacao de ameixa. Repositório Alice
KLUGE, R.A.; BILHALVA, A.B.; FLORES-CANTILLANO, R. F..
Um experimento visando verificar a influencia do estadio de maturacao e da embalagem de polietileno, durante o armazenamento de ameixa (Prunus salicina Lindl.) cultivar Amarelinha, foi realizado na Embrapa - Centro de Pesquisa Agropecuaria de Clima Temperado (CPACT), em Pelotas, RS. Foram utilizadas frutas em tres estadios de maturacao: verde, semimaduro e maduro, embaladas ou nao em sacos de polietileno. O armazenamento refrigerado realizou-se a 0 graus C. e 90-95% UR, por 14, 28 e 42 dias, seguido da comercializacao simulada por tres dias a 25-26 graus C. As frutas semimaduras foram as que perderam menos peso ao longo da frigoconservacao e comercializacao simulada. A embalagem de polietileno reduziu as perdas de peso para menos de 1% ao longo do...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Prunus salicina; Armazenamento refrigerado; Fruit storage.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/91793
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inibição do amadurecimento de abacate com 1-metilciclopropeno. Repositório Alice
KLUGE, R.A.; JACOMINO, A.P.; OJEDA, R.M.; BRACKMANN, A..
O abacate (Persea americana) é um fruto climatérico que apresenta alta taxa respiratória e alta produção de etileno após a colheita, o que o torna altamente perecível. Por isso, o controle do amadurecimento desse fruto é fundamental para o aumento da vida útil de prateleira. Abacates 'Quintal' foram tratados com o bloqueador da ação do etileno 1-metilciclopropeno (1-MCP) nas concentrações de 0, 30, 90 e 270 nL L-1 durante 12 horas a 24oC e armazenados sob condições ambientais (24oC) por nove dias. Diariamente foram analisadas as variáveis coloração da casca e polpa, firmeza de polpa, porcentagem de frutos maduros (firmeza £ 8 Newtons), porcentagem de podridões, taxa respiratória e produção de etileno. O delineamento experimental foi inteiramente...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Persea americana; Produção de etileno; Senescência; Armazenamento; Pós-colheita; Ethylene production; Senescence; Storage; Postharvest.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/107443
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Intensidade de raleio de frutos em pessegueiro flordaprince conduzidos em pomar com alta densidade de plantio. Repositório Alice
SCARPE FILHO, J.A.; MINAMI, K.; KLUGE, R.A..
O objetivo deste trabalho foi verificar o comportamento de pessegueiros (Prunus persica (L.) Batsch.) cultivar Flordaprince, conduzidos em pomar com alta densidade (3.333 plantas/ha), submetidos a diferentes intensidades de raleio manual de frutos. Os tratamentos utilizados foram 120, 100 e 80 frutos por planta, e o controle sem raleio (230 frutos por planta). As plantas submetidas ao raleio produziram frutos significativamente maiores e mais pesados do que os do controle. A produção por planta (kg) e a produtividade estimada (t/ha) foram maiores nas plantas sem raleio, mas a classificação comercial e a receita bruta (R$/ha) desse tratamento foram menores, devido ao menor tamanho e peso dos frutos. Os tratamentos 100 e 80 frutos por planta (56,52% e 65,21%...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Pomar; Raleio; Defruiting; Prunus persica.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/102061
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Metodos de protecao de enxerto na producao de mudas de mangueira, abacateiro e nogueira macadamia. Repositório Alice
JACOMINO, A.P.; MINAMI, K.; KLUGE, R.A.; KISHINO, A.Y..
Diferentes materiais de protecao do enxerto foram avaliados na producao de mudas de mangueira (Mangifera indica L.) cv. Tommy Atkins, abacateiro (Persea americana L.) cv. Fortuna e nogueira-macadamia (Macadamia integrifolia Maiden & Betche) cv. Kau 344. Os materiais utilizados foram: saco de polietileno, parafina, parafina + vaselina, cera de abelha, parafilme e filme de PVC. Verificou-se que o parafilme promoveu melhor resultado de pegamento do enxerto em abacateiro (80,3%) e nogueira-macadamia (74,1%), seguido pelo filme de PVC (53,4% e 41,7%, respectivamente). Na enxertia de mangueira, o parafilme, filme de PVC e saco de polietileno não diferiram entre si estatisticamente (59,6%, 50,2% e 50,2%, respectivamente). Os porcentuais de pegamento...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Enxerto.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/103533
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Producao da bananeira 'Nanicao' em diferentes densidades de plantas e sistemas de espacamento. Repositório Alice
SCARPARE FILHO, J.A.; KLUGE, R.A..
O objetivo do presente trabalho foi verificar o efeito de diferentes densidades de plantio e sistemas de espacamento sobre a producao da bananeira 'Nanicao', avaliando-se os primeiros quatro ciclos. Quatro densidades (3.333, 2.222, 1.666 e 1.333 plan-tas ha-1) e dois sistemas de espacamento (retangulo e triangulo) foram testados para as condições de Piracicaba, SP. O aumento da densidade de 1.333 para 3.333 plan-tas ha-1 diminuiu a massa do cacho em 15% a 20%, em decorrencia do menor número de frutos por cacho, massa e tamanho do fruto. A producao foi sempre maior com o aumento da densidade, porém não ocorreu o mesmo quanto a produtividade. Até o terceiro ciclo, a produtividade das plantas no tratamento de maior densidade superou a das demais. No quarto...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Banana; Producao.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/103646
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Producao e relacao raquis/cacho da bananeira 'nanicao' em diferentes densidades e arranjos de plantio. Repositório Alice
KLUGE, R.A.; SCARPARE FILHO, J.A.; VICTORIA FILHO, R.; JACOMINO, A.P..
Objetivou-se avaliar a influência de diferentes densidades e arranjos de plantio sobre os componentes de produção e a relação ráquis/cacho de bananeiras 'Nanicão', estabelecidas em Piracicaba, SP. Foram estudadas quatro densidades: 1.333, 1.666, 2.222 e 3.333 plantas ha-1, e dois arranjos de plantio: retângulo e triângulo (quincôncio). Independentemente do arranjo utilizado, o aumento da densidade elevou a produção de frutos de 37,24 para 75,83 t ha-1 e reduziu a massa do cacho de 30,30 para 24,79 kg, por causa da redução na massa do fruto. A porcentagem da massa da ráquis em relação à massa do cacho permaneceu em torno de 8%, independentemente da densidade e arranjo. Na maior densidade (3.333 plantas ha-1) podem ser exportadas do bananal até 6,80 t ha-1...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Banana; Musa; Inflorescencia; Inflorescences.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/103175
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Producao e vigor da videira 'Niagara Rosada' relacionados com o porta-enxerto. Repositório Alice
PAULETTO, D.; MOURAO FILHO, F. de A.A.; KLUGE, R.A.; SCARPARE FILHO, J.A..
Avaliou-se a producao e o vigor da videira 'Niagara Rosada' sobre os porta-enxertos 'IAC 313', 'IAC 766', 'Kober 5BB', 'Traviú' (106-8 Mgt) e 'Schwarzmann', no período de 1990 a 1998, em Taubaté, SP. As maiores producoes medias foram obtidas quando se utilizaram os porta-enxertos 'IAC 313' e 'IAC 766', totalizando 2,69 kg/planta e 2,59 kg/planta, respectivamente. As producoes alcancadas com os porta-enxertos 'Kober 5BB' e 'Schwarzmann' foram, em media, 110% menores que os anteriores, enquanto o 'Traviú' apresentou comportamento intermediario. Os porta-enxertos 'IAC 313' e 'IAC 766' também induziram maior vigor a copa, representado pela maior massa de ramos podados e maior diametro das plantas. Para a formacao de um vinhedo com 'Niagara Rosada',...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Uva.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/103647
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Remocao da adstringencia de frutos de caquizeiro Giombo sob diferentes periodos de exposicao ao vapor de alcool etilico. Repositório Alice
ANTONIOLLI, L.R.; CASTRO, P.R. de C. e; KLUGE, R.A.; SCARPARE FILHO, J.A..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do periodo de exposicao ao vapor de alcool etilico na remocao da dstringência de frutos de caquizeiro (Diospyros kaki L.) cultivar Giombo. Os frutos foram expostos ao vapor de alcool durante 24, 36 e 48 horas, sob temperatura de 20°C e 95% de umidade relativa. As caracteristicas quimicas e fisicas dos frutos foram avaliadas durante dez dias, em intervalos de dois dias. As variaveis analisadas foram: teor de taninos soluveis, firmeza da polpa, perda de materia fresca, pH, solidos soluveis totais, acidez total titulavel e teor de acido ascorbico. De acordo com os resultados obtidos, os periodos de 24 e 36 horas demonstraram ser igualmente eficientes no processo de remocao da adstringencia dos frutos; no entanto,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Caqui.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/103549
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tratamento térmico para controle da lanosidade em pêssegos 'Dourado-2' refrigerados Repositório Alice
VITTI, D.C.C.; KLUGE, R.A.; JACOMINO, A.P.; LIMA, G.P.P..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de tratamentos térmicos na incidência de lanosidade em pêssegos 'Dourado-2' armazenados a 0ºC e na fisiologia e bioquímica dos frutos. Foram realizados condicionamentos térmicos antes da refrigeração, por meio da exposição dos frutos a 50oC por 2 horas ou a 20oC por 48 horas e do aquecimento intermitente durante o armazenamento refrigerado; os frutos foram submetidos a 25oC durante 24 horas, a cada cinco dias de armazenamento a 0oC, ou durante 48 horas, a cada dez dias de armazenamento a 0oC. Frutos continuamente armazenados a 0oC serviram de controle. Após 30 dias de armazenamento mais três dias de comercialização simulada, foram determinados os efeitos dos tratamentos sobre a incidência de lanosidade,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Prunus persica; Aquecimento intermitente; Condicionamento térmico; Dano por frio; Intermittent warming; Temperature-conditioning; Chilling injury.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/122843
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional