Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plantas invasoras da cultura de arroz (Oryza sativa L.) no Estado de São Paulo: 2 - monocotiledôneas Planta Daninha
Aranha,C.; Pio,R.M..
Foi realizado um levantamento das plantas invasoras na cultura do arroz, concentrado nas regiões com maior área cultivada no Estado de São Paulo. Cada uma das espécies levantadas foi estudada em seu ciclo, porte, fenologia e modo ou modos de reprodução. O hábito de cre sc imento herbáceo, o ciclo anual, o florescimento e frutificação nos meses mais quentes do ano e a reprodução através de sementes foram preponderantes. Cada gênero representado por mais de uma espécie mereceu a confecção de chave analítica auxiliar objetivando oferecer algum subsídio para a identificação da espécie em sua primeira fase de desenvolvimento. Foram levantadas as sinonímias científica e vulgar e, sempre que possível, localizada a etimologia do termo que se pre stou à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levantamento; Planta invasora; Arroz; Biologia.
Ano: 1982 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83581982000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plantas invasoras da cultura do arroz (Oryza sativa L. ) no Estado de São Paulo. 1. Dicotiledôneas Planta Daninha
Aranha,C.; Pio,R.M..
Foi realizado um levantamento das plantas invasoras na cultura do arroz, concentrado nas regiões com maior área cultivada no Estado de São Paulo. Cada uma das espécies levantadas foi estudada em seu ciclo, porte, fenologia e modo ou modos de reprodução. O hábito de crescimento herbáceo, o ciclo anual, o florescimento e frutificação nos meses mais quentes do ano e a reprodução através de sementes foram evidentemente preponderantes. Cada gênero representado por mais de uma espécie mereceu a confecção de chave analítica auxiliar objetivando oferecer algum subsidio para a identificação da espécie em sua primeira fase de desenvolvimento. Foram levantadas as sinonímias científica e vulgar e, sempre que possível, localizada a etimologia do termo que se prestou à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levantamento; Planta invasora; Arroz; Biologia.
Ano: 1981 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83581981000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plantas invasoras de várzea no estado de São Paulo Planta Daninha
Aranha,C.; Leitão Fº,H.F.; Pio,R.M..
As plantas invasoras que ocorrem em uma determinada cultura, constituem sério problema, tendo em vista a concorrência em água, luz e nutrientes que promove com a planta cultivada, determinando uma sensível queda da produtividade da lavoura. O levantamento e reconhecimento dessas plantas, além do estudo biológico, permitem um controle mais eficiente e económico. A coleta do material botânico foi realizada através de visitas em áreas de várzeas cultivadas e em três épocas distintas do ano, com a finalidade de se levantar o maior número possível de espécies invasoras. A fenologia, o modo ou modos de reprodução, frequência e ciclo são elementos indispensáveis para um controle racional e efetivo. Apesar do maior número de espécies pertencerem as famílias...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Várzea; Planta Invasora; Levantamento; Biologia.
Ano: 1980 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83581980000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Superação da dormência de sementes de mucuna-preta pela utilização de "calor seco" Scientia Agricola
Wutke,E.B.; Maeda,J.A.; Pio,R.M..
Avaliou-se a germinação de sementes recém-colhidas de mucuna preta (Mucuna aterrima) após tratamento com "calor seco", em estufa elétrica com ventilação forçada, nas temperaturas de 35, 45 e 55°C, por períodos de exposição correspondentes a 0, 2, 4, 6, 8,16,24, 48, 72 e 96 horas. A temperatura de 55°C foi adequada para a superação da impermeabilidade do tegumento da semente, sendo mais efetivos os períodos de exposição entre 16 e 24 horas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mucuna preta; Mucuna aterrima; Dormência de sementes; Calor seco; Germinação.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161995000300013
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional