Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 19
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da qualidade do sêmen em coelhos alimentados com rações contendo diferentes fontes de óleos vegetais - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i1.1945 Animal Sciences
Andreazzi, Márcia Aparecida; Cesumar; Scapinello, Cláudio; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM; Michelan, Andrea Cristiane; UEM; Georg, Priscilla Cristina; UEM.
Foi avaliado o sêmen de 40 coelhos distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado com 4 tratamentos (ração sem a adição de óleo e rações contendo 3% de óleo de canola, 3% óleo de milho ou 3% óleo de soja) e 10 repetições. As colheitas de sêmen foram realizadas 2 vezes por semana, durante 5 semanas, totalizando 10 colheitas por animal. Avaliou-se volume, pH, cor, vigor, motilidade espermática progressiva, concentração espermática por mm3 e por ejaculado, número de doses inseminantes e anormalidades espermáticas. Os animais que receberam ração com 3% de óleo de canola apresentaram maior volume de sêmen e maior quantidade total de espermatozóides no ejaculado (p < 0,05) e, como conseqüência, maior número de doses inseminantes (p <...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia coelhos reprodutores; Óleo vegetal; Sêmen 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1945
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de diversidade genética em subespécies e cruzamento de avestruzes (Struthio camelus) com o uso de marcadores RAPD - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i2.1222 Animal Sciences
Cunha Godoy, Lisandra; UEM; Cardozo, Rejane Machado; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM.
Na estrutiocultura as ligações entre características físicas e desempenho precisam de investigação adicional e as informações sobre diversidade genética são mínimas. Portanto, o presente trabalho representa um importante passo em estudos de genética de avestruzes. Foram coletadas amostras de sangue de 30 animais, machos e fêmeas, das subespécies Blue Neck, African Black e do cruzamento Red Blue (Red Neck X Blue Neck), para extração de DNA. Após amplificação, os produtos foram analisados e interpretados pela técnica RAPD, fornecendo dados de similaridade genética entre os indivíduos com a utilização do coeficiente de Jaccard e dados de distância genética entre as subespécies e diversidade genética dentro de subespécies através do coeficiente de Nei. Os...
Palavras-chave: 5.04.05.00-4 Produção Animal avestruzes; Blue Neck; African Black; Red Blue; RAPD; Diversidade genética 5.04.05.00-4 Produção Animal.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1222
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de metabólitos lipídicos e hormônios esteróides em soro de coelhas alimentadas com ração contendo diferentes fontes de óleos vegetais - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i3.1812 Animal Sciences
Andreazzi, Márcia Aparecida; Cesumar; Scapinello, Cláudio; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM; Aoki, Elisabeth Eiko; UEM; Michelan, Andrea Cristiane; UEM.
Foram utilizadas 40 matrizes em um delineamento experimental, inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (ração sem óleo e rações contendo 3% de óleo de canola, 3% óleo de milho ou 3% óleo de soja) e 10 repetições. Foram colhidas amostras de sangue das coelhas no 16o dia da primeira e da segunda gestação e no 11o dia após o primeiro parto. Com o soro obtido, foram dosadas as concentrações de triglicerídeos totais, colesterol total, lipoproteínas de alta (HDL), de baixa (LDL) e de muito baixa (VLDL) densidades, progesterona e 17&szlig;-estradiol. Não foram observadas diferenças (P&gt;0,05) entre os tratamentos. No entanto, os níveis de colesterol-HDL e de 17&szlig;-estradiol foram maiores (P&lt;0,05) na segunda gestação. A concentração...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia coelhas; Colesterol; 17beta-estradiol; Óleo vegetal; Progesterona; Triglicerídeos 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1812
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho reprodutivo de coelhas alimentadas com ração contendo diferentes fontes de óleo vegetal - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i3.43 Animal Sciences
Andreazzi, Márcia Aparecida; Cesumar; Scapinello, Cláudio; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM; Michelan, Andréa Cristiane; UEM.
Foram avaliadas 120 matrizes de coelhas durante dois ciclos reprodutivos. Os animais foram distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com 4 tratamentos (ração sem óleo e ração com 3% de óleo de canola, de óleo de milho ou de óleo de soja) e 30 repetições. Foram coletados os dados de peso vivo das coelhas em cada cobrição, no parto, aos 21 e aos 35 dias de lactação e de consumo durante a gestação, os primeiros 21 dias de lactação e durante o período total de lactação (35 dias). Também foram obtidos os dados referentes ao peso vivo e ao número de láparos ao nascimento, aos 21 e aos 35 dias. Não foram observadas diferenças (P>0,05) entre os tratamentos quanto aos parâmetros de desempenho das coelhas no primeiro ciclo...
Palavras-chave: 5.04.03.00-1 Nutrição e Alimentação Animal coelhas; Desempenho reprodutivo; Láparos; Óleo vegetais.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/43
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho reprodutivo de coelhas submetidas a diferentes níveis de energia digestível nas dietas e idades de desmama de suas ninhadas - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i2.6619 Animal Sciences
Silva, Waldirene Rossi da; UEM; Scapinello, Cláudio; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM; Ferreira, Walter Motta; UFMG.
Foram utilizadas 240 ninhadas oriundas de 80 matrizes NZB, nulíparas, durante três ciclos reprodutivos, submetidas a um ritmo de reprodução de 42 dias, distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2 x 3 (2.600 e 2.800 kcal ED kg-1 de ração versus desmama aos 28 e 35 dias versus três ciclos reprodutivos). O nível de ED nas rações não afetou o peso das matrizes na desmama de seus láparos e as taxas de fertilidade, independente do ciclo reprodutivo. A melhor condição corporal nos três ciclos das matrizes que desmamaram seus láparos aos 28 dias, permitiu taxas de fertilidade mais altas durante todo o período experimental. À exceção do tamanho da ninhada ao nascer, que foi menor no primeiro parto, o tamanho da ninhada aos 21...
Tipo: Pesquisa de campo Palavras-chave: Produção Animal; Nutrição de não-ruminantes desempenho de láparos; Tamanho da ninhada; Condição corporal da matriz; Taxa de mortalidade; Fertilidade 5.04.05.00-4 litter performance; Litter size; Corporal condition of does; Mortality; Fertility.
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/6619
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da congelação vertical e horizontal na qualidade do sêmen caprino Animal Sciences
Betini, Carlos Maia; HOSPITAL VETERINÁRIO PRONTODOG; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Rigolon, Luiz Paulo; UEM.
Este trabalho teve por objetivo estudar o efeito da congelação horizontal e vertical na qualidade do sêmen de caprino da raça Saanen. Esses animais receberam 1,5kg/dia de feno de coast-cross (Cynodon dactylon), 0,5kg/dia de ração formulada com milho triturado (70%) e farelo de soja (30%), além de livre acesso a suplemento mineral e água. A colheita do sêmen foi realizada com vagina artificial, uma vez por semana, durante 5 semanas. Ao efetuar a análise de variância, observou-se que a motilidade progressiva e o índice de sobrevivência foram melhores (P < 0,05) na congelação vertical (31,3% e 29,01%) do que na horizontal (28,00% e 26,86%), respectivamente. Não houve influência (P < 0,05) dos métodos de congelação de sêmen sobre o vigor dos...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia bode; Congelação horizontal e vertical; Sêmen 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1998 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4403
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da suplementação de selenometionina e vitamina C sobre as características quantitativas e qualitativas do sêmen de coelho - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i2.654 Animal Sciences
Alvarez, Cristiane Arieta; Faculdade Integrado de Campo Mourão; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Scapinello, Cláudio; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Cardozo, Rejane Machado; UEM; Mataveli, Marcela; UEM; Kioshima, Rafael Seki; UEM.
Foram avaliadas as características quantitativas e qualitativas do sêmen de coelhos alimentados com rações contendo diferentes níveis de selenometionina e vitamina C (VC). Utilizaram-se 125 coelhos machos, alojados individualmente e distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com vinte cinco tratamentos e cinco repetições. As colheitas de sêmen foram realizadas uma vez por semana, durante oito semanas. Os parâmetros avaliados foram: volume, cor, pH, motilidade espermática progressiva, vigor espermático e concentração espermática. Foi observado que a cor e a concentração espermática melhoraram à medida que foi adicionado VC na ração. Contudo, volume, pH, motilidade espermática progressiva e vigor espermático não foram...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia coelhos; Selenometionina; Sêmen; Vitamina C.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/654
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de três diferentes fontes de extrato de pituitárias na indução gonadal em machos e fêmeas de pacu (Piaractus mesopotamicus) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i4.1146 Animal Sciences
Streit Júnior, Danilo Pedro; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Pereira Ribeiro, Ricardo; UEM; Shigueiro Sakaguti, Eduardo; UEM; Povh, Jayme Aparecido; UEM; Marquez Moreira, Hedem Luiz; UFPEL.
Machos e fêmeas de (Piaractus mesopotamicus) foram induzidas com extrato de hipófise de frango de corte (BCPE), coelho (RPE) e de carpa (CPE). Os parâmetros vigor espermático, motilidade progressiva, taxa de fertilização e eclosão de acordo com a origem do sêmen, não apresentou diferença (p > 0,05) entre os tratamentos. O tratamento com BCPE produziu o menor volume de sêmen (p < 0,05), o número e a concentração de espermatozóides foram os mais altos (p < 0,05). Não foi observado diferença (p > 0,05) para o taxa de espermatozóides com anormalidades nos tratamentos, mas as patologias secundárias foram elevadas (p < 0,05) no tratamento com RPE. As fêmeas induzidas com RPE não apresentaram estímulo para a desova. Não houve diferença (p <...
Palavras-chave: 5.05.04.00-2 Reprodução Animal aqüicultura; Peixe; Desova; Sêmen; Espermatozóides; Ovócitos 5.05.04.00-2 Reprodução Animal.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1146
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do hipotireoidismo induzido na resposta superovulatória em novilhas de corte mestiças - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i3.48 Animal Sciences
Bettini, Carlos Maia; Cesumar; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Rigolon, Luiz Paulo; UFRPE; Capovilla, Luiz Carlos Tadeu; Cesumar; Cavalieri, Fabio Luiz Bim; Cesumar; Martins, Elias Nunes; UEM.
Estudou-se o efeito do hipotireoidismo induzido sobre a resposta ovariana à superovulação, à atividade do corpo lúteo e ao ganho de peso em novilhas de corte mestiças (½ Bos TaurosxBos Indicus). Nas análises estatísticas realizadas, não foi observada a influência dos tratamentos sobre a variação de peso (P>0,05). Os níveis de T3, T4 e TSH foram, respectivamente, 1,31+0,77, 16,71+0,44 e 10,35+5,74 para o grupo tratado e 2,08+0,77, 57,46+0,44 e 2,08+5,74 para o controle (P0,05). Desse modo, concluiu-se que o hipotireoidismo não afetou a resposta superovulatória, a atividade do corpo lúteo e a variação de peso.
Palavras-chave: 5.04.03.00-1 Nutrição e Alimentação Animal embrião; Ganho de peso; Hipotireoidismo; Novilhas; Função reprodutiva.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/48
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do hipotireoidismo induzido sobre a resposta superovulatória e a digestibilidade aparente da dieta em vacas de corte - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i3.47 Animal Sciences
Bettini, Carlos Maia; Cesumar; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Rigolon, Luiz Paulo; UEM; Cavalieri, Fabio Luiz Bim; Cesumar; Negrão, João Alberto; USP/Pirassununga; Branco, Antonio Ferriani; UEM.
O experimento objetivou determinar o efeito do hipotireoidismo induzido sobre a resposta ovariana ao hormônio folículo estimulante exógeno, a normalidade do ciclo estral de vacas e a digestibilidade aparente. Utilizaram-se 10 vacas Nelore tratadas com propylthiouracil (PTU). A digestibilidade aparente da Matéria Seca, os números médios de corpos lúteos, de embriões, de estrururas colhidas, de estruturas infertilizadas, de estruturas degeneradas, de mórulas, de índice de colheita e de índice de fertilização não variaram significativamente (P>0,05). Os valores médios de T3 foram de 1,35+0,1 e 1,91+0,1 ng mL-1, de T4 de 20,95+1,37 e 61,82+1,37, de TSH 7,95+0,36 e 2,61+0,36, respectivamente, para os animais tratados e controle, havendo diferença...
Palavras-chave: 5.04.03.00-1 Nutrição e Alimentação Animal digestibilidade; Embrião; Ganho de peso; Hipotireoidismo; Vacas.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/47
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo comparativo da indução hormonal da espermiação em piavuçu (Leporinus macrocephalus) com extrato de hipófise de frango, coelho e carpa - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.1996 Animal Sciences
Streit Junior, Danilo Pedro; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Ribeiro, Ricardo Pereira; UEM; Caçador, Walangiery da Costa; UEM; Sakaguti, Eduardo Shigueiro; UEM; Povh, Jayme Aparecido; UEM; Souza, Ederval Donizete de; UEM.
Foram utilizados 3 tratamentos para a reprodução do piavuçu, Leporinus macrocephalus (Anostomidae): extrato de hipófise de frango (EHF), extrato de hipófise de coelho (EHCo) e, como controle, o extrato de hipófise de carpa (EHC). Cinqüenta e cinco machos, pesando em média 0,69kg foram distribuídos aleatoriamente nos 3 tratamentos. O volume de sêmen produzido foi maior (p0,05) nos 3 tratamentos. Já o total de espermatozóides produzidos na liberação do sêmen, apresentou diferença (p0,05) entre os tratamentos em relação ao vigor espermático e à motilidade progressiva. O estudo revelou que o EHF foi eficiente na indução gonadal de machos de Leporinus macrocephalus, mas o EHCo foi insignificante, principalmente, quanto ao volume produzido.
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia Aqüicultura; Espermatozóides; Peixe; Reprodução induzida 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2003 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1996
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Extratos de hipófise de frango e coelho na indução reprodutiva da carpa comum (Cyprinus carpio) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2109 Animal Sciences
Souza, Ederval Donizeti de; UEM; Streit Junior, Danilo Pedro; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Ribeiro, Ricardo Pereira; UEM; Povh, Jayme Aparecido; UEM; Cardozo, Rejane Machado; UEM; Lupchinski Junior, Enio; UEM; Sakaguti, Eduardo Shiguero; UEM; Mendez, Lauro Daniel Vargas; UEM.
Cinqüenta e três exemplares de Cyprinus carpio foram induzidos com três agentes indutores: extratos de hipófises de frango (EHF), coelho (EHCo) e como controle, de carpa (EHC). O volume médio de sêmen, a concentração de espermatozóides, o número total de espermatozóides liberados no sêmen, foram superiores nos machos tratados com EHF e EHC (p < 0,05) em relação ao EHCo. Não houve diferença (p > 0,05), porém, para a motilidade progressiva, vigor espermático e a taxa de eclosão em função dos diferentes hormônios utilizados nos machos. Em fêmeas, as desovas, a unidade térmica acumulada, número de ovócitos/g de ovócitos liberados e a taxa de eclosão de acordo com hormônio utilizado na fêmea apresentaram melhor desempenho ao se utilizar EHF e EHC (p <...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia desova; Espermiação; Hipofisação; Piscicultura; Reprodução induzida; Taxa de eclosão 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2003 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2109
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incubação artificial a 28ºC e crescimento inicial de jacaré do pantanal (Caiman crocodilus yacare) em diferentes temperaturas Animal Sciences
Miranda, Maristela Parra; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Maia, Luis Carlos; CRIADOURO DE ANIMAIS SILVESTRES JACARÁ.
Vinte ovos de jacaré do pantanal (Caiman crocodilus yacare) foram submetidos à incubação artificial, à temperatura de 28ºC. Durante a incubação foram abertos três ovos para se verificar sua viabilidade. Obteve-se 94,11% de eclodibilidade, com a eclosão de 16 ovos. Os animais eclodidos foram, em seguida, colocados a duas temperaturas de crescimento: 28 e 32ºC e submetidos à análise morfométrica. Os dados obtidos foram analisados através de análises de variância. As características peso do animal e largura da cabeça não apresentaram diferenças (P > 0,05) entre os tratamentos. Circunferência da barriga e largura das narinas tiveram melhores (P < 0,05) resultados a 28ºC. As demais características, como comprimento total, comprimento da cauda, comprimento...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia caiman; Crescimento; Incubação; Temperatura 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4346
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência das estações do ano na concentração de ácido cítrico e de frutose no sêmen de carneiros Animal Sciences
Tutida, Leira; UEM; Barbosa, Orlando Rus; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM.
As concentrações de ácido cítrico e de frutose foram estudadas, de março de 1996 a março de 1997, utilizando-se 24 carneiros, de três a quatro anos de idade, sendo nove da raça Bergamácia (Be), oito Corriedale (Co) e sete Hampshire Down (Hd). As colheitas de sêmen foram efetuadas a cada 30 dias, assim como as variáveis meteorológicas: velocidade do vento (v), temperatura do ar (Ta), temperatura do globo (Tg) e umidade relativa do ar (Ur). A concentração de ácido cítrico apresentou comportamento quadrático (P < 0,05) sendo esses maiores no verão (janeiro - 3,16 e 5,24mg/ml), com menores valores na primavera (setembro - 0,23 e 2,31mg/ml), respectivamente, para as raças Be e Hd. Não houve efeito (P > 0,05) da estação do ano sobre a concentração de ácido...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia ácido cítrico; Estação do ano; Frutose; Ovinos; Sêmen 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4345
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência das estações do ano nas concentrações séricas de 3,5,3’ triiodotironina (T3), tiroxina (T4) e testosterona (Tes) de carneiros Animal Sciences
Barbosa, Orlando Rus; UEM; Tutida, Leira; UEM; Hubler, Márcia Rosangela Neves de Oliveira; UEM; Akimoto, Luciene Setuko; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM.
A concentração sérica de 3,5,3’triiodotironina (T3), tiroxina (T4) e testosterona (Tes) foi estudada, de março de 1996 a março de 1997, utilizando-se 24 carneiros, de três a quatro anos de idade, sendo nove da raça Bergamácia (Be), oito Corriedale (Co) e sete Hampshire Down (Hd). A cada 30 dias, foi coletado sangue e registradas as variáveis meteorológicas: velocidade do vento (v), temperatura do ar (Ta), temperatura do globo (Tg) e umidade relativa do ar (Ur). Para T3, a raça Co apresentou valores crescentes de março (0,27ng.ml-1) a dezembro (0,99ng.ml-1), com decréscimo em janeiro (0,11ng.ml-1), voltando a subir, a partir desta data, aos valores de março (0,27ng.ml-1). Não houve efeito (P > 0,05) da estação sobre a concentração de T3 para as raças Be...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia estação do ano; Hormônios tireóide; Ovinos; Sangue; Testosterona 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4344
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inseminação artificial de éguas Percheron e Bretão com sêmen fresco diluído em água de côco e leite em pó desnatado Animal Sciences
Furtado, Carlos Eduardo; UEM -Maringá; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Rigolon, Luiz Paulo; UEM; Silva, Marcos Roberto da; UEM.
O experimento foi conduzido no Laboratório de Reprodução Animal e no Setor de Eqüideocultura da Fazenda Experimental da Universidade Estadual de Maringá, no período de setembro/97 a março/98, com o objetivo de testar os efeitos de dois diluidores na inseminação artificial de éguas das raças Percheron e Bretão. Foi utilizado um garanhão da raça Percheron e dezesseis éguas, as quais foram inseminadas com sêmen fresco, diluído em meios formulados à base de leite de vaca em pó desnatado (LD) e à base de água de côco (AC). As inseminações foram realizadas quando se observaram folículos ovarianos com 3,5 cm de diâmetro. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com oito éguas em cada tratamento. Para as análises utilizou-se o teste do qui-quadrado e...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia água de côco; Éguas; Inseminação artificial; Leite em pó; Prenhez; Sêmen 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/4300
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade do sêmen em tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), alimentadas com dietas contendo diferentes níveis de vitamina C - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i3.7836 Animal Sciences
Mataveli, Marcela; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Streit Junior, Danilo Pedro; Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Ribeiro, Ricardo Pereira; UEM; Gasparino, Eliane; UEM.
A vitamina C atua na proteção de danos celulares provocados pelos radicais livres, sendo a suplementação considerada essencial para a maioria das espécies de peixes, uma vez que não a sintetizam em função da ausência da enzima L-gulonolactona oxidase. Assim, avaliou-se o efeito da suplementação de 0, 75, 150 e 225 mg de vitamina C kg-1 de ração na qualidade do sêmen em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus). Os parâmetros quali-quantitativos do sêmen não foram influenciados pela suplementação de vitamina C, exceto a motilidade progressiva que aumentou linearmente com adição de vitamina C. Conclui-se que os reprodutores de tilápias do Nilo devem ser suplementados com 225 mg de vitamina C kg-1 de ração.
Tipo: Pesquisa de campo e análise laboratorial Palavras-chave: 5.00.00.00-4; 5.05.00.00-7 Antioxidante; Radicais livres; Reprodução; Suplementação 5.05.04.00-2 Antioxidant; Free radicals; Reproduction; Supplementation.
Ano: 2010 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/7836
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Superovulação em coelhas alimentadas com ração, contendo diferentes fontes de óleos vegetais - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i3.45 Animal Sciences
Andreazzi, Márcia Aparecida; Cesumar; Rigolon, Luiz Paulo; UEM; Cavalieri, Fábio Luiz Bim; Cesumar; Scapinello, Cláudio; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Faria, Haroldo Garcia de; UEM.
Avaliou-se a resposta ovulatória de 40 coelhas, distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (ração sem adição de óleo e rações contendo 3% de óleo de canola, óleo de milho ou óleo de soja) e 10 repetições. Aplicou-se uma dose única de 40 UI de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG) e, 48 horas após, as coelhas foram cobertas. Decorridas 72 horas das coberturas, as coelhas foram sacrificadas e coletaram-se 10 mL de sangue para análise dos níveis séricos de progesterona e 17β-estradiol. Também foi obtido o peso do útero com os ovários e contado o número de folículos e de corpos lúteos. Para a colheita dos embriões, realizaram-se 3 lavagens por corno uterino, com o meio Dulbecco modificado (PBS). O efluente foi...
Palavras-chave: 5.04.03.00-1 Nutrição e Alimentação Animal coelhas; 17β-estradiol; Óleos poliinsaturados; Progesterona.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/45
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso da gonadotrofina coriônica eqüina em receptoras de embriões para avaliar o incremento da progesterona endógena no dia da inovulação e sua correlação com a taxa de prenhez Animal Sciences
Fuck, Egon José; UEM; Moraes, Gentil Vanini de; UEM; Martins, Elias Nunes; UEM; Falcão, Alencariano José da Silva; ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS; Rodrigues, Carlos Martins; MÉDICO VETERINÁRIO; Cardozo, Rejane Machado; UEM; Barros, Ciro Moraes; UNESP.
O experimento foi realizado com a finalidade de avaliar a influência da administração de gonadotrofina coriônica eqüina (eCG) em receptoras de embrião na formação de corpos lúteos acessórios e a correlação com o índice de prenhez. Utilizaram-se 64 novilhas de 18 a 30 meses de idade, mestiças Simental, com peso médio de 400 kg, as quais foram avaliadas por palpação retal, entre os dias 7 e 12 após a manifestação do cio, considerado como cio base. Neste intervalo de 7 a 12 dias após o cio, definido como dia zero (D0), os animais que se encontravam com corpo lúteo fisiológico foram divididos, aleatoriamente, em 4 tratamentos, sendo que os animais do tratamento 1 (controle, n=21), receberam solução fisiológica, via intramuscular (IM); no tratamento 2 (n=14)...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia corpo lúteo; ECG; Novilhas de corte; Progesterona; Receptoras; Transferência de embrião 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2002 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2594
Registros recuperados: 19
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional