Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Elaboração e validação da escala diagramática para avaliação da mancha branca do milho Rev. Ciênc. Agron.
Malagi,Gustavo; Santos,Idalmir dos; Camochena,Rubia Cristiani; Moccellin,Renata.
A correta avaliação das doenças de plantas é de fundamental importância para os estudos epidemiológicos e para as estratégias de controle das mesmas. A escala diagramática de doenças além de contribuir para a correta avaliação fornece um padrão de uniformidade aos diferentes avaliadores. O objetivo deste trabalho foi desenvolver e validar a escala diagramática para quantificação da severidade da Mancha Branca em folhas de milho. Para a construção da escala, utilizaram-se os limites de severidade mínima e máxima da doença observados, sendo os níveis intermediários da escala definidos por acréscimos logarítmicos, obedecendo a "Lei do estímulo de Weber-Fechner". A escala é composta por sete níveis de severidade: 1,1; 2,1; 4,2; 7,9; 14,4; 25,0 e 39,7%, a qual...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pantoea ananatis S.; Phaeosphaeria maydis (P. Henn.); Doenças foliares do milho.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902011000300028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enxertia interespecífica de jabuticabeira: influência do tipo de garfo Ciência Rural
Malagi,Gustavo; Citadin,Idemir; Scariotto,Silvia; Wagner Júnior,Américo; Sachet,Marcos Robson.
Este trabalho objetivou avaliar o pegamento e desenvolvimento dos enxertos de duas espécies de Jabuticaba (Plinia spp.), testando diferentes tipos de garfos. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições, no esquema fatorial 2x3 (espécie x tipo de garfo), com a unidade experimental composta por uma planta. Utilizaram-se as espécies Plinia trunciflora e Plinia cauliflora enxertadas sobre P. cauliflora por garfagem de topo em fenda cheia, utilizando-se garfos herbáceos (diâmetro menor de 3mm), semi-lenhosos de baixo calibre (diâmetro de 3-5mm) e semi-lenhosos de médio calibre (diâmetro de 5-7mm). A espécie P. trunciflora proporcionou um número de brotações superior e um comprimento de brotação 44% inferior à espécie P. cauliflora....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Diâmetro do garfo; Garfo herbáceo; Garfo semi-lenhoso.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Escala diagramática para avaliação da severidade de bacteriose em pessegueiro Rev. Bras. Frutic.
Citadin,Idemir; Assmann,André Paulo; Mazaro,Sergio Miguel; Gouvêa,Alfredo de; Danner,Moeses Andrigo; Malagi,Gustavo.
Uma escala diagramática para quantificar a severidade da bacteriose em folhas de pessegueiro (Prunus persica), causada por Xanthomonas arboricola pv. pruni, foi desenvolvida e validada. A escala considerou os limites de severidade mínima e máxima da doença observados no campo, e os níveis intermediários seguiram incrementos logarítmicos, obedecendo-se à"Lei do estímulo de Weber-Fechner". A escala consta de seis níveis: 0,5; 1,5; 4,3; 12,0; 29,1 e 55,3%, sendo avaliada por sete indivíduos sem experiência na avaliação da bacteriose em pessegueiro. Inicialmente, a estimativa da severidade foi feita sem auxílio da escala em 50 folhas com diferentes níveis de severidade. Em seguida, os mesmos avaliadores utilizaram a escala diagramática proposta. Por meio de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Patometria; Severidade.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Escala diagramática para avaliação de severidade da helmintosporiose comum em milho Ciência Rural
Lazaroto,Adriana; Santos,Idalmir dos; Konflanz,Valmor Antonio; Malagi,Gustavo; Camochena,Rubia Cristiani.
A helmintosporiose comum, causada pelo fungo Exserohilum turcicum é uma das principais doenças foliares da cultura do milho, na região sul do Brasil, e apresenta um considerável potencial de danos à cultura, especialmente quando o ataque se inicia antes do período de floração. Assim, este trabalho teve como objetivo elaborar e validar uma escala diagramática para avaliação da severidade da helmintosporiose comum do milho. Para isso, foram coletadas folhas com sintomas da doença para a determinação da severidade real, definição dos limites máximos e mínimos, e os níveis intermediários da escala por meio de incrementos logarítmicos, de acordo com a lei de estímulo visual de Weber-Fechner. A escala elaborada sugere sete níveis de severidade: 0,5; 1,0; 2,5;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Zea mays; Exserohilum turcicum; Patometria.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012001200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Método não destrutivo para determinação da área foliar da videira, cultivar BRS-Violeta Rev. Bras. Frutic.
Malagi,Gustavo; Citadin,Idemir; Scariot,Silvia; Reis,Letícia.
Este trabalho teve por objetivo avaliar as combinações entre o comprimento das nervuras secundárias e principal de folhas na estimativa da área foliar da videira cultivar BRS-Violeta. Realizou-se a coleta aleatória de 200 folhas intactas e completamente desenvolvidas, em uma área de cultivo experimental. Determinaram-se a área foliar real (AFR) e o comprimento das nervuras secundárias (esquerda - direita) e principal. Obtiveram-se três regressões com seus coeficientes de determinação para a identificação da relação mais precisa, considerando o comprimento da nervura principal (CNP), o somatório do comprimento das nervuras secundárias (SCNS) e o somatório entre o comprimento das nervuras secundárias e o comprimento da nervura principal (SCNSP), como...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitis sp.; Nervura principal; Nervura secundária; Equação de área foliar.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452010000400037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modo de reprodução e viabilidade de pólen de três espécies de jabuticabeira Rev. Bras. Frutic.
Danner,Moeses Andrigo; Citadin,Idemir; Sasso,Simone Aparecida Zolet; Sachet,Marcos Robson; Malagi,Gustavo.
O objetivo deste trabalho foi determinar o modo de reprodução e as condições para testes de viabilidade in vitro de pólen de três espécies de jabuticabeira (Plinia cauliflora, P. trunciflora e P. jaboticaba). Avaliaram-se a frutificação efetiva em ramos ensacados e não ensacados, e aspectos da morfologia floral. A viabilidade de pólen foi avaliada em meio de cultura com e sem ácido bórico, com pólen coletado em diferentes períodos após antese. A germinação de pólen de seis genótipos foi quantificada antes e após armazenamento. P. trunciflora e P. jaboticaba são autocompatíveis, porém os polinizadores aumentam a frutificação. A espécie Plinia cauliflora necessita de agentes polinizadores para frutificar, pois apresenta flores com maior distância...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plinia sp.; Polinização; Armazenamento de pólen; Boro.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocorrência de mancha ocular em milho causada por Kabatiella zeae no Paraná e em Santa Catarina Trop. Plant Pathol.
Santos,Idalmir dos; Silva,Alciani da; Malagi,Gustavo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582007000400014
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional