Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomassa, decomposição e liberação de nutrientes por coberturas vegetais do solo em sistema orgânico de bananeira. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; BORGES, A. L.; SANTOS, J. C. da S.; SANTOS, C. A. B. dos.
Os sistemas orgânicos de produção vegetal devem priorizar a reciclagem de matéria orgânica como base para a manutenção da fertilidade do solo e a nutrição das plantas. A utilização de coquetéis vegetais envolvendo leguminosas e gramíneas favorece a produção de biomassa com relação C/N intermediária àquelas obtidas em cultivos solteiros, proporcionando maior persistência das palhadas e sincronismo entre fornecimento e demanda de nutrientes para a bananeira.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana; Solo; Produção vegetal; Nutrição vegetal; Gramínea; Crop production; Plant nutrition.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/966197
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomassas de plantas de cobertura do solo para bananeira no sistema orgânico em Tabuleiro Costeiro do Estado da Bahia. Repositório Alice
BORGES, A. L.; SANTOS, J. C. da S.; SANTOS, J. de S..
O manejo da biomassa vegetal mostra-se como uma estratégia fundamental para promover a melhoria da qualidade do solo em sistemas orgânicos. As plantas de cobertura (leguminosas e não leguminosas), além de outras características, devem produzir grande quantidade de fitomassa verde. Assim, objetivou-se quantificar a produção de biomassa das plantas de cobertura em sistema orgânico de banana, em Latossolo Amarelo distrocoeso de Tabuleiro Costeiro do Estado da Bahia. Foram avaliadas, em 2011, coberturas vegetais, na forma de coquetéis, compondo os seguintes tratamentos: T1 - testemunha (sem cobertura); T2 - 100% leguminosas (Mucuna preta + Crotalaria juncea + feijão-de-porco); T3 - 75% leguminosas + 25% não leguminosas (sorgo + milheto + girassol); T4 - 25%...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cobertura do solo; Feijão-de-porco; Canavalia ensiformis; Girassol; Capim braquiária; Musa spp..
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/939789
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características agronômicas das bananeiras `Maravilha` e `Prata Anã` sob coberturas vegetais no sistema orgânico em solo de Tabuleiro Costeiro. Repositório Alice
SANTOS, J. C. da S.; BORGES, A. L.; SANTOS, J. de S.; PROFETA, T. de S..
O cultivo de bananeira no sistema orgânico tem se mostrado promissor em função de consumidores cada vez mais exigentes por produtos naturais livres de agroquímicos. A prática da adubação verde tem sido recomendada por proporcionar benefícios significativos.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana; Musa spp.; Adubação verde; Coquetel vegetal.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/938950
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características químicas de compostos orgânicos para o cultivo de bananeiras em sistema orgânico. Repositório Alice
SANTOS, J. C. da S.; BORGES, A. L.; ROSA, R. C. C.; SANTOS, J. de S..
Com a expansão da produção agrícola, houve aumento na demanda por fertilizantes importados. O Brasil ocupa a quarta posição no consumo de fertilizantes no mundo, correspondendo em 2010 a 5,9% do total, ficando apenas atrás de China, Índia e EUA.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana; Fertilizante; Macroelemento; Metal pesado; Organic fertilizers; Plant nutrition; Heavy metals.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/966196
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização química de compostos orgânicos para aplicação em cultivos de bananeiras no sistema orgânico. Repositório Alice
SANTOS, J. C. da S.; BORGES, A. L.; ROSA, R. C. C.; SANTOS, J. de S.; SOUZA, L. da S..
Com a expansão da produção agrícola, houve aumento na demanda por fertilizantes importados. Os resíduos orgânicos enriquecidos ou não podem ser alternativas na obtenção de compostos orgânicos. O trabalho objetivou quantificar os macroelementos e microelementos em compostos orgânicos produzidos na Embrapa Mandioca e Fruticultura para uso em bananeiras cultivadas no sistema orgânico. Quatro formulações de diferentes compostos orgânicos foram avaliadas quimicamente. O composto 1 apresentou maior teor de N e ausência de contaminação por metais pesados. Os compostos 2, 3 e 4 enriquecidos com fosfato natural da Argélia apresentaram altas concentrações de metais pesados tornando-se não permitidos no sistema orgânico. O composto 1 (grama + esterco + torta de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Fertilizante orgânico; Adubo; Macroelemento; Metal pesado; Fertilizers.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/967205
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de variedades de bananeira no sistema orgânico - terceiro ciclo. Repositório Alice
BORGES, A. L.; PROFETA, T. de S.; SANTOS, J. de S..
A bananeira, Musa spp., é uma planta originária do Continente Asiático e uma das frutas mais consumidas no Mundo. Constitui importante alimento, contendo minerais K (2.640 a 3.870 mg/kg), Mg (240 a 300 mg/kg), P (160 a 290 mg/kg), Ca (30 a 80 mg/kg), Fe (2 a 4 mg/kg) e Cu (0,5 a 1,1 mg/kg), vitaminas C (59 a 175 mg/kg), B6 (0,3 a 1,7 mg/kg) e B1 (0,3 a 0,9 mg/kg), carboidratos (230 a 320 g/kg), proteínas (10 a 13 g/kg), gordura (3,7 a 4,8 g/kg) e baixo teor calórico (900 a 1200 kcal/kg). A bananeira, predominantemente do tipo Prata (grupo genômico AAB), é cultivada de Norte a Sul do Brasil, em solos dos mais diversos, sob sistemas convencional, integrado e orgânico. O sistema orgânico busca manejar, de forma equilibrada, o solo, a água, as plantas e os...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Musa spp.; Banana; Variedade; Solo; Cobertura vegetal.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/873099
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostagem laminar com gliricídia para o sistema orgânico da bananeira crescimento inicial. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; BORGES, A. L.; SANTOS, J. C. da S..
A compostagem laminar é uma prática de baixo custo e de fácil disponibilidade realizada na superfície do solo, exigindo menos mão-de-obra em relação ao método tradicional de compostagem. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da presença e ausência da compostagem laminar com glirícidia no crescimento inicial de três variedades de bananeira tipo Prata (Prata Anã, BRS Platina e PA-9401). O experimento foi conduzido na Unidade de Pesquisa de Produção Orgânica (UPPO) da Embrapa Mandioca e Fruticultura, em Cruz das Almas (BA). Foram estudados dois tratamentos (ausência e presença da compostagem laminar), avaliando-se 16 plantas de cada variedade por tratamento, no espaçamento 4 x 2 x 2 m. Para realização da compostagem laminar foram montadas as lâminas alternadas...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Compostagem laminar; Banana Prata Anã; Banana BRS Platina; Banana PA-9401; Cultivo orgânico; Musa spp.; Adubação orgânica.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/939882
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compostagem laminar no desenvolvimento vegetativo de bananeiras tipo Prata em sistema orgânico. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; BORGES, A. L.; SANTOS, J. C. da S..
A bananeira é cultivada de norte a sul do Brasil, numa área aproximada de 487 mil hectares, envolvendo desde a faixa litorânea até os planaltos interioranos. Apesar da grande área cultivada no Brasil, não existem dados disponíveis quanto ao montante sob manejo orgânico.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana; Musa spp.; Adubação orgânica.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/938956
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da aplicação de boro em solo de Tabuleiro Costeiro na produção do maracujazeiro. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; PROFETA, T. de S.; BORGES, A. L..
A cultura do maracujá está em franca expansão tanto para a produção de frutos para consumo in natura como para suco. O Brasil é o primeiro produtor mundial de maracujá, com produção aproximada de 684 mil toneladas em 48.752 hectares. O Estado da Bahia destaca-se como o maior produtor com 275 mil toneladas (40 % da produção nacional), onde o maracujazeiro é cultivado em solos de Tabuleiros Costeiros. Estes solos podem apresentar-se intemperizados, com baixos teores de matéria orgânica, escassez de água, altos teores de ferro e alumínio, levando assim, a deficiência de boro (B) nas plantas de maracujá. O boro desempenha importante papel na migração e metabolismo de carboidratos, facilitando o transporte dos açúcares através das membranas. A deficiência de B...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Maracujá; Latossolo Amarelo distrocoes; Passiflora edulis; Ácido bórico.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/875330
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da aplicação de zinco nos teores do nutriente no solo e folhas do maracujazeiro amarelo em Latossolo Amarelo distrocoeso de tabuleiro costeiro. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; BORGES, A. L..
O maracujazeiro é cultivado em Latossolo Amarelo profundo e distrocoeso dos Tabuleiros Costeiros nos Estados da Bahia, Sergipe, Espírito Santo e Rio de Janeiro. O Estado da Bahia participa com 61% da produção da Região Nordeste e 45% do total nacional.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Maracujá; Latossolo Amarelo.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/918085
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do preparo do solo, sistema de plantio e porta-enxerto no crescimento de limeira ácida 'tahiti' em tabuleiro costeiro da Bahia - 2ª etapa. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; RODRIGUES, A. P. S.; SANTOS, P. L. de S.; SOUZA, P. U.; CALFA, C. H.; REZENDE, J. de O.; LEDO, C. A. da S.; SHIBATA, R. T..
Na Bahia, 80% da área citrícola encontra-se na Grande Unidade de Paisagem Tabuleiros Costeiros, em propriedades de até dez hectares (agricultura familiar). Objetiva-se um modelo de manejo que possibilite sustentabilidade, menor relação custo/benefício e maior produtividade de pomares cítricos especialmente destinados a essas propriedades. O experimento foi instalado na Fazenda Lagoa do Coco, município de Rio Real, Litoral Norte do Estado da Bahia, em um Argissolo Amarelo Coeso. O delineamento experimental é inteiramente casualizado, no esquema de parcelas sub-subdivididas no espaço, com seis repetições. Nas parcelas constam dois sistemas de preparo do solo (convencional, isto é, aração a 0, 25 m de profundidade, e aração seguida de subsolagem nas linhas de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Solo; Porta-Enxerto; Lima Àcida Tahiti; Tabuleiro Costeiro.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/898788
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mapeamento e análise da geração de cultivares nas unidades descentralizadas da Embrapa. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; OYOLA, A. M. V..
Este estudo aborda a geração de ativos de propriedade intelectual, especificamente a geração de cultivares nas diversas Unidades da Embrapa. A análise cobre um período aproximado de duas décadas de pesquisa e focou resultados alcançados por Unidades de Produto e Unidades Ecorregionais. Foi realizado um amplo levantamento a partir da base de dados do Sistema Nacional de Proteção de Cultivares, ligado ao Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e junto aos Comitês Locais de Propriedade Intelectual (CLPI) das Unidades pesquisadas. Os resultados mostram que no período estudado, a Embrapa gerou 1.289 cultivares, atingindo uma média de 69 cultivares por ano, do total gerado no período, a Embrapa Tabuleiros Costeiros foi responsável por 18 cultivares....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mapeamento; Propriedade intelectual; Cultivar; Melhoramento genético.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/999486
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pesos dos componentes não-carcaça de cordeiros localmente adaptados submetidos a dietas com diferentes relações volumoso:concentrado. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; VASCONCELOS, A. M.; ALVES, A. A.; ROGERIO, M. C. P.; AZEVEDO, D. M. M. R.; OLIVEIRA, D. de S..
Abstract: The objective of this study was to evaluate the weight of non carcass components of lambs from genetic groups locally adapted to the Brazilian semiarid region submitted to diets with different voluminous: concentrate ratios. Twenty male lambs, not castrated, were used at approximately four months of age and average weight 18.8 ± 2.82 kg. The lambs were distributed in a completely randomized design, in a 2 x 2 factorial arrangement, composed of two genetic groups (Morada Nova and Santa Inês) and two voluminous ratios: concentrate (14.28: 85.72 and 54.96: 45, 04), making four treatments with five replications each. After skinning and evisceration, contents of gastrointestinal tract and non-carcass components (empty gastrointestinal tract, blood,...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ovino de corte; Carne ovina; Raça Santa Inês; Raça Morada Nova; Semiárido; Brasil; Brazilian semiarid; Ovino; Nutrição Animal; Víscera; Cordeiro; Volumosos; Alimento Concentrado; Peso; Carcaça; Animal nutrition; Sheep feeding; Lambs; Carcass weight; Carcass yield; Ovine carcasses; Brazil.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1120615
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pesos e rendimentos de carcaça de cordeiros de raças localmente adaptadas, submetidos a dietas com diferentes relações volumoso:concentrado. Repositório Alice
SANTOS, J. de S.; VASCONCELOS, A. M.; ALVES, A. A.; ROGERIO, M. C. P.; AZEVEDO, D. M. M. R.; OLIVEIRA, D. de S..
Abstract: The objective of this work was to evaluate the carcass weights and yield of lambs from locally adapted breed, submitted to diets with different voluminous: concentrate ratios. Twenty male lambs with approximately four months of age and average weight of 18.8 ± 2.82 kg were used. The animals were distributed in a completely randomized design, in a 2 x 2 factorial arrangement, composed of two genetic groups (Morada Nova and Santa Inês) and two ratio voluminous: concentrate (14.28: 85.72 and 54.96: 45.04). The following parameters related to carcass weights and yields were evaluated: live weight at slaughter, empty body weight and weights and yields of hot and cold carcass, in addition to the biological yield. Morada Nova lambs showed higher yields...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Semiárido; Carne ovina; Semiarid; Raça Morada Nova; Brasil; Nutrição Animal; Ovino; Cordeiro; Volumosos; Alimento Concentrado; Sheep feeding; Lambs; Carcass weight; Animal feeding; Carcass yield; Ovine carcasses; Brazil.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1120581
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produção de variedades de bananeira sob cobertura viva de leguminosas em sistema orgânico - quarto ciclo. Repositório Alice
BORGES, A. L.; SANTOS, J. C. da S.; SANTOS, J. de S..
Uma variedade de bananeira (Musa spp.) adequada ao sistema orgânico deve possibilitar a substituição de insumos químicos sintéticos e menos solúveis, sem causar redução de produtividade e da qualidade dos frutos. As variedades de bananeira utilizadas no sistema convencional vêm sendo cultivadas em sistema orgânico, adotando-se as práticas de cultivo recomendadas para este último, uma vez que não existem variedades desenvolvidas especificamente para o mesmo. A Instrução Normativa 46 relata que, nos sistemas orgânicos, deve-se priorizar a utilização de material de propagação originário de espécies vegetais adaptadas às condições edafoclimáticas locais e tolerantes a pragas e doenças (MAPA, 2011).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana; Cobertura vegetal.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/944288
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade e aceitação de frutos de variedades de bananeira em sistema orgânico. Repositório Alice
SANTOS, J. C. da S.; BORGES, A. L.; REIS, R. C.; SANTOS, J. de S.; NEVES, T. T. das.
A bananeira, Musa spp., é cultivada de norte a sul do País e a fruta consumida por todos os brasileiros, em média de 28 kg habitante-1 ano-1. Constitui-se em fonte de vitaminas C (59 a 216 mg kg-1), B6 (0,3 a 1,7 mg kg-1) e B1 (0,3 a 0,9 mg kg-1), minerais K (2.640 a 3.870 mg kg-1), Mg (240 a 300 mg kg-1), P (160 a 290 mg kg-1), Ca (30 a 80 mg kg-1), Fe (2 a 4 mg kg-1) e Cu (0,5 a 1,1 mg kg-1), carboidratos (203 a 337 g kg-1) e proteínas (11 a 18 g kg-1) (TACO, 2011). No sistema orgânico o uso de variedades resistentes a pragas e doenças e a utilização de coberturas vivas do solo com leguminosas, como fonte de nitrogênio, é uma prática recomendada. O feijão-de-porco sobressai pelo grande volume de fitomassa produzida, agressividade do seu sistema radicular...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/944315
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relações entre bases trocáveis no solo em sistema orgânico de bananeiras sob cultivo de coberturas vegetais vivas. Repositório Alice
BORGES, A. L.; SANTOS, J. de S.; SANTOS, J. C. da S..
As interações entre nutrientes na cultura da banana são importantes, principalmente as relações entre as bases potássio (K), cálcio (Ca) e magnésio (Mg). Assim, objetivou-se avaliar os teores desses nutrientes e suas relações no solo sob coberturas vegetais vivas, em sistema orgânico de bananeira, em Tabuleiro Costeiro do Estado da Bahia. O experimento foi conduzido em Latossolo Amarelo distrocoeso, em cinco tratamentos: T1 (testemunha, sem cobertura viva); T2 (100% leguminosas: Mucuna anã + Crotalaria juncea + feijão-de-porco + feijão caupi); T3 (75% leguminosas + 25% não leguminosas); T4 (25% leguminosas + 75% não leguminosas); T5 (100% não leguminosas: sorgo + milheto + girassol), em cultivo de bananeiras tipo Prata, no espaçamento de 4 x 2 x 2 m. Antes...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Banana; Sistema orgânico de bananeira; Tabuleiro Costeiro do Estado da Bahia; Latossolo Amarelo.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/939891
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resposta do maracujazeiro amarelo à aplicação de zinco em latossolo amarelo distrocoeso de Tabuleiro Costeiro. Repositório Alice
BORGES, A. L.; SANTOS, J. de S.; SOUZA, L. da S.; NASCIMENTO, C. A. C. do.
O maracujazeiro é cultivado nos Latossolos dos Tabuleiros Costeiros que são profundos, porém distrocoesos. O boro e o zinco são os micronutrientes cujas deficiências mais causam problemas no maracujazeiro. O zinco é constituinte de enzimas, bem como é essencial para a atividade enzimática, regulação e estabilização da estrutura protéica. O trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de zinco na produção e nos seus teores no solo e tecido foliar do maracujá amarelo. O experimento foi implantado em delineamento em blocos casualizados onde se estudou cinco doses de zinco (0, 3, 6, 9 e 12 kg ha-1), na forma de sulfato de zinco, com quatro repetições. Os resultados obtidos mostraram, nas condições do estudo, que o fornecimento de zinco não influencia no...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Solo; Latossolo amarelo; Tabuleiro Costeiro; Maracujá Amarelo; Passiflora edulis; Sulfato de zinco.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/898848
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Rocha silicática na produção da bananeira no sistema orgânico - primeiro ciclo. Repositório Alice
BORGES, A. L.; SANTOS, A. M. dos; SANTOS, J. de S.; PROFETA, T. de S..
A bananeira, Musa spp., é uma planta originária do Continente Asiático e uma das frutas mais consumidas no Mundo, cultivada na maioria dos países tropicais e de Norte a Sul do Brasil, garantindo emprego e renda para milhares de brasileiros. Em 2008, a produção mundial de banana, para consumo ao natural, foi de aproximadamente 90,7 milhões de toneladas, ocupando o Brasil a quarta posição, com 7,1 milhões de toneladas (FAO, 2010). A área cultivada com banana no Brasil está em torno de 513 mil hectares, sendo a Região Nordeste a maior produtora, com 40 % da produção nacional (2,85 milhões de toneladas) e a Bahia o estado maior produtor (1,4 milhão de toneladas) e a maior área plantada (91.259 hectares) (IBGE, 2010).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Musa spp.; Banana; Nutriente; Nutrição de planta.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/873098
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Teor de potássio no solo adubado com fontes alternativas do nutriente, sob manejo orgânico da bananeira. Repositório Alice
PROFETA, T. de S.; SANTOS, J. de S.; BORGES, A. L..
As rochas naturais moídas têm sido utilizadas na agricultura, principalmente os calcários e os fosfatos naturais. As rochas contendo flogopita ou biotita podem ser avaliadas como fontes alternativas de potássio (K) para uso na agricultura. Alguns desses tipos de rochas são os kamafugitos, flogopititos, biotititos, kimberlitos, biotita xistos e outras. No sistema orgânico o K torna-se mais limitante, pois as plantas, principalmente as fruteiras são muito exigentes no nutriente. O potássio é o nutriente mais absorvido pela bananeira, sendo para ?Prata Anã? em torno de 34,79 kg de K (42,15 kg de K2O) por tonelada de frutos produzidos. Uma fonte utilizada em cultivos orgânicos é o sul-po-mag (22% de K2O), cujo preço é superior ao das fontes tradicionais....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sistema orgânico; Flogopitito; Sul-po-mag.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/875233
Registros recuperados: 20
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional