Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
1,25-dihidroxivitamina-D 3 sobre as características ósseas de frangos de corte fêmeas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Vieites,F.M.; Drosghic,L.C.A.B.; Souza,C.S.; Lima,C.A.R.; Moraes,G.H.K.; Nunes,R.V.; Vasconcellos,C.H.F.; Vargas Júnior,J.G..
RESUMO Objetivou-se avaliar as características dos tibiotarsos de frangos de corte fêmeas. As variáveis analisadas foram os pesos in natura, secos e desengordurados, o comprimento, os diâmetros, a resistência óssea, o índice de Seedor (IS), os percentuais de proteínas colagenosas (PC), as proteínas não colagenosas (PNC), os minerais (cálcio, fósforo, potássio e sódio) e as cinzas. Foram utilizadas 648 aves, da marca comercial Cobb®, em um delineamento em blocos ao acaso, com seis tratamentos e seis repetições, com 18 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram na suplementação de 0,00; 0,50; 1,00; 1,50; 2,00 e 2,50 μg de 1,25-dihidroxivitamina-D3 (1,25(OH)2D3)/kg de ração. Aos 21 e 35 dias de idade, as aves foram pesadas e uma ave por unidade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Colágeno; Índice de Seedor; Resistência à quebra; Solanum glaucophyllum.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352017000501285
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cálcio, fósforo e proteína total no sangue de frangos de corte em função de níveis de balanço eletrolítico da ração Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Vieites,F.M.; Fraga,A.L.; Moraes,G.H.K.; Vargas Júnior,J.G.; Nalon,R.P.; Corrêa,G.S.S.; Nunes,R.V..
Determinaram-se os melhores valores do balanço eletrolítico (BE) de dietas para frangos quanto aos teores de cálcio, fósforo e proteína total no sangue de frangos de corte aos 42 dias de idade. Foram utilizadas 1728 aves de marca comercial, machos. As aves foram alimentadas com duas dietas basais, 20 ou 23% de proteína bruta (PB), na fase inicial, e uma única ração basal, 20% de PB, na fase de crescimento, combinadas com níveis de balanço eletrolítico de 0; 50; 100; 150; 200; 250; 300 e 350mEq/kg. Foi utilizado delineamento experimental inteiramente ao acaso, em arranjo fatorial, com seis repetições de 18 aves cada e 96 unidades experimentais. Foi escolhida uma ave em cada unidade experimental para a coleta de sangue. Foram avaliados os teores de cálcio,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Avicultura industrial; Equilíbrio eletrolítico; Homeostasia; Minerais; Plasma.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000400014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Suplemento de 1,25 dihidroxicolecalciferol e redução de cálcio e fósforo disponível para frangos de corte Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Souza,C.S.; Vieites,F.M.; Vasconcellos,C.H.F.; Calderano,A.A.; Nunes,R.V.; Ferreira,C.M.; Pereira,T.V.S.; Moraes,G.H.K..
Avaliaram-se o desempenho e o rendimento de carcaça e cortes nobres de frangos de corte machos com suplemento nas rações de 1,25 dihidroxicolecalciferol e redução de cálcio e fósforo disponível. Foi utilizado um delineamento em blocos ao acaso, com seis tratamentos: 0,0; 1,0; 2,0; 3,0; 4,0 e 5,0µg de vitamina D3 ativa/kg de ração, e seis repetições com 17 aves cada. Aos 8 e 42 dias de idade cada unidade experimental foi pesada para avaliação do desempenho. Posteriormente, quatro aves/repetição foram retiradas e abatidas para mensuração do rendimento de carcaça e de cortes nobres. A inclusão da vitamina D3 ativa influenciou positivamente (P<0,05) o ganho de peso e a conversão alimentar com as suplementações de 1,0 e 2,0µg/kg. O consumo de ração não...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Avicultura; Calcitriol; Carcaça; Desempenho; Vitamina D.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000200031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variação aniônica da dieta sobre características ósseas de frangos de corte: resistência à quebra, composição orgânica e mineral Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Araújo,G.M.; Vieites,F.M.; Barbosa,A.A.; Caramori Junior,J.G.; Santos,A.L.; Moraes,G.H.K.; Abreu,J.G.; Muller,E.S..
Avaliou-se a composição química e a resistência óssea do tibiotarso de frangos de corte aos 21 dias de idade. Foram determinados os percentuais ósseos de proteínas colagenosas (PC) e proteínas não colagenosas (PNC) e de cálcio, fósforo, potássio e sódio. Foram utilizados 650 pintinhos machos de marca comercial, alimentados com dietas à base de milho e farelo de soja. Foi utilizado delineamento em blocos ao acaso com cinco repetições e 26 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram na suplementação da dieta basal com NH4Cl a fim de se obter cinco níveis -50; 0; 50; 100 e 150mEq/kg de balanço eletrolítico (BE). O nível de BE influenciou os teores de fósforo, potássio, sódio, PC e PNC, relação Ca:P e a resistência à quebra. A redução do balanço...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Frango de corte; Acidose metabólica; Balanço eletrolítico; Tibiotarso.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352011000400022
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional